De Fernando Correia a 19 de Novembro de 2006 às 13:39
Ler esta senhora, que me habituei a ouvir nas suas palestras das sextas-feiras e que ultimamente por motivos profissionais não tenho ouvido, escreve como fala; com ternura, com uma doçura nas suas belas palavras que correspondem à beleza do seu olhar e que transmitem uma sensação de paz, e que me comovem e tocam profundamente, sejam ditas ou escritas são recebidas como água pura e cristalina por alguém que está sequioso e procura incessantemente algo que sacie a sua sede.
Além de consolar espiritualmente aqueles que procuram a sua palavra, ainda dedica a sua existência, esquecendo certamente a sua, àqueles pobres que estão esquecidos nesta nossa cidade.
Está a conseguir todos os dias, despertar as consciências deste nosso Porto e, vai conseguir fazer com que aqueles pobrezinhos que nada têm, sintam que a pouco e pouco ALGUÉM está a mudar as suas vidas.
Espero ansioso que tenha mais um pouquinho de tempo para nos encher a alma.
Fernando Correia
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres