Sábado, 21 de Janeiro de 2012

que futuro terá o nosso futuro?...

 

 

parece ser, logo pela manhã, uma pergunta bizarra... mas não o é...

foi no entanto a primeira pergunta deste dia... a pergunta que fiz a mim mesma depois de ter adormecido com a ideia de que Portugal está a ser hipotecado...

 

mas afinal o que é Portugal, quem é Portugal...

somos garantidamente todos nós...

 

o que é o mundo ,senão o conjunto de comunidades, onde estejamos integrados ou não, onde partilhamos ou não o muito ou o pouco que vamos possuindo...

 

existir, seja de que forma for, já nos torna cidadãos do mundo... já nos designa como humanidade...

mas afinal que futuro terá o nosso futuro?...

 

muitas pessoas neste momento estão a colocar nas costas dos outros a culpa de algo que no futuro possa acontecer, dado que o presente se encontra com poucas possibilidades de ser remendado a breve prazo...

mas o facto, é que a maioria não pára para pensar, que tudo quanto tem a ver connosco depende exclusivamente de nós…

as situações exteriores à minha pessoa ,dependem  muitas vezes de factores exteriores, mas o que é interior, o que é mesmo meu, depende exclusivamente de mim…

 

tenho encontrado pessoas até muito simpáticas, quase apáticas, na esperança que o mundo mude e que elas sejam empurradas pela força desse mundo…

 

pessoas que nada fazem pelo futuro e que dependem de todos os que estão fazendo um enorme esforço à sua volta…

é necessário entender, que tudo o que é nosso depende de nós…

 

a posição que tomarmos em relação à vida é da nossa competência…

 

tenho observado seres muito caricatos dizendo que se tornaram amargos e até mauzinhos, porque a vida os fez assim…santo Deus…

partindo do princípio que a vida tem sido muito dura para muitas pessoas, então todos aqueles  cuja vida não foi um mar de rosas, teriam que ser mauzinhos também…

 

meus amigos, tudo vai da forma como estamos a construir o nosso interior…

se nos arrumarmos por dentro, poderemos concorrer largamente para um futuro mais promissor, atraindo forças maiores e superiormente envolventes para a nossa vida…

 

no entanto essas forças não nos vão livrar das provas que dizem particularmente respeito à nosso formação moral e espiritual, mas ajudarão de certeza a enfrentar os momentos mais frágeis da nossa existência…

 

sosseguemos o espírito, deixando de rodar envolta de supostos oráculos que nada adiantam à nossa vida…

o futuro, é algo que está em construção no presente, que se desdobra diante do nosso olhar no segundo a seguir, é maravilhosamente da nossa responsabilidade…

 

 

é como atravessar uma ponte, uns fazem a travessia rapidamente e sem medo e outros atravessam a mesma ponte com muito temor , mas atravessam … e há ainda os outros que se recusam a atravessar e necessitam de incomodar toda a gente… por último deparamos com aqueles que se lançam da ponte simplesmente por se recusam de qualquer modo a fazer a mesma travessia…

por isso,  o futuro depende de nós… está nas nossas mãos…

 

façamos a travessia de pé… com garra…

 

moldemo-nos aos tempos, porque eles  são de sol e de esperança…

todas as mudanças, são sempre difíceis…

 

sendo o ser humano um animal de hábitos, não gosta que lhe acenam com mudanças e o desinstalem da sua suposta comodidade…

arrojados e até felizes, já existem entre nós , seres que todos os dias, mudam e ajudam a mudar o mundo…

junte-se a nós…

 

venha construir o futuro…

 

sem crises e já agora… sem gripes…

 

um bom dia

 

lasalete

neste momento eu estou ...: em paz, trabalhando
publicado por lapieta@sapo.pt às 09:21

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2011

envelhecer com dignidade ...

 

 

Como estão longe de imaginar, os senhores que governam este país, que as decisões que vão tomando, estão a lançar no precipício, imensas almas desesperadas…

 

Nós estamos preocupados com os suicídios em massa que possam vir a acontecer…

principalmente entre os idosos, e mais entre os homens, que entre as mulheres…

 

As dificuldades que neste momento, muitos seres humanos encontram, são de toda a ordem…

Os senhores que governam, que não têm coragem de assumir, que tudo o que se está a passar, é apenas um jogo financeiro, e que os seres que coabitam na grande expressão humana, apesar dos pesares, e muito embora os desaires, até parece que continuam confiando, porque também não têm outra alternativa…

 

Era necessário que todos os governantes do nosso país, que são nossos empregados, porque são os portugueses que lhes pagam, e bem, para eles desempenharem os altos cargos que desempenham, que fossem mais honestos com Portugal…mas principalmente na forma como conduzem a justiça social…

 

Todos deviam ter a coragem de mostrar ao país e nomeadamente ao mundo, que apenas um grupo de gente muito bem instalada economicamente, está montando toda esta guerra, como se realmente de um jogo se tratasse, só que, pelo caminho, vão fazendo vítimas… os mais fragilizados estão a ser muito maltratados, mantidos como escravos, duma governação que se diz democrática…

 

Tudo isto para chegar ao caso que quero narrar…

 

Como sabem, no Coração da Cidade, o atendimento de apoio emergente, está todo o dia a funcionar…

não há um minuto de descanso… e ainda bem, que pelo menos, vamos dando apoio dentro do que podemos, a inúmeros seres humanos, que tão mal tratados são neste país e com os quais de uma forma ou de outra colaboramos…

 

Apresentou-se ontem para atendimento, um senhor… sublinho … um senhor… muito educado, falando muito baixinho e pedindo que respondêssemos também muito baixo, que ele escutava bem, e que não queria que ouvissem o que estava para contar…

Então, este português, com 71 anos de idade, vive dentro dum carro, onde passa o dia e a noite como é bom de perceber…

Deparou-se com um desaire financeiro e para pagar essa divida, o homem alugou a sua casa, aos quartos, para resolver a dívida e só lhe resta dormir no carro…

Mas para comer já não tem, então vinha oferecer-se como voluntário para conseguir comer e assim poder aguentar os dias que lhe restam… porque como ele diz, com esta idade já não pode arranjar emprego…

 

Senhor ministro das finanças… e agora ?… quantas cadeias são necessárias para albergar estes idosos que não conseguem sobreviver… e têm

Nada possuem a não ser a esperança de que o seu final de vida chegue o quanto antes…

 

Pergunto várias vezes se o governo se está a deixar enganar, ou se tem, efectivamente, consciência da forma dolorosa como vivem os portugueses e simplesmente os ignora…

 

Não me venham dizer que nada podem fazer…

É mentira… porque o Coração da Cidade, com quase nada, está a prestar auxílio a mais de 2000 pessoas por dia, entre famílias, idoso e pessoas sem abrigo e a mobiliza um mar de gente…

 

Agora imaginemos o que seria possível fazer, com a capacidade que o governo tem…

 

Subsiste sempre um problema, é que para ajudar os outros, não se pode tirar proveito próprio…

 

E depois quer queiramos quer não ( O AMOR FAZ A DIFERENÇA)

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: envelhecendo em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:44

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Outubro de 2011

VIDA DE POBRE... DURA REALIDADE

 

 

VIDA DE POBRE... DURA REALIDADE...

muitas pessoas falam, falam , e na maior parte das vezes, não sabem o que dizem...
duro é ver que muita gente que fala o que não sabe, se dá ao trabalho de generalizar, e a vida de todos nós, e diferente de pessoa para pessoa...

quando olhamos para uma pessoa que vem pedir auxílio, ou que está sem emprego, nem imaginamos o drama que está acompanhando essa alma...

é muito difícil perceber o quão desesperante é o estar todo o dia sem trabalhar, sem tecto, sem pão, ou mesmo doente, sem capacidade de resolver as suas dores...

por isso mesmo O Coração da Cidade tem muito bem montado um serviço de apoio emergente, onde o governo, devia colocar os olhos e aprender connosco...
de forma directa e o mais rápida possível, nós tentamos resolver o caso...
não enviamos a pessoa para daqui a um mês ou quatro meses, para resolver uma questão que com boa vontade e muito sentido de fraternidade se resolve no momento...
o amor não necessita de lista de espera...

um dia deste, apareceu um jovem na ordem dos seus 30 anos...
cidadão brasileiro, que não estava de algum modo feliz com a sua situação, porque não tinha conseguido singrar como pensava em terras de Portugal...

contou a sua situação e graças a Deus no dia seguinte foi chamado para responder a um anúncio para cozinheiro...
foi ver o emprego e imediatamente foi admitido...
ficou aflito, pois o patrão exige que ele tenha farda própria, e ferramenta de grill ... própria também...
veio ter connosco e lá conseguimos arranjar tudo o que ele tinha que levar para se apresentar no dia seguinte...avental preto, calça preta, boné preto , e as ditas ferramentas de trabalho, para trabalhar com o grelhador...
o nosso homem ficou radiante..
tomou um banho, porque vive numa casa abandonada que não tem condições e estava tudo a correr às mil maravilhas... dentro do possível...
no dia imediato de manhãzinha, aparece pela manhã com um pé a sangrar... 
o homem chorava... queria ir trabalhar e tinha sido mordido...imaginem... por uma ratazana, na casa abandonada enquanto dormia...

nem queríamos acreditar... vida de pobre é mesmo dura...

como é possível que tantas leis abundem por aí e tão pouco se faça para ajudar seres humanos... e estejamos ainda a ver de forma porco honesta, pessoas que têm vitalíciamente, reformas chorudas que acumulam com altos cargos de gerência...

lá fizemos o curativo ao nosso jovem, porque a aflição dele era chegar a tempo ao trabalho, porque era o primeiro dia e ele não podia faltar...

ainda não veio até nós... esperamos que esteja bem e que continue aplicado no seu trabalho e que o trabalho dure muito tempo, para que ele possa regressar ao seu país, mais feliz, já que é esse o desejo

vida de pobre é uma dura realidade...

ultima hora...



neste exacto momento, nem de propósito, o jovem desta história acaba de vir cumprimentar as voluntárias do apoio social... o pé está curado... e o patrão está muito contente com a trabalho dele...
graças a Deus...

publicado por lapieta@sapo.pt às 16:16

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

PÚBLICAS FORMAS ...

 

esta foi sempre uma expressão que nos espaços notariais, me faz sorrir, acho engraçada demais...
mas hoje em dia dou comigo mesma a perceber como neste país, era necessário que todos os que estão designados para o dirigir se preocupassem com a FORMA PÚBLICA, como funcionam...

os erros ainda são próprios da condição humana, mas no entanto não precisamos de exagerar...

um país não pode viver num clima constante de suspeição, onde ninguém sabe quem é quem...
um país tem que ter capacidade de decisão, mas considerá-la num balanço de humanização permanente...
um país, não é de alguma forma , apenas o espaço geográfico que comporta, ou a paisagem arquitectónica que o reveste, nem muito menos uma classe apenas de pessoas com estrutura académica...
um país, é o molde de todos os seres humanos que o compõem sem excepção...

por isso mesmo, quem se candidata a governar uma nação tem que ter essa consciência política...

mas o grande e grave problema é que a maioria dos políticos, apenas é político e tem muito pouca capacidade humana...

quando existir um político humanizador, então vamos perceber que, o que ele defende contra tudo e contra todos será sem sombra de dúvidas, a justiça social... e vai lutar desalmadamente por espaços congratulares de opinião, e vai querer atingir objectivos muito próprios e capazes de estabelecer de forma igualitária a capacidade de vida, a capacidade de convivência entre uns e outros...

quando nos aparecer um político honesto, que não se deixe corromper pelas opiniões, que não se deixe converter ao capitalismo, que não se vista mentalmente com a burka do exclusivismo, então sim... aí nós vamos bater palmas a um mundo novo, a um renovar honesto do sistema...

por isso aqui, eu gostaria de deixar ao SR. PRIMEIRO MINISTRO, uma pergunta apenas...- SABE QUE MUNDO ESTÁ A CONSTRUIR PARA OS SEUS FILHOS?, OU PARA OS POSSÍVEIS NETOS QUE POSSAM NASCER ?...
quando do outro lado da vida observar os seus filhos , a sua descendência e definhar financeiramente, sem capacidade de sobrevivência, vai lembrar-se com desespero, das leis que exibiu para não faltar aos compromissos políticos com o poder financeiro...
ser primeiro responsável da nação, é como um pai que tem ao colo os seus filhos e os lança ao chão, se não os quiser para educar...
é como largar de mão as crianças quando atravessam a rua, frente a um trânsito infernal...

os políticos não de deveriam deixar corromper, deveriam ter a coragem de dizer não...
deveriam ter a coragem de ficar do lado do povo, de aguentar a pressão económica...

a nação seria muito mais próspera se sentisse que os seus ministros estavam realmente a amar Portugal...

estamos a ser cedidos às fatias a um grupo de pseudo sábios, armados em financeiros financeiros, que caíram de para-quedas e que ganham, ainda por cima, milhões de euros para afundar o mundo...

estamos a assistir de cadeira, a um holocausto, que é do conhecimento de todos e onde ninguém faz nada...

onde estão os tão honrados homens de Abril ?... em que caserna se escondem os militares de carreira que exibem as condecorações ?...
onde está escondido o nosso Presidente da Republica que deveria estar à frente deste tempo de mudança ?...

onde estão os tão propalados em honestidade, cabeças da nação ?...os que têm tido a coragem de se apresentarem a eleições para dirigir o país?...

façam uma maratona de opiniões, uma directa e franca cedência de cargos e digam em verdade ( NÃO CONSIGO ORIENTAR O PAÍS... NÃO TENHO CAPACIDADE DE CEDER ÀS PRESSÕES DOS CAPITALISTAS )...NÃO TEMOS CAPACIDADE DE DIZER NÃO AO TOTALITARISMO ESTRANGEIRO, PORQUE TEMOS MEDO DE PERDER TAMBÉM OS NOSSO PRIVILÉGIOS... NÃO TEMOS CORAGEM DE PARAR, PORQUE SENÃO COMO FICARÍAMOS, DIANTE DOS AMIGOS E DOS ELEITORES... NÃO TEMOS CORAGEM DE PARAR, PORQUE PRIMEIRO ESTÁ O PARTIDO A QUE PERTENCEMOS E DEPOIS ESTÁ A NAÇÃO...

na realidade perante este quadro é necessário ter muita coragem e amar muito Portugal ...

Mas pelo amor de Deus tenham cuidado na forma pública como se apresentam, para que Portugal continue a ser um país de gente honesta, trabalhadora e acima de tudo feliz...

tenham paciência, mas tem que haver outra forma de governar, que não seja matar o povo de preocupações...

ou então assumam de vez que isso de democracia é uma farsa...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:57

link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Outubro de 2011

O Coração da Cidade, precisa de toda a gente...

 

 

olá bons amigos...

todos sem excepção não nos podemos furtar ao momento bem difícil porque estão a passar milhares de pessoas no nosso país...

 

o desenvolvimento económico projectou os mais vulneráveis e não só , para um processo difícil de conclusão, pelo menos a médio prazo...

as instituições de solidariedade e a sociedade em geral, terão que estar preparadas, para uma viagem bem difícil...

por isso mesmo temos que ter bem à mão as ferramentas sociais de que carecemos para podermos socorrer os mais fragilizados...

 

O Coração da Cidade, está sempre atento a estas manifestações e ao longo do seu percurso de apoio social, vai criando cada vez com mais incisão programas de apoio , que ajudam de forma directa e programada os que vêm pedir auxílio...

  • assim, criamos o refeitório social para as pessoas sem abrigo...
  • criamos também para as pessoas sem abrigo, serviço de cabeleireiro e manicura...
  • e com muita alegria está a funcionar o serviço de pedi-cure a tratamento ao pé da pessoa sem abrigo...
  • o Serviço de banhos está também em funcionamento...
  • ao mesmo tempo a área de Saúde está com a nossa médica de serviço aprestar auxílio aos mais carenciados...
  • está em funcionamento desde 2006, o Programa VER- vidas em risco, para as famílias carenciadas com crianças a cargo, que permite resolver a ida ao supermercado de muitas famílias que não o podem fazer, usando como recurso o nosso MERCADO SOCIAL
  • estabelecemos protocolos com muitos espaços alimentares que doam diariamente os excedentes alimentares , que estão em perfeitas condições e que excedem os seus espaços…
  • criamos O Programa AVE, para socorro aos idosos e doentes mentais sem apoio no seu domicílio...
  • criamos as lojas sociais, para detecção de novos focos de pobreza e encaminhamento dos mesmos para O Coração da Cidade, colocando as lojas em toda a área metropolitana do Porto...
  • abrimos essas mesmas lojas à população em geral para que os mais frágeis em termos económicos pudessem adquirir produtos de vestuário e calçado, mobiliário e artigos de decoração...
  • estes produtos, são oferecidos às pessoas sem abrigo e aos mais carenciados,  que estão nos programas sociais e que não os podem adquirir ...
  • expandimos a través de todos os órgãos de comunicação social a nossa ideia de socorro social...
  • neste momento estamos a dias de abrir a nossa primeira FARMÁCIA SOCIAL E COMUNITÁRIA, com apoio dos técnicos desta área, recolhendo, o que já estamos a realizar, todos os medicamentos que não estão sendo necessários a quem apenas os guarda em casa... já temos por isso mesmo a ajuda de muitas farmácias que nos enviam a medicação que tem nas mesmas condições... os prazos destes medicamentos são revistos por pessoal técnico preparado para o efeito e podem ser levantados dentro d'O Coração da Cidade...
  • A Faculdade de Direito, também ofereceu em parceria connosco, apoio jurídico a quem não pode por meios pessoais, fazer consulta jurídica, sobre determinados assuntos que são por vezes preocupação relevante neste contexto actual...

O Coração da Cidade é um pólo de apoio, sempre atento , para tentar colmatar as necessidades de quem não tem recursos para funcionar normalmente...

por tudo isto nós estamos aqui a sensibilizar os que podem ajudar... e são tantos os meios que estão ao alcance de todos...

venham até nós, eu sempre tenho na mão uma forma de poderem contribuir para o descalabro social a que chegou a sociedade em que todos nós estamos inseridos e da qual não podemos fugir...

se não podemos fugir, fiquemos então para ajudar...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: cansada e perplexa
publicado por lapieta@sapo.pt às 09:18

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Outubro de 2011

crise + crise = a coisa nenhuma

 

 

GOSTAVA QUE ME EXPLICASSEM, O QUE SÃO AFINAL DIREITOS ADQUIRIDOS...
parece que este tema passou à história...
o panorama nacional, pode ser discutido em todos os órgãos de comunicação, pode até ser mostrado nos jornais nacionais, mas o pior deste panorama , são as notícias que não se divulgam, as situações de catástrofe familiar que muita gente está a viver, como se um terramoto caí-se em cima desses lares e soterrasse tudo e todos...
ainda não entendi como é que o governo está a pensar ajudar os que não têm emprego, nem subsídio de emprego, os que eram comerciantes, esgotaram todo as suas economias e agora não têm subsídios de espécie alguma...
a maioria deles, ainda numa idade produtiva, mas ao mesmo tempo numa idade já avançada para lhes darem algum trabalho, ficam de braços parados...
como é que o governo vai dar assistência a tanta gente que não está preparada para deixar de ir ao supermercado...
já pensou por acaso que estas preocupações vai colocando em situação muito difícil muitas pessoas que adoecem e dificilmente voltam a ser úteis , baixam a sua auto estima e nada podem fazer a não ser reportarem-se a mais uma tão antipática depressão...
mas no meio de tudo isto só estamos a lembrar os que estão na idade adulta... e os efeitos sobre as crianças e os jovens...
faz-me muito espanto que não se tenha baixado para 1000 € os ordenados dos membros do governo...porque não acontecem assim cortes drásticos nas direcções de todos os administradores?...
como é possível adormecer, depois de entregar o nosso país á cabeça de pessoas que não são de Portugal e que nem se quer sabem como é viver com um ordenado mínimo do nosso país, que é muito inferior ao dos outros países?...
a fome vai ser o maior fenómeno desta jornada governativa...

o povo está à beira de um ataque de nervos...
até onde irão as medidas restritivas e os aumentos sobre os impostos...
todos teremos que fazer um grande esforço para manter a calma...

neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 18:31

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

QUERO SER AMADO Á LUZ DO DIA ... poema

 este poema leva-nos a entender um pouco mais a alma de quem na rua tem o seu estado permanente... obrigado pelo egoismo que ainda veste a humanidade...

 

 

 

se a humanidade me permite querer...

eu.....................

quero ser amado á luz do dia,

sem o frio do chão que á vida faz doer,

quero ter como todos a louca fantasia

duma cama onde possa adormecer...

não quero ser acordado pela noite

pelos olhos mecânicos de alguém,

que me dá de beber e de comer

mas que no fundo chega e parte

e eu fico sem ninguém...

 

quero ter uma porta onde entrar

um número qualquer só para mim,

para onde Deus por amor manda recados

em cartas perfumadas de jasmim...

quero ser como aqueles que passam pela rua

ligeiros com certezas guardadas em seu peito

quero ser a verdade deles, quase nua,

de que se chegam a mim sem preconceito...

quero fugir do chão sujo e molhado,

que guarda em si os pecados de ninguém...

porque os de toda a gente sem saber

é o meu louco coração que os retém...

 

quero dizer de frente á madrugada,

que fugi da noite e sonhando adormeci,

numa cama com lençóis e perfumada

tal e qual o berço onde outrora assim dormi...

quero louca e sofregamente possuir

um lugar para amar como um qualquer,

um lençol amarrotado  de suor

e a recordação em minha pele de uma mulher...

quero sentir  na mão uma cortina amarrotada

daqueles que vêm á janela para olhar

a lua que se esconde envergonhada

quando alguém rouba o direito de sonhar...

 

por tudo isto...

não me dês um cobertor... dá-me os abraços...

que o mundo não me deu por ser sincero,

não me dês meias para os pés, porque os meus passos

tomam sempre a direcção que eu nunca quero...

eles ?... oh !...já conhecem as ruas como a alma

da cidade que nunca está dormente,

que acorda a cada hora quem sossega

no chão onde passa toda a gente...

 

não me dês de comer... dá-me a certeza,

de que tudo pode mudar para melhor,

e que todos os filhos da desgraça

vão poder fugir de vez a tanta dor...

demora-te em mim um segundo... amigo... eu sou humano...

não me evites, nem me olhes assim tão de repente...

não sou divino... amigo ... eu sou profano...

mascarou-me a dor ,sou pobre, mas sou gente...

 

sou o rosto do amor ignorado

que sepultou a caridade em agonia,

eu só quero um lençol amarrotado

eu quero ser amado á luz do dia...

 

 

lasalete ... ( poemas do fundo da alma)... 1-12-2009 ... 3 h 

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 01:14

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Setembro de 2011

roube uma alma ao luar...

 

dormir ao luar... seria bom se não fosse por obrigação...

estar á noite na rua... seria bom se fosse para me divertir...

dormir no banco de jardim... seria bom se esse não fosse o meu único banco...

estar acordado toda a noite... seria bom se fosse para fazer amor, para ver televisão, se eu tivesse uma casa como os outros...

 

adopte uma pessoa sem abrigo e pague um alojamento... reuna um grupo de amigos e pague uma noite a alguém...

 

quando um dia sair á noite e passear pela cidade , ela vai estar diferente ... há alguém que está abrigado do frio e você pode ir dormir em paz...

 

fale com O Coração da Cidade...

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:20

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

receber ajuda, sem ter q...

TODOS OS CRAVOS FALAM DE ...

À PROCURA DE UM CAMINHO.....

subscrever a vida com amo...

ser mulher ...É SER LIBER...

MIGALHA --- UMA PIRÂMIDE...

TRIPEIRA COM MUITO ORGULH...

tenho as mãos cheias de p...

que futuro terá o nosso f...

envelhecer com dignidade ...

VIDA DE POBRE... DURA REA...

PÚBLICAS FORMAS ...

O Coração da Cidade, prec...

crise + crise = a coisa n...

QUERO SER AMADO Á LUZ DO ...

roube uma alma ao luar...

no labirinto da pobreza ....

Porta aberta...sopa quent...

NOVO HORÁRIO...

programa de emergência so...

dia da mulher ... dia da ...

AOS VOLUNTÁRIOS DO CORAÇÃ...

como vai o meu mundo ? .....

o Natal está por aí ...

dois pesos e duas medidas...

perfumes de madrugada... ...

semana após semana...

o Inverno da vida ...

não... eu não quero um pa...

abençoa Senhor Jesus...

a dor sem fronteiras ...

bbbbbbaaaaaaaassssssstttt...

FREE - PORTO

meu ventre ( poema)

supostamente...

não me roubem o meu sonho...

se ... ( poema)

cadeia humana...

Leia quem puder ... resp...

Fome...Fado ... Futebol.....

aniversário do AMA

passadeira vermelha...

a melhor oportunidade...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags