Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

situações de pobreza inesperadas...comerciantes com fome...

                                                                       

 

 

hoje venho aqui relatar um caso de pobreza, difícil de encarar...

e eu a pensar que já tinha visto tudo...!!!!!!!!!!!!

 

um telefonema, como tantos outros...

a voluntária atende e do outro lado da linha, alguém desconhecido, diz que tem para oferecer ao Coração da Cidade, algumas coisas e que queria ver se interessavam...

a voluntária apressa-se a dizer que tudo o que não faz falta aos outros, ao Coração da Cidade é sempre bem vindo...

a senhora fornece o endereço e na hora marcada dois voluntários visitam a senhora e o endereço é nada mais nada menos que a morada de um estabelecimento...

 

a senhora está na disposição de oferecer o mobiliária da sua loja , porque segundo diz, já não lhe faz falta e vai fechar...

 

até aqui tudo bem... afinal tanta a gente fecha as portas, porque os negócios vão mal... mas esta senhora, vai oferecendo tudo o que tem na loja... tudo o que durante anos foi o seu ganha pão...

agora de nada serve... repete vezes sem conta...

 

depois de carregados os primeiros moveis, afastam-se os voluntários que foram carregar e a senhora quase a medo com as lágrimas nos olhos, pergunta se pode ser voluntária d' O Coração da Cidade...

- claro que pode... a senhora faz a sua inscrição e pode juntar-se a nós...

 

a senhora olhou mais uma vez a voluntária, baixou os olhos húmidos e perguntou muito baixinho - ( se eu for voluntária, posso comer ao meio dia?...)

 

a voluntária olhou para ela e percebeu a sua aflição... e perguntou se ela estava numa situação difícil...

a senhora responde a chorar que estava numa situação muito complicada...

há muitos anos que está estabelecida e sempre ganhou para comer... tinha cinco filhos e ajudou-os a todos.. agora a situação dela é muito complicada... não pode ficar mais com a loja... - não há negócio ...diz ela...

 

- o que me aflige é que nem tenho que comer... fui á Segurança social e a assistente social, deu-me umas senhas para eu comer , mas eu senti tanta vergonha, que não consegui pegar nelas e saí a chorar...

-depois que o meu marido se separar de mim o juiz disse que ele pagaria o aluguer da minha casa, mas ele afinal já não pagava há mais de dois anos, quando eu soube estava quase na rua... a minha casa pertence aos padres capuchinhos e eu não consegui com eles uma ajuda... o tribunal deu-me um prazo e eu tive de descontar da minha reforma de duzentos e tal euros a quantia mensal que eles estipularam para não ficar sem casa...

 

- eu só queria que me dessem uma refeição por dia...

 

a breve trecho, entra uma senhora conhecida que lhe costuma fazer companhia na loja e confirma a situação... - esta senhora sempre ajudou toda a gente a vida está a ser injusta... hoje está nesta situação... um filho paga-lhe agora a renda da casa, mas não lhe sobra quase nada para comer... eu vou dando o que posso, mas ela tem muita vergonha...

 

a voluntária chorou...

telefonou-me a contar o caso e ficamos de colocar a senhora numa das lojas que estamos a abrir para que ela não sinta que está tão mal e assim como voluntária vai poder fazer as suas refeições e também vai beneficiar do Mercado Social, que diariamente está aberto das 10 ás 12,30 horas, onde estão á disposição de quem vem pedir ajuda, os produtos que as grandes superfícies comerciais doam , para serem distribuídos a quem necessita...

 

esta senhora não mais terá fome, pelo menos enquanto O Coração da Cidade existir…

 

esta imagem da pobreza envergonhada, vem sendo a nossa grande preocupação...

 

eu continuo a perguntar...

- por acaso o governo sabe destas situações e da forma injusta como estão a viver, pessoas que sempre trabalharam ?... que pagaram os seus impostos, que contribuíram para o crescimento do país ?...  e que do seu esforço saíram os ordenados para os senhores membros do governo ?...

 

é necessário parar para pensar...

nós portugueses, não podemos ser colocados numa vala comum, meios vivos, meios mortos á espera que a morte cumpra o seu papel, pedindo colaboração é fome...

 

este é um dos casos dramáticos duma economia doente, infectada de inoperância e viciada tecnicamente...

 

haja humanidade... afinal todos somos animais racionais... ou não?...

 

lasalete

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D