2 comentários:
De Fernando Correia a 8 de Abril de 2007 às 11:06
Olá, a todos quantos têm feito da Associação Migalha de Amor, um baluarte da luta contra a fome, e o desespero...
vim aqui, a este espaço, neste dia tão significativo, apenas dar-lhes os parabéns por este dia.
Que Jesus lhes dê a todos a coragem e a saúde para poderem continuar nessa luta, que não é para vencer ninguém, mas sim para dar pão àqueles que nem isso têm.
Uma Páscoa feliz para todos, quantos aí são voluntários e, para as suas famílias que de igual modo também são o respaldo dos que por aí vão dando o corpo e a alma àqueles que nada têm.
Bem-hajam
Fernando Correia
De zélia neno a 8 de Abril de 2007 às 13:29
Hoje o dia está lindo. É dia 8 de Abril e Domingo de Páscoa.

Este é um dia de confraternização, de dar e receber sorrisos entre pessoas unidas pelo sentimento mais belo;- o amor. E o amor, não só mas muito especialmente neste dia, inunda o Coração da Cidade pois é este sentimento a força motriz que mantém, diariamente, a instituição a funcionar.

Este é também um dia, em que pela força da tradição, se trocam prendas e muitos abraços. Abraços gostosos e prendas envoltas por fitas coloridos que as enfeitam com bonitos laços…mas já repararam como é curioso um laço, uma simples fita dando volta sobre volta? Enrosca-se, mas não se cola, vira, revira, circula e pronto: está dado o laço.

E o abraço é igual: coração com coração cercados pelos dois braços.

Um laço não é mais do que um abraço quer seja num presente, no cabelo, no vestido ou em qualquer outra coisa.

Puxa-se uma ponta da fita e o que acontece?...Vai escorregando e desmancha o abraço. Liberta a prenda, o cabelo ou o vestido. E na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.

Ah, então é assim o amor, a amizade, tudo o que é sentimento! Igual a um pedaço de fita que enrosca, aperta um pouco, mas pode-se desfazer a qualquer momento deixando livre os dois lados do laço. Sejam eles afectivos ou de pura amizade. Por isto se costuma dizer que, quando as pessoas se zangam, se quebram os laços.

Façamos então do nosso abraço o mais lindo laço que diariamente podemos oferecer não só àqueles de quem gostamos mas e também àqueles que dele tanto precisam.

Aqui deixo o meu.

Zélia

Comentar post