3 comentários:
De Anónimo a 10 de Agosto de 2010 às 11:26
Olá...uma pergunta me invadiu a mente, tem a ver com a parabola do filho prodigo, e da frase que se usa muito caridosamente "fazer o bém sem olhar a quem". A pergunta é a seguinte:
- Se o "filho prodigo" da parabola, em vez de ter vindo ao encontro do pai da forma que veio, arrependido e humilde, tivesse vindo cheio de arrugância e de direitos a resposta do pai seria a mesma? O que acha D. Lassalete, para mim a sua opinião conta muito. Se me pudesse responder agradecia.Bjos.
De lapieta@sapo.pt a 14 de Agosto de 2010 às 19:44
creio que sim... quantas vezes depois de deixarmos o bom comportamento regressam

mais

creio que sim... quantas vezes depois de deixarmos o bom comportamento regressamos, com a mesma arrogância e pretensiosismo , como se nada se tivesse passado... continuamos a errar, e acontece que Deus nos segura para que não tornemos a resvalar ... o amor de Deus é ilimitado até na forma como nos alcança...
mas o post nada tem a ver com a parábola que mencionou...

De Anónimo a 16 de Agosto de 2010 às 11:21
Não concordo, pois que Deus dá a cada um conforme o seu merecimento. Perdoa sempre, mas para haver o perdão tem que haver primeiro o arrependimento e a vontede sincera de melhorar. Mas obrigado pela sua resposta.

Comentar post