Terça-feira, 7 de Outubro de 2008

sonhos adiados...

  

 

 

não se adiam os sonhos, nem as horas ...
não se adiam os prazeres nem as supostas ilusões,
não se adiam as lágrimas ... porque nossos  sonhos
ficam , para sempre adiados em nossos corações...
 
falaria eu assim, para que de uma vez por todas, todos aqueles que de uma forma ou de outra se revestem de atitudes incómodas e se manifestam sempre de forma a  se colocarem  no final de cada gesto, no final de cada parecer, no final de cada decisão...
 
não se devem adiar os sonhos...
sempre devemos ir em frente e ditar do nosso destino, para que possamos obrigar a vida a correr paralelamente connosco e ajudarmos a motivar a nossa mente para que os nossos sonhos nunca sejam suprimidos...
 
nada existe de mais triste do que adiarmos a possibilidade de sermos felizes... ainda que a felicidade, passe por um encontro marcado connosco, no intimo do nosso ser, para aí medirmos a capacidade de nos encontrarmos com os outros, enfim, com todo o mundo que de forma velada nos vamos habituando a rejeitar...
 
adiar os nossos sonhos, ou seja a possibilidade de sermos felizes, é quase incorrigível dentro da maioria das pessoas...
ter a coragem de perseguir um ideal, não está ao alcance da maioria...
aceitar que podemos envelhecer e que o mundo mais dia menos dia nos rejeitará, é morrer prematuramente...
 
ter a capacidade de sonhar, é um exercício de todos os dias...
imaginar que um dia vamos conseguir ser felizes e que nos vamos colocar na trajectória da luz interior que pode brilhar a qualquer instante dentro de nós, é também adquirir saúde mental, que nos faz falta para dirigirmos o nosso destino, a todos os níveis, de forma mais saudável...
 
os ajustes de alma que nos ditam encontros que não podemos adiar e dos quais não nos podemos desviar temporariamente, são também influenciados de sobremaneira pelo nosso livre arbítrio...
 mas o mais importante, é que ninguém esteja resignado, pensando que será de alguma forma um ser sem direitos, um espaço humano sem sonhos e um mesclado de amargura e desilusão a  quem apenas é permitido envelhecer sem chocar o resto do mundo, porque um dia resolveu respirar livremente...
 
existem seres humanos que perderam a capacidade de sonhar e que deles apenas resta a pálida imagem de uma juventude referenciada na música da época e nas poucas recordações que avivam memórias, que fazem verter algumas lágrimas, mas que a qualquer momento nos dizem que temos deveres , mas que não temos direitos...
 
se o direito de nascer é importante, também é importante garantirmos a nós próprios o direito de sonhar,,,
 
sem virtualidades, mas com realidades mais envolventes que nos determinem a crescer espiritualmente e a conseguir sobrepor à nossa preguiça espiritual um ser humano diferente, que descobre que não sobrevive, mas que vive com os pés assentes no chão a caminhar velozmente em direcção à paz interior...
 
dentro dos conflitos interiores da maioria dos seres humanos, a natureza dos nossos sentidos se dimensiona por uma questão de educação, de forma literalmente errada...
 
adiados os projectos e desvinculados os sentidos do emocional , a tendência é desacelerar e, paulatinamente, o ser se conduz à inércia, sem que no entanto sobre si tenha atenção...
 
como não imprime vontade e se recusa a sonhar, adia projectos, adia experiências e suprime da sua vida o direito de se realizar e ser feliz, coarctando a sinergia própria, de e para todas as situações da sua vida...
 
jamais se deveriam adiar os sonhos... e se sonhar é uma arte que sonhem todos os homens e mulheres deste mundo e assim a sua vida mudará…  e de forma conveniente a vida será vincadamente mais próspera...
a auto estima projectará o ser para além de si próprio colocando-o no espaço e no tempo a que pertence … na meta ideal para ser feliz…
 
lasalete
neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 12:17

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De zélia neno a 9 de Outubro de 2008 às 13:05
Linda mensagem esta sobre sonhos.

Sonhos vividos, conquistados, ficcionados, adiados e sonhos que nunca passaram disso mesmo – Sonhos simplesmente!!!

O grande Miguel Ângelo pintou a Capela Sistina, obra incomparável, somente porque um dia sonhou fazê-lo e teve a coragem de realizar esse seu sonho, sem ter medo de pagar um alto preço por isso…e graças a essa sua persistência hoje a sua obra pode ser elogiada e inesquecível não só por quem a admira como pelo próprio Tempo.

Todo o ser humano que habita em qualquer parte deste planeta chamado Terra, deve a si próprio o direito de sonhar, por mais absurdo que este pareça ser, pois só assim é que terá a força anímica para acordar e levantar todas as manhãs, com a esperança que talvez seja esse o dia em que vai olhar o pequenino ou grande jardim onde plantou há muito as sementes dos seus sonhos e poder ver que estas germinaram e estão a começar a brotar daquele terreno árido onde estiveram tanto tempo quase esquecidos, pois a esperança de um dia os ver despontar quase se havia diluído no tempo.

Mas será o tipo de terreno que é infértil para os sonhos ou será o desleixo de não o cuidar devidamente, de não o regar, de não o fertilizar, de não lhe induzirmos a energia, além da astral, que ele precisa receber para se tornar nosso aliado? Ninguém deve permitir que isso aconteça para poder acreditar em si mesmo, nas potencialidades que tem, embora às vezes as desconheça, e para que outros possam seguir seu exemplo e nunca abandonem seus sonhos por absurdos que pareçam ser, até mesmo o de um dia ir Lua….pois até estes se tornarão possíveis a médio prazo!!!! Mas até lá, e quem nunca lá puder chegar, que se limite a olhar para o Céu, com os pés bem assentes na Terra, pois com certeza continuará a ver não uma lua mas milhares de estrelas e a luminosidade colorida que elas emanam em alguns momentos traz até nós um ou alguns dos sonhos que um dia sonhamos e que compõem aquilo a que se determinou chamar de Felicidade, mas que se alguns a consideram uma bênção geralmente é uma conquista de quem não teve receio de correr riscos com medo da derrota e não ousa perder a oportunidade de continuar caminhando pela Vida sonhando para chegar à sua Felicidade, pois esta não é e não será nunca um Destino a atingir mas tão somente uma Viagem, recheada mais ou menos de muitos ou muitíssimos momentos felizes.

Quantos de nós vimos caminhando, muitas vezes por caminhos bem tortuosos, com a sensação que em cada passo que vamos dando nos sentimos mais próximos dela; vimos a sua luz, sentimos-lhe o cheiro e o doce paladar da alegria que saboreada, desce até ao nosso coração. E quando parece que conquistamos algo tão importante nascido de um simples sonho, tal desaparece do nosso contacto real e se dilui ou volatiliza por esse cosmos em que vivemos. Que fazer então? Tudo menos desistir e com Fé aguardar que esse mesmo Cosmos nos devolva a energia necessária para continuar a viagem.

Por favor não esqueçam que o momento certo para viver, sonhar e tentar ser feliz é Hoje, porque o amanhã já é um a menos para o final desta nossa Jornada.

P.F. – SONHEM E SEJAM FELIZES.






Comentar post

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags