Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

as loucas e ilusórias preocupações...

 

 somos demasiado velhos , existimos há muito tempo neste planeta, para sermos pigmeus pensantes...

 

foram deixadas nas nossas mãos, heranças dificeis de administrar...

 

mas... mal falamos das nossas capacidades... nem se quer nos queremos descobrir interiormente... perdemos a garra e ainda que digamos , que hoje em dia não temos tempo para nada, sobranos em preguiça no entanto, muito daquilo que poderíamos efectivamente realizar...

 

a indiferença paralizou os nossos braços, que deveriam ser lestos e solidários...

 

em contraste porém...

 

nesta altura do ano, já se começam a notar as preocupações acrescidas com a silhueta e os bronzeados artificiais, iniciam a sua temporada, para depois poderem competir à luz do dia com o bronzeado natural que na praia se pode adquirir...

 

a energia despendida em preocupações desmedidas e inadequadas com estas, em detrimento das preocupações actuais, que nos levam desesperadamente a procurar meios cada vez mais escassos , para colmatar as necessidades alimentares de milhares de pessoas, atesta sem sombra de dúvida, que o ser humano ainda vai ter muito que aprender até chegar ao patamar da solidariedade...

 

a indiferença com que muitos se passeiam perto do caos a que assistimos no nosso país, reflexo do caos mundial, é deveras preocupante...

 

as empresas que nos ajudam, estão também elas com dificuldades enormes...

 

as pessoas já são aconselhadas nos centros de emprego a fazer contas ao que o Estado oferece como subsídio e o salário que se vai ganhar quando se tem a "pouca sorte " de se encontrar algum trabalho ainda que temporário...

 

os quadros médios de algumas empresas estão a chegar ao Coração da Cidade a pedir auxílio, mas, as preocupações de todos eles é que se de repente são chamados para trabalhar, quanto irão receber, porque estão a ser oferecidos trabalhos com salários muito inferiores ao salário mínimo nacional e é para quem quer...

 

não existe fiscalização que pare este tipo de arbitrariedade, mas porque não há interesse...

 

as populações estão cada vez mais aflitas e já nem o bichinho da emigração os satisfaz...

 

a desilusão está a tomar conta da maioria e o desespero tem levado para o hospital muita gente que entope os consultórios e as consultas de rotina, porque já não sabem como resistir a tanto sofrimento...

 

continuamos porém, a gastar milhões em coisa de ninguém, não aparece no Norte ninguém do governo a procurar saber como vai a situação... estou em acreditar que certamente visitam aqui o blog, e isso já lhes chega...

 

eu apostaria até em levar o Sr. Primeiro Ministro, a visitar como eu fiz ontem, a cidade do Porto... vazia na hora de ponta, do frenesim de outros tempos... as ruas de comércio tradicional, enlutadas de lojas vazias...

 

esta semana que vai entrar, vou com algum trabalho fazer o levantamento da baixa para perceber quantos estabelecimentos estão fechados...

 

o Porto parece uma cidade fantasma, onde é possível perceber a desilusão e tristeza... ninguém ama esta cidade, que lhe possa emprestar um pouco de vida e de luz...

 

eu daqui faço um apelo, aos naturais do Porto, para que não deixem morrer a sua cidade e se unam num movimento capaz de fazer explodir o amor por esta cidade ?...

 

apenas a fome encontrou o caminho da cidade... quem nos salvará ...

 

nem aqui no blog aparece ninguém a comentar, não aparece ninguém educadamente a falar construindo paz e amor...

 

se amas o Porto cidade , fala aqui e junta-te ao movimento da cidade berço que te recebeu...

 

não consintas que apenas a fome te mostre um Porto sem abrigo, sem paixões, sem ideias, sem alegria...

 

não queiras fenecer como as árvores da avenida... vem fazer aparecer a cidade ...

 

não adiras apenas às ilusões transitórios de um período de verão...

 

                                                          

                      

 

  O Porto é belo demais para ser esquecido...

 

a Vida preciosa demais para ser votada ao abandono

 

 

 

 

 

lasalete

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D