De INCERTO a 28 de Agosto de 2007 às 13:27
Boa Tarde D. Lasalete ..

Ao ler o seu post , revi-me em tantos anos a caminhar ao lado de pessoas que nada mais querem que pisar os outros para ficarem por cima.. e com isso mostrarem que são mais humanos que os outros, que são mais capazes sem olhar a meios...

Ao falar desses Senhores que não olham a meios para angariar fundos para o seu dia a dia supérfluo, vestidos em casca de ostra, que demora anos a ser apenas ostra e que pelo caminho amealharam dores e lágrimas de muito suor e lágrimas por aqueles que nada mais queriam do que terem sentido na vida e nos "Empregos" um pouco de respeito e de admiração pelo acumular de tantas riquezas que o tempo trata de ganhar ferrugem e sentirem que afinal a vida é um vazio que não há "Dinheiro" nenhum que encha esse vazio..

"Quem muito recebe, será sempre convocado a repartir em abundância, a fim de ganhar o salário da paz."

"Nunca faltariam os recursos para a sobrevivência humana, caso não houvesse nos corações o predomínio do egoísmo, da avareza e do desinteresse fraternal."

"Na condição de seus filhos, distribuamos os recursos que a vida nos empresta, em Seu Nome, convencidos de que o Céu nos retribuirá sempre, de conformidade com as nossas próprias obras."

Mas ao estarmos condicionados pelas posses e pela obrigação de vivermos em consonância com as posses, muitas vezes vimos que quem poderia fazer mais e melhor por quem não consegue ter apenas o suficiente para viver com dignidade, vê-se lançado para desespero, para a revolta, seja na vontade ou até mesmo sem vontade dos atalhos da vida..

O nosso País é o que temos deixado nos outros a imagem do que queremos ser...

INCERTO, mas triste...
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres