Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

envelhecer com dignidade ...

 

 

Como estão longe de imaginar, os senhores que governam este país, que as decisões que vão tomando, estão a lançar no precipício, imensas almas desesperadas…

 

Nós estamos preocupados com os suicídios em massa que possam vir a acontecer…

principalmente entre os idosos, e mais entre os homens, que entre as mulheres…

 

As dificuldades que neste momento, muitos seres humanos encontram, são de toda a ordem…

Os senhores que governam, que não têm coragem de assumir, que tudo o que se está a passar, é apenas um jogo financeiro, e que os seres que coabitam na grande expressão humana, apesar dos pesares, e muito embora os desaires, até parece que continuam confiando, porque também não têm outra alternativa…

 

Era necessário que todos os governantes do nosso país, que são nossos empregados, porque são os portugueses que lhes pagam, e bem, para eles desempenharem os altos cargos que desempenham, que fossem mais honestos com Portugal…mas principalmente na forma como conduzem a justiça social…

 

Todos deviam ter a coragem de mostrar ao país e nomeadamente ao mundo, que apenas um grupo de gente muito bem instalada economicamente, está montando toda esta guerra, como se realmente de um jogo se tratasse, só que, pelo caminho, vão fazendo vítimas… os mais fragilizados estão a ser muito maltratados, mantidos como escravos, duma governação que se diz democrática…

 

Tudo isto para chegar ao caso que quero narrar…

 

Como sabem, no Coração da Cidade, o atendimento de apoio emergente, está todo o dia a funcionar…

não há um minuto de descanso… e ainda bem, que pelo menos, vamos dando apoio dentro do que podemos, a inúmeros seres humanos, que tão mal tratados são neste país e com os quais de uma forma ou de outra colaboramos…

 

Apresentou-se ontem para atendimento, um senhor… sublinho … um senhor… muito educado, falando muito baixinho e pedindo que respondêssemos também muito baixo, que ele escutava bem, e que não queria que ouvissem o que estava para contar…

Então, este português, com 71 anos de idade, vive dentro dum carro, onde passa o dia e a noite como é bom de perceber…

Deparou-se com um desaire financeiro e para pagar essa divida, o homem alugou a sua casa, aos quartos, para resolver a dívida e só lhe resta dormir no carro…

Mas para comer já não tem, então vinha oferecer-se como voluntário para conseguir comer e assim poder aguentar os dias que lhe restam… porque como ele diz, com esta idade já não pode arranjar emprego…

 

Senhor ministro das finanças… e agora ?… quantas cadeias são necessárias para albergar estes idosos que não conseguem sobreviver… e têm

Nada possuem a não ser a esperança de que o seu final de vida chegue o quanto antes…

 

Pergunto várias vezes se o governo se está a deixar enganar, ou se tem, efectivamente, consciência da forma dolorosa como vivem os portugueses e simplesmente os ignora…

 

Não me venham dizer que nada podem fazer…

É mentira… porque o Coração da Cidade, com quase nada, está a prestar auxílio a mais de 2000 pessoas por dia, entre famílias, idoso e pessoas sem abrigo e a mobiliza um mar de gente…

 

Agora imaginemos o que seria possível fazer, com a capacidade que o governo tem…

 

Subsiste sempre um problema, é que para ajudar os outros, não se pode tirar proveito próprio…

 

E depois quer queiramos quer não ( O AMOR FAZ A DIFERENÇA)

 

 

lasalete

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D