De ZELIA NENO a 1 de Setembro de 2007 às 22:06
Nesta linda e quente tarde de sábado,acabei de lêr esta mensagem e estou a escrever estas palavras ao som do roncar dos pequenos aviões que sobem e descem no céu em manobras de diversão, arriscadas mas espectaculares, deixando desenhos brancos no ar e que são os principais elementos que constituem o evento a nivel mundial de emoção e técnica aeronautica que escolheu a minha linda cidade do Porto e o famoso rio Douro para a sua realização, podendo assim mostrá-la ao mundo através dos meios audio-visuais utilizados nestas situações.

Se é que há coincidências, esta mensagem e este evento, que mantém 600.000 pessoas a olhar para o céu, levou o meu pensamento muito para além do horizonte que junta o céu a este mar que daqui vejo, onde estão milhares de milhares de outras pessoas mas onde não vão aviões, nem de "brincar" nem sequer de distribuir alimentos e medicamentos; lá não há a alegria e a adrenalina inerentes a este tipo de acontecimento, mas sim a tristeza e a dor causadas pela fome e pela doença, já que o resto do mundo, o mais rico, parece ter-se esquecido que elas existem e que só tiveram a infelicidade de ali ter nascido, pois são países politicamente "sem rei nem roque" e onde o clima e o terreno árido não é propenso a qualquer tipo de cultura pela falta de água , elementos essenciais para qualquer ser humano poder sobreviver.

Porquê uns ricos, sem nada de materialmente necessário lhes faltar e outros a morrerem aos milhares todos os dias ,pela falta do minimo dos minimos essenciais para não viver mas tão simplesmente sobreviver?

Mas a realidade é esta:- todos nós gostariamos de ter alguma coisa mais e prova disso é que, se não todas as semanas, pelo menos de vez em quando, lá vamos jogando no totoloto ou no euromilhões, não é assim?

E se um dia até acertamos nos numeros ? Hei, que maravilha ! Vamos ficar ricos. Finalmente a Sorte bateu na nossa porta. Será mesmo ela ou a malfadada comadre dela que veio até nós para a podermos acompanhar por caminhos duvios, onde iremos perder o nosso sossego, fisico e moral, os nossos principios espirituais nos quais assentamos a nossa Fé no viver de cada dia e poderemos ser induzidos a seguir em direcção à atracção que é a conquista de uma óptima posição no ranking do poder que só com dinheiro se pode atingir?

Não nos deixemos iludir com as luzes que iluminam a ribalta onde vivem os ricos, porque o dinheiro:
-pode comprar uma ou muitas casas, mas não um lar...
-pode comprar uma óptima cama com a mais sofisticada tecnologia em conforto, mas não umas boas horas de sono ...
-pode comprar um relógio de ouro topo de gama, mas não o tempo...
-pode comprar montes de livros,até uma livraria inteira, mas não o conhecimento...
-pode comprar os serviços do melhor médico do mundo, mas não a saude...
-pode comprar um titulo, mas não o respeito...
-pode comprar sexo, mas não o Amor...

Saibamos viver a Vida sem cerimónias, com Paz, e respeito por nós próprios e pelo nosso próximo; saibamos ser mais solidários com quem precisa de qualquer tipo de ajuda mesmo sem nada nos pedir.

Amanhã é domingo e uma nova semana se inicia. Tentemos vivê-la saudavelmente com muita Alegria e Amor e por favor, com mais ou menos uns euros no bolso, tentem ser felizes.

Zélia

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres