Quinta-feira, 25 de Março de 2010

P E C ...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Porque        ?????????????

Estamos       ?????????????

Confusos       ?????????????

 

 

não sei nada de economia... de política também nada entendo... mas entendo que estamos muito  mal e que há que pôr um ponto final no assunto deste mal estar generalizado...

 

quando se fala no programa de estabilidade e crescimento, percebe-se que esta aventura económica está a chocar de forma concreta apenas aqueles que trabalham diariamente e que se esforçam ainda por singrar na vida...

 

o que me preocupa pessoalmente, é que estamos a gastar verbas enormes com muitos portugueses que com força e em idade activa, dizem de forma declarada que não querem trabalhar e que preferem estar a ser subsidiados, mas que não trabalham por baixo salário...

 

o que mais dói é não ter trabalho e considero uma falta de respeito por parte destes portugueses em relação aqueles que não têm nada, nem subsídio, nem emprego nenhum, por uma série de impasses que sempre acontecem...

 

é degradante ver os cafés sempre cheios e se pudermos averiguar a maioria dos seus frequentadores são os subsidiados e nada querem senão passar férias com carácter continuado...

 

sempre defendi que o subsídio deveria ser repartido pelo novo empregador e depois completado pelo estado, encontrando assim, forma de colocar a trabalhar quase todos os que gostam de passear ao sol...

 

as novas oportunidades e as novas competências também acontecem quando vamos ao encontro de uma nova profissão e de bom grado tentamos acertar os ponteiros e assim conseguirmos desempenhar nova actividade, por vezes bem diferente da que desenvolvíamos, mas sobretudo pelo prazer de estarmos ocupados e de nos sentirmos úteis á sociedade, colaborando no progresso, que depende de cada um de nós ...

 

o estado, com toda a sua máquina de apoio social, não pode suportar por muito mais tempo , este défice de trabalho e não pode sustentar eternamente este caudal de gente que nada faz a não ser dormir, comer e gastar...

 

logicamente que a generalidade dos subsidiários não são assim, mas o que acontece é que o número dos que nada preferem fazer é enorme...

 

há os que recebem por direito o subsídio , mas ao mesmo tempo se esforçam por singrar na vida, procurando exaustivamente forma de o conseguir… mas o caricato é que quando finalmente atingem os seus objectivos, logo lhes cai a máquina do estado em cima e com a vergasta dos impostos os vem sujeitar a uma penúria e a um desgaste emocional que desespera, sabendo de antemão que os impostos que advêm do seu trabalho, vão ser canalizados para os que continuam sem nada querer fazer…

 

continuamos a trabalhar, para sustentar os que se negam a fazê-lo…

 

 

 hoje na imprensa diz-se que 58000 empregos foram rejeitados...

 

era preferível gastar um pouco em fiscalizadores, no que concerne ao trabalho e aos trabalhadores...

 

educar para trabalhar é urgente...

educar para evoluir é essencial...

viver para ter saúde mental é vital...

 

porque senão, o que nos espera, é um banco de jardim ou um sofá onde nos abandonarão por sermos velhos e inúteis de forma tão precoce...

 

é necessário legislar algumas regras no que toca ao trabalho e fazer com os sindicatos também sensibilizem os trabalhadores de que o trabalho é necessário para criar uma vida mais saudável...

as greves isoladas e sem informação não ajudam a ninguém e muito menos os trabalhadores, apenas servem interesses políticos, senão vejamos, quando é que os sindicatos ajudam os trabalhadores quando as situações estão mais difíceis?...

não deveriam ser os sindicatos a promover o emprego e porque não a fiscalizar para que os trabalhadores não fossem explorados, mas também para que não explorem os patrões…

promover a inércia não é correcto e deveriam quanto antes ajudar a educar quem precisa de trabalhar, já que todos conhecemos, pequenas e médias empresas em que o “patrão”, trabalha lado a lado com os seu trabalhadores e por vezes em termos reais, bem menos de seu…

 

é necessário promover quem trabalha com honestidade…

 

viver de subsídios sem nada fazer é desonesto…

 

hoje em dia recusam trabalhos com ordenados de 600€ porque fazendo contas as despesas de transporte e as horas de sono que possam dormir , estão mais bem pagas pelo subsídio que o estado paga…

 

e já agora os políticos deveriam falar de forma mais simples, numa linguagem que se entenda, para que possamos decifrar esta charada a que se chama politica económica...

 

ensinar a crescer economicamente, na maioria das vezes exige sacrifício e há que promover esse investimento… lamentavelmente por vezes há que forçar a isso mesmo…

 

aprender a progredir não é fácil...

 

mas o nanismo politico deixa-me deveras preocupada... os políticos têm uma forma acéfala de convencer, porque estão sempre preocupados com a sua imagem e não com o progresso dum povo com o qual se comprometeram e a quem têm de conduzir…

 

devido á minha posição até parece que não tenho dó das pessoas que estão a receber subsídio… pois é exactamente por isso que lamento esta falta de condução subsidiário…

para mim é uma tragédia humana que ninguém tem coragem de travar…

 

que mundo deixaremos aos nossos filhos ?... em que mundo viverão as gerações futuras ?...

 

a violência crescente , não é nada mais nada menos do que o descontentamento social, que cresce a cada dia que passa…

 

nascemos para sermos felizes e o trabalho faz parte dessa felicidade…

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: trabalhando para o mundo
publicado por lapieta@sapo.pt às 12:19

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 26 de Março de 2010 às 09:51
Bom Dia a todos! Na imagem que está no início deste post só faltava ter-mos ao lado uma imagem de um café cheio de "subsídiodependentes" a brindar e a rir às gargalhadas apontando para o "trouxa do trabalhador"...o que foram fazer do nosso país...pois muitas vezes é o que acontece.
De Nunes a 31 de Março de 2010 às 12:28
Bom Dia! Concordo plenamente com o que aqui foi dito e com a habitual lucidez da forma de expressão a que a estimada D. Lassalete já nos habituou mas a par destas situações também não pudemos esquecer uma outra que está a acontecer com muita frequência que é o seguinte, patrões na área da restauração e comércio principalmente, que têm a lata de oferecer o ordenado minimo nacional (475€) ou menos... por 10/12 horas de trabalho diário e onde muitas vezes nem os dias de folga semanais são respeitados, é de domingo a domingo. Existem pessoas a serem "escravizadas" em Portugal onde não são respeitados os mais básicos direitos dos trabalhadores, patrões sem escrúpulos que se valem da necessidade das pessoas para as explorarem de forma revoltante, exigem o maximo retribuindo muito abaixo do dignamente aceitável. Ninguém pode reprovar aqueles que não aceitam tais situações, aliás antes pelo contrário, pois estes lutam para que não se percam os mais elementares direitos que outros ( ou quem sabe nós mesmos) lutaram no passado para conquistar...como vemos há de tudo, e toda a corrupção é condenável venha ela de onde vier e deve ser toda ela combatida, sob pena de comprometermos sériamentes o futuro das gerações vindouras. Haja dignidade e carácter, em suma haja Amor por todos. Fiquem bem e que Deus vos abençoe. Uma Santa Páscoa.

Comentar post

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags