De INCERTO a 6 de Fevereiro de 2007 às 15:10
Boa tarde D. Lasalete ..

Fico feliz sempre que aqui venho e que por acaso dei com este blog, (foi na procura de sites/blogs) espíritas que encontrei e logo gostei.. não sou muito de bajulações, mais de admirações, mas como a flor precisa de água para se manter, as pessoas precisam de reconhecimento para sentirem que estão no caminho certo...

A D. Lasalete é daquelas pessoas que um dia muito longínquo "JESUS" quando questionado sobre a "FÉ" respondeu de esta forma (sic) "Até quando precisareis que eu esteja presente para exercereis a vossa FÉ?" ...Porque se vós tivésseis "FÉ" do tamanho de um grão de mostarda, diríeis aquele monte, "Move-te" e ele se moveria"...

A D. Lasalete por certo estaria presente nesse dia, porque está fazendo o que o "Divino Mestre" aplicou..

Fazendo e mostrando que na "FÉ" tudo é possível ..

Vou contar uma inconfidência que podia a alguém que nunca dissesse..
Ele qd me viu riu-se e eu curioso perguntei pq se ria?
E ele sem deixar de se rir lá continuou.. "tens ke fazer agora?
- Não, ia dar uma volta, pq ?
. Ok, então vamos os dois dar uma volta pq tenho algo aqui que vamos os dois fazer..
- O quê???
- Xiuu , depois digo-te..

Entramos no carro e foi no dele.. e seguimos então tipo passeio e já era perto da meia noite rumamos ao Arrábida em Gaia... eis que ele me mostra dois papeis e diz..
- Escolhe porque um tu vais ter que resolver...
- Bolas, mas não podes dizer??
- Não, escolhe apenas...
E escolhi um e já no Arrábida ele me levou para o lado das utilidades de cozinha (penso que é isto).. e então abrimos os papeis.. (porque ele sabia).. Quando vi o que me calhou em sorte foi ..."Seis chávenas de café"..

Eu lhe disse.. - Ó pá isto eu dou das que tenho em casa, da colecção que me estou a desfazer, dando pelos amigos.. vais lá e escolhes..
- Na na na tens ke comprar e aqui, porque há pressa para entregar e nem penses em adiar..
- Ok, se encontrarmos algo de jeito compramos, mas com uma condição.. como se fosse para mim..

- Nem pensar, não é para ti, é de ti por isso não fujas com o dito à seringa, vais comprar e mais nada, porque sei bem o que tens na colecção..

-Ok

Não encontramos nada conforme o planeado, mas vejo ele a agarrar-se ás bacias de e ficava a pensar na cor, decidiu-se e pegou numa que achou que era aquilo que pediam..

(ele sempre que está disposto a comprar algo, não hesita , olha, mede e pega..

- Ó pah , então isso não é caro para uma vacia?
- E depois? queres pagar tu?? .. bom, as chávenas sei aonde as vais buscar e amanhã vais entregar lá.. pq eu sou conhecido e não quero fazer isto para a iomagem , prefiro o anonimato..
- E achas que eu quero dar a cara?
_ Problema teu menino.. Bem podes ir lá e não dizeres nada, porque ng te pergunta nada, ora...

Soube depois que ele foi entregar as ditas e a história anterior num outro artigo foi assistido por nós, ele triste e cabisbaixo saímos sem falarmos um bom bocado.. o que ele viu, não sei, mas que ficou triste ficou e não me diz nada do que se passou, mas ele depressa esquece...

Ps : Esta é a história só possível com pessoas que querem o anonimato, mas que querem ajudar, porque não é necessário estar presente quando nos pedem algo..

Felicidades e boas obras é o desejo da minha parte...
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres