Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

AOS LICENCIADOS NO DESEMPREGO ...

a vida tem que ser transparente

 

A SEPULTURA , AINDA QUE MOMENTÂNEA , EM QUE SE ENCONTRAM ALGUNS LICENCIADOS NO DESEMPREGO, TEM  QUE SER ENFEITADA COM

FLORES DE TRANPARÊNCIA...

 

neste momento, Portugal sofre de uma doença, que se tem instalado já vai para alguns anos, que se chama " deixa correr "...

quando a vida nos permite resolver intelectualmente os nossos ideais, não nos devemos permitir à inoperância, à semelhança de outros , que nada sabem...entrando naquela de ... depois vê-se, o importante é ganhar alguma coisinha...

é isto mesmo o deixa correr...

 

 

sempre incentivo as pessoas a mudar o mundo , a serem participes activos deste movimento a que se chama vida...

 

não basta ter um curso importante é dar curso à vida...

 

muitos licenciados que hoje conheço no desemprego, nunca fizeram nada pela vida, no aspecto de verificarem que existem muitos seres humanos, que contam com as suas capacidades intelectuais ...

não basta  mexermo-nos apenas quando está a arder o nosso lugar...

o mais importante é que nos movimentemos sempre, para que este clima de desigualdade e lamento não possa acontecer...

 

é necessário denunciar situações de calamidade social, para que socialmente mais tarde não sejamos afectados ...

 

é necessário agilizar os meios e saber usar os métodos de denúncia de actos ilícitos, como é o desemprego, já que Portugal, ao longo deste anos, recebeu  verbas astronómicas para garantir o bem estar das populações...

 

juntem-se a O Coração da Cidade, venham trabalhar por um mundo melhor... eu garanto alimentação para todos e O Coração da Cidade pode servir refeições a quem tem dificuldade em sobreviver...

 

não se sintam magoados com esta proposta, mas acima de tudo não fiquem parados e fechados nas vossas conchas, saiam para a rua, venham juntar-se a nós elevando este grito...

 

o sr . Primeiro Ministro, não pode levar a mal, pois que ele próprio também elevou a voz e gritou quando achou necessário e não será democrático da parte dele calar os gritos actuais...

 

mas o primeiro ministro sozinho não pode fazer nada...

 

ao longo de muitos anos deixamos a casa atulhar de lixo e queremos varrê-la de um momento para o outro ...

 

é necessário que nos movimentemos, o importante é agir e criar movimento em nosso redor...

 

venham até ao Coração da Cidade, pois já cá estão alguns psicólogos, docentes e  enfermeiros sem emprego... o importante é ajudar o mundo nesta mudança e não permitir que os empregos duplos e triplos continuem por aí... existem mil madeiras de exercer a vossa profissão ...

 

venham lutar comigo e formar um mundo melhor e mais justo.. vamos fazer a revolução do bem estar...

 

vocês estão a dizer... esta senhora é utópica...

 

enganam-se sozinha consigo movimentar muita gente... com a vossa ajuda fazia um tsunami operacional...

 

venham que a vida precisa de vocês não  fiquem em casa a lamentar-se... se o fizerem eu posso dizer, nunca seriam profissionais de geito ...

 

os sindicatos por si, não resolvem a vida de ninguém ...

 

não façam parte da lista dos vencidos...

 

 

 

lasalete

sintomatologia da pobreza consentida...

 CONSTRUIR É URGENTE

Analizando os factos que nos colocam frente a frente com os casos de pobreza mais ou menos preocupantes em pleno século XXI, ficamos arrasados... porque já vamos assistindo, a um descaso e a algum descanso por parte da sociedade e tudo que é pobre, devido ao hábito de morar com a pobreza diariamente ...

a banalização da solidariedade já começa a acontecer...

o marketing social já é um facto...

Tal como os pobres, também as instituições que a eles se dedicam, começam a ser tantas, que já passamos indiferentes e comentamos... mais uma...

todavia, temos que ver a pobreza com novos contornos e na linha da mesma, temos que iniciar um processo de reavaliação da sintomatologia que nos coloca frente a frente com os novos rostos na linha absurda de uma pobreza consentida...

a forma subsidista, com que o país se desloca no tempo, a maneira já pouco discreta, com que muitos portugueses se assumem, requerendo à boca cheia, o estatuto de subsidiário vitalício, choca o raciocínio de qualquer mortal, que não se aceita como elemento de estagnação deste movimento terreno...

muito embora as horas corram mais rápido e a densidade populacional seja superior nos tempos que correm, as exigências da vida moderna sejam mais que muitas, não é admissível, que a pobreza ainda tenha o mesmo tratamento que tinha no tempo em que a informatização não existia e a mentalidade das assistentes sociais só conhecia o caminho do coração...hoje as técnicas superiores de assistência social, têm objectivos diferentes e tratam a pobreza com uma linguagem diferente, mas não têm meios para fazer essa aplicação prática, pelo que, muitas se deixam conduzir pelo sistema... 

na actualidade, não é correcto não usar a racionalidade para contornar os casos de pobreza recentes e não é justo, que não nos unamos todos, para delinear formas de intervenção, que sejam objectivamente planos vivos e actuantes de prevenção da própria pobreza, obstaculizando dessa forma, os casos de miséria que assim acontecem por não serem tratados convenientemente...

estou a ficar um pouco assustada com os " cursos" que funcionam como terapia ocupacional ...

não entendi ainda quem os faculta, mas já descobri que os candidatos a educadores desses educandos, têm interesses vários na proliferação dessa via de ensino e a aplicam de forma desconexa ...

temos presenciado casos flagrantes de falta de pudor na sua aplicação... não sei se é uma forma de mostrar serviço... mas estão determinados ... isso sim... estão determinados, aqueles que distribuem cursos à toa...

mães com filhos, que já não frequentam a escola vai para quinze anos e são de repente colocadas num curso de inglês, matemática e português de forma assustadora , sem cambiantes de profissionalização e sem preparação prévia...

com capacidades de raciocínio muito limitadas e com o mínimo de escolaridade e algumas sem a escolaridade obrigatória desse tempo...

alguns cursos, não são remunerados e apenas lhes oferecem o subsídio de almoço, mas e os filhos que têm em casa, como se alimentam, o jantar quem o subsidia?...

tudo está muito complexo e as pessoas que temos ao nosso cuidado, com escolaridade suficiente para serem tratadas com inteligência, dizem que só querem trabalho, porque depois dos cursos finalizados,  ficam sem nada para fazer e na mesma situação em que estavam até então...

a via profissionalizante, que lhes possibilite criar riqueza e as ajude a aumentar a sua perspectiva de vida útil em melhor e mais correcta função, essa sim, é que era de oferecer, municiando as famílias abrangidas pela obrigatiriedade desses cursos, com recursos de sobrevivência...

a marcha dos subsídios, já leva marchantes que chegam e não é de certeza a melhor forma de colocar o país em franco progresso...

está a tornar-se sintomático o empobrecimento devido ao hábito , ao uso e abuso dos subsídios, que retiram aos que a eles recorrem, a possibilidade de se auto estimarem e crescerem , fazendo ao mesmo tempo crescer o país...

estagnamos nesse sentido, porque são subsidiados os pobres e as instituições que deles se encarregam ...

as instituições e os mais pobres, têm que ser autónomos...

o perpetuamento da pobreza não pode ser do interesse de uns quantos...

a pobreza é uma forma de escravatura velada...

os sintomas da pobreza consentida estão aí:

  • baixos salários
  • falta de trabalho
  • endividamento exagerado
  • venda de bens pessoais
  • recorrência a casas de penhor
  • recorrência exagerada a créditos paralelos
  • aumento do jogo ilícito
  • aumento da prostituição
  • aumento da criminalidade
  • baixa de auto estima
  • frequência exagerada dos hospitais e dos centros de saúde
  • aumento de relação na terapêutica de intervenção psiquiátrica
  • tristeza e desconforto espiritual ( suicídio)
  • desinteresse total por actos de cidadania activa
  • frequência crescente do número de utentes nas instituições de caridade

tudo isto já é do conhecimento de quem, tem governado o país e de quem governa...

o problema não é actual, é velho, mas está a agravar-se, avolumando o número de candidatos, não a pobres, mas a miseráveis... o que, se não prevenirmos, vai de certeza potenciar a criminalidade a médio prazo...

a lei da sobrevivência, quando depara com a ausência de valores morais, enfrente qualquer perigo e adere a qualquer proposta...

é preciso prevenir a miséria no país, os sintomas são mais doque muitos ... afinal o povo sempre sabe o que diz...

mais vale prevenir que remediar...

lasalete...

é quase Segunda Feira ...

 

 

estamos quase na segunda feira... mais uma semanita para podermos provar a nós próprios que estamos no caminho certo...

 

mais uma semanita para conseguirmos crescer mais um pouco...

 

novas provas vêm até nós e novas oportunidades de mostrarmos que afinal, isso de crescer interiormente até acontece connosco...

 

sempre que termina o fim de semana a vontade de voltar ao trabalho, parece que é um pouco aborrecido...

 

em tempos privei com um colega de trabalho, que encarava a segunda feira como um sofrimento e dizia com alguma graça... ( o fim de semana devia começar ... rápido...segunda feira à tarde)...

 

mas com mais adultez todos sabemos que trabalhar faz parte do crescimento e que o mundo necessita de braços fortes e vontades vigorosas, que não quebrem ao primeiro impacto...

 

e para este dia eu atrevo-me a lembrar os amigos e a fidelidade e respeito que lhes devemos...

 

amanhã aproveite para telefonar a um amigo com quem já não fala vai para muito tempo...

 

todas as semanas repita o gesto e pode ser que encontre verdadeiras surpresas, ficará com a certeza que a vida não queimou as sementes de amizade que semeou...

 

quem é amigo mesmo... como aqueles amigos do peito, não precisa de estar perto para estar dentro do nosso coração...

 

e é tão bom estarmos apaixonados pelos nossos amigos...

 

eu adoro todos os meus amigos... a vida sem eles não tinha valor nenhum...

 

que Deus abençoe os meus amigos, que amanhã vão trabalhar , os que não vão trabalhar também... enfim todos os meus amigos e conhecidos ... melhor ainda que Deus abençoe todos os que prezam o trabalho ... que iniciem a semana com muita energia, muito vigor, muita coragem e a todos desejo muito êxito em todas as suas actividades...

 

uma óptima semana... massssssssssssssssssssssssssssssss ...

 

atenção, nós no Coração da Cidade já iniciamos grandes mudanças...

 

estamos a preparar o consultório médico , porque vamos passar a contar com a presença de uma equipa de saúde muito simpática:

  • 1 médica
  • 4 enfermeiras
  • 1 enfermeiro
  • 2 psicólogos ... psicologia clínica
  • 2 tecnicos da acção social

quando levamos aos nossos amigos sem abrigo a possibilidade de terem um medico mesmo à mão e passarmos a cuidar da sua saúde e medicação, foi um júbilo que só visto...

 

mas atenção que a nossa equipa também tem nas suas fileiras

  • 1 juiz
  • 2 advogadas
  • 3 economistas
  • vários licenciados em ciências de educação
  • 3 biólogas
  • e um número muito grande de voluntários com as profissões mais interessantes

O Coração da Cidade está a entrar numa fase de intensa actividade...

 

amanhã trago notícias fresquinhas... grandes novidades... até lá vou deixar um abraço do tamanho do mundo...

 

lasalete 

o mundo precisa de abraços...

 

Abraços...

braços estendidos...

mãos amigas...

rostos sorrindo...

mentes abertas...

corações solidários...

 

o mundo necessita de paz... onde cada homem adulto, onde cada criança se levante pela manhã e não se sinta ameaçado, na sua integridade física, na sua emoção ou na sua formação moral...

 

o mundo precisa de se sentir bem... o mundo necessita de crescer espiritualmente, mas como estamos a passar a barreira do despertar espiritual , que já não comporta por muito mais tempo, tanta desfaçatez , tanta maldade, tanta inferioridade espiritual e coo a Terra tem de resolver seu impacto espiritual e ascender a um plano diferente, todos estes episódios acontecem e têm que ser entendidos pelos que ao sentirem-se mais esclarecidos compreendem o drama dos humanos terrenos...

 

estou a escrever neste momento... em 2001 neste mesmo horário meus sentidos se colaram perplexos nas imagens de destruição e dor... talvez naquele momento alguém estava a escrever, uma carta comercial, um bilhete de amor, sei lá, amando, quem sabe... e tudo terminou ali...

o mundo parou incrédulo...

 

creio que os anjos choraram, como de todas as vezes que os homens se portam mal...

 

o olhar dos bons e dos maus confundiu-se... as lágrimas misturaram-se eram de toda a gente e não pertenciam a ninguém... eram as lágrimas do mundo...

 

o medo aconteceu... e por algumas horas o mundo transformou-se no maior campo de concentração do mundo... ninguém sabia das intenções de quem ultrapassou o improvável ...

 

hoje o silêncio continua... a vida continua... a maldade continua...

até que o homem deixe cair o seu coração e o corpo já não resista e ultrapasse a altura inatingível do mundo terreno...

 

na psicosfera ficou o medo, a dor , a sensação plasmada de quem partiu e de quem ficou amaldiçoando os que maldosamente vivem, ameaçando tudo e todos... as guerras não são da responsabilidade de ninguém em particular, são da responsabilidade de todos nós que ainda não nos esforçamos o suficiente para formar um mundo de abraços...

 

lasalete 

tudo está bem ... diz quem sabe ...

 

                         

 

O coração da Cidade recebeu, a presença dos senhores inspectores das actividades económicas, que sem se identificarem se introduziram nas instalações, verificando tudo quanto quiseram e do modo que quiseram...

 

sairam depois de descobertos entre o elevado número de pessoas sem recursos que estavam nos Espaços do Coração a fazer o seu abastecimento, como é habitual, porque estão inseridos no Programa VER - vidas em risco...

 

Depois de descobertos identificaram-se e pediram à responsável do lugar elementos sobre a instituição e sobre a forma como estávamos cedendo os bens alimentares aos utentes do programa...

 

saíram satisfeitos elogiando o processo, a limpeza e arrumação do local...

 

pediram apenas que não tivéssemos alimentos sem prezo de validade, o que na realidade não acontece, dado que a escassez de produtos alimentares, não permite o prolongamento do prazo...

 

o elevado número de famílias que estão no programa... trabalho voluntário - por alimentos , visa a inclusão na vida activa e rentabiliza os meios de protecção da mesma, obstaculizando a mendicidade e promovendo a prevenção da pobreza e dos danos colaterais que dela resultam...

 

neste programa os menores em riscos são fundamentalmente a nossa maior preocupação, porque, decorrente dos novos desempregados o poder económico de algumas famílias desceu dramaticamente, o que retirou a alguns pais a possibilidade de amparo a todos os níveis a crianças e jovens que estavam habituados e que de forma brutal tiveram de abdicar...

 

se os adultos com alguma dificuldade, vão enfrentando o problema o mesmo não aconteceu a muitos menores que responderam de forma implacavelmente condenatória ao " fracasso dos pais"...

 

o Programa VER - vidas em risco tem desenvolvido trabalho satisfatórios vai entrar na fase 2 ... a reapreciação do estado familiar, o progresso colectivo e individual dos membros agregados...

 

em breve daremos neste blog dados estatísticos ...

 

louvemos portanto a inspecção que nos visitou, muito embora estranhemos o facto de intrusão sem referência, já que é do domínio público que O Coração da Cidade, sempre solicita que as visitas ao nosso espaço se façam sem marcação prévia e de surpresa para que todos possam constatar da seriedade do nosso trabalho...

 

faz quem sabe, manda quem pode... mas só ama quem despertou...

 

lasalete

esta semana pode ser uma surpresa...

 

anjocdudias.gif

   

se você se esforçar ...

a vida não vai faltar consigo

e junto de si, um anjo amoroso

cumprirá o papel que Deus lhe destinou ...

acredite ou não...

a lei de Deus não falha..

ninguém se pode furtar a ela...

 

esta semana pode ser uma surpresa, se você investir em si e na sua relação com todos aqueles que o cercam...

 

levantei-me cedo para lhe dar este recado...

 

acordei imaginando um mundo diferente e que mesmo neste jogo de interesses a que nos vamos habituando, graças a Deus ainda nos resta o nosso mundo e a forma de o mudar e o conservar integro de pende apenas de nós...

 

sei que cada um de nós pode fazer hoje melhor que ontem e certamente o futuro será mais risonho...

invista na bolsa de valores da sua consciência e subirá a cotação de certeza...

fique em alta para que os que o cercam requisitem de si muito mais do que espera e invistam no contacto consigo amizade que tanto reivindica...

 

só mais um passo e a vida fará o resto ... eu tenho a certeza...

 

uma semana de muito trabalho, de imensa paz e de incontrolável alegria...

 

o mundo precisa de si...

 

lasalete                    

greve geral ...

 

 

seria tão bom que um dia pudéssemos falar assim...

 

o Trabalho como arma de evolução, ainda não é amado, porque assim não é entendido...

 

ontem mesmo um sem abrigo dizia alto e bom som ... amanhã é dia de greve... e eu a brincar disse.-lhe : - então tu vais trabalhar ?...

 

ficou a olhar para mim ... de repente percebeu onde eu queria chegar ...

 

mas o problema não é para fazer piada, mas para reflectir longa e maduramente ...

 

sempre que uma greve se declara  e eu tenho plena consciência de que a greve é a arma do trabalhador, fico perplexa, porque a maioria dos trabalhadores, não entendeu ainda , que ninguém, muito menos o sindicato a que possa eventualmente pertencer, está interessado nas suas regalias ...

 

durante todo o ano, o sindicato nada lhe diz, as regras que regem o seu sector, são por si ignoradas...

em Portugal, existe pouca cultura democrata e solidária , os trabalhadores desconhecem os seus direitos e os seus deveres...

 

para que respeitem os nossos direitos, nós teremos inevitavelmente de nos fazermos respeitar cumprindo nossas obrigações...

 

passamos ao lado de mil situações clandestinas, erradas e até irracionais, mas existimos naquela de... DEIXA LÁ , NÃO É CONNOSCO ...

 

quando a goela aperta vamos a correr desatar o nó ..

 

 

  quanto tempo vai demorar

até que retiremos da nossa visão quadros

como estes?...

 

quanto tempo e quanta dor será  necessária ,  até que entendamos que todas as crianças têm direito á sua infância ...

o trabalho infantil denuncia drástica e dramáticamente até que ponto evoluímos ...

cada um de nós, que não denuncia estas situações  se pode rever no papel infame de predador da inocência e incorre sem que o aceite, nas mesmas situações criminosas de qualquer pedófilo...

porque não sabe amar e respeitar a infância na sua pureza e originalidade ...

 

o trabalho infantil acontece sob o olhar complacente de milhares de adultos em todo o mundo...

 assim   e assim...

 

os sindicatos ,apenas estão preocupados com as suas posições sociais e têm que mostrar serviço...

quando é que um sindicato promove conferências que ensine o trabalhador a trabalhar com segurança, sem vícios de trabalhar negligentemente , com amor pelo que faz, criando dentro do seu circulo de trabalho , melhor capacidade de realização, para que entre patrões e trabalhadores não se criem espaços de conflicto e ódios e percebamos de uma vez por todas que o trabalho faz falta ...

 

a greve não é a forma de nos expressarmos melhor ...

sê-lo-ia por certo depois de esgotadas todas as negociações...

 

 mas,  se pudéssemos escutar as negociatas nos bastidores das ditas negociações, ficaríamos espantados das cedências abomináveis que por vezes acontecem ...

 

os patrões , por sua vez, não sabem pensar e nem acreditam que ser honesto dá lucro ... porque um trabalhador feliz consegue render muito mais e por isso mesmo o dito patrão teria mais rendimento ....

 

os trabalhadores que dentro duma empresa não denunciam irregularidades e pactuam por vezes com acções criminosas , estão por sua vez a colaborar com a usura e com a irracionalidade de quem apenas quer enriquecer e nada mais e se está borrifando para os direitos humanos da comunidade em geral...

 

enquanto não aderirmos á educação salarial e nos entendermos todos ...

 

 

a greve geral será  um salto no escuro...

 

 

 

o sentido corporativista desapareceu e é cada um por si ...

 

 

hoje em dia, as intenções de quem está liderando todo o processo de greve se apresentam bastante duvidosas...

 

 

o amor pelas grandes causas não é aconselhado e por isso mesmo a egoísta posição de cada um, leva ao descalabro a vida de quem trabalha, fomentando o desemprego e lançando na ruína muitos empresários que necessitam de trabalhar também  e que  todos juntos contribuam de forma simpática para a economia nacional...

 

ainda temos muito que aprender ... enquanto não despertarmos para a vergonha endémica da desigualdade entre homens e mulheres no plano laboral, não vamos sair desta situação...

 

mais de trinta anos e continuamos como bestas de carga a carregar um fardo que sabemos pesado mas que não queremos largar...

 

tanta mulher trabalha por uma côdea de pão, sujeita ao assédio despudorado de patrões animalizados e que não se podem queixar, porque  ainda são apontadas de levianas...

as mulheres que não se amam e se gostam de ver como enfeite publicitário diminuindo de forma directa o seu intelecto, reduzindo~se a penas á posição de bibelot e não se satisfaz mas se lança ainda no brutal papel de objecto sexual...

 

sem conhecermos os nossos limites e sem nos manifestarmos pela liberdade de forma concreta, a greve geral, ou qualquer outra greve de nada adianta...

 

ainda ninguém percebeu que os sindicatos estão apenas a maquilhar a sua disparatada forma de distorcer um direito que teria mais força se dependesse com justiça de um dever cumprido...

 

trabalhe bem e tem o direito de exigir óptimo ...

 

é dando que recebemos, ninguém tem o direito de pedir aquilo que não lhe pertence e como diz um amigo meu... uma espiga, não faz uma seara e uma papoila, não fala de uma possa de sangue... é necessário cumprir com a vida para que ela cumpra connosco ...

 

lasalete

boa semana de trabalho ...

 

 

logo logo estaremos com nossos peditórios

e vamos precisar de muitas mãos generosas que nos ajudem ...

   este mês não conseguimos as mil garrafas de azeite...

o repto continua para o mês de Junho... quem sabe com os santos populares vamos conseguir o nosso azeitinho ...

a lembrança vai ficar bem visível para todos...

façam campanha pelos amigos e vizinhos... uma semana cheia de boas e generosas concretizações para todos

 

no entanto, não deixe de pensar em si como ser muito interessante que é...

 

a vida pulsa em si esperando que responda de jeito que tudo possa ser perfeito em seu redor...

mas se falhar, não desista....

o importante não são as falhas, mas os acertos que cada um faz na sua vida...

significa que está preparado e interessado em aprender e quer mesmo acertar...

 

dê mais atenção aos seus colegas, repare nos mais agressivos, verifique se eles têm por acaso algum problema com o qual não sabem lidar e por isso mesmo, são mais ásperos do que os outros...

 a vida por vezes prega cada partida ...

os nossos colegas de trabalho, quase se podem considerar parte da nossa família, é com eles que passamos a maior parte do tempo ...

pense ... não é de certeza por acaso ...

a vida é sábia de mais para desperdiçar nosso tempo...

 

enquanto trabalhamos, estamos aperfeiçoando o nosso interior , nossos colegas fazem parte desse exercício que a maioria despreza, ou não preza como deve ser ...

 

e por falar em trabalho... agradeça as suas mãos... tantos gostariam de trabalhar e não podem...

 você é muito feliz tem mãos... e tem trabalho ...

então é duplamente feliz...

 

muita paz

lasalete

inclusão ... dificil mas urgente...

 
Incluir é demasiado importante... urgente... mas muito difícil.
Todos os intervenientes e estudiosos da inclusão na vida activa, revelam os mesmos receios e algum desconforto.
A sociedade não está á preparada para receber de novo os indivíduos que falham e estes por sua vez não estão preparados para serem recebidos friamente.
A falta de trabalho ou a falta de pessoal especializado, dificulta a inclusão, senão a olharmos como um plano de construção vitalício a nível humano e individual.
A recuperação de indivíduos, que temporariamente se auto-marginalizam , torna-os menos sequiosos de inclusão, por isso mesmo mais violentos agasalhando um manifesto desinteresse.
Alguns dos que desejam muito, serem reinseridos na sociedade, não se despem de algum egoísmo e agridem para se defenderem...
Em geral não têm hàbitos de trabalho disciplinado e não concorrem para o engrandecimento de si próprios.
Por sua vez, a sociedade explora o propósito, não permitindo o retorno à normalidade, de indivíduos, que, se forem ajudados, mais tarde se mostram úteis e muito responsáveis.
A vitimização, por parte de alguns, que se demoram mais tempo em regime de exclusão, leva-os a aceitarem como vitalícia a forma subsidiária de viver... não progridem e se revelam contrários a todas as regras de sociabilização.
Actualmente, não só os indivíduos sem escolaridade estão excluídos, mas já começam a acontecer os casos de indivíduos com escolaridade obrigatória e outros com frequência de cursos superiores a temerem a exclusão... porque o mercado de trabalho não os aceita, gorando todas as possibilidades de realização.
Palmilhar um caminho árduo de autopromoção a nível universitário e mais tarde não encontrar espaço onde aplicar o que aprendeu, é muito preocupante e conduz a auto estima a situações de verdadeira catástrofe.
Lamentávelmente, a droga, o álcool  e o suicídio, tem finalizado alguns casos de que tomamos conhecimento.                
É essencial que os governos se debrucem sobre a exclusão, a estudem com caridade e inteligência, para aprenderem a falar de inclusão.
A desestruturação, quiçá a morte da célula  familiar, tem sido também a grande responsável pela exclusão atirando para a rua, principalmente os homens e mais tarde os filhos jovens do sexo masculino, já que as mulheres e os jovens do sexo feminino são praticamente ajudadas pelos outros familiares.
 
Se todas as religiões se despreocupassem da intenção de criar prosélitos e apenas educassem as atitudes de cada um, estariam a contribuir fortemente para a reeducação familiar evitando assim a proliferação de tantos pólos fomentadores dessa mesma deseducação.
Sendo que, as instituições são o espaço que mais perto e mais rapidamente chega junto dos que mais precisam de apoios, deveriam fomentar encontros sistematizados e na
temática educacional, para que, assim e em conjunto, prestassem à sociedade relevantes serviços que focassem essencialmente o crescimento moral e cívico da mesma.
Sem futurismos exacerbados; - se em breve os governos não se debruçarem de forma agressiva sobre a exclusão, no sentido único do não alastramento da mesma, em breve terão muito que lamentar.
Teremos muito em breve um país envelhecido, sem braços para trabalhar, sem imaginação e sem critérios de escolha.
Tudo isto nos tornará mais dependentes economicamente de outros países...
Portugal aprenderá que viver, será bem mais difícil... para não falarmos na aculturação da sua génese, que inevitavelmente, acaba por esquecer as suas origens adaptando-se ao meio importado de forma tão irresponsável.
Quem sabe se a inclusão, não passará também por uma educação a nível governamental e uma revisão mais apurada dos programas eleitorais que nada trazem de novo e se desviam sistematicamente dos oibjectivos e necessidades nacionais, evocando fundamentos em recursos inexistentes ou desculpismos económicos atribuídos ao relacionamento europeu.
Descomandados na arte de inserir é urgente que o façamos para tomarmos o leme de tudo isto.
Como dizia Confúcio “educai as crianças!, para que mais tarde não tenhais que castigar os homens”.
Uma sociedade mais próspera e feliz, não pode sistematizar a inclusão.
lasalete

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D