Segunda-feira, 7 de Maio de 2007

dar de graça o que de graça recebemos...

 

Quando falamos em dar, sempre vem á ideia o mais material dos processos, dinheiro, alimentos , roupa, etc.

Dar, melhor ainda, D O A R ... significa simplesmente, partilhar com os outros o que facilmente está ao nosso alcance.

D eus
O rdem
A mor
R esposta

Junto de qualquer pessoa, ou criação divina, nós podemos ser a resposta á sua necessidade e devemos colaborar nesse processo...

todo aquele que se vê assim na vida, sabe que a qualquer momento, nós somos abrigados a responder, para ajudar quem está precisando, porque também nós estamos com necessidade de exercitar a nossa consciência, pedindo-lhe respostas no campo da caridade e da compaixão, da boa vontade e da solidariedade.

Quando O Coração da Cidade se abriu à cidade, não foi apenas para os que menos têm e que mais de nós precisam, mas acima de tudo, para que nós aprendêssemos a dar, com paciência e com amor... saber dar ainda não é fácil para alguns.

A alma da gente que passa por nós em êxodo permanente nesta vida, vive da boa vontade dos que na actualidade estão mais despertos... mas a disponibilidade ainda não se faz sentir a todos os níveis .

Demoramo-nos, contemplando os grandes marcos da humanidade no campo solidário e aí ficamos, bendizendo o que fizeram... e, imóveis, não conseguimos aderir à causa comum ( o bem estar geral ).

Insistimos em manter a ideia da pobreza dos anos vinte e a pobreza tem contornos diferentes, específicos da vida actual...

A pobreza moral e intelectual... traz até nós seres abrutalhados e espiritualmente avessos a qualquer tipo de moralidade, sem consciência do mal que praticam e rogando o mais básico da vida... quase exigindo e agredindo em seguida... mas não deixam de constituir parte do número daqueles onde temos que ajudar...

A pobreza que esperamos encontrar, ela está aí consciente da sua situação, provocando

lágrimas de dor, em lares que respeitam as regras sociais, com escolaridade por vezes acima da média, tentando dar á sua vida qualidade , mas esbarrando de frente com o egoísmo humano, que no seu todo, personifica também a pobreza moral e espiritual dos mais abastados.

Seja qual for a sua condição económica, a pobreza moral assinala-se perfeitamente ...

mas então o que devemos fazer?... parar ?... continuar?...

Devemos aderir a qualquer causa que esteja voltada para o progresso moral e intelectual da humanidade e logicamente atender ás suas necessidades mais básicas.

O Coração da Cidade é de certeza um porto de abrigo a todo o tipo de carência, económica, moral, intelectual e espiritual.

Quando aqui, ou em outro espaço de intervenção eu chamo á atenção para a obra, estou ao mesmo tempo, criando a possibilidade de quem me escuta, se elevar um pouco acima daqueles que parasitam no universo, pensando que Deus tem o dever de suprir as suas necessidades... não tem não ... elas se superam em automático, conforme a nossa necessidade.

O apelo, portanto, aqui vai... pondere sobre o seu tempo livre... invista em si, faça-se voluntário da causa universal e ajude a criação divina, pois quer seja crente ou não, ainda é Ele que coloca á sua disposição o Sol, a água, a luz e até os que vêm ao seu encontro.Aceite ou não aceite vive as espenssas divinas.

Não se sinta á parte da criação, não precisa de acreditar em Deus, apenas necessita de acreditar em si e sentir-se útil, porque faz parte deste movimento a que chamamos VIDA... e j á agora sabe o que significa vida? ...

V ia
I ncondicional
D
A poio

Pois é ... tudo é doação e ao apoiarmos os outros, estamos a contribuir para o movimento universal, a contribuir para essa energia cósmica de onde não nos é permitido sair... porque todos nós somos energia ... o nosso pensamento... as nossas acções... são capazes de agir em movimento constante, apenas diferenciando na sua qualidade .

Todo aquele que est á ajudando incondicionalmente está gerando vida ...

Todos, se quisermos podemos ajudar , não só dentro duma instituição. mas fora da instituição, fazendo parte dos luminares, com os quais a instituição pode contar...

Inverta os factores em que gravita habitualmente e revele-se mais cooperante... não sinta vergonha, seja activo, divulgue o quanto puder uma causa, colabore neste espaço meteórico a nível informático e ajude...

Este mês, queremos juntar o máximo de garrafas de azeite que podermos...

apontamos um número ... 1000 garrafas ...

o azeite ainda é um produto difícil de conseguir ... portanto pesquise... em fornecedores, agentes, cantinas, empresas do ramo alimentar e vai ter uma grande surpresa... adira a este desafio...

A NET pode ser o coração electrónico de uma grande causa ...

o essencial você já tem... é alfabetizado, raciocina e tem coração, senão não lia esta mensagem até ao fim... por isso só lhe resta:

DAR DE GRAÇA O QUE DE GRAÇA RECEBEU

Lasalete

neste momento eu estou ...: bem
tags:
publicado por lapieta@sapo.pt às 17:22

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De zélia neno a 10 de Maio de 2007 às 23:34
O título “Dar de graça o que de graça recebemos”, para além do conteúdo da mensagem, deve-nos fazer reflectir seriamente sobre o nosso posicionamento nesta vida pela qual estamos passando num corre-corre diário, quase não nos permitindo activar todo o amor que Deus colocou em nossos corações e ao nosso dispor para usar e abusar, já que só através de uma doação constante desse amor é possível evoluir e crescer como seres humanos e dar intensidade e alegria à nossa Vida. Contudo nunca devemos ficar à espera de um retorno, nem que seja na forma de uma palavra graciosa, mas sim e tão somente ficar com a sensação do dever cumprido.

Só que, muitas vezes nem damos conta que nada fazemos para distribuir essa forma de amor pelo nosso próximo, o que se torna moralmente grave para nós mesmos, pois até temos alguma disponibilidade de prestar ajuda, qualquer que seja o carácter e ramo em que ela possa ser efectuada e nós não decidimos sair do nosso cómodo “casulo” para a colocar ao alcance de quem dela tanto necessita.

Quando alguém dá a sua quota-parte possível, seja grande ou pequena, de certo se sente um contribuinte feliz, ajudando a fazer deste mundo um mundo um pouco melhor e, no final do dia antes do adormecer, pode dizer: - Obrigada Senhor, por tudo o que hoje pude usufruir e pelo mais que ainda pude repartir.

Em sequência, recordo um poema que passo a transcrever, cujo titulo é :

“ AMANHECER “

Ao acordarmos todos os dias pelo amanhecer
Devemos contemplar o mundo, pois ele é belo.

Tudo que Deus Criador nos entrega
Não coloca preço, tudo nos dá de graça.
Muitas vezes não sabemos aproveitar
Nem agradecer e nem sequer cuidar,
Tão-somente entregar ao bichinho da traça.

Um livro se escreve ao longo das nossas vidas
Feitas de dias nos quais vivemos a nossa história,
A nossa face se reflecte na sua capa
E nas suas páginas, a nossa desgraça e glória.

Mas sempre vamos pedindo misericórdia a Deus
Pois sabemos que continuamos a ser filhos seus,
ELE não nos abandona, mesmo nós fazendo coisas erradas
Neste labirinto de tão variadas tarefas,
Geralmente por nós muito mal executadas.

Que em cada amanhecer nos recordemos
Das dádivas que recebemos pela Sua mão
Tentemos ser mais gratos e generosos
Pois por todas elas nunca pagamos sequer um tostão.

Zélia


Comentar post

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags