Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

levantemos a nossa voz...

 

se ao menos as palavras não fossem folhas ao vento...
se ao menos as vozes não produzissem apenas nos jornais notícias que o tempo apaga...
se ao menos todo este esforço se traduzisse em mudança...
se ao menos os jovens que reivindicam, quisessem a efectiva mudança...
se ao menos os que querem mudar, começassem por si próprios...
eu, particularmente gostaria que muitos dos que reivindicam, aplicassem o seu tempo em favor da comunidade...

 

o que faz as políticas ganharem forma , no que concerne aos esmagamento dos salários e dos direitos dos homens sobre a Terra, é exactamente a pacatez de quem quer melhores condições de vida...

 

não podem existir melhores condições de vida se falsearmos os dados...

 


se em vez de ajudar quem precisa, nos colocarmos sempre na pessoa de quem tem direito a tudo, sem enfrentar os seus deveres, não chegaremos a lado nenhum, continuaremos a ser um rascunho, um projecto adiado...

 

 

 

eu, efectivamente estive na praça... estive sim, porque entendo que a maioria dos jovens que ali estavam e dos adultos que lá estariam, não deviam exibir violência...
porque a violência é a arma de quem não tem razão...
eu fui lá como faço em todo o lado...
porque a comunidade precisa de mim...independentemente da posição que ocupamos, todos precisam de nós, e nós precisamos de toda a gente...

 

 

 

a minha maior alegria, era ver um dia, todos aqueles jovens a ajudar os outros... se as drogas são ainda a preferência de alguns, deixem para traz essa ilusão que só causa desgraça e perturbação...
não entrem pela noite a beber, descansem à noite, e de dia venham ate ao Coração da Cidade ajudar quem precisa...
façam connosco uma refeição decente e falem dos vossos problemas...
ajudem a ajudar e passam então a ter razão...
entrem numa faixa de normalidade...

 

 

 

muitas vezes ninguém os ouve, porque teimam em ser ridiculamente impróprios...

 

 

 

mas pude perceber em muitas daquelas cabeças, autoridade moral, autoridade reivindicativa... 
entendi em muitos deles capacidade e maturidade e acima de tudo verdade quando se exprimiam...

 

 

 

a sociedade vai ter que mudar e neste momento a mudança a nível planetário está a acontecer e não será pela força das armas mas pela força das ideias...
o que mais lutar pelo seu aperfeiçoamento, melhor se fará ouvir e os outros escutá-lo-ão...

 

 

 

vinculemos o nosso raciocínio a uma prospera geração, que naturalmente ainda vai ter que fazer um esforço para prosperar um pouco mais...

 

 

 

gostei de estar no meios de todos eles...

 

 

 

apenas sobrou ou senão... 
tive saudades dos meus 23 anos... ai se eu, com o que sei hoje,tivesse 23 anos... quem segurava a Lasalete...

 

 

O Coração da Cidade, precisa de toda a gente...

 

 

olá bons amigos...

todos sem excepção não nos podemos furtar ao momento bem difícil porque estão a passar milhares de pessoas no nosso país...

 

o desenvolvimento económico projectou os mais vulneráveis e não só , para um processo difícil de conclusão, pelo menos a médio prazo...

as instituições de solidariedade e a sociedade em geral, terão que estar preparadas, para uma viagem bem difícil...

por isso mesmo temos que ter bem à mão as ferramentas sociais de que carecemos para podermos socorrer os mais fragilizados...

 

O Coração da Cidade, está sempre atento a estas manifestações e ao longo do seu percurso de apoio social, vai criando cada vez com mais incisão programas de apoio , que ajudam de forma directa e programada os que vêm pedir auxílio...

  • assim, criamos o refeitório social para as pessoas sem abrigo...
  • criamos também para as pessoas sem abrigo, serviço de cabeleireiro e manicura...
  • e com muita alegria está a funcionar o serviço de pedi-cure a tratamento ao pé da pessoa sem abrigo...
  • o Serviço de banhos está também em funcionamento...
  • ao mesmo tempo a área de Saúde está com a nossa médica de serviço aprestar auxílio aos mais carenciados...
  • está em funcionamento desde 2006, o Programa VER- vidas em risco, para as famílias carenciadas com crianças a cargo, que permite resolver a ida ao supermercado de muitas famílias que não o podem fazer, usando como recurso o nosso MERCADO SOCIAL
  • estabelecemos protocolos com muitos espaços alimentares que doam diariamente os excedentes alimentares , que estão em perfeitas condições e que excedem os seus espaços…
  • criamos O Programa AVE, para socorro aos idosos e doentes mentais sem apoio no seu domicílio...
  • criamos as lojas sociais, para detecção de novos focos de pobreza e encaminhamento dos mesmos para O Coração da Cidade, colocando as lojas em toda a área metropolitana do Porto...
  • abrimos essas mesmas lojas à população em geral para que os mais frágeis em termos económicos pudessem adquirir produtos de vestuário e calçado, mobiliário e artigos de decoração...
  • estes produtos, são oferecidos às pessoas sem abrigo e aos mais carenciados,  que estão nos programas sociais e que não os podem adquirir ...
  • expandimos a través de todos os órgãos de comunicação social a nossa ideia de socorro social...
  • neste momento estamos a dias de abrir a nossa primeira FARMÁCIA SOCIAL E COMUNITÁRIA, com apoio dos técnicos desta área, recolhendo, o que já estamos a realizar, todos os medicamentos que não estão sendo necessários a quem apenas os guarda em casa... já temos por isso mesmo a ajuda de muitas farmácias que nos enviam a medicação que tem nas mesmas condições... os prazos destes medicamentos são revistos por pessoal técnico preparado para o efeito e podem ser levantados dentro d'O Coração da Cidade...
  • A Faculdade de Direito, também ofereceu em parceria connosco, apoio jurídico a quem não pode por meios pessoais, fazer consulta jurídica, sobre determinados assuntos que são por vezes preocupação relevante neste contexto actual...

O Coração da Cidade é um pólo de apoio, sempre atento , para tentar colmatar as necessidades de quem não tem recursos para funcionar normalmente...

por tudo isto nós estamos aqui a sensibilizar os que podem ajudar... e são tantos os meios que estão ao alcance de todos...

venham até nós, eu sempre tenho na mão uma forma de poderem contribuir para o descalabro social a que chegou a sociedade em que todos nós estamos inseridos e da qual não podemos fugir...

se não podemos fugir, fiquemos então para ajudar...

 

lasalete

crise + crise = a coisa nenhuma

 

 

GOSTAVA QUE ME EXPLICASSEM, O QUE SÃO AFINAL DIREITOS ADQUIRIDOS...
parece que este tema passou à história...
o panorama nacional, pode ser discutido em todos os órgãos de comunicação, pode até ser mostrado nos jornais nacionais, mas o pior deste panorama , são as notícias que não se divulgam, as situações de catástrofe familiar que muita gente está a viver, como se um terramoto caí-se em cima desses lares e soterrasse tudo e todos...
ainda não entendi como é que o governo está a pensar ajudar os que não têm emprego, nem subsídio de emprego, os que eram comerciantes, esgotaram todo as suas economias e agora não têm subsídios de espécie alguma...
a maioria deles, ainda numa idade produtiva, mas ao mesmo tempo numa idade já avançada para lhes darem algum trabalho, ficam de braços parados...
como é que o governo vai dar assistência a tanta gente que não está preparada para deixar de ir ao supermercado...
já pensou por acaso que estas preocupações vai colocando em situação muito difícil muitas pessoas que adoecem e dificilmente voltam a ser úteis , baixam a sua auto estima e nada podem fazer a não ser reportarem-se a mais uma tão antipática depressão...
mas no meio de tudo isto só estamos a lembrar os que estão na idade adulta... e os efeitos sobre as crianças e os jovens...
faz-me muito espanto que não se tenha baixado para 1000 € os ordenados dos membros do governo...porque não acontecem assim cortes drásticos nas direcções de todos os administradores?...
como é possível adormecer, depois de entregar o nosso país á cabeça de pessoas que não são de Portugal e que nem se quer sabem como é viver com um ordenado mínimo do nosso país, que é muito inferior ao dos outros países?...
a fome vai ser o maior fenómeno desta jornada governativa...

o povo está à beira de um ataque de nervos...
até onde irão as medidas restritivas e os aumentos sobre os impostos...
todos teremos que fazer um grande esforço para manter a calma...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D