Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

O TEU NATAL ... O MEU ABRAÇO...

 

 

este ano, na ceia de Natal, O Coração da Cidade, estará com os mais carenciados de companhia e conforto , de forma diferente de outros anos...

 

subordinado ao tema

 

O TEU NATAL...

O MEU ABRAÇO...

 

 

sobre esta forma diferente de estar em Natal, logo mais se falará, na reunião geral de voluntários que terá lugar no espaço destinado á realização da

ceia de Natal... 

 

assim... se queres participar na ceia de Natal e estás disponível e queres ser voluntário nesta noite... aparece ás 21 horas na Rua Antero de Quental,´746 - Porto, para saberes como vai ser o Natal este ano de 2009...

 

 

até logo................. lasalete

 

 

 

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 15:39

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Agosto de 2009

vai para muito tempo...

 

vai para muito tempo que não escrevo ... e ... muitos são os que telefonam a pedir que o faça novamente...

 

não é por falta de assunto, mas por outras razões que aqui não vêm a talho de foice...

 

mas... mesmo não escrevendo diariamente os assuntos são quase sempre os mesmos, que passam pela minha mão e pelo Coração da Cidade...

 

no entanto, algo de novo sopra neste Coração que a Cidade tenta em manter vivo...

 

voluntários de sempre , este ano ,estão empenhados em deixar durante estas férias, um abraço mais profundo neste coração que está a bater mais forte...

 

outros voluntários que já não visitavam a instituição vai para muito tempo, voltaram a reavivar a sua personalizada ajuda ... e tudo parece correr sobra rodas...

 

os utentes aumentaram e a disponibilidade tem que aumentar também...

 

O Coração da Cidade está a ser procurado por todos os que precisam de dar e naturalmente pelos que precisam de receber...

 

não fora a fé que sempre nos move e seria impossível avançar, mesmo debaixo das vicissitudes que nos visitam...

 

hoje quero apenas dizer do fundo do meu coração " obrigada a todos os que junto de mim, com firmeza, continuam ao meu lado", a vossa força é sempre o meu despertar ...

 

a todos os que se têm aproximado da obra para ajudar, um imenso obrigada ...pois que sem a ajuda da sociedade civil seria impossível avançar...

 

para todos, umas óptimas férias e regressem em paz...

 

a todos os voluntários , aproveito para avisar, que na última semana de Agosto, estaremos a receber formação intensiva, pois que novos desafios nos esperam e necessitamos de estar preparados...

 

a partir de 1 de Setembro O Coração da Cidade vai bater com nova força...

entre em contacto connosco...

 

um abração...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 20:21

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Abril de 2009

ainda vamos a tempo de acordar...

 

cerradas que estão as pálpebras, o sono acontece e nada mais para além do véu que a noite permite...

 

isso pensa a maioria que de vez enquando, quando a vida permite, ainda vai tecendo algumas considerações sobre o plano onírico, para tentar por aí, desmistificar um pouco do futuro, que por vezes se apresente inconsistente de significado...

 

tenho medo dos meus sonhos e neles tenho encontrado, não só os avisos consoladores que me permitem uma vida mais estável e consciente, porque deles decifro as mensagens do plano superior e não só, mas sob o manto da premonição, tenho entendido por diversas vezes a verdade factual que passa do sonho â realidade...

 

não sei de dos anseios com que vivencio a vida dos mais carenciados, no sentido de lhes mitigar o sofrimento, se das notícias constantes de desestabilização , se da crise que efectivamente se instalou por aí... o certo é que ,a noite para mim se desdobra num grande écran onde as imagens ganham forma e movimento e os jogos de intenções e decisões mostram a realidade do momento, deixando em minha mente, depois de acordar, a certeza de que nada vai tão bem assim ...

 

o meu sonho aconteceu numa grande cidade, onde  filas de gente se estendiam, pedindo auxílio ...

nada do que se entregava servia para serenar os ânimos exaltados de muitos dos intervenientes que se percebia, serem pedintes de longa data...

 

a austeridade do cenário dava a entender que já se vivia a situação há demasiado tempo, mas ao longe, uma voz tentava serenar quem pedia e conforme essa voz se ouvia, o pão

ia-se multiplicando e todos os famintos se sentavam a mastigar, dando a entender que a fome se tinha instalado ...

 

as filas eram para todos os fins... perguntei quem governava e ninguém sabia dizer, mas ao mesmo tempo, se viam  tropas nas ruas a tentar por todos os meios estabelecer a ordem de quem tentava trapacear...

 

num écran gigante instalado na avenida, imagens de outras cidades iam passando, mostrando que o mesmo clima social era exactamente o mesmo...

 

pretendi sair do sonho mas não consegui...

os voluntários iam e vinham com enormes caçarolas de alimentos, distribuindo caldo quente e pão, que chegava em camiões para distribuição...

 

a mesma luz , a mesma voz e o carinho de muitos voluntários, que misturavam lágrimas e alimentos...

 

perguntei se era verdade o que eu estava a ver ...

 

e  a voz  não demorou  para me responder...

- esta é a pior das guerras, se o homem não se modificar e parar para pensar o quanto antes... a fome é a pior das guerras...

 

acordei atrapalhada e durante um tempo demorei a baixar à realidade...

 

trazia o cheiro e o som das cenas que enfrentara no mundo dos sonhos e as lágrimas correram nos meus  com as orações habituais...

 

sei que o clima ainda não é o do meu sonho, mas receio que a realidade se aproxime dos cenários que me foram mostrados...

 

resta-nos pedir a Deus força e coragem para nos distribuirmos pelos outros e força anímica para nos desdobrarmos em esforços continuados de ajuda ao próximo...

 

ainda não sei que medidas os governos vão tomar...

vejo que as preocupações prioritárias são com os bancos e os banqueiros... as grandes falências e os grandes magnates...

 

onde entra o auxílio ao trabalhador  modesto ou quadro médio da empresa que resolveu abrir falência e que simplesmente na hora que aprazou, disse... não... não há trabalho para mais ninguém...

 

onde ficam os milhões de trabalhadores que vão ficar sem emprego ?...

governo algum conseguirá sustentar o caudal humano de desempregados...

 

o repasto social passa pela urgente e sistematizada ajuda e não pelo autismo governamental ou voluntarismo das instituições de solidariedade...

 

grandes medidas de  combate à crise têm que ser tomadas ou nos veremos a braços com a maior guerra social de sempre...

 

não adiante distribuir alimentos, se não há electricidade, água e gaz para confecionar os alimentos...

 

é hora de despertar e de desenvolver os meios que obstem a que os mais fortes que despoletaram esta crise financeira parem...

porque todos sabem que ela foi calculada para que ao balancearem os mercados em cima da mesa ficassem apenas aqueles que habitualmente comem mais...

 

este descalabro económico é conhecido dos senhores que do FMI e do Banco Central Europeu ... eles sabem até onde pode ir o teatro das negociações quando devem efectivamente baixar o pano...

 

o povo já não se levanta para lutar e é nesse cenário de inércia emocional que quem governa descança...

 

a vontade para reivindicar esgotou-se...

a desconfiança generalizou-se...

a esperança deixou de fazer sentido ...

e tudo isto porquê ???????????????

 

porque alguém se esqueceu de ensinar, que a formação cívica é a educação principal para atingir a paz social...

 

ainda assim pergunto...

que futuro estamos a deixar aos nossos filhos? ...

com que direito hipotecamos a felicidade dum mundo que queríamos  melhor e mais próspero?...

 

acordar é o lema...

 

que os meus sonhos não se realizem... este pelo menos não ...

 

um abraço de paz --- lasalete

neste momento eu estou ...: alerta
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:57

link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Abril de 2009

na outra margem ... mesmo no Coração da Cidade...

 

 

estou quase a sair de casa...

para mais uma travessia pelos caminhos da solidariedade…

 

tenho de ir até à outra margem…

 

espera-me a família de voluntários que se prontificaram comigo, à semelhança de anos anteriores a realizar com as pessoas mais carenciadas um dia de convívio a que chamamos jantar de Páscoa...

 

no Coração da Cidade, não nos pautamos por acções extemporâneas de apoio às pessoas sem abrigo, mas fazemos questão de estarmos com eles no momento em que todos os outros fazem questão de estar com a ( sua família)...

 

Jesus quando lhe disseram( estão lá fora tua mãe e teus irmãos, Ele respondeu sem hesitação... - quem são meus irmãos e minha mãe, senão aquele que faz a vontade de Deus)...

 

todos sem excepção são irmãos e de toda a gente... filhos de Deus, que embora ausentes da família pelos mais variados e impressionantes motivos, estando também à parte da sociedade, gravitam neste mundo, de certeza absoluta , na esperança de uma oportunidade diferente... e neste dia, tão simples a oportunidade... comer a uma mesa... sem ser na rua, no chão... a uma mesa como come toda a gente...

 

ontem tudo ficou preparado para que a Páscoa pudesse acontecer...

Jesus passou por ali mais cedo e saiu connosco por volta da meia noite...

 

entrará connosco por volta das 10 horas da manhã, para assar o borrego com que brindaremos com sabor especial os que em nós confiam, para sentirem o sabor diferente ( o gosto da mesa da família)...

 

Páscoa a isto, é fazer a travessia, pelas veredas da vida com aqueles que têm mais dificuldade em prosseguir...

é caminhar com eles mais vinte passos de cada vez e mais vinte e mais vinte e mais mil... todas as vezes que forem necessárias...

 

é urgente que não deixemos os nossos irmãos da rua desamparados oferecendo a todos eles apenas as migalhas que nos sobram, mas também lhes prodigalizemos espaços de acção do nosso coração tal qual faríamos coma nossa família com ela confraternizássemos...

 

depois da sopa e do borrego assado com batatinha, acompanhado com arroz de forno, laranja e azeitonas, estaremos preparados para dar a cada um, uma caixa recheada de fatias de pão de ló, um saquinho de amêndoas variadas e uma caixinhas de deliciosos bombons...

 

é isto que eu pessoalmente considero Páscoa... fazer aos outros tudo aquilo que eu gostaria que me fizessem a mim se estivesse nessa situação...

 

não importa se a televisão veio até nós, se os jornais deram notícia, o importante é que estivemos a lutar durante muito tempo, porque estamos em época de vacas magras, para que este almoço/jantar, fosse uma realidade...

 

a todos os que amorosamente colaboraram connosco que Deus os ajude em prosperidade e abundância de bens, materiais e espirituais...

 

a Jesus estou grata pela força e pela coragem de todos os voluntários que se disponibilizaram mais este acto de amor...

 

para todos mais uma vez feliz passagem pelo conforto e pela abundância...

tenham uma Páscoa Feliz...

 

lasalete

 

 

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:48

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

DE ... CORAÇÃO ... NA CIDADE...

 

 

O Coração da Cidade, não pára nos seus propósitos de expansão ...

 

 

 Rua de S. Dinis,311 -Porto

 

com os olhos postos nos mais carenciados que a todos motiva, para uma crente qualidade de serviço prestado...

 

com a preocupação de obter mais capacidade de ajuda alimentar, a instituição abre mais uma LOJA DO CORAÇÃO, mas desta vez na Rua de S. Dinis , 311, no Porto...

 

à semelhança das outras duas lojas, esta se apresenta com características de decoração verde e branco e com a peculiar decoração de bom gosto, que é também a grande preocupação do Coração da Cidade...

 

apetrechada com artigos de 2ª mão, a loja tem um visual, limpo e brilhante, para que, quem ali realizar as suas compras , saiba que está a comprar artigos de qualidade e a contribuir generosamente para o apoio social dos mais carenciados...

 

estas lojas também estão ao dispor das famílias inscritas no programa VER - vidas em risco, que com requisições especiais têm acesso aos produtos de calçado e pronto a vestir que fazem parte de qualquer orçamento familiar...

 

a todos os que nos conhecem, nós pedimos que canalizem para nós, tudo o que , em roupa, calçado, mobiliário e utilidades, não estiver a ser usado, para que, nós deste modo possamos abrir mais lojas como estas...

 

depois de 15 dias de árduo esforço ontem finalmente por volta das 24 horas os voluntários destacados para a realização desta tarefa davam por encerrado o seu propósito com um brinde de felicidade e com um agradecimento e pedido a Deus para que o nosso propósito de ajudar os que mais precisam continue a iluminar a cidade...

 

agradecemos a todos os que estiveram envolvidos neste tão grande tarefa ...

 

bem hajam...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: feliz e confiante
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:53

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

é preciso... saber... ver... dar...

 

 

nem tudo o que reluz é ouro... mas nem tudo o que está na nossa frente sem reluzir é tão fraco assim...

 

tenho estado diariamente desde manhã até ao encerramento com os utentes que vão pedir apoio, para as sentir mais perto e com elas poder dialogar, para aferir da realidade que hoje está a desenrolar-se a nossos olhos, com contornos verdadeiramente impressionantes...

 

já que estamos abertos a partir das 10 horas da manhã, para dar a quem tem fome uma refeição quente, de modo que lhes apague a sensação de desconforto a que estiveram entregues desde o dia anterior...

mas,O Coração da Cidade não imaginava que seria deveras tão necessário e dramático o alargamento de 3 para 9 horas diárias de atendimento...

 

sem interrupções, os utentes de forma ordeira, vão-se abastecendo de alimento, de roupas e medicação, conforme as suas necessidades...

 

os voluntários mais atentos têm-se aproximado extraordinariamente deste estado diferente de aproximação à pobreza e de forma fantástica, como sempre, têm ajudado a concretizar com esmero e carinho estas horas exaustivas de apoio social...

 

dentro dos quadros de pobreza que se aproximam de nós, é possível observar, que nem todos são pessoas sem abrigo, mas que na maioria dos casos está escondido um antigo trabalhador, que honestamente ganhou o seu salário, mas que o imprevisto lançou brutalmente no desemprego...

 

enquanto comem, vamos dialogando com eles, para deles conseguir, o maior número de informações que nos permitam avaliar o quadro social de cada um e assim podermos chegar mais perto com o auxílio de que necessitam, porque a maioria dos casos, se não oferecermos algo, eles nada pedem...

 

entre as muitas observações, uma senhora já de uma certa idade, manifestou o desejo de ser voluntária como nós... e de imediato eu a convidei, para no dia seguinte se apresentar para realizar o seu desejo...

logo de seguida, um homem manifestou o mesmo desejo e falando connosco, acabamos por saber que estava desempregado desde Junho e que a dificuldade maior dele era não trabalhar... só queria estar ocupado...

fora ajudante de motorista e sempre trabalhou muito duro... mas, a empresa fechou e todos vieram para a rua... gostava de ser voluntário, eu também posso ajudar...

convidei-o para aparecer no dia imediato, tal qual como à nossa amiga...

 

ela não compareceu, mas ele, logo pela manhãzinha, lá estava para ser voluntário...

 

foi interessante obsservá-lo: confiante, muito educado, com semblante feliz, sempre atento a tudo o que se desenrolava para poder colaborar e muito despachado...

 

estava muito feliz... isto era o que me fazia falta... dizia o nosso homem...

 

é necessário saber fazer excepções, distribuir oportunidades e criar momentos de felicidade, que no caso deste homem, era apenas dar-lhe trabalho...

 

quando muita gente diz que os mais pobres não querem é trabalhar, deveriam parar antes de falar daquilo que na realidade não sabem...

 

este nosso amigo viveu um dia diferente... um dia feliz ...

 

tenho a certeza que logo mais, quando se deitar, vai estar cansado, mas ao mesmo tem muito contente por poder ajudar dentro do espaço onde já foi ajudado...

 

estes seres humanos necessitam de ajuda pessoal e é preciso que se criem oportunidades diárias de acomodação para quem estava habituado a trabalhar, a ser útil e de repente se vê desocupado...

 

como ele confidenciou... estava à beira do desespero... quase que enlouquecia...

 

dar... é ir para além do espaço material e fazer felizes aqueles que podem efectivamente integrar-se em tarefas diárias, necessárias de realizar e que são dirigidas aqueles que nada possuem de seu...

 

mais voluntários são necessários... mais alimentos são necessários...

 

venham até nós... estamos aqui à espera de que nos descubram...

 

um abraço... lasalete

neste momento eu estou ...: revitalizada
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:33

link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Janeiro de 2009

não dês a tua vez a ninguém ...

 

 

não dês a tua vez a ninguém...

não fujas da oportunidade de ser feliz...

não te demovas por medo ou por falsa convicção...

não desistas apenas porque não entendes muito bem a opinião dos outros...

 

vai em frente e decide da tua vida...

 

 

tudo isto para te dizer... faz-te voluntário e experimenta a oportunidade de trabalhar com aqueles que de certa maneira estão pior que tu e que precisam de auxílio...

 

existem no país  e por esse mundo fora, inúmeras oportunidades para ti e muitos seres humanos , na esperança de que despertes para essa oportunidade, que a vida coloca na tua frente...

 

ao alcance da tua mão, a luz imperecível que ilumina o caminho de quem ajuda e de quem é ajudado...

 

Deus na sua imensa bondade, configura para todos nós a possibilidade de sermos mais e de nos conscientizarmos de que, a nossa vez não a devemos dar a ninguém...

 

todos temos uma hora marcada , até para nos encontrarmos com a felicidade de fazermos os outros felizes...

 

a vida espera por ti... se quiseres vir até ao Coração da Cidade... todos te esperamos...

 

agora que temos 9 horas diárias, de atendimento às pessoas sem abrigo... a tua ajuda seria excelente...

 

até já... um abraço do tamanho do mundo e um bom fim de semana...

 

não dês a tua vez a ninguém...

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:16

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

voluntário é o teu dia...

 

 

não podemos falar de voluntariado , de amor, de carinho, de entrega... sem nos lembrar-mos deste rosto que nos inspira amor em permanência constante...

 

 

 

dentro de mim... dentro de nós... sempre que um homem quiser... o amor e a entrega incondicional pode acontecer...

 

hoje o voluntário está de parabéns e é na sua essência um bem social com muito mais valor do que o valor que por vezes se lhe atribui...

 

no meu contacto directo e diário com apoio voluntário apraz-me registar o aprumo, o amor e o desprendimento de muitos voluntários que deixam por vezes para mais tardes a sua própria vida para viverem a vida dos que mais precisam de ajuda...

 

os carenciados de afecto, de pão, de ouvido, de companhia, são na realidade mais do que possamos imaginar e sem os milhares de voluntários espalhados pelo país e sem os milhões de voluntários espalhados pelos quatro cantos do planeta, seria muito mais difícil sobreviver para muitos seres humanos...

 

promover o voluntariado tem sido a grande preocupação do Coração da Cidade que neste momento se apoia em programas interactivos, que versam exactamente o redimensionar do trabalho voluntário, levando até aos mais carenciados essa vertente, que por vezes não lhes é oferecida, mas que mais que qualquer outra tarefa, ensina a crescer em relação à vida dando a oportunidade de experimentar mais capacidades desconhecidas ate então...

 

a possibilidade de nos entregar-mos a tarefas mínimas , tarefas de todos os dias e que passam despercebidas à maioria das pessoas, já que assentam no mecanicismo do gesto, nas mãos do voluntário adquirem um cariz diferente porque vão envolvidas de muito carinho e de absoluta entrega e incondicionalismo...

 

deixar verter sobre a vida dos outros a vida que existe dentro de nós é alimentar o mundo de Fé e Esperança...

 

o amor ao próximo assim nos convida... por isso façamos desta Terra um planeta de amor e ele será muito melhor...

 

deixo as minhas saudações a todos os que de bom grado se entram a qualquer serviço voluntário...

 

bem hajam... que Deus os abençoe a todos...

 

lasalete

 

 

neste momento eu estou ...: em alta
publicado por lapieta@sapo.pt às 15:42

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

AMAR COM AMPLITUDE...

quer um coração novo... ...

AMAR COM AMPLITUDE…

O CORAÇÃO DA CIDADE NÃO P...

Páscoa... um encontro mar...

AVISO URGENTE ...

sou como sou...

dia do voluntário ... dia...

O TEU NATAL ... O MEU ABR...

vai para muito tempo...

ainda vamos a tempo de ac...

na outra margem ... mesmo...

DE ... CORAÇÃO ... NA CID...

é preciso... saber... ver...

não dês a tua vez a ningu...

voluntário é o teu dia...

a avenida era toda nossa....

olá ................

Leia quem puder ... resp...

mãos de fada...

a Páscoa está aí...

vamos falar de amor... só...

que seja eterno... " poem...

meus versos... poema

minhas lágrimas poema... ...

tão fragéis... meu Deus.....

ai, se... OS HOMENS TIVES...

o brilho do coração...

BEM HAJA ... AOS CORAJOSO...

as vidraças da alma...

passinhos de gente grande...

o anjo dos gatos tristes....

a melhor oportunidade...

o mundo está nas tuas mão...

Maria de Ninguém...

meus amigos são raizes......

mãos generosas ... mãos d...

a minha amiga Vanda ...

meu tempo... sem tempo .....

despertar...

Pinto da Costa um amigo c...

uma flor para Maria...

amor sem fronteiras

amar não tem idade, nem f...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags