O Coração da Cidade precisa de amigos... seja amigo do coração...

o seu donativo é muito importante para nós...

MILLENIUM- BCP ... 0033 000000 239551298 05 

Sábado, 3 de Fevereiro de 2007

amor sem fronteiras

 Foi tão simples...

a vida de cinco pessoas mudou completamente, tudo estava ao alcance da nossa mão...

por vezes temos o mundo na mão e nem sequer damos por isso.

Depois de uma palestra sobre o aborto, reunidos que estavam cerca de uma centena de pessoas de boa vontade, o convite foi feito... é preciso alojar seres humanos em dificuldades...

a ajuda não se fez esperar, todos os que estavam presentes, retiraram de cima da mesa o papelinho que indicaria o que efectivamente lhes cabia, para em conjunto com os demais, garantirem o equipamento para a casa que  estava destinada, um T3 , que depois de equipado   e complecto , seria para quem nada possui, o paraíso.

quando se ama de verdade não existem utopias... a verdade das situações vem rápido cumprindo objectivos concretos e deixando para trás uma dosezinha de egoísmo que quase todos nós possuímos, quando apenas pensamos no nosso bem estar.

a casa ficou complecta ... trabalhamos 4 dias à noite depois do horário habitual, sempre com a preocupação de não colocarmos apenas na casa o essencial, mas  transformarmos um pesadelo num sonho bonito.

nem sempre se espera pela noite para sonhar... hoje sábado pelas 13 horas transportamos com os parcos haveres que possuiam , um casal com uma filhinha adolescente e um senhor de 62 anos até ao paraíso.

chamamos a esse local refúgio temporário e com regras perfeitamente definidas entramos com todos eles para o seu novo lar.

4 voluntários e os novos hóspedes não conseguiam reter a emoção... eles olhavam para tudo sem perceber se era sonho ou realidade ... os olhos da menina demoram algum tempo a olhar a boneca de trapo que tínhamos comprado para ela, o quarto onde a cama se mostrava tão diferente do chão em que dormira em casa de um patriota durante tanto tempo.

o pai não sabia como agradecer e no seu linguarejar entre o russo e o português agradecia vezes sem conta levando a mão ao coração.

a mãe de família sorria deixando perceber os dentes dourados e o trato fino que mostrava sem dúvida tempos mais prósperos que não os da emigração...ficou pela cozinha, olhando tudo em redor ... a despensa cheia com tudo o que precisava para encher de alegria os que iriam percebê-la feliz quando pudesse cozinhar sem ter que esmolar constantemente.

ficaram alojados com um senhor português que durante muito tempo viveu num carro porque a vida de delegado de vendas têxteis e a separação não lhe garantiram melhor condição.

o homem girava em torno de si próprio , um quarto só para mim ... - já tinha desistido de sonhar... repetia o homem sem parar.

pequenos gestos que fizeram cinco pessoas felizes, dormir no chão ainda que seja dentro de portas é muito difícil e dói por dentro, porque nos sentimos à parte da criação, o último dos homens e Deus não quer isso para ninguém.

se todos os projectos fossem tão rápidos como este, que entre sonhar e concretizar demorou apenas um mês.

O coração da Cidade não vende sonhos, constrói realidades e faz sonhar depois.

este foi um sonho bonito à luz do dia , uns anjos estavam connosco de certeza e todos estavam tão felizes.

aquele casal vai adorar a sua cama limpinha, a jovem vai poder sonhar com a sua cidade tão bela, Moscovo vai recebê-la a sonhar e virá deitá-la para que acorde em Portugal onde sonhar está na mão de gente de Boa Vontade.

aquele homem já mais velho será o avô que falará português por eles e lhes permitirá transitar mais rápido e com mais segurança.

reunimos todos para que pudessem apoiar-se uns aos outros.

saímos deste lar, com as lágrimas nos olhos e um sorriso nos lábios ... o coração batia tão rápido que as palavras saíam aos solavancos... ser feliz com a felicidade dos outros...

chegamos à instituição e nem de propósito, uma mulher me abordou para que a escutasse.

chamei-a em privado e escutei o seu lamento.

perdeu tudo, o marido tinha abandonado o lar com outra senhora e deixou-a a ela e a uma filha adolescente , sem dinheiro e sem recursos pediu ajuda à Segurança Social... colocaram a senhora no Albergue e a filha foi viver com uma tia materna... mas a filha não aguenta as saudades da mãe , mudou do Albergue para uma pensão da cidade paga pela Segurança Social, mas apenas pagam a pensão da mãe...

que diferença abismal, na forma de ajudar, na vida é preciso amar para poder agir cristãmente .

o ponto de partida para qualquer ajuda é sempre o coração... Jesus ficou contente connosco construímos felicidade e posso dizer sem hesitar... soube tão bem.

