Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

é quase Segunda Feira ...

 

 

estamos quase na segunda feira... mais uma semanita para podermos provar a nós próprios que estamos no caminho certo...

 

mais uma semanita para conseguirmos crescer mais um pouco...

 

novas provas vêm até nós e novas oportunidades de mostrarmos que afinal, isso de crescer interiormente até acontece connosco...

 

sempre que termina o fim de semana a vontade de voltar ao trabalho, parece que é um pouco aborrecido...

 

em tempos privei com um colega de trabalho, que encarava a segunda feira como um sofrimento e dizia com alguma graça... ( o fim de semana devia começar ... rápido...segunda feira à tarde)...

 

mas com mais adultez todos sabemos que trabalhar faz parte do crescimento e que o mundo necessita de braços fortes e vontades vigorosas, que não quebrem ao primeiro impacto...

 

e para este dia eu atrevo-me a lembrar os amigos e a fidelidade e respeito que lhes devemos...

 

amanhã aproveite para telefonar a um amigo com quem já não fala vai para muito tempo...

 

todas as semanas repita o gesto e pode ser que encontre verdadeiras surpresas, ficará com a certeza que a vida não queimou as sementes de amizade que semeou...

 

quem é amigo mesmo... como aqueles amigos do peito, não precisa de estar perto para estar dentro do nosso coração...

 

e é tão bom estarmos apaixonados pelos nossos amigos...

 

eu adoro todos os meus amigos... a vida sem eles não tinha valor nenhum...

 

que Deus abençoe os meus amigos, que amanhã vão trabalhar , os que não vão trabalhar também... enfim todos os meus amigos e conhecidos ... melhor ainda que Deus abençoe todos os que prezam o trabalho ... que iniciem a semana com muita energia, muito vigor, muita coragem e a todos desejo muito êxito em todas as suas actividades...

 

uma óptima semana... massssssssssssssssssssssssssssssss ...

 

atenção, nós no Coração da Cidade já iniciamos grandes mudanças...

 

estamos a preparar o consultório médico , porque vamos passar a contar com a presença de uma equipa de saúde muito simpática:

  • 1 médica
  • 4 enfermeiras
  • 1 enfermeiro
  • 2 psicólogos ... psicologia clínica
  • 2 tecnicos da acção social

quando levamos aos nossos amigos sem abrigo a possibilidade de terem um medico mesmo à mão e passarmos a cuidar da sua saúde e medicação, foi um júbilo que só visto...

 

mas atenção que a nossa equipa também tem nas suas fileiras

  • 1 juiz
  • 2 advogadas
  • 3 economistas
  • vários licenciados em ciências de educação
  • 3 biólogas
  • e um número muito grande de voluntários com as profissões mais interessantes

O Coração da Cidade está a entrar numa fase de intensa actividade...

 

amanhã trago notícias fresquinhas... grandes novidades... até lá vou deixar um abraço do tamanho do mundo...

 

lasalete 

pequenas grandes diferenças !!!!!!! ????????? ...

 

existem grandes diferenças entre o ter e o possuir...

 

tenho observado ao longo dos anos que a maioria possui, mas na realidade não tem...

 

começando na infância vamos percebendo que tivemos casa, que nunca será a nossa casa, os pais que nunca os amaremos de verdade e que nunca os respeitaremos em concreto...

 

os filhos que nunca amaremos plenamente e que nunca os teremos em exclusivo...

 

os companheiros de jornada que nunca serão nossos em absoluto e que nunca terão por nós um amor eterno...

 

no fundo no fundo, o que queríamos mesmo é que tudo fosse exclusivamente nosso, mas nós não gostaríamos de ser exclusivamente de ninguém...

 

então como mudaremos este painel de atitudes na vida e como seguiremos em paz, para não sermos empacotados na mente de ninguém como mais uma coisa que passou por ali?...

 

vivamos com alegria, todos os momentos da nossa vida, mesmo que ao tentar viver assim, façamos coisas menos boas e menos felizes... mas recorramos à possibilidade de emendar...

 

coloquemos amor em tudo, sempre com a certeza de que até sermos perfeitos, vamos errar, ainda que impensadamente...

 

aprendamos com as pequenas coisas... por exemplo:

  • o brilho do sol, que espreita entre as folhas dum jardim
  • o canto dum pássaro isolado e a melodia de um bando que passa
  • as asas da abelha ou da libelinha que poisa, da borboleta que baila ou da mosca que incomoda, todas são diferentes, mas todos foram destinados a voar
  • as texturas das folhas soltas pela natureza
  • a cor dos alimentos destinados a compensar a nossa energia
  • o recorte das nuvens espalhadas pelo céu
  • o rosto diferente em cada um dos seres que passa por nós
  • o olhar indagador de cada animal que se cruza connosco
  • o disfarce do dia nas nuances milimétricas da sua apresentação
  • a temperatura real do planeta que nos foi destinado
  • os momentos vividos por nós e as incertezas dos que não tivemos coragem de enfrentar
  • cada um dos cabelos que sem notarmos se vai transformando
  • os traços fisionómicos que a vida vai oferecendo e sobre os quais não nos queremos demorar
  • os dons que possuímos e que temos medo de fazer brilhar
  • as mil maneiras que Deus tem de se comunicar e que nós rejeitamos, como por exemplo ... escrever o que nos vai na alma ou dizer simplesmente ao mundo ...EU QUERO AMAR
  • os poucos tostões que ao comprar um gelado, fazem a grande diferença num dia de calor
  • a música que o tempo conserva e que escutamos sem propositar
  • um aroma que nos lembra um momento inesquecível
  • os nossos arquivos da alma, onde a vida guardou sigilosamente o que a nós pertence em exclusivo

estas são algumas das  pequenas grandes diferenças de quem tem a certeza de estar vivo e que rejeita a ideia horrorosa de sobreviver...

 

viver com aquilo que temos serenamente ... é como olhar para uma pétala de rosa e inventar um jardim, olhar uma gota de água e imaginar o oceano, olhar um sorriso de um amigo e descobrir o abraço de Deus...

ouvir uma gargalhada amiga e sentir que ali estão todos os sons do Universo ...

 

as pequenas grandes coisas da vida é acordar e saborear o prazer de pensar, ver, ouvir e falar e como estou fazendo escrever para vocês...

 

façam deste Domingo um grande dia, anulando as coisas pequenas do pensamento... os pensamentos menores , negativos...

 

façam do vosso  dia ... um dia pleno...

vivam... vivam... vivam... sejam felizes...

 

 

lasalete

chocante...

olhai a vida com amor

não sei se é possível fazer um apelo, mas, se o pudesse fazer neste momento, eu pediria a um ministro qualquer, talvez a um corajoso, ou melhor a um ministro que seja homem de verdade, para ter em atenção o que se passa em plena luz do dia na cidade do Porto... estou a falar da prostituição à luz do dia ...

 

a minha cidade é tão bonita, as crianças ainda conservam a sua pureza, ainda existem senhoras que são capazes de ser senhoras , ainda existem jovens que coram com facilidade, ainda há homens que não se sentem bem com tanta desfaçatez ... mas não existem autoridades capazes de serem homens com letra grande que ponham cobro a este tipo de actividade...

 

em plena rua de Santa Catarina, paredes meias com dois espaços de oração, aí estão as residenciais que não medem esforços para colocarem às portas as damas da prostituição, exibindo as suas formas e descaradamente recebendo convites que em nada dignificam as mulheres...

 

babando, de olhares enlouquecidos, conduzindo carros de boa marca, os homens passam quase ensanguecidos e sempre na expectativa de encontrarem quem lhes satisfaça os apetites devoradores, enquanto em casa a mulher certamente de forma escravizada lava a roupa da semana e prepara o jantar para o abrute que veio à cidade procurar caça melhor ...

 

a polícia não sei onde se encontra, a virtude de se ser autoridade deveria chamar-se honestidade, porque quem é pago com os  impostos dos cidadãos, deveria olhar pela sua integridade física e moral...

 

dizem que cada um faz o que bem lhe apetece... tudo bem, mas não tem o direito de estar na via pública a incomodar quem passa demonstrando claramente ao que vem e ao que vai...

 

depois vêm para a televisão, falar das criancinhas desaparecidas, pregar moralmente a decência e os bons costumes, falar de segurança social, encher a boca com a protecção às crianças e jovens em risco...

mas com todo o respeito que tenho por muitos senhores da segurança social, pasmo quando sei com toda a certeza, que a grande parte das residenciais e hospedarias da cidade praticam a prostituição descaradamente e são subsidiadas pala segurança social, porque, é exactamente nesses espaços onde se recolhem crianças indefesas, famílias decentes que a segurança social tenta proteger, que são colocadas as famílias em risco...

 

é muito difícil calar o que está á vista de toda a gente...

com um pouquinho de sorte pode ser que se faça um rali pelas ruas do Porto e aí sim as prostitutas saem dos olhares da população em geral...

 

a caridade, manda entender este problema ... eu entendo, até dou de comer a algumas dessas mulheres, preocupo-me se estão devidamente organizadas em sua vida e sempre aconselho a que larguem de vez este tipo de situação ,que não confere dignidade a ninguém, mas não posso compactuar com esta situação que os governos conhecem sobejamente, que as autoridades já estão fartas de perceber, mas que não querem evitar, porque certamente até dá jeito... ou porque não sabem como erradicar o problema...

 

estou em crer que o grande problema está na mentalidade de quem governa, porque é parco de decência e de inteligência ...

 

porque é que os senhores ministros que se esforçam tanto por cobrar todos os impostos possíveis a quem trabalha com decência e que tenta cumprir com as suas obrigações , não inventam maneira de acabar com estes problemas... também poderiam achar tudo isto SIMPLEX ... é mesmo simples ...

 

ajudem estas mulheres, mas protejam as crianças que estão aflitas com medo de serem raptadas e violadas a qualquer momento...

 

a cidade do Porto, como outras cidade sempre teve a prostituição dentro de portas, mas NUNCA  COMO HOJE E DE FORMA DESCARADA A PROSTITUIÇÃO SE EXIBIU DESTA MANEIRA ...

 AS JOVENS NA RUA SÃO IMPORTUNADAS POR ONDE PASSAM SEM NADA TEREM A VER COM ESTE TIPO DE SITUAÇÃO...

 

que pena que a nossa cidade esteja tão desprotegida ... tão mal amada...

 

ser mulher é maravilhoso... fiquei triste ... tantas mulheres pela cidade e tantos abutres rondando... esfaimados pareciam lobos à solta... que figura tão triste...

 

fiz esforço para conter as lágrimas, pedi a Deus por aquelas mulheres...

 

a humanidade está viver, com as diferenças que o tempo carrega, uma época semelhante à barbária de outros tempos...

o primitivismo das atitudes humanas ainda me confunde ...

 

 

lasalete

os sons da noite ...

os sons da noite no coração da cidade

 

 

QUANTOS SÃO OS QUE SABEM ESCUTAR A NOITE...

 

alguns conseguem...

quantos porém se deitam pensando na humanidade...

 

quantos conseguem adormecer em paz e sentirem que à sua volta no dia seguinte tudo vai ficar bem e a sua vidinha vai continuar de vento em popa...

 

quantos podem permitir que os sonhos os arrebatem e voarem para dentro dos sonhos inventando a paz...

 

os sonhos são indiferentes aos sons da noite, querem apenas plateias e secam as bocas e as mentes que dentro deles se encontram para resolver os sons de outros dias que não foram de sonho...

 

hoje falei com um menino de dez anos... vivo de olhitos flamejantes e indagadores, que me olhava com curiosidade e ansioso pude notá-lo no seu pestanejar constante...

 

falava a linguagem do encontro marcado com alguém desconhecido que lhe iria propor um sono reparador...

 

o menino não consegue dormir sozinho ... diz com toda a certeza da sua alma, que pode ser raptado de noite...

 

teme sempre acordar e não estar ao lado dos pais...

 

estes temores que demonstra , não dormindo e não sossegando mal se aproxima a noite, têm os sons da noite...

 

diz ele: - de noite está tudo sossegado... tenho medo que me levem... a minha casa pode ser assaltada...

 

falamos durante uma hora e como pude tentei convencê-lo que não iria acontecer aquilo que ele tanto teme...

 

os medos começaram a surgir após as notícias que todos os dias passam na comunicação social e a invasão dessa notícias suscitou na criança esse medo pesadelo que não consegue abandonar...

 

quantas crianças estarão a sofrer do mesmo medo e estranhamente ainda não conseguiram confessar a ninguém...

 

este menino não conseguiu nem junto dum médico encontrar solução para o seu caso...

 

de forma amigável e convicta consegui falar com ele...

 

ficou a olhar para mim e perguntou... : -como tem a certeza de que não vou ser raptado...?

 

nesta resposta que teria que dar ... eu não hesitei e tentei brincar com o facto, porque fosse qual fosse a resposta o medo ia continuar lá...

 

ele saiu mais aliviado, mas...

 

e os outros meninos... que mal estamos a fazer às nossas crianças que não vamos dar sossego a estes seres pequeninos que deveriam ser felizes e não vão conseguir...

 

que mundo estamos nós a construir, que as crianças não se sentem seguras dentro desse mundo ?

 

quem somos nós, pais e educadores que não levantamos barricadas frente à descomunal comunicação que não desperta na humanidade mais do que o medo por vezes infundado e não inventa oura forma de avisar e apelar que não seja complicando a mente dos mais pequeninos...

 

só nesta semana atendi com o mesmo problema mais de seis crianças ...

os casos sucedem-se e os tablóides em letras garrafais previnem assustando em generalíssima franqueza sem ajudar os mais pequenos na sua defesa pessoal...

 

é preciso dotar a noite de música suave, para que os sons da noite não falem de terror...

 

os meninos também desaparecem de dia, mas este menino confia nos seus olhos, mas tem medo de que se ele os fechar, alguém venha raptá-lo... dormir com os pais é a solução que encontrou...

 

como ele diz : -  eu preciso de viver mas tenho medo...

 

durante uns minutos ausentou-se da sala onde estávamos a conversar na presença dos pais... saiu na companhia do pai, mas antes de sair olhou para a cadeira perto da mãe e disse como aviso : -mãe, olha a mala tem cuidado...

 

que Deus proteja os meninos deste mundo, para que não se tornem adultos temeroso ou temidos...

ninguém tem o direito de roubar a infância a ninguém...

 

os dramas familiares de muita gente, que ninguém pagina e que ninguém lê , são demasiado urgentes de tratar... mais tarde sofremos os reflexos dum mundo inversamente colocado frente à vida...

 

e tudo em nome do progresso e sem responsabilidade...

 

apenas porque muito poucos se deitem pensando na humanidade...

 

uma noite de paz para todos vocês...

 

lasalete

 

 

perfume da alma ( poema)

tu és o génio da lâmpada            

 

 

 

 

             

 

 

 

perfume

da

alma

( poema)

 

 

 

 

 

  

                          uma lágrima de mim, caiu no chão...

                          dividi pelo mundo o cheiro da minha alma...

                    e o chão tomou de mim a paz e a calma...

todos passavam ao lado,

famintos de aromas,

famintos de amor...

as gavinhas da alma me enredaram,

dividi pelo mundo meu cheiro ... com amor

e o chão tomou de mim a paz... ficou a dor...

a vida passou e perguntou:

- quem és, que fazes ?...

surpreendida confirmei:

-Faço as pazes...

dividi pelo mundo o cheiro da minha alma...

e o choro empapou o chão, levou de mim a calma...

os aromas voltaram,

como quem entrega ao mundo eterna Primavera,

brotaram flores desconhecidas,

a luz da madrugada apareceu despercebida

e na surpresa arrebatou as agonias...

os gemidos gentios,

os aromas de outros dias ...

os céus deixaram-se escrever,

os planos divinos dos deuses apareceram...

e as igrejas gemendo assim cresceram...

rezam os ateus, tocam os sinos,

os virginais planos dos humanos

encontraram ecos,  se elevam em torrente,

os deuses converteram então o mundo empapado

em perfume da alma eternamente ...

quando o mundo acordar...

sentindo aromas  que incrédulo ignora,

vai perceber sem medo que é chegada a hora

e perceberá a luz, que frente às sombras o oprime,

quando o homem se elevar

e a vida deixar de ser a dor ...

da lágrima que dói mas que redime,

quando o homem voltar a ser criança,

e de todos os aromas conservar uma lembrança,

quando os céus não forem mais mistério,

quando o homem quiser viver a sério,

sem perturbar a paz e a harmonia...

então sim...serenamente...

em paz, sem dor, em sintonia,

com brilho no olhar e com firmeza ...

deixar bater seu coração com muita calma...

aí sim... aí sim... tenho a certeza...

que o cheiro espalhado pelo chão

será o perfume de minh'alma ...

 

 

 

 

até lá... um abraço .... lasalete

o caminho do medo...

NÃO PERMITAS QUE ENTERREM OS TEUS SONHOS ... VIVE SEM MEDO

 

 

 sons

do

medo ...

mais que do medo, do que tenho medo é do som... do som do medo...

um dia um amigo meu dizia... do que eu tenho medo é do medo de ter medo...

os caminhos que trilhamos ou que nos fazem trilhar, ou que nos obrigamos a trilhar , nem sempre são os melhores...

conheci alguém, muito ruim, que se fazia passar por boa pessoa, mas que a possibilidade de meter medo aos outros o entusiasmava terrivelmente, por isso mesmo nunca perdia a oportunidade de o fazer...

hoje vi no rosto de uma jovem o medo que um dia vi no rosto das vitimas desse homem...

o medo que essa jovem tinha de ficar sem nada e na rua... o medo que ela sente ao pensar que um dia possa ter que passar tanta fome, que se possa ver envolvido em algum escândalo ou episódio menos saudável , já lhe causa pânico por antecipação...

o programa que a nossa instituição está a desenvolver, é exactamente pela vida daqueles que estão assim com a sua vida em perigo... que um dia tiveram tudo e que neste momento estão colados ao medo de um dia passarem fome, de um dia arrastarem para o infortúnio os seus filhos...

estas vidas em risco são neste momento a nossa preocupação... é preciso salvar a célula familiar e ter a certeza que durante um ano esta família volta de novo ao caminho da tranquilidade e da paz...

hoje mesmo eu disse e repito, não estamos vocacionados para dar de comer a quem não quer trabalhar e está disposta a viver apenas com um subsídio... não se quer cultivar, não quer evoluir e não colabora com a vida para ter um espaço de vida diferente...

os cristãos ainda estão habituados a exercer a caridade com os pobres muito sujos e esfarrapados e não querem admitir que uma pessoa bem vestida também possa passar fome... mas se vissem o medo que eu hoje vi... desfaziam esse engano de uma vez , porque ao mesmo tempo que olhei aquele rosto eu ouvi a voz da caridade...

é preciso ajudar a viver... é preciso ajudar a não perder a esperança ... é preciso ajudar a sair desse túnel infecto e terrível ... ( O MEDO)

neste ano, nós vamos investir nessa libertação, vamos quebrar as grades dessas prisões onde muitos portugueses estão a deixar-se sepultar e vamos investir em mais meios humanos...

estamos a recrutar muita gente, vamos tentar virar a cidade do avesso para ajudar os que estão tentando chegar com vida à outra margem...

só peço à vida ... força e coragem para continuar ...

Portugal preciso de sair deste impasse...

o medo tem que morrer... de dor do seu próprio medo...

precisamos de encontrar gente sem medo...

se você não tem medo junte-se a nós... pergunte o que é possível fazer ... 

existem mil maneiras de ajudar...

por favor estenda os braços à vida...

venha nós precisamos de si...

um abraço de paz... lasalete

sem dependências...

 

 CONSTRUIR CONSCIÊNCIAS... DESTRUIR DEPENDÊNCIAS

 

 

 

NOVA FACE...

NOVOS ROSTOS...

NOVOS GESTOS...

SEMPRE NA LINHA DA POBREZA...

 

 

 

O Coração da Cidade, esta a apostar na sua independência como instituição social, com autonomia económica...

 

uma das grandes preocupações do Coração da Cidade, foi sempre o não desperdício dos recursos já existentes, que são olhados por quem tem muito de seu, como algo que não serve para nada...

nós não entendemos assim e por isso mesmo, aproveitamos o que é excesso na vida de uns para fazer chegar com o que é necessário e até vital, à vida de outros...

 

nem sempre é fácil e por isso mesmo, ao longo destes 12 anos de vida, tentamos sensibilizar as pessoas para que não deitem fora o que já não lhes interessa...

 

estamos a procurar  mais três novos espaços, para instalarmos a fase actual de nosso desenvolvimento, para fazermos face às despesas financeiras da instituição, sem estarmo a  a depender de outros organismos oficiais... sempre assim procedemos...

 

entendemos, que é num conjunto de actividades de relação mútua, entre a cidade e a instituição, que a vida desta pode aontecer e assim pode funcionar, porque tem na sua vital posição a força inegável de valorosos voluntários...

 

os bens, devem passar de uns para outros, ajudando assim os que nada possuem...

 

neste olhar mais demorado, pelas ruas da pobreza citadina, encontramos, muita gente que já teve alguma coisa de seu, mas que na actualidade, tem muito pouco e que pede ajuda para continuar a sobreviver...

 

lares que se desfazem e se repartem e que para continuarem a sua vida , recomeçam do zero, sobrevivendo de forma muito precária , a quem tentamos socorrer de imediato...

 

o programa VER - vidas em risco, está a ultimar a fase de reapreciação, em que se movimentou durante um ano, excluindo do programa os utentes que não querem progredir e que se recusam sitematicamente a trabalhar, para admitir novos rostos da pobreza e reencaminhá-los para uma vida mais próspera...

 

dentro de um mês, novas inscrições vão acontecer e por isso mesmo, vamos iniciar com o arranque de novas actividades, preparando a  instituição, para arrancar com a nova fase deste programa...

 

solicitamos a quem nos está a ler, a sua colaboração, porque necessitamos de duas má quinas de lavar e de secar, semi-industriais , bem como duas prensas de passar a ferro...

 

procurarmos novos espaços para darmos corpo a esta fase de formação...

 

quem puder ajudar pode contactar-nos directamente pelo telefone ...22 5025555

ou para o email acima indicado...

 

o lema do programa VER- vidas em risco é :...

formar consciências para destruir dependências ...

 

teremos que ser nós a dar o exemplo...

 

ajude-nos por favor...  lasalete

eu gosto muito de pessoas...

Amar o Amor - O Sistema

eu gosto muito de pessoas ... gosto mesmo...  porque dos animais e da natureza eu já gosto muito...

não há no mundo ninguém que em consciência , eu diga:- não gosto...

eu gosto de apreciar toda a gente... e fico por vezes a olhar o rosto de quem passa por mim, os olhos de quem fala comigo, a voz de quem me telefona, a voz de quem me atende e os olhares de quem tenta convencer-me de alguma coisa...

descubro que as pessoas são fabulosas, mas que a grande maioria se preocupa em parecer o que na realidade não é...

daí, que os acertos sejam mais difíceis de realizar do que parecem...

quando eu quero remendar um vestido, tenho que expor á luz do dia o tecido para saber onde consertar... se o tiver sempre escondido, não vou poder remendar e ele ficará sempre velho...

mas também, já descobri, que as pessoas por vezes se escondem com o medo das críticas e não deixam acontecer o que de melhor está dentro delas...

seria bom, que se habituassem com sensatez, a ser mais espontâneas e participassem da vida com mais clareza...

que importa os que falam de nós... os que falam de nós na generalidade estão evitando de se visitar por dentro...

seja feliz... seja fiel a si próprio... viva ... viva... seja livre...

hoje , bem cedinho, descobri um texto, que deixo aqui para vocês... o autor é por demais famoso para ser ignorado... e na verdade, o que ele expõem nesta síntese , mostra lógica e é moralmente embalador...

é preciso confiar... dar o benefício da dúvida aos outros...

se estamos crentes de que temos direitos, é bom que não nos esqueçamos de nossos deveres...

leiam com atenção e meditem...

Aprendi, que quando estou com raiva tenho o direito de estar com raiva.

Mas isso não me dá o direito de ser cruel.

Aprendi, que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ele ame, não significa que esse alguém não o ame com tudo que pode.


Aprendi, que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que

com quantos aniversários você celebrou.


Aprendi, que nunca se deve dizer a uma criança que os sonhos são bobos ou fora de cogitação. Poucas coisas são mais humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.


Aprendi que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém. Algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo.


Aprendi que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido; o mundo não pára para que você o conserte


(Willian Shakespeare)

 

só este homem para nos oferecer em tão pouco espaço meditação para toda a vida...

viver é mesmo isto ... amar ... acreditar ...apoiar...ser solidário...

o mundo vai melhorar... tenho a certeza... enquanto isso melhoremos nós um pouco o nosso comportamento e o nosso pequeno mundo logo, logo, nos devolver á a paz...

lasalete

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D