Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Tenho medo da fome ...

  Está quase na hora de me encontrar com a fome...

Temos um encontro marcado com um administrador , de uma das maiores superfícies comerciais do norte...

Ela prometeu ir comigo... espero que não atrapalhe...

Detesto a fome mas tenho que caminhar com ela, para que ela se mostre e diga que não quer permanecer aqui muito tempo...

fome por vezes, tem raiva... muda de gente e de corpo, muda de rua, muda de casa   e faz doer...

Simulada, veste muita gente disfarçada de fartura e quer convencer-me que nada se passou...

Experimenta-me trazendo a mim quem dela não sabe nada,  para ver se estou atenta...

Por vezes, umas palmadas na fome não lhe fazia nada mal...

Não gosta da fartura, mas tenho-lhe  indicado o bem estar para estar com ele e ela rejeita-o...

Não gosto dela, a fome faz-me chorar... diz-me que existe, porque os homens insistem em que permaneça na Terra...  por mim, ela devia ir embora para sempre...

Diz-me ela, que a chamam constantemente ...

preguiça sua vizinha,  diz que não tem culpa de ela estar entre nós...  não há forma de se entenderem e culpam a sorte ... há quem diga também que a morte é a única solução para o problema ...

Seja qual seja o culpado, o que importa, é que eu não gosto da fome, mas tenho que enfrentá-la todos os dias, tenho que compreendê-la e faço um esforço enorme para a tolerar ...

Muita gente pensa como eu, porque sempre ouço dizer... vamos matar a fome ... até aqueles que nem a conhecem ...

Quando estou com ela, falo baixinho e digo-lhe : - vai embora , não fiques aqui, não vês que perturbas, olhas as crianças, estão a chorar, não te comoves? ... vê como fazes doer ... contigo cá dentro não entra a paz ...  o sorriso nem espreita sabendo que tu moras aí ... vai ... vai para longe ...

ela apenas me responde : - um dia ... ainda é cedo ...

Respeito a decisão... e rogo a Deus que me ajude a ajudar aqueles que ela visitou... que em minhas mãos sempre tenha  algo, para que possa fazer sorrir... que em meu redor sempre haja gente de boa vontade... que abençoe aqueles que como eu, têm que enfrentar a fome e dominá la... para que o  sorriso possa entrar de vez em  quando ...

Tenho horror á fome ... mas vou ao encontro dela todos os dias...

 

Lasalete

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D