Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

não... eu não quero um país assim...

 

 

por mais que eu me esforce, não consigo aceitar o meu país do jeito que ele está...
talvez até nem entenda muito de estradas, de orçamentos de estado, de privatizações ou de expropriações, talvez até nem entenda muito de arquitectura ou de biotecnologia... 
mas... de humanização até vou entendendo...
 
por mais que me esforce tenho dificuldade de encarar o horário das 14 h ás 19 h...
horário em que centenas de seres humanos fazem fila para receber alimento dentro da instituição que dirijo...
 
imagens como estas, fazem lembrar os números assustadores das filas de gente no cenário de guerra, que a TV vai mostrando e que ficam na memória para vergonhosa recordação da espécie humana...
uns com tudo e os outros sem nada, nem tão pouco uma casa para onde se possam dirigir, para em paz comer o seu alimento...
 
todos os dias O Coração da Cidade, experimente este cenário inumano e não se consegue mudar a imagem...
 
não consigo que um deputado minimamente inteligente, leve á Assembleia da República uma proposta em nome das pessoas sem abrigo...
 
fala-se de tudo que na maioria das vezes se fala só para preencher calendário , mas no final, espremido, não deu resultado nenhum e sabe-se á partida, que apenas foi a discussão, sem  que haja  o mínimo interesse em colocar em execução...
 
não se adianta ninguém dentro do hemiciclo a falar desta gente que não tem voz, que muitos até exterminariam se deixássemos, e que não são do agrado de muitos concidadãos, mas que são nossos irmãos neste vida, são filhos de Deus e há que os respeitar como seres humanos, iguais a todos os outros e que pasme-se a verdade, é que muitos deles já contribuiriam até onde foi possível, com a sua força e a sua inteligência para o crescimento do país...
 
Portugal, tem o feio hábito de esquecer os seus filhos...
ou lhes faz homenagem póstuma, ou então, simplesmente os ignora…
e, não deixa nem sequer no ar, a hipótese, de dar aos que menos têm a garantia de que a Constituição Portuguesa é para cumprir, e que os direitos humanos são para respeitar...
 
oferecer a esta gente um tecto ainda que simples, uma mesa acolhedora e uma cama limpa, não era pedir demais...
tudo isto trocado, pelo dinheiro dos submarinos que se eclipsaram ou pela TGV que não se sabe quanto custará, mas que deve custar biliões... seria um pensamento brilhante...
 
mas... tudo bem... nós sabemos que não cria impacto na opinião pública, por isso se discute o indiscutível...
 
mais do que a necessidade do casamento gay, seria bom que se insistisse num referendo sobre as possibilidades de mudança nas ajudas a estes portugueses, que quase se consideram filhos de um deus menor...
não sentem apoio de ninguém, mas lutam ferozmente pelo seu pedaço de chão, gélido, infecto, sujo de todos os olhares que não sabem ver num ser humano, a presença inconfundível do próprio Cristo, quando de forma insofismável Ele  nos disse... sempre que socorrerdes um destes, é a mim que socorreis...
 
as beatices , em velas e missas, que não são sentidas…
as procissões e as novenas, que não são vividas na intimidade do ser, seriam grandes e divinas apostas se fossem oferecidas em tempo, por aqueles que mais precisam...
 
é necessário que nasça um Sebastião, para que este povo se detenha e observe a patriótica homenagem aos homens que sofrem na sombra… homens  a quem é diariamente roubado o direito de viver com dignidade...
 
não… eu não quero viver num país assim...
lamento quem ainda não despertou para este cenário de guerra íntima e se deixa prostituir, por propostas desonestas de infinito sabor a corrupção...
 
acordem senhores deputados e senhores governantes...
venham ás instituições de solidariedade e aí sim, aí não lhe faltará assunto que bem trabalhado, de certeza vos deixará na história de Portugal, como alguém que bravamente quebrou o nevoeiro do tempo e percebeu que a ciência mais actual, ou seja, a nova oportunidade se chama "HUMANIZAÇÃO"...
 
venham aprender… existe uma universidade para tal, que se chama "O CORAÇÃO DA CIDADE"...
 
UM ABRAÇO
 
 
lasalete
neste momento eu estou ...: lutando
publicado por lapieta@sapo.pt às 21:06

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags