Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

asas caídas ...

 separa-os apenas uma janela para o mundo...

por detrás das cortinas de renda, ninguém supõe a miséria que se esconde em muitas casas, que na maioria dos casos nem acreditamos, só mesmo depois de constatarmos com nossos olhos...

 

de olhar vago e sempre esperando que o amor bata à porta, ainda assim dizem ser pessoas de fé...

 

recebem o pouco que se lhes pode oferecer em bens alimentares ... mas ficam com a certeza de que em amor, somos pródigos e atentos ...

 

a solidão, a doença e fome, são irmãos que não deviam existir em conjunto, mas muitas vezes os encontramos de mão dadas a todos eles com uma irmã bem antiga que se chama velhice...

 

o apoio domiciliário, é grato de fazer, mas fica em nós o desgaste permanente de não conseguirmos trazer connosco todos os que nada possuem e que estão sempre à espera de notícias da rua, das vozes da rua, mas principalmente do ouvido de quem chega e também sabe parar para os ouvir... abrindo outra janela...

 

O Coração da Cidade também têm esse trabalho que todos os sábados desenvolve, providenciando tudo para que nada falte àqueles que estão impossibilitados de sair de casa.

 

os mimos que lhes oferecemos, num bolo diferente, num pouco de carne assada, nos legumes que distribuímos atendendo à dieta de cada lar, fala muito da atenção dispensada...

 

conhecemos porém há tempos atrás outro tipo de solidão...

 

encontramos uma senhora com apenas 52 anos de idade, cujo peso ultrapassa os 200 kilos e que se movimenta muito mal...

 

tenho a certeza de que um dia foi uma bela mulher, mas actualmente, a sua saúde nem lhe permite expor a sua beleza à luz do sol...

 

este é outro tipo de solidão, que dói bem forte no fundo da alma...

 

mas como não estamos na vida à toa metemos pés ao caminho e conseguimos diminuir um pouco as angústia desse ser humano, reforçamos a cama onde está a maior parte do tempo, fazendo-lhe uma cama super confortável, capaz de aguentar mais duas vezes o seu peso...

 

apenas queria dormir tranquila e não conseguia numa cama normal...

 

a vida desta mulher ficou sem qualidade nenhuma, porque para além de viver com o problema grave da sua obesidade ainda está só com a filha menor e sem emprego, nada pode fazer em seu benefício...

 

viajar por esse mundo de Deus a que chegamos Portugal, é estar atento a problemas muito semelhantes a este, que precisam da mão amorosa de todos os portugueses...

 

se você nos está a ler , não fique parado, nem em casa a experimentar a soneca da tarde... pense que a margem onde neste momento transita de repente pode deixar de contar consigo, porque a vida o obrigou a passar para a outra margem...

 

todas as mãos são necessários, faça-se voluntário e ajude quem necessita de carinho...

ajude a vida para que tudo esteja pronto no mundo porque o minuto seguinte pode ser seu...

 

todos eles foram como nós aves soltas ao vento, voando muitas vezes sem destino apenas pelo prazer e pela possibilidade de voar...

hoje são asas caídas esperando que a vida as ampare debaixo das asas solidárias de alguém...

 

pense a sério nesta proposta ... um abraço

 

lasalete  espero por vocês...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D