Quinta-feira, 14 de Agosto de 2008

medos...

 

 

onde estão...
porque se escondem meus medos , que de mim fazem servo constante ?...
 
por onde peregrina a nossa coragem que na altura de estar presente, parece ausentar-se como se pressentisse que a qualquer momento terá que intervir ?...
 
os medos medonhos que todos os seres humanos carregam, vêm visitá-los de vez em quando, parecendo medir força com a gente ...
 
dizem que os medos se vestem de negro...
 
será ?...
 
 
hoje em dia os medos serão os mesmos?...
dizem até que determinados medos foram alojados no nosso inconsciente pelo incrustar constante de fantasmas que as diversas religiões foram impondo, ao invés de libertarem o ser humano e concorrerem para que fossem mais felizes as almas que ao seu cuidado se colocaram...
 
os medos não passam de patamares de ignorância, por onde ainda transita o ser humano.,.. mas, no entanto não deixam de estar presentes na nossa vida, mesmo na vida de quem se pensa acima do conhecimento comum... daí depreendemos que não é fácil arrumar os medos...
 
de uma forma ou de outra ,os medos moram connosco...
 
os que conseguem viver sem deixar transparecer os medos, avançam com mais facilidade...
os que não são capazes de conviver com eles. vão procurar ajuda especializada para os conseguirem entender e ultrapassar...
 
os que não conseguem falar dos seus medos, porque na maioria os tomam por pecados inconfessáveis ou entram em depressão ou se atiram inadvertidamente pela porta do suicídio, parecendo até que os medos são um caminho sem volta...
 
a felicidade do ser humano é tanto mais concreta , quanto mais fácil se torna ultrapassarmos a barreira do medo...embora não sendo fácil não é impossível...
 
os diversos espaços de medo e até de terror, prendem-se com os chamados desvios palpitantes que cada um de nós traz consigo, a reboque da última reencarnação...
são os medos mais lactentes e por vezes mais assustadores... mantemos esses medos em relação a nós e até em relação às pessoas mais queridas e que privam de mais perto connosco...
 
o desapego à matéria e o estudo sistematizado das diferentes parcelas espirituais, onde é possível perceber que afinal nós estamos na Terra apenas de passagem e que tudo o que nos rodeia é quase irreal e perecível , nos arrancaria metade dos medos, que muitas vezes se revelam em princípios de frustrações incontroláveis e perfeitamente definidas em nossa vida...
 
o medo de amar, por exemplo, depois de termos sido sujeitos ao desencanto...
a frieza inultrapassável perante a dor ,depois de termos sido abandonados, que nos torna cada vez mais possessivos em relação aos demais, principalmente aqueles que são objecto da nossa afeição...
o medo de acreditar em alguém, depois de nos terem mentido...
 
o medo de adoecer, se por acaso em outra vida fomos deixados ao abandono da cura ou isolados sem assistência médica...
 
o medo de estar , ou de adentrar um espaço escuro... que nos mostra isolamento ou desencarne violento e incrivelmente doloroso... quer acreditemos ou não que existimos em outras vidas...
 
o medo de se perder alguém, prende-se muitas vezes com um nascimento desesperador, ou provocado  por uma acção abortiva ou provocado por forte pressão ao abandono enquanto crianças...
 
o forte sentimento de culpa, por uma ou outra razão, quase inexplicável deve-se ao facto de não nos perdoarmos a nós próprios, depois de termos sido responsáveis por uma acção menos justa...
 
a fome a que fomos sujeitos, provoca também em nós o medo de não ter alimentos e também a avidez quase mórbida por nos alimentar-mos constantemente...
 mas também o medo de se alimentar , que desce vertiginosamente para espaços de anorexia e bulimia... vem a ter espaços de acção e reacção no esquecimento de si próprio em outras vidas e no carregar constante de sentimentos de culpa dos quais não consegue desviar-se...
 
se não gostarmos de nós, ninguém gostará...
 
é urgente que nos sintamos em nós e gostemos de nos observarmos, tal qual somos, para nos presentearmos com mais e melhor aperfeiçoamento no campo dos medos , onde quase tudo pode ser ultrapassado se for devidamente esclarecido e acompanhado...
 
fale diante do seu espelho e fale consigo... cara a cara... fale do que tem medo e peça ao rosto do espelho ( que é seu) que lhe diga , porque está tão pesaroso...
estabeleça este franco diálogo e observe as suas características faciais a mudarem gradualmente, como se o outro ( o do espelho) não fosse conhecido...
 
adiante que gostaria de mudar e use esta terapia pelo menos dia sim dia não, para que aprenda sem rodeios a falar de tudo o que não gosta e que mora dentro de  si ... nesse esconde, esconde , está o responsável por esses bloqueios que não lhe permitem uma vida saudável...
 
aventure-se... viva tudo o que não viveu, com prudência e sem medo de ser condenado por Deus...
Deus não condena , nem premeia...
as leis são universais e estão perfeitamente estabelecidas desde o início da vida e a elas estamos sujeitos inevitavelmente...
 
o bem e o mal se constituem arguidos num processo a que se chama karma colectivo e aí ,em todo o movimento universal os nossos movimentos individuais têm um papel muito importante...façamo-nos portanto  adeptos do bem, do bom e do belo...
 
quando assim nos  colocarmos , veremos  que ter medo de nada vale... afinal ninguém se  estabelece na Terra para sempre...
tudo é passageiro e o que interessa é fazer o bem que se pode e o melhor que soubermos  sobre todas as coisas...
a vontade de acertar também destrói os medos que há em nós...
 
se formos pouco a pouco reduzindo o egoísmo os nossos medos se desalojam e libertos vamos evoluir mais rápido e melhor, intuindo da fonte de sabedoria tudo quanto for necessário para a nossa evolução...
 
brilhar é o nosso fim... como se fossemos estrelas na noite dos medos...
desenhemos um arco íris de esperança e saltemos para o palco da vida.,.. sem medo...
eternamente apaixonados por  tudo o que há para realizar e por toda a gente...
 
agora descanse.. arrume as suas ideias e deixe-se embalar por um gostoso repouso... sem medo de sonhar...sem medo de amar livremente... sem medo de se apaixonar...
 
ame acima de todas as coisas e lute para ser feliz...
 
o medo esgota-se quando na sua vez cresce a esperança...
 
lasalete

 

neste momento eu estou ...: apaixonada pela vida
publicado por lapieta@sapo.pt às 00:08

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags