Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

O GIGANTE E O GOLIAS ...

 

Todos ouvimos, vezes sem conta, contar a história do gigante e do Golias ... mas nunca pensei inverter os termos e poder contar nova versão, dizendo e testemunhando, que neste caso o Golias é demasiado pequeno para derrubar o gigante...
 
perguntava-me há dias, alguém, porque o governo não tomava de vez, conta da pobreza, conferindo outro estatuto às instituições e chamando a si a responsabilidade de tantos pobres, já que na actualidade os novos pobres são culpa da gestão danosa dos sucessivos governos, porque estão a gerir mal os recursos que temos, dirigindo os proventos do estado para todas as comodidades possíveis, no sentido de acomodar o melhor possível quem tem algo de seu, esquecendo de forma brutal quem nada possui...
 
respondi, com toda a certeza da alma...
-os pigmeus que têm governado politicamente ao longo de várias gerações, ditadores ou democratas, são demasiado pequenos para conseguir derrubar o gigante que se chama pobreza...
 
Perguntava o interlocutor...
mas porque é que não se faz um pouco de cada vez? ...
- simplesmente porque não interessa, porque a pobreza parece ser a maior riqueza de todos os tempos… ninguém tem coragem, para dizer não aos lobbies que se degladiam com o tempo no sentido de usufruírem da força de trabalho dos mais pobres, ninguém tem coragem de travar os créditos sucessivos que empurram os que nada têm para gastos estranhíssimos que à partida sabemos que não se podem cumprir… mas pior do que tudo isto é preciso ter a coragem de:
·        construir menos uma estrada e equipar as casas com água,
·        investir menos na privatização de algumas empresas e entregar a luz tão necessária a algumas famílias …
·         privar os gabinetes de algumas chefias de luxos excessivos e equipar as escolas e os hospitais com os recursos necessários…
·        diminuir às ajudas de custo ministeriais e comprar leite e vacinas para crianças mais pobres…
·        evitar a compra de viaturas que não são necessárias para os vários departamentos governamentais e lutar para que as crianças em idade escolar tenham transportes gratuitos…
·        fazer menos jantares, por qualquer motivo que custam milhares de euros e levar às escolas leite e pão…
·        poupar em publicidade governamental e entregar aos mais carenciados os livros necessários para se instruírem…
 
a pobreza é um monstro que só pode ser combatido com a força de quem ama os seres humanos e com eles palmilha o dia a dia sem deixar que interfiram interesses escusos que nada são senão mais uma possibilidade de entreter a vida para que a corrupção se estenda e encontre no mundo o lugar que tanto deseja…
 
os conflitos armados, as economias paralelas, a  subserviência aos interesses económicos, continuam sendo as algemas mundiais que não permitam estabelecer um combate honesto e programado, profícuo e desinteressado…
enquanto isso os pobres continuam a viver cada vez com mais dificuldades e sem perspectivas de uma vida melhor…
os envolvimentos sindicais com forças paralelas de apoio governamental estabelecem tectos salariais e distorcem a força de um povo, vendendo votos com promessas que à partida sabem que nunca irão cumprir…
 
o desespero instalasse e a banalização da corrupção lado a lado com a banalização da desumanização, passeiam-se a coberto de algumas ideias religiosos que de vez enquanto vão fazendo a sua caridadezinha…
 
assim o monstro vai crescendo, quem o virá combater com a força transcendente que só o amor opera…
 
é preciso crescer com o mostro para entender os seus passos e lutar ao lado de quem nada possui…
neste combate não pode haver intervalos, porque a guerra é permanente…
 
lasalete
 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D