Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

nossos momentos ...

 

há dias, perguntei a meu anjo, em jeito de criança que pede um rebuçado, acusando as dificuldades que a vida apresenta...

 - não há ninguém que nos conforte ?... o mundo sofre tanto ...

 

não é fácil a vida do jeito que ela se apresenta, mas a maior dificuldade reside exactamente na forma displicente, como vivem muitos seres humanos, com capacidade de fazerem algo mais pela sua vida e na indiferença como vivem sem nada fazer pela vida dos outros...

 

pensava eu nas dificuldades que muitas famílias vão enfrentar neste inicio de ano lectivo , para entregar aos filhos tudo  quanto  é necessário, para que a escolaridade obrigatória caminhe sobre rodas e não seja por falta de apoio material, que as notas dos seus meninos desçam negativamente...

 

lembrei também a dificuldade que continuará a afectar as famílias portuguesas, que vão confrontar-se com a prestação altíssima da sua casa, da qual nunca serão proprietários , mas que sobre ela continuam pagando e sofrendo....

 

do serviço nacional de saúde que continua um caos...

 

da terceira idade desprotegida e envelhecida por dentro... e da fome de afecto que continua a miná-los, ampliando em seu interior a vontade de partir para o outro mundo, na esperança de momentos mais risonhos entre os supostos mortos, já que de ser feliz entre os vivos, muito pouco levam para contar...

 

olhei em volta de mim e chorei, não por mim, mas pelos inúmeros casos que diariamente me são oferecidos para deles fazer oração e entre lágrimas, perante a impossibilidade que me rodeia, já que minhas imperfeições são enormes, pedi auxílio para todo o mundo, para este mundo terreno onde a dor e o tormento, crecem como jacintos num lago, que ninguém quer , mas que se sabe estagnado e sem vida, à mercê de vidas outras , que nunca aparecem para vivificar, mas para destruir...

 

ofereci na minha oração estes momentos de dor...

 

depois, ofereci minhas dores intimas e pessoais, que também as tenho ...

meu anjo me disse...

- caminha ... confia ... levo ao colo teus momentos...

 

assim como faz meu anjo, fazem os anjos de toda a gente, que entre lágrimas, fazem poemas  de dor ...

 

muito embora a capacidade e o desejo de amar que me cerca, se não fosse meu anjo, como caminharia eu ? ...

 

estamos a iniciar novo ciclo... mais um ano de actividade vai acontecer n'O Coração da Cidade... toda a manhã se atenderam pedidos de auxílio, particulares e oriundos de organismos oficiais que já não sabem como atender tantos seres humanos, rogando auxílio para as mais diversas necessidades...

 

ainda se continua a resolver todos os casos no imediatismo ... comer...comer... parece ser a única solução...

 

só que, de nada adianta ter-se a barriga cheia, se a dor na alma preenche todos os espaços emocionais e tem gosto amargo e de tão pesada  que é, quase os faz desistir da vida, vergados que os descobrimos, sem força para se sustentarem de pé...

 

peço a Deus que tome para si estes momentos, que acredito necessários, mas que já se prolongam demais...

 

que os anjos peguem ao colo os momentos de dor de todo o mundo e que os devolvam rápido em nome do amor, envoltos de lucidez e felicidade...

 

para dor minha , sei que ainda demorará ,até que a Terra seja palco de luz e concórdia ...

 

até lá, sobra-nos a Fé ... não desistam ... todos juntos é mais fácil...

 

uma boa semana de trabalho ...

com carinho ... lasalete

neste momento eu estou ...: trabalhando com amor
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:53

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Fernando Correia a 4 de Setembro de 2007 às 20:25
PARA RECORDAR...
DOMINGO, 3 de Setembro de...1967; chega a Lourenço Marques (hoje MAPUTO), o Fernando Correia

Como? há 40 anos já! Meu Deus, como o tempo voou...

As dificuldades desse tempo, eram muitas...não sei se era por ser proibido, falar da nossa miséria, dos nossos pobres, da vida da nossa gente...mas, hoje parece ter-se instalado um sentimento de frustração um pouco em todos nós, como não existia na altura...

há condições no mundo e aqui em Portugal para que possamos ser mais felizes e, no entanto parece que o desespero se apossou das nossas pessoas...

eu, viajo muito, percorro milhares de quilómetros por mês, contacto um pouco a realidade das nossas regiões...falo com as pessoas, escuto os seus desabafos; ainda agora aqui bem perto do Porto, dizia uma mãe amargurada com as lágrimas nos olhos, que a sua filha, o genro mais os filhinhos, iriam começar a ter uma vida muito difícil, porque a unidade industrial de S.João da Madeira, onde trabalhavam os dois, não reabriu após as férias de verão...

se calhar, lá terão de emigrar, deixando as famílias de estar unidas e, portanto desagregadas...

não se vê uma luz ao fundo do túnel...

eu sei, que há povos, como diz e muito bem a nossa amiguinha ZÉLIA NENO, que nem água têm...que vivem em condições sub-humanas e, portanto no plano relativo, estamos bem...mas, até quando?

os "nossos" políticos, não acordam, parecem estar no reino do faz-de-conta...

será que estão à espera de um SALAZAR qualquer que ponha "ordem" nisto...ainda a semana passada, um comerciante no Entroncamento, me dizia que no tempo "dele" se vivia melhor...(o que não é verdade)

mas, essa ideia anda no pensamento de muita gente, sempre que as dificuldades se apresentam insolúveis...

eu sou uma pessoa optimista e, acredito que as pessoas que trabalham, hão-de ser compensadas pelo seu labor...mas, têm de ir à luta, seja onde for necessário...e, para além disso, precisam de fazer um grande esforço do espírito para adquirir conhecimentos novos e remover hábitos arreigados que não se coadunam com estes tempos de dificuldades...

todos sonhamos em ter casas, carros, férias, viagens...mas, não pode ser à custa do endividamento, para toda a vida...

alguma parte das dificuldades das famílias portuguesas também reside aí...

eu lembro-me, que no tempo do "Salazar", ia-se juntando o dinheirinho para adquirir o "Sonho"...

estão as coisas invertidas, mas os senhores do "dinheiro", é que arranjaram este sarilho...

agora têm um "país" de casas para venderem...
pode ser que os antigos donos, as venham a comprar por metade do preço, que eles teriam de pagar durante uma vida...

meus queridos amigos, apesar de tudo, estes quarenta anos que decorreram, desde o dia em que desembarquei em Moçambique e, que aqui se me permitem registo, serviram para conhecer muitas regiões, muitos lugares e, pessoas acima de tudo inesquecíveis e, por isso quero dizer aqui e agora, que no "CORAÇÃO DA CIDADE" encontrei pessoas fantásticas.

Bem-hajam

Que Deus os proteja.

Fernando Correia


Comentar post

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

A AVENTURA DO ENVELHECER ...

receber ajuda, sem ter q...

quer um coração novo... ...

3 B ... O BEM O BOM E O ...

o BEM e os BONS ...

NATAL COM ALMA

quando o amor faz a difer...

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

O MEU PEDAÇO DE CHÃO

RESSUSCITAR PORTUGAL

O CRISTO ILUMINADO

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

A CRUZ DA CONVENIÊNCIA .....

O BANQUETE DAS FERAS

SEMPRE QUE O AMOR ME QUIS...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

SER CIDADÃO É ESTAR ATENT...

EXECUTORES DO DESTINO

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

estou quase nascer...vai...

HÁ FESTA NA MINHA RUA ...

TODOS OS NATAIS SÃO SEMEL...

...

O NATAL DOS ANJOS...

O AMOR É A FORÇA DA BOA V...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

OS BONS TÊM QUE ACORDAR.....

recolha alimentar com gen...

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

obrigada...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

MIGALHAS DE AMOR PARA PRE...

2014... só de mãos dadas

ABRACE UMA MESA DE NATAL....

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

ONDE MORA A LIBERDADE ?.....

uma luz na escuridão...

11 ANOS DE AMOR E DOR…

a química da lágrima e a ...

E VOLTAMOS A FALAR DE POB...

O CORAÇÃO DA CIDADE , tem...

ALIMENTAÇÃO...VERSUS...HU...

Oração da Ternura

os artistas de Deus...

AMAR COM AMPLITUDE…

FOME DE PALAVRAS ...

mais comentados

8 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags