De César a 6 de Maio de 2007 às 20:12
Boa tarde D. Lasalete ...

Aceito o desafio e só agora vi.. espero ainda ir a tempo de colocar a mensagem...

MÃE...

Falar da Mãe, é falar do AMOR!!!

Falar da Mãe, é falar de DOR!!

Falar da Mãe, é falar de MÃE !!

MÃE que ao parir foi dor, foi Amor, foi Êxtase de Ter nos braços um AMOR redimido do CRIADOR!!

Mãe, não te encontras na carne, mas estás no CORAÇÃO de um dos teus filhos que sempre te AMOU e isso demonstrou...

Foi tarde que te viraste para quem te AMAva , mas ainda sentiste o carinho no olhar e no afago que antes de partires, me olhaste e eu cego de Amor não te via a partir...
Partiste passado três dias desse olhar e não esperaste que eu chegasse junto a ti, foste embora Mãe, mas tiveste perto de ti quem te Amou como filho e te agradeceu por tudo, ainda disse a tempo que te AMAVA, que se tivesse que nascer outra vez, te queria como Mãe, e hoje neste dia ao longo dos Anos que não estás comigo, penso sempre em TI MÃE...

Mãe, eu que com carinho te chamava velhinha ,com carinho fazia-te festas e era tão natural em mim este gesto que meus irmãos tinham ciúmes de mim...

Ainda hoje eles sentem algo diferente por mim, mas tu Mãe sabias que eu era diferente, diferente deles, diferente da forma como te ajudava porque te amava e hoje.. ainda te AMO!!!...

Mãe, toda vez que preciso de falar, lembro daqueles momentos em que te ouvia depois de eu falar, depois de eu desabafar, ainda sinto a tua falta, mas hoje falo contigo de uma forma diferente, falo com o pensamento que recorda que foste minha MÃE!!!

Que Jesus oiça quando lhe pedes que me proteja, como eu lhe peço que te ilumine, porque na terra foste uma grande Mulher, foste Mãe de quem EU um dia escolhi para nascer...

Era grande a prole, ao todo éramos doze, todos pequenos conseguiste que todos fossemos criados... não esqueço MÃE que foste Mãe muito nova, que sofreste, que seguiste a tua cruzada com Dor mas tinhas em mim um Amor que queria que o teu fardo não fosse tão pesado...

Hoje recordo-te Mãe com saudade e com muito Amor, deste teu filho que sabe que sempre que fala contigo, vê a tua imagem estampada na mente... que te continua a AMAR e sente que é Amado...

Até um dia MÃE...


Teu filho César


Obrigado D. Lasalete pela oportunidade que é dado de escrever o que vai na Alma e mais haveria para escrever...
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres