Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

quem pode ... pode ...

 

 

passou um ano sobre a abertura e plena execução, de mais um programa de apoio social, que O Coração da Cidade colocou em movimento, para ajudar em pleno as populações mais carenciadas...

 

esta instituição tem realizado inúmeras experiências para descobrir a forma mais eficaz de forma a chegar mais perto e melhor junto dos que mais precisam...

 

notamos ao longo deste ano, algo simplesmente patético e que veio dar razão ao que eu previa quando coloquei nas mãos da Segurança Social esta proposta social...

o nefasto subsídio e a herança subsidiária de arrastar as populações, coloca-as na inutilidade absurda, que as embrutece e ao mesmo tempo sem que ninguém se aperceba, como não têm que fazer, se propõem a frequentar tudo o que de algum modo seja lazer, mesmo que seja fazê-lo diariamente num pequeno café da localidade...

 

os gastes inerentes aquilo que chamamos vulgarmente de " não fazer nada", é muito caro...

 

embora este caso não seja generalizado e tivemos muitos sucessos, ainda assim fiquei triste pela ausência de perspectivas futuras, na vida de muita gente jovem e até menos jovem, que agarrada aos subsídios, não querem trabalhar com ninguém, nem para ninguém ...

 

esta falta de brilho pessoal, arrepia-me e deixa-me a pensar ( será que vão envelhecer assim?)... possivelmente...

 

agora faço outra pergunta ( e quem vai trabalhar para eles?)...

não haverá forma de eliminar este vírus mental, que deixa na retaguarda homens e mulheres desmotivados, cuja motivação passa apenas por uns quantos cafés e maços de cigarros, já para não falar na geladinha, que fica aos pares na mesa do café e que eu não entendo como a vão pagar... ou como a conseguem pagar...

 

vamos entrar numa fase difícil no Coração da Cidade e passaremos a pente bastante fino os que na realidade querem singrar na vida...

 

já não nos comovem as doenças na coluna que calam a preguiça de muita gente...

o câncer que por absurdo que pareça ,ainda é utilizado como doença, para desculpar tanta falta de senso... parece mentira, mas não é... invocar uma doença tão grave apenas para não trabalhar...

 

verifiquei que embora a falta de trabalho que se invoca existe muito trabalho que se recusa, porque estão confortavelmente instalados no subsídio e não vão trabalhar de forma alguma ...

 

valha-nos Deus ... não haverá um inteligente, que desperte para isto... por exemplo a pessoa que invente a forma mais directa de cobrar impostos a quem trabalha, podia inventar outra forma milagrosa de o fazer a quem não trabalha...

 

vejam se dá resultado ( ir reduzindo o subsídio a quem demora a procurar trabalho )...

não consigo entender um país de braços parados quando há tanto por fazer...

mas, quem pode pode e enquanto não deitar-mos mãos à obra tudo vai passar assim, no faz de conta...

 

paralelamente a isto tudo , encontramos, muita gente honesta e pobre a quem ajudamos, com todo o carinho, que se esforçam e que não conseguem singrar... ainda existe muita pobreza escondida que não passa pela mente de ninguém...

 

existem portugueses a viver miseravelmente , mas não têm capacidade de aderir aos esquemas que o governo sustenta e que ninguém sabe como extinguir...

 

lá está ... quem pode... pode ...

 

lasalete                      

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D