Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Tarde de mais?!...

 

 

Ainda há bem pouco tempo, todos éramos apenas crianças.
Lindas ou alegres, não importa, o que interessa é que possuíamos aquilo que apelidamos de pureza, esperança e sorríamos sem preconceito, nem azedume, sentíamo-nos tão leves, que ainda hoje, recordando, cada um de nós gostaria, ainda que por momentos, voltar a experimentar esse sorriso.
Ao lerem este pedaço de mim, não é de mim que verdadeiramente pretendo falar, mas de todos nós... de mim e de si, que não sabe quem sou; então eu vou dizer: - eu sou apenas e só, uma cidadã com todos os direitos de qualquer cidadão, mas também com todos os deveres que tenho como cidadã, mas principalmente como ser humano.
Fala-se hoje muito, de educação... porque, aliás, é aquilo que mais se faz neste país, falar... falar... falar...
mas, dizia eu, fala-se muito de educar para a cidadania, que bonito...!!!!!!!!!!!!!
as escolas estão lutando para fazer chegar às crianças esta frase pomposa, cheia de conteúdo, mas vazia de sentido, quando a criança olha à sua volta e percebe que afinal só a ela pretendem educar.
Observando com a perspicácia peculiar de qualquer criança, se percebe, que há muito cidadão adulto que não sabe o que é cidadania...
Muitos, trocaram essa palavra por uma outra "umbigo", gordo,largo e esburacado...
outros substituíram-na por narcisismo, inchado e estúpido...
outros ainda, por partido , e lamentavelmente  convencidos, que por serem militantes dum partido qualquer, ou até mesmo de qualquer portugueses dem funções de um governo , vivem e cumprem a sua cidadania...
não...não... não é assim...
Não há cidadania que valha a um país adormecido, que só desperta no Verão, falando de turismo...
a quem servem os portugueses,que não amam o seu país?...
que não  lutam como lhes é possível, pelo  progresso do país e pelo progresso de todos os cidadãos ?...
que não ajudam , para que na pessoa de um qualquer português, Portugal não fique na cauda da Europa?...
Educar, é ensinar a percorrer o mundo com olhos humanos...
educar, é vestir cidadãos com direitos e deveres e ensinar-lhes que entre eles não há diferença...
educar, é ensinar também a observar quem governa, para que a qualquer momento, não sejamos do contra, mas a favor das mudanças racionais e conscientes...
educar, é também, ser honesto, vincular o nosso comportamento, aos deveres que nos competem, e a ele estarmos com mais atenção, quando governamos um povo...
educar, é lutar para retirar da miséria, não só intelectual, mas moral, espiritual e económica, o povo a quem nos comprometemos orientar...
A riqueza económica, pode caducar a qualquer momento, mas a educação moral e intelectual, essa, é perene...
Educar para a cidadania, é respeitar para ser respeitado e retirar dos olhos das crianças a situação triste e da mais elementar deseducação – portugueses de segunda, com fome e frio, doentes e andrajosos, esportulados em misérias mentais que saltam ao rosto em lamentável diferença, e que envergonham qualquer programa de saúde e de reinserção social, por mais que alardeemos que estamos a inovar.
Exportar miséria e importar miséria... é neste momento o que se está percebendo no campo social.
Solidariedade ainda não é preocupação absoluta de quem governa.
Os lobies em procissão, passeiam-se de pálio, abraçados pela indiferença e abafados pelos zumbidos duma assembleia astuta e ridiculamente partidatrizada, que surpreende pela negativa, um povo inquieto, que por acaso até é português.
 
Perguntavam-me há pouco: está orgulhosa com a obra que fundou? – e eu respondi: não...estou envergonhada,...porque,
a instituição onde sirvo, representa uma face do meu país que não orgulha ninguém.
 
Mas neste momento, eu quero acreditar que quem governa apenas está adormecido e a um sono – lento sucede sempre um despertar; quem sabe ainda não é tarde demais!... 
 
lasalete
 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D