1 comentário:
De Luís Costa a 25 de Junho de 2007 às 22:26
Disses-te e muito bem: "ninguém colhe aonde não semeou"; ò patego, olha o balão!

Comentar post