Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

no labirinto da pobreza ...

 

existe a pobreza que todos observamos, na rua, nos trajes, nos rostos, nas notícias...

enfim, pobreza…  qual companheira inevitável que nos entra pelos olhos dentro...

hoje em dia, é mais difícil dizer quem é pobre e mais difícil ainda detectar quem está efectivamente a mentir e vem dizer que nada tem, tendo tudo...

 

de uma forma ou de outra, sempre aparecem uns quantos, que com algum tacto lá vamos detectando e assim avançamos no campo das emoções educativas...

 

neste novo ano social, que se iniciou no Coração da Cidade no dia 1 de Setembro, a pobreza tem um espaço privilegiado, dentro de um novo horário, com 10 horas de atendimento contínuo de apoio social emergente, e tem acima de tudo uma cordialidade por parte dos voluntários, que eu mesma tenho vigiado, para que possamos levar enfrente o nosso grande projecto de solidariedade...PORTA ABERTA…SOPA QUENTE…CARINHO PERMANENTE…

 

em menos de três dias, o número de utentes no refeitório subiu na razão dos 100 utentes...

 

estamos agora com cerca de 500 utentes para fazerem a sua refeição e alguns estão a fazer duas refeições… mas, o que nos surpreendeu também, foi o número assustador de caras novas que vêm pedir ajuda...

 

alterando substancialmente as salas, colocamos no primeiro andar a sala de apoio emergente e diagnose social, quer para as famílias carenciadas, quer para as pessoas sem abrigo… e durante todo o dia as escadas da instituição em direcção a esta sala, se oferecem aos passos vacilantes e temerosos de quem pela primeira vez vai pedir auxílio...

 

no mesmo espaço vai passar também a funcionar a nossa farmácia social…

 

num singular desafio, a vergonha cedeu á pressão das necessidades mais básicas…

rostos de olhos colados ao chão, se vão abrindo e erguendo o olhar, que termina por ganhar confiança, abrindo a sua história de vida,  que vai sendo desfiada, como quem desdobra páginas de um livro proibido de ler...

 

com lágrimas á mistura e tremendo pelo inusitado da situação, homens e mulheres abrem o coração e entregam-no  á novidade de ficar durante algum tempo, dependente de uma instituição...

mas, de forma mais sincera e humana possível, nós vamos desmistificando a situação e mostramos que não é bem assim… sempre se podem apoiar mais uma vez no seu trabalho, podem doar o seu tempo para ajudar os outros e têm á sua disposição apoios sociais  no campo da alimentação, do vestuário e calçado e de bens para o lar, para que  possam  seguir em frente, rumo a um futuro mais de acordo com a vida que em tempos lhes era propícia…

 

dadas as primeiras explicações, as expectativas mudam e os interesses também...

o importante é colocar um novo sorriso num rosto molhado pelo desespero...

 

todavia, um grave problema me preocupa…

com mais frequência, estamos a receber casais jovens,  que foram obrigados a deixar o seu lar e estão como eles dizem ( por favor ), na casa de familiares que os acolheram, deixando em aberto que tudo é temporário...

 

estes casais, têm crianças a cargo, que se percebe serem tristes, que não estão alheias á situação, ao desmoronar do seu lar, da casa onde foram criados , do seu espaço…  e que de repente, se vêm numa situação muito complicada, (terem que fazer a sua refeição numa instituição )...

 

nem todos os familiares estão para deixar tudo na mão dos que de repente lhes entram porta adentro... deixam que durmam, mas a grande maioria não partilha as refeições...

 

com todos os cortes na saúde, nas ajudas sociais, estes novos lares estão aí pela cidade do Porto e já vêm de longe para pedir ajuda...

 

a nossa grande preocupação é que neste momento tudo está desorganizado e as técnicas sociais não sabem como contornar a situação, tal a escassez de verbas...

 

a maior parte dos casais com crianças, ainda em idade escolar, enfrentam um outro problema, como vão adquirir material escolar? ... e os livros que são tão caros?...

 

é necessário ver até que ponto estamos a sangrar, quem já está agonizante...

 

este dilúvio social, só vai conhecer um dia a revolta, por muita esperança que nós tentamos transmitir, ainda não conseguimos estancar a raiva que percebemos na alma de tanta gente...

 

neste momento, nós, Coração da Cidade, estamos a fazer o mais que podemos...

 

pedimos por isso mesmo, que os que nos estão a ler, se registem como voluntários, que quem ler estas linhas não as ignore e se referencie como colaborador, angariando produtos de limpeza, de higiene pessoal, géneros alimentares e que ajudem da forma que puderem...

 

O Coração da Cidade está sempre ao dispor de toda a gente de boa vontade...

 

entrem em contacto connosco e venham ajudar a servir quem vem pedir ajuda...

nós estamos com 10 horas seguidas de distribuição e precisamos de mais braços…

 

quando largar o seu trabalho ás cinco ou ás seis horas da tarde ainda pode vir ajudar…

 

há muito trabalho para preparar para o dia seguinte…

 

não se prendam pelo vestir de alguns utentes apenas porque vêm limpos , apresentam-se bem asseados…  as aparências iludem, os mais pobres na actualidade já não têm o aspecto do ( homem do saco)... são seres como toda a gente, que ainda há bem pouco tem tinham o seu emprego e faziam a sua vida de forma normal...

a maior parte nunca imaginou que um dia iria a uma instituição pedir um prato de sopa quente…

 

venham ajudar-nos, mobilizem o vosso potencial, façam-se amigos do Coração e ofereçam ajuda financeira...

 

O Coração da Cidade está a  passar por um período de grandes mudanças... venha até nós...

 

 

um grande abraço

 

lasalete

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D