3 comentários:
De Cristina Durães a 22 de Fevereiro de 2008 às 22:18
Amigos...é por eles que eu vivo, é por eles que eu respiro, é por eles que eu choro, é por esses mesmos amigos que eu brindo e desejo muita felicidade!!!!!

Lá diz a velha frase..."quem tem amigos, tem tudo na vida!"
AMIZADE...não importa se não são nossos amigos, o importante sim, é continuar a sermos autênticos na nossa amizade, um dia perceberão que nós....estivemos sempre ao seu lado, eles apenas não tiveram a sorte de reparar na nossa presença.
Mas a Amizade é isso mesmo, estarmos sempre presentes, em pensamento ou lado a lado...eu adoro-a e não me importa que o saiba, simplesmente gosto de si e lhe sou grata até ao fim dos meus dias!...acredite que Amigos não faltam e esses são os que necessita.
bj
De ZÉLIA NENO a 25 de Fevereiro de 2008 às 14:54
Hoje acordei com um lindo sol a entrar pela janela do meu quarto, o que me fez pensar que talvez fosse indicio de uma boa semana que se está a iniciar.

Acedi a este blog para, como costume, me “deliciar”com o que aqui está escrito e li atentamente esta mensagem. Coincidentemente ou talvez não, também eu me venho interrogando sobre o valor a que cada um de nós atribui à palavra AMIZADE, e que conceito a maioria das pessoas têm acerca dela pois quando dizem”…eu sou muito amiga de…”,ou,”….é muito minha amiga” , será que o fazem com plena consciência da carga sentimental e material na sua prática que essa palavra carrega? Quando ouvimos proferir palavras deste âmbito, deveríamos ser dotados de algo que nos permitisse vêr à transparência o interior de quem as diz, pois julgo que muitas e muitas vezes essas pessoas até acreditam que na realidade estão a ser sinceras e que ser-se amigo ou amiga de alguém é isso mesmo que dizem sentir, mas a fragilidade humana está demasiado conturbada pela máscara que, homens e mulheres inevitavelmente quase são obrigados a usar no seu dia-a-dia e que cria o distanciamento entre o seu Eu e o Outro ao tentar dar-lhe a imagem de uma verdade mentirosa e a si próprio uma outra de protecção de si mesmo para tentar evitar o afundamento das falsas palavras, atitudes e sentimentos. Mas mais tarde, lá para a frente nesta jornada quando a solidão provocada pela falta de uma verdadeira amizade se fizer sentir, esse vazio frio e escuro se encarregará de fazer lembrar, (caso ainda se esteja em boa condição de lucidez), que quando a vida era desfrutada com todos os sentidos em actividade, em vez de terem construído “pontes” só se ocuparam a levantar “muros” construídos pelo egoísmo, pela inveja e pela falta de amor ao próximo..

E, como gosto muito de histórinhas que façam agitar um pouco o nosso pensamento e meditar sobre a moral que nos transmitem, aqui deixo esta pequenina fábula ;

- Era uma vez uma serpente que perseguia um pirilampo que nada mais fazia do que brilhar. O pirilampo fugia rápido com medo da feroz predadora mas esta nem pensava desistir dele.
O pirilampo vivia seus dias continuando fugindo, até que um dia já sem forças, parou e com toda a coragem que ainda lhe restava, perguntou à sua perseguidora:
Posso fazer-lhe três perguntas?
Ao que ela respondeu Podes. Não costumo abrir excepções mas como te vou devorar, pergunta lá.
-Por favor diga-me: -Eu pertenço à sua cadeia alimentar?
Resposta: NÃO!
-Então fiz-lhe algo de errado?
Resposta: TAMBÉM NÃO!
-Então por que me quer comer?
Resposta: SIMPLESMENTE PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR…..


E depois destas palavras vou-me despedir de quem gastou um pouco do seu tempo para as ler e como os abraços estão totalmente disponíveis na Natureza, são recicláveis e auto-suficientes energicamente, aqui deixo um meu para quem o quiser receber.

Zélia

De paula-rito a 25 de Fevereiro de 2008 às 22:00
Amigos! também descobri recentemente grandes e maravilhosos AMIGOS: D. lasalete, Sr. Amadeu , Cristina Durães , e toda essa equipe maravilhosa do coração da cidade.Beijooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooos.

Comentar post