Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

sonhos adiados...

  

 

 

não se adiam os sonhos, nem as horas ...
não se adiam os prazeres nem as supostas ilusões,
não se adiam as lágrimas ... porque nossos  sonhos
ficam , para sempre adiados em nossos corações...
 
falaria eu assim, para que de uma vez por todas, todos aqueles que de uma forma ou de outra se revestem de atitudes incómodas e se manifestam sempre de forma a  se colocarem  no final de cada gesto, no final de cada parecer, no final de cada decisão...
 
não se devem adiar os sonhos...
sempre devemos ir em frente e ditar do nosso destino, para que possamos obrigar a vida a correr paralelamente connosco e ajudarmos a motivar a nossa mente para que os nossos sonhos nunca sejam suprimidos...
 
nada existe de mais triste do que adiarmos a possibilidade de sermos felizes... ainda que a felicidade, passe por um encontro marcado connosco, no intimo do nosso ser, para aí medirmos a capacidade de nos encontrarmos com os outros, enfim, com todo o mundo que de forma velada nos vamos habituando a rejeitar...
 
adiar os nossos sonhos, ou seja a possibilidade de sermos felizes, é quase incorrigível dentro da maioria das pessoas...
ter a coragem de perseguir um ideal, não está ao alcance da maioria...
aceitar que podemos envelhecer e que o mundo mais dia menos dia nos rejeitará, é morrer prematuramente...
 
ter a capacidade de sonhar, é um exercício de todos os dias...
imaginar que um dia vamos conseguir ser felizes e que nos vamos colocar na trajectória da luz interior que pode brilhar a qualquer instante dentro de nós, é também adquirir saúde mental, que nos faz falta para dirigirmos o nosso destino, a todos os níveis, de forma mais saudável...
 
os ajustes de alma que nos ditam encontros que não podemos adiar e dos quais não nos podemos desviar temporariamente, são também influenciados de sobremaneira pelo nosso livre arbítrio...
 mas o mais importante, é que ninguém esteja resignado, pensando que será de alguma forma um ser sem direitos, um espaço humano sem sonhos e um mesclado de amargura e desilusão a  quem apenas é permitido envelhecer sem chocar o resto do mundo, porque um dia resolveu respirar livremente...
 
existem seres humanos que perderam a capacidade de sonhar e que deles apenas resta a pálida imagem de uma juventude referenciada na música da época e nas poucas recordações que avivam memórias, que fazem verter algumas lágrimas, mas que a qualquer momento nos dizem que temos deveres , mas que não temos direitos...
 
se o direito de nascer é importante, também é importante garantirmos a nós próprios o direito de sonhar,,,
 
sem virtualidades, mas com realidades mais envolventes que nos determinem a crescer espiritualmente e a conseguir sobrepor à nossa preguiça espiritual um ser humano diferente, que descobre que não sobrevive, mas que vive com os pés assentes no chão a caminhar velozmente em direcção à paz interior...
 
dentro dos conflitos interiores da maioria dos seres humanos, a natureza dos nossos sentidos se dimensiona por uma questão de educação, de forma literalmente errada...
 
adiados os projectos e desvinculados os sentidos do emocional , a tendência é desacelerar e, paulatinamente, o ser se conduz à inércia, sem que no entanto sobre si tenha atenção...
 
como não imprime vontade e se recusa a sonhar, adia projectos, adia experiências e suprime da sua vida o direito de se realizar e ser feliz, coarctando a sinergia própria, de e para todas as situações da sua vida...
 
jamais se deveriam adiar os sonhos... e se sonhar é uma arte que sonhem todos os homens e mulheres deste mundo e assim a sua vida mudará…  e de forma conveniente a vida será vincadamente mais próspera...
a auto estima projectará o ser para além de si próprio colocando-o no espaço e no tempo a que pertence … na meta ideal para ser feliz…
 
lasalete

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D