Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

meu tempo... sem tempo ...

 meu tempo, está sem tempo...

tal a massa humana que se cruza no nosso querer e se estende em nós na nossa pequenez...

como é pequeno o nosso regaçao, para segurar tanta gente dorida pelas sapatadas da vida...

 

diário de ninguém ...

 

5,44 da manhã ...

uma oração consciente de boas vindas á vida, pelo despertar e pelos que ainda não despertaram ...

um convite a Deus e a Jesus para que sempre ao nosso lado nos impulsionem de força e ánimo para continuar...

 

6,30 ... ponderação

estudar quase milimétricamente o dia , como que adivinhando o que existe para fazer e planear momentos para depois executar melhor...

 

8,00 . saída de casa

a estrada está replecta de gente que se transporta automáticamente sem olhar para o lado... uns falam sozinhos ao telemovél... outros resmungam com o perceiro que lhes faz companhia... outros ainda mastigam o resto do pão do primeiro alimento do dia...

 

8,30 ... cheguei

saúdo o anjo guardião da casa que me serve de amparo... preve-se um dia muito cheio..

 

9,30... chegam os primeiros voluntários

 

9,45 ... chegam os primeiros pedidos de socorro

a mulher grávida do dia anterior

uma mulher que pede tudo e mais alguma coisa e que se percebe que de nada precisa...

um homem muito apático, que nunca pediu nada a ninguém e que não sabe o que fazer...

 

9,47 ... sai o primeiro carro para levar  voluntários ,que vão participar de um evento de comida biológica e que nos fornece legumes

 

10, horas ... chegam os voluntários do apoio social com papeis e começam a chamar

 

10,15 ... um telefonema a doar roupa

 

10,17... um telefonema a dor movéis

 

 10,18 ... sai o segundo transporte para ajudar um senhor na limpeza da casa que quer desocupar  e que pretende doar a mobília ...

 

10,20 ... um telefonema a doar detergente para máquina...

 

10,45 ... consulto o email do coração... retiro as moradas e preparo os transportes para o dia seguinte ...

 

10,57 ... um casal aflicto pede auxílio para os filhos que têm fome... é preciso socorrer de imediato...

 

11,00 ... reunião com o apoio social, para delinear estratégia de novas visitas ...

 

 

11,20 ... enquanto a reunião decorre somos interrompidos várias vezes  :

  • verificarmos as câmaras frigoríficas para repartir tudo o que deve ser devidamente dividido para asseguaramos continuidade de alimentos e qualidade na confecção...
  •  
  • 11,30 ... pedido de auxílio para uma senhora com depressaão profunda... pede aconcelhamento...
  •  
  • 11,47 ... pedido de ajuda para um cavalheiro obeso que pretende a todo o custo ser auxiliado e quer fazer voluntáriado...

termina a reunião ... tudo perfeito ...

 

12,00 ... pedido de auxílio para um casal que apresenta várias moradas e quer forçosamente auxílio alimentar sem corrigir os documentos... leva alimentos para as primeiras impressões...

 

12,30 ... o almoço está pronto .. os voluntários vão  alimentar-se ... toca o telefone... pedem auxílio para uma família que tem fome e que não tem coragem de ir atá nós ... enviamos alguém para auxíliar sem que ninguém perceba...

 

12,49 ... trazem o meu almoço ... prometo que vou almoçar ... chegam dois casais pela primeira vez e sem documentação mas têm fome... vão primeiro almoçar depois vamos falar com eles ...

 

13,10 ... atendemos uma senhora complectamente desprovida de senso que quer a todo o custo ser atendida, porque gastou o rendimento minimo a jantar com as amigas e elam roubaram-lhe o resto do dinheiro, não sabe o que fazer ... tem um neto de um mês e não sabe o que fazer... tem a casa dela de pernas para o ar e não sabe o que fazer... traçamos um plano e pensamos que vai aderir... temos que lhe ensinar a gerir o pouco que tem e vamos fazer nova tentativa...

 

13,45 ... estamos aflictas ainda temos mais gente a chegar ... verificamos e já almoçaram ... agora vamos nós almoçar... não conseguimos ...

 

13,48 ... uma senhora e a filha chegam para serem auxíliadas e choram muito ... ela é obesa pela medicação para a diabetes e a filha com dezoito anos viuva, tem HIV e tem um filho de 13 meses e não têm que comer ... a jovem tem problemas pulmunares e receia a tuberculose, já que foi assim que o marido morreu...

no apoio social continuam aflictas ainda se prepara sacos de legumes, fruta , doces, iogurtes e alguma mercearia, carne e peixe ... damos dinheiro para os transportes e partem mais contentes...

 

14 horas vamos finalmente almoçar ...

 

14,15 ... almoçam as voluntárias do apoio social

parte o carro para recolha das sobras do Jumbo ...

 

14,48 ... pedido de socorro da assistente social do H.S.J. para uma senhora a quem estamos a concertar a casa... quer saber se a casa está a ficar em condições ... ( está sim tem as obras feitas está mobilada , está em ordem) ...

 

a porta já está a ficar cheia de gente para tomar a primeira refeição do dia ( pessoas sem abrigo que se vão acumulando)

 

14, 57 ... verificamos o jantar  e planeamos estratégias para o dia seguinte como cozinheiro...

 

15,00 ... verificar e corrigir o regulamento interno

 

15,22 - doutora do tribunal pede audiência para falar de um cidadão que está para fazer voluntariado por ordem do tribunal ... ainda não começou ... ( esta também é uma das vertentes do Coração da Cidade... dar oportunidade em serviço voluntário a pessoas cujas penas podem ser pagas deste modo ) ...

 

16,00 verificar os carros com alimentos... o refeitório está replecto de gente ( na sua maioria homens) que estão a comer...

uns querem roupa...

outros medicamentos ...

outros querem banho ...

 

16,30... estipular espaços no armazém para recolhas de alimentos...

 

17,00 ... pedido de auxílio para briga dentro do lar ...

 

17.17 ... pedido de ajuda para alguém que está perto do suicidio...

 

17,30... entrega de donativo ... pagamento que o tribunal exige como tributo á comunidade  por falta cometida ... agradecemos e passamos recibo ...

 

18,00 ... apesar dos pesares conseguimos fazer a correção que tinhamos planeado ...

 

18,00 ... apoio a grávida que está sem ajuda há muito tempo...

 

18,16 ... chega o correio... nada de importante ... cisas do dia a dia ...

 

18,20 ... verificar se a csa que estamos a colocar em ordem está como queremos , para dar resposta á assistente social que voltou a telefonar ...

 

19,00 ... o coração começou a falhar ... deve ser do stresse e deste trabalho todo e hoje até foi dos dias mais calmos ...

no dia anterior até desmaios  aconteceram, assinalando a fome  a que tivemos de acudir com alguns pequenos almoços para levantar o ánimo a algumas senhoras ...

 

19,30 ... verificamos que todos estão muito cansados ... emocionalmente é impossivel resistir a tantas lágrimas ... os casos cada vez se apresentam  mais dolorosos...

 

 o pensamento não pára ... tenho que providenciar  muito trabalho para amanhã ...

 

os transportes têm que ser bem repartidos... para que consigamos realizar tudo como previsto ...

 

tenho que me deitar mais cedo ... fui obrigada a vir embora ... mas o meu coração ficou ali no meu local da trabalho ...

 

parti com o carinho dos meus colegas ...

 

o meu telefone tocou várias vezes antes de adormecer ... ainda não terminou  meu dia ...

 

estava para ver a novela... mas adormeci instantâneamente ...

 

estou muito cansada mas muito feliz ...

 

escrevo hoje ... porque o meu dia apesar de distante do meu espaço de eleição foi grande ... louvo a Deus por isso...

 

demorei duas horas para conseguir escrever ... os pedidos de auxílio continuam a chegar até nós ... coisas do telemovél ... onde estamos ele está e estão as necessidades de toda a gente ... GRAÇAS A DEUS  ... que onde entende nos faz instrumentos da vida ...e eu continuo a dizer ... meu tempo está sem tempo, precisava de um dia de 48 horas ...

 

estou a precisar de voluntários ... venham o trabalho não pára ...

 

quero aqui deixar um grande apreço pelos voluntários que actualmente não medem esforços para aguentar este coração de auxílio ao proximo ...

 

alheia a tudo isto a cidade todos os dias adormece sem preceber de que jeito bate o SEU CORAÇÃO ...

 

um abraço do  tamanho do mundo ...

 

 

lasalete

 

 

 

 

 

 

neste momento eu estou ...: cansada mas feliz
publicado por lapieta@sapo.pt às 21:23

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De zélia neno a 28 de Maio de 2007 às 00:19
Quem acaba de ler este texto, fica com a noção mínima de como é o dia “normal” no Coração da Cidade, só terão de imaginar como serão os “anormais”, e o valor que o tempo ali tem. Eu somente vou escrever algumas palavras sobre esse mesmo tempo, especialmente para quem quiser meditar no que acabou de ler.
Todos nós estamos neste planeta usufruindo de uma estadia a viver e nenhum pode usurpar tempo que pertença a outro ou vice-versa. Também nenhum de nós foi informado do montante desse tempo ou seja, qual a duração da vida que nos foi dada, aqui e agora, para ser vivida.
O certo é que cada vez mais, o ser humano tem a sensação que o tempo “passa a correr”, o mesmo dizendo que quase não há tempo para o sentir passar, pois do nascer ao pôr-do-sol, é um ápice, como um abrir e fechar de olhos.
E nesse abrir e fechar de olhos que fizemos nós? Será que todos o aproveitaram da forma mais correcta e saudável?
O sistema rotineiro que cada um impôs ao seu quotidiano, para a maioria é sentido como fastidioso, desinteressante e que vai degradando todo o seu ser, quer humano como espiritual.
Para todos nós, sem excepção, DEUS abriu num dos bancos da Vida uma conta corrente onde diariamente nos deposita 86.400 segundos, para cada um gastar a seu belo prazer, na certeza de que é o único responsável pelo modo como o gasta e de que no final de cada um desses períodos, essa conta tem sempre saldo 0, ou seja, todos os segundos que não foram bem aplicados são debitados como perda e não têm retorno possível.
Assim sendo e para nosso próprio bem, temos que nos consciencializar que devemos aprender urgentemente a gastar esses 86.400 segundos diários pois são eles que compõem um dia e aquilo a que chamamos Vida também é uma conta corrente só que desta nenhum de nós sabe o saldo que ELE nos atribuiu.
Cada um de nós tem a sua própria perspectiva do que a Vida é e de como a deve viver, mas também é verdade que todos vivemos em um mundo onde cada vez mais o egoísmo, o ódio, a inveja, a insensibilidade, se estão a instalar no terreno como erva daninha alastrando indiscriminadamente, tornando-o num espaço onde grande parte da população do planeta está dificilmente a viver e até mesmo a sobreviver, sentindo no corpo e na alma o sofrimento da desigualdade entre seres iguais e todos clientes do mesmo banco, chamado TEMPO.
Não esperemos que algum problema material ou de saúde nos aconteça, para só então decidir dar novo rumo no aproveitamento da nossa vida, pois:
“Viver…não é doar um pouco…é doar sempre!
Não é superar uma ofensa …é esquece-la!
Não é apenas sorrir…é fazer sorrir as pessoas que estão ao nosso lado!
Não é se compadecer de alguém…é ajudar mesmo que tal nos exija algum sacrifício!
Viver não é medir a sua ajuda…mas ajudar sempre sem nada medir!
Não é só ajudar os que estão por perto…mas estar sempre perto de todos aqueles que precisam de ajuda!

Quem realmente quer viver o Hoje, amando e aproveitando a Vida, tem que ser mais solidário no gasto do seu tempo, pois o Amanhã pode já não chegar.

PENSEM NISTO.
Zélia

Comentar post

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags