Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

violência ... versus amor ?

 

seguindo o que o povo diz, e há quem diga que o povo é sábio, é vulgar ouvir dizer " quanto mais me bates mais gosto de ti".

 

a violência doméstica tem sempre um factor de retaguarda que esconde um domínio privado onde o agressor se refugia, e descobre que pode manipular a sua emoção, batendo e maltratando a todos os níveis aqueles que aparentemente são mais fracos e que na maioria dos casos dependem de si...

 

mas já presenciei casos em que o dominador não era economicamente mais forte do que a vitima, ela pelo contrário era mais poderosa que ele, mas ao mesmo tempo mais frágil em termos emocionais...

 

o lado económico mais forte, levava-o a realizar na vítima todas as sujeições que não pudera realizar com os pais que eram cruéis e dominadores, manifestando sobre ele um poder , cerceando todas as suas economias, dando-lhes um destino próprio e invalidando assim o seu território particular...

vem , depois de casado encontrar alguém dominador pelo lado económico e então domina a esposa pelo lado emocional, exemplo que retirou do convívio familiar e que o marcou desesperadamente...

 

este é um exemplo verdadeiro e muito comum... mas o que mais me confunde na actualidade é a violência que se inicia muito cedo, e não só da parte dos homens , mas também da parte das jovens namoradas que batem nos namorados sem dó nem piedade...

 

as agressões iniciam-se na escola e prolongam-se á vista desarmada sem que ninguém ponha termo e indique ajuda para estes jovens casais...

 

a ideia de que dependemos de alguém para sermos felizes é um mito...

 

para sermos felizes dependemos de toda a gente ao mesmo tempo...

ninguém depende de uma só pessoa...

 

o " amor" a que todos nós aludimos em momentos mais ou menos propícios eivados de um romantismo quase sempre exacerbado pela paixão ou até pelo ciúme, leva-nos a acreditar que aquela pessoa é a eleita do nosso coração...

 

mais preocupante ainda é que muitas vezes a violência acontece dentro da família, irmãos que espancam as irmãs e os pais acham muito bem, pais que batem nos filhos e estes já constituíram família, e fazem-no por hábito...

 

tudo isto é bastante desumano, e execrável, quando todo este panorama de violência se apresenta diante dos filhos pequenos, criando um clima de terror, que quando acontece, o coração acelera, e o medo toma conta de todos naquela hora...

 

a violência é também um problema que a sociedade poderia ajudar a debelar, porque fica perante muitos casos estanque e não reage, mas as autoridades quando são chamadas a intervir. s´+o se manifestam quando existe flagrante delito...

 

diz-se por aí, e lembrando o povo mais uma vez " entre marido e mulher não metas a colher" , depois levamos a mão á cabeça quando percebemos que os homicídios estão a aumentar e que muitos de nós poderíamos ter evitado muita aflição...

 

é necessário agir , mas principalmente educar as mulheres no sentido de que ninguém fica só na vida... sempre há uma saída e não se deve colocar deliberadamente na mão do agressor...

 

ninguém cala a violéncia apenas porque lhe destina um dia para falar sobre ela, ou porque lhe estuda as causas...

 

a violência é uma triste herança, que foi sendo alimentada e guardada em segredo dentro dos  nossos lares, até mesmo dos mais conceituados...

 

todos juntos não somos demais para travar este flagelo...

 

dia da não violência tem de ser todos os dias...

 

 

lasalete

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D