Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

construir ... ajudar... superar ... é agir... já...

 

 

grande parte das pessoas com quem comunicamos entende que o Natal , é uma quadra de Paz e Amor ... se não  é,pelo menos deveria ser, e, também acrescentam que a solidariedade está mais no auge que em qualquer época do ano...

 

com a crise de consumo que se instalou nos hábitos da maioria , o Natal tem vindo a degradar-se como festa de família, até ao ponto de os mais jovens se puderem, se deslocarem para  longe , para passar a noite numa discoteca, e, até já existem casais que programam essa noite em conjunto com amigos e vão para um qualquer hotel festejar...

 

cada um festeja as festas como bem entende, o importante é que tenha durante todo o ano, motivos para o fazer...

 

mas, o importante, é que todo o ano a solidariedade exista e não tenha que esperar para ser colocada num pedestal e iluminada como se de uma rua pública se tratasse...

 

mas, o mais interessante, é que com o agravamento da crise, até os "cristãos", deixaram de ver o Natal da mesma forma ( quase familiar) e passaram a ver o Natal com a diferença que a crise impõe...

 

dizem por aí, que este Natal, não vai haver tantas prendas e que tudo tem que ser muito bem pensado...

as crianças, não estão a achar piada nenhuma, já que os pais as habituaram a ter tudo o que pedem e assim com esta crise, elas vêm prejudicados os seus sonhos de meninos e as suas brincadeiras vão ficar bastante comprometidas...

 

isto já os meninos sabem...

 

mas, o que estes meninos não sabem, porque há pais que também ignoram, é que, nem todos os meninos têm prendas , e que há muitos meninos que nunca tiveram prendas, que são crianças a quem a capacidade de sonhar, parece estar vedada...

 

mas, pior ainda, é que há meninos, que este ano desconhecem, que os seus pais, vão ficar do lado de fora das montras de >Natal, a lamentar a impossibilidade de comprar e de ver ao toque muitas coisas, algumas até bastante necessárias, porque nao têm dinheiro para comprar...

 

com o aproximar do Natal, está a instalar-se a crise emocional, que já se verificou nas férias, quando, todos podem e eu não posso...

isto , é ao que se assiste , ouvindo falar muitos casais, que não sabem como contar aos filhos, que não podem fazer a vida que tinham programado, e que têm que cortar em muitas despesas, e que alguns, nem podem falar em despesas ou em cortar, porque não têm onde ou como cortar, porque o orçamento deles é 000000000000000000000000000000...

 

as dificuldades aumentam a cada dia que passa, mas tenho verificado, que a crise, consiste , num emaranhado de situações mal pensadas e de muita falta de educação social...

 

de forma irracional, fomos assistindo a um despropositado consumo, que vertiginosamente levou os consumidores á aquisição de cartões de todos os créditos possiveis e imaginários...

 

todo o mundo se deixou contagiar por este lado da economia e nem se apercebeu que o aparelho financeiro, não estava minimamente preocupado na educação ou conforto de ninguém, mas apenas no exacerbamento compulsivo, que empolgou toda a gente, condusindo a sociedade a um facilitismo que assusta, sobrepojando quem tem num mar de lucros perversos...

 

depois de roubados, trancas á porta...

 

começam-se a prender os banqueiros... e qualquer dia os bancários... quem sabe?...acusados de influência negativa de caracter continuado...

 

quem deveria ser preso, é quem assistiu a tudo isto e tinha capacidade de parar o processo...pois que tão ladrão é o que rouba, como o que fica á porta...

 

agora, estamos a assistir a um descalabro emocional, e a um aprofundar de situações, mas por gente mal preparada, que parece que resolve tudo com psicólogos, que apenas dão a sua consulta e deixam o paciente , nu de acompanahmento até á consulta seguinte...

 

enquanto o psicologo vem ou não, toda a vida se vai desenrolando e há que controlar a emoção e repetir todos os dias que somos pessoas de coragem, revisitar os paineis da auto-estima e fazer de conta que está tudo bem...

 

no papel, ou seja ( em teoria)... até que parece fácil, mas meus amigos, para quem nada tem, 1 hora parece 1 dia... tudo conta contra nós, nada está a nosso favor...

é muito dificil remover hábitos antigos, instalados em nossos sensores emocionais...

 

o acompanhamento a estas famílias, tem que ser contornado com muito carinho , com alegria á mistura e com a sensibilidade bastante para que não entrem na recta do suícidio...

 

como vou viver ?... perguntava há dias uma senhora , a quem a vida tinha dado tudo...e quem resolver tomar tudo de volta...

 

muito fácil... respondi eu...

 

faça de conta que está numa grande competição e que apenas tem o que é possivel neste jogo a que chamará ... sugestões de vida...

 

ganha quem conseguir sobreviver com menos recursos...

 

nunca se lembre de que não tem nada...

 

lembre-se apenas que tem aquilo que o júri lhe propoõe, senão perde e fica em último lugar...

 

o importante é que tem que sair vencedora...

 

com muita dificuldade tive que remover da sua mente, os outros... o papão indispensável ao medo da derrota... o que estarão eles a pensar...

e os meus familiares... como vão viver...

 

facílimo... disse eu ...fazem parte do mesmo jogo...

 

já está há um tempo a viver este jogo... com tudo e sem nada...

 

descobriu, que existem seres humanos que têm para viver um milésimo daquilo que ela possuía e que não desistem de acordar diariamente e ir á luta...

 

visitou algumas casas de pessoas mais pobres e percebeu que são pessoas mais felizes doque imaginava...

 

não adianta visitar sem conta o psicologo, mas considero que os mais jovens das famílias endividadas, deveriam ter acompanhamento, porque mentalmente o seu lado emocional se sente atraiçoado...

 

dizia um jovem com quem falei... o nosso pai trai-nos, porque ficou pobre e não nos disse nada e agora não consegue arranjar emprego...

 

é muito importante, mostrar aos mais jovens, que existem situações que nem os pais podem controlar, e o desemprego é uma delas...

 

neste Natal... a procura dos apoios sociais aumenta, como em anos anteriores, mas estamos a assistir a um aumento da classe média, de forma tão declarada, que por vezes ficamos, perplexos, pelo estado a que o nosso país chegou...

muito embora a crise seja mundial, o que me dói é a falta de meios humanos e económicos para superar a crise...

 

não temos capacidade de abordar o assunto, e não se vê a curto prazo alguém que estabeleça parâmetros de abordagem económica e organizativa,que permita a estes portugueses sair da situação em que os colocaram...

 

é importantíssimo, fazer de pequenino , uma educação social correcta, para que cada um de nós possa enfrentar as crises que se sucederem da melhor forma...

é necessário ensinar a viver com o muito e o pouco... e, só há uma forma... em qualquer das situações... poupar e repartir...

 

é dando que se recebe...

 

se nada tem... dê de si próprio...

sempre ensino, venha ao Coração da Cidade e aí nunca lhe faltará de comer, para si e para os seus...

a alegria por poder ajudar, rápidamente substitui as lágrimas...

a surpresa da vida dos outros, aplaca a nossa aflição...

um dia após o outro, e a vida declaradamente enviará algo de bom...

 

quase todos os que tenho requisitado para o voluntariado, e que estavam com crises familiares, encontaram trabalho e motivação para viver...

 

é necessário perder o orgulho e querer acima de tudo salvar os laços familiares...

 

eu acredito que é possivel dar a volta, mas se o governo apostasse forte nesta mudança, ou seja " mudar... mudando"... tudo seria diferente...

 

este Natal é necessário ajudar...

ajude, não sabe quando vai precisar de um mundo melhor...

 

então venha ajudar na sua construção...

 

eu já comecei...

 

lasalete

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D