grata a todos que tanto fizeram para que tudo isto fosse possível ... o amor não tem fronteiras e estende-se a todos os cidadãos do mundo...

lasalete

neste momento eu estou ...: abençoada
publicado por lapieta@sapo.pt às 15:22

link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Fernando Correia a 4 de Fevereiro de 2007 às 16:17
Olá D. Lasalete
Estou a fazer este comentário de Ponta Delgada (S.Miguel-Açores), está um dia com frio, chuva e vento; andei umas horas na cidade e, ainda fiquei mais triste de que quando cá cheguei. Preciso de gente à minha volta e, aqui não tenho amigos.
Vim para trabalhar e, é isso que estou a preparar para amanhã.
A sua página de vida, deu-me algum alento, algum calor, (está tanto frio) fiquei aqui a esta distância, comovido com a emoção que a senhora e os voluntários que assistiram à inserção desses seres numa "casinha" normal.
Eu, estava lá, na palestra em que a senhora falou daquelas pessoas, que precisavam da nossa ajuda.
Fiquei muito feliz, por saber que essas pessoas, vão poder encarar o futuro com outras cores... quem sabe, daqui a algum tempo, não estarão elas a fazer o mesmo por outras pessoas?
Quando estou só, como agora, procuro na hora das refeições, lugares em que conheça as pessoas, em que possa falar daquilo que me preocupa, às vezes não é possível... hoje, fui aqui a um restaurante e, fui ficando na conversa com o dono... palavra puxa palavra e daí a pouco estava a saber que o dono do restaurante, tinha sido abandonado com 15 dias e, entregue a uma instituição de caridade, aqui dos Açores; ainda não sei bem, a história toda, mas espero, nos dias em que cá estou vir a sabê-la... mas, aqui para nós que ninguém nos ouve, andam p'raí uns anjos a fazer o seu trabalho, muito bem feito...
Fiquei mais contente, apesar de só...
Fique com Deus e, que ele fique entre nós...
Fernando Correia
De cecilia carvalho a 5 de Fevereiro de 2007 às 18:53
A minha cidade tem uma casa branca, igual a tantas outras e diferente de todas.Lá dentro um grupo de pessoas alegres, generosas, meigas e preocupadas com os que têm menos de nada, trabalham. Trabalham com afinco, pondo Amor em tudo o que fazem e sobretudo com a Fé de quem sabe, que o fruto do seu trabalho vai tornar mais leve a vida de alguém; vai conseguir um sorriso dum rosto triste e quase sem Esperança. Descobri esta casa há 3 meses e com estas pessoas, estou a aprender a ver a vida e tudo o que rodeia, duma forma diferente. Obrigado por esta oportunidade.
Por tudo quanto Diz e principalmente pelo que Faz, eu fico a pensar: "D. La Salete a srª existe mesmo?

Um beijo

Ceclia Carvalho
De Fernando Correia a 6 de Fevereiro de 2007 às 11:52
Olá Cecília
Bom dia, permita-me que me dirija a si desta maneira, sem-cerimónia, pois não sei se é menina ou senhora, mas o seu comentário, merece um ligeiro apontamento meu.
Em primeiro lugar, queria dizer-lhe BEM-VINDA, a este espaço, que ainda não tem as visitas que merece...acredite, fiquei satisfeito por ler o seu comentário.
Em segundo lugar seja também bem-vinda, porque as suas palavras dizem-me que é uma pessoa boa e, atenta e é disso que a humanidade precisa.
Todos juntos, faremos um mundo melhor... somos ainda um grão de mostarda...mas somos algo, que estou certo também serve para dar ainda mais coragem de luta à D. Lasalete e aos amiguinhos que estão no "Coração".
Fique bem, fique com Jesus
Fernando Correia
De INCERTO a 6 de Fevereiro de 2007 às 15:10
Boa tarde D. Lasalete ..

Fico feliz sempre que aqui venho e que por acaso dei com este blog, (foi na procura de sites/blogs) espíritas que encontrei e logo gostei.. não sou muito de bajulações, mais de admirações, mas como a flor precisa de água para se manter, as pessoas precisam de reconhecimento para sentirem que estão no caminho certo...

A D. Lasalete é daquelas pessoas que um dia muito longínquo "JESUS" quando questionado sobre a "FÉ" respondeu de esta forma (sic) "Até quando precisareis que eu esteja presente para exercereis a vossa FÉ?" ...Porque se vós tivésseis "FÉ" do tamanho de um grão de mostarda, diríeis aquele monte, "Move-te" e ele se moveria"...

A D. Lasalete por certo estaria presente nesse dia, porque está fazendo o que o "Divino Mestre" aplicou..

Fazendo e mostrando que na "FÉ" tudo é possível ..

Vou contar uma inconfidência que podia a alguém que nunca dissesse..
Ele qd me viu riu-se e eu curioso perguntei pq se ria?
E ele sem deixar de se rir lá continuou.. "tens ke fazer agora?
- Não, ia dar uma volta, pq ?
. Ok, então vamos os dois dar uma volta pq tenho algo aqui que vamos os dois fazer..
- O quê???
- Xiuu , depois digo-te..

Entramos no carro e foi no dele.. e seguimos então tipo passeio e já era perto da meia noite rumamos ao Arrábida em Gaia... eis que ele me mostra dois papeis e diz..
- Escolhe porque um tu vais ter que resolver...
- Bolas, mas não podes dizer??
- Não, escolhe apenas...
E escolhi um e já no Arrábida ele me levou para o lado das utilidades de cozinha (penso que é isto).. e então abrimos os papeis.. (porque ele sabia).. Quando vi o que me calhou em sorte foi ..."Seis chávenas de café"..

Eu lhe disse.. - Ó pá isto eu dou das que tenho em casa, da colecção que me estou a desfazer, dando pelos amigos.. vais lá e escolhes..
- Na na na tens ke comprar e aqui, porque há pressa para entregar e nem penses em adiar..
- Ok, se encontrarmos algo de jeito compramos, mas com uma condição.. como se fosse para mim..

- Nem pensar, não é para ti, é de ti por isso não fujas com o dito à seringa, vais comprar e mais nada, porque sei bem o que tens na colecção..

-Ok

Não encontramos nada conforme o planeado, mas vejo ele a agarrar-se ás bacias de e ficava a pensar na cor, decidiu-se e pegou numa que achou que era aquilo que pediam..

(ele sempre que está disposto a comprar algo, não hesita , olha, mede e pega..

- Ó pah , então isso não é caro para uma vacia?
- E depois? queres pagar tu?? .. bom, as chávenas sei aonde as vais buscar e amanhã vais entregar lá.. pq eu sou conhecido e não quero fazer isto para a iomagem , prefiro o anonimato..
- E achas que eu quero dar a cara?
_ Problema teu menino.. Bem podes ir lá e não dizeres nada, porque ng te pergunta nada, ora...

Soube depois que ele foi entregar as ditas e a história anterior num outro artigo foi assistido por nós, ele triste e cabisbaixo saímos sem falarmos um bom bocado.. o que ele viu, não sei, mas que ficou triste ficou e não me diz nada do que se passou, mas ele depressa esquece...

Ps : Esta é a história só possível com pessoas que querem o anonimato, mas que querem ajudar, porque não é necessário estar presente quando nos pedem algo..

Felicidades e boas obras é o desejo da minha parte...
De lapieta@sapo.pt a 7 de Fevereiro de 2007 às 09:55
amigo, quando estamos a fazer algo com o coração, devemos levar o coração até ao fim...
se o seu amigo está magoado só tem que falar comigo...
por vezes estamos magoados e sem motivo para isso... apenas temos que aceitar, que na Terra ,todos somos imperfeitos ... e sempre de uma maneira ou de outra, sem querer ou deliberadamente alguém nos magoará ou nós magoaremos alguém...
quando tem a coragem para dizer... eu sou o Sr. incerto e este él o meu amigo que até assiste às palestras mas que nunca tem coragem para falar nada...
quem me conhece sabe que sou muito frontal e nessa frontalidade controlada e franca encontrei a senha para ser feliz...
apareçam e sejam voluntàrios a sério, tenho muito trabalho para fazer...
com homens tão decididos é que podemos trabalhar ...
um bom dia para todos
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

amigo, quando estamos a fazer algo com o coração, devemos levar o coração até ao fim... <BR>se o seu amigo está magoado só tem que falar comigo... <BR>por vezes estamos magoados e sem motivo para isso... apenas temos que aceitar, que na Terra ,todos somos imperfeitos ... e sempre de uma maneira ou de outra, sem querer ou deliberadamente alguém nos magoará ou nós magoaremos alguém... <BR>quando tem a coragem para dizer... eu sou o Sr. incerto e este él o meu amigo que até assiste às palestras mas que nunca tem coragem para falar nada... <BR>quem me conhece sabe que sou muito frontal e nessa frontalidade controlada e franca encontrei a senha para ser feliz... <BR>apareçam e sejam voluntàrios a sério, tenho muito trabalho para fazer... <BR>com homens tão decididos é que podemos trabalhar ... <BR>um bom dia para todos <BR class=incorrect name="incorrect" <a>lasalete</A>

Comentar post

CONHEÇA MELHOR



mais importante que verbalizar doutrinas é humanizar atitudes


 

e-mail gifs

coracaocidade@gmail.com


free html visitor counters
hit counter




<




body

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags