Domingo, 15 de Julho de 2007

Não se devia chorar ao Domingo... (poema)

 

 

 

 

Não se devia chorar...não se devia estar triste

não se devia dizer... não vale a pena viver...

afinal, porque se existe ?

 

não se devia chorar ...muito menos ao Domingo,

todos deviam querer, fazer férias do desgosto...

amar, amar ... e crescer...

                                                            

não se devia sofrer,

nem permitir que sofressem todos os homens do mundo...

todos deviam querer...ver crianças a brincar

velhos a rir docemente, mulheres belas a bailar                       

homens de riso decente,jovens felizes a amar,

moçoilas quase casando e o arco íris a brilhar

de esperança engravidando ..

o céu sem nuvens chorosas,

no ar um perfume a rosas e as andorinhas voando,

os melros e as cigarras e os pintassilgos cantando...

tudo... porque hoje é Domingo e o povo está descansando ...

 

mas nada disto acontece !...

a vida fica chorando, as velhas ficam dormindo

e as crianças gritando,

os jovens estão discutindo e o céu de nuvens inchando,

as papoilas estão chorando, as magnólias estão tristes

o arco íris fugiu ... e o sol se foi retirando...

não descubro as andorinhas...

os melros só de manhã, passavam de ramo em ramo,

os pardais assustadiços sacudiam suas penas

a as borboletas serenas, receosas vão voando...

 

as flores, as mais pequenas, a medo se iam abrindo

as gotas iam caindo porque o céu estava a chorar...

abri a minha janela ... e ao céu mandei um recado

- ficas triste assim molhado ... porque não ficas sorrindo?

então, o sol apareceu ... e disse dando-me um beijo

- anotei o seu desejo...

o céu não chora ao Domingo...

 

lasalete ... 15-07-007 ... poemas do fim da tarde

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 18:15

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

poema a meu pai... ( poema)

 

hoje senti saudades de ti ... pai ...

saudades de te ter , de te abraçar,

hoje senti saudades de ti ...

saudades de te ver sorrir e até chorar...

 

nunca toquei tua face ou teus olhos...

hoje senti saudade de te olhar...

não sei como era  a tua voz...

mas senti saudades de te ouvir cantar,

 

 

 

hoje senti saudades de ti ... sim de ti ...

de ver-te a trabalhar, ver-te cansado,

de te ouvir rir, de ver-te envelhecer ...

ver-te chegar a casa, lento e suado...

 

hoje olhei-me  ao espelho, pensei em ti...

no verde de meus olhos vi saudade,

vi-te dentro do meu olhar, fiquei ali...

e fiquei nos meus olhos à vontade ...

 

 

 

olhei meus pés , fiquei então parada,

imaginei que um dia aconteceu... mas não,

percebi com tristeza que nunca houve nada

que nunca tiveste meus pés em tua mão...

pedi então a Deus p'ra adormecer

que pudesse ver-te, ainda que a sonhar

não pude dormir, pai ,

não pude... que a saudade

foi mais forte do que eu, pôs-me chorar...

mas, ainda que a vida me dê a mesma sorte,

e á vida voltar após a morte,

voltarei a ter saudade de te amar...

 

 

 

 

 

 

                                                              lasalete ... 28-06-07

neste momento eu estou ...: com saudade
publicado por lapieta@sapo.pt às 23:50

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

perfumes de madrugada... ...

de vez em quando... ( poe...

se ... ( poema)

quando cruxificaram o amo...

é preciso deixar-se amanh...

a Páscoa está aí...

uma dor + uma dor, faz um...

vamos falar de amor... só...

que seja eterno... " poem...

meus versos... poema

minhas lágrimas poema... ...

tão fragéis... meu Deus.....

o brilho do coração...

as vidraças da alma...

o anjo dos gatos tristes....

a melhor oportunidade...

aproveite o Domingo... pa...

o mundo está nas tuas mão...

Maria de Ninguém...

meus amigos são raizes......

perfume da alma ( poema)

as lágrimas dum dia feli...

está quase a anoitecer...

o mundo precisa de abraço...

Não se devia chorar ao Do...

poema a meu pai... ( poem...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags