De INCERTO a 2 de Junho de 2007 às 12:37
Bom Dia, D. Lasalete !!!

Não escrevo pelo desafio lançado, mas pelo espaço que é dado pela oportunidade de deixar aqui algo de mim e que muitas vezes perdido nos pensamentos da vida, olhou não com indiferença, mas tentando ser diferente, não diferente como a D. Lasalete , mas num outro espaço de vida diferente...
Em tempos tb queria mudar o mundo, mas sempre que fazia algo, via que apesar do EU querer, precisava que quem eu queria ajudar a Mudar, não queria, preferia manter-se na indiferença das coisas, das crenças e mesmo até da própria vida..

No meu CRESCER, não tive tempo para ser miúdo, cedo olhei para a vida quando jovem, como Adolescente e quando Adolescente, estava emaranhado na vida de Adulto que não é fácil, mas com vontade vai-se conseguindo um dia de cada vez.. aliás sempre consegui algo agindo e pedindo um dia de cada vez, mas é pouco, porque enquanto não não levantamos a cabeça e pensarmos o que move as pessoas, o que as faz mover, reparei em muita coisa que não gostava e sentia-me diferente... sei, são apenas palavras, mas acredite era tb em atitudes.. e com quem queria mudar, vi que nas entrelinhas dos sonhos, diziam que eram os sonhos que comandava a vida, será?
Nunca sonhei, ou seja nunca desejei nada que não estivesse na minha forma de ser, nunca virei a cara para o lado, mas ... imitando os sonhos dos outros, ou que os movia, comecei tb a sonhar e acredite, não gosto de sonhar, gostar de estar acordado para a vida e a vida não é para dormir, porque sempre pensei, (pode ser que esteja errado) não é para levar a dormir, mas sim bem desperto, desperto pelas coisas boas da vida e não correndo atrás de quimeras e esquecer o que temos ao nosso alcance, olhando para as coisa boas que nos é dado no dia a dia..

Ontem foi o dia da criança, mas desculpe, não recordo datas especiais, porque todos os dias são dias e o das crianças é todos os dias... por vezes o materialismo fala mais alto, esquecendo as necessidades do espírito ...

Bom, foi apenas um pequeno contributo, mas deixo a minha homenagem, pelo blog e mais ainda pela Obra que está assente na vida da Senhora... Bhaja hoje e sempre...

Ps : Já deixei a minha garrafa de azeite, mas como é triste pedir algo e levar como resposta que não estão virados para a Caridade... mas, não quero pensar que com as dificuldades da vida do Português e especialmente das gentes do Norte, estamos a virar a cara para o lado.. é triste mesmo!!!

Seu Amigo INCERTO
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres