Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

Crónicas d'O Coração da Cidade

a instituição que o povo do Porto elegeu para si ...

novo programa social...

O Coração da Cidade tem vindo a desenvolver durante os 13 anos da sua existência, uma aproximação basilar à pobreza e facilitado junto das populações mais carenciadas, tudo quanto lhes possibilite sair da situação de sofrimento em que transitam…
 
Numa perspectiva meramente social, O Coração da Cidade, foi-se moldando às necessidades mais básicas e de apoio em apoio, de forma totalmente gratuita, desenvolveu projectos sociais, que ofereceram múltiplas formas de entendimento e de redimensionamento da solidariedade…
 
O brilho e o amor, com que sempre apoiou os mais carenciados ( a população sem abrigo e as famílias desempregadas), foram demonstrativos do êxito da sua missão, mas sobretudo do carinho na sua aproximação revelando sua crescente humanização…
 
O empenhamento que motivou os voluntários ao longo destes anos, é ainda o mesmo que o motivará em novos moldes, já que entrando numa fase diferente de apoio, O Coração da Cidade, vai necessitar, não só da boa vontade , mas também da experiência, da ciência e qualidade de trabalho, de muitos e variados colaboradores, porque passará a doar-se, ensinando as populações mais carenciadas, a sair do marasmo de pobreza em que se vêm cada vez mais enredadas…
 
As situações de empobrecimento crescente, não têm sido favoráveis ao avanço e auto estima de quem mais precisa… entendendo-se por isso e de perto, a linguagem dum povo que se sente atrapalhado, infeliz, sem força e sem motivação para continuar, como se, inconscientemente, estivesse à procura de um golpe final…
 
Vamos portanto e por tudo isto, entrar numa fase diferente de aproximação ao tecido humano, que empobrecido nos procura…
 
A violência recrudesceu nos últimos tempos, faz muita diferença dos tempos de outrora em que os mais pobres, se mostravam mais calmos e no seio desta população, as situações de conflito e a violência estavam perfeitamente definidas…
 
Sem grandes apoios, não só O Coração da Cidade, mas outras instituições, se vêm desamparados no seu mister…
 
Avançando portanto em novos moldes, O Coração da Cidade, vai propor-se a palmilhar com os mais carenciados  a sua difícil estrada, mas numa via mais cuidada e progressista, profilática, preventiva  e sem fissuras sociais, exigindo também daqueles que se têm ausentado dos mais pobres o seu quinhão de responsabilidade e de aproximação obrigatória, mostrando-lhes que, quem tendo direitos também deve ser obrigado a cumprir os seus deveres…
 
Suspensas temporariamente as refeições confeccionadas, que vinham sendo oferecidas às pessoas sem abrigo, esse apoio voltará a vigorar, passando também pelos moldes preconizados no programa VER…
 
Todo o cidadão que quiser ser apoiado nas suas refeições, terá que validar a sua postura e doar-se um pouco à sociedade…
 
O facto de, ser temporariamente mais pobre, não o torna definitivamente mais inválido…
e sensibilizá-lo a ser útil, será a nova forma de o alimentar na sua auto estima, que não poderá  jamais, escudar-se na  exclusiva ajuda de alimento físico.
 
Assim, todo o cidadão, masculino ou feminino que solicite auxílio, terá que:
·         estar perfeitamente identificado,
·         activo e com vontade de sair da sua situação,
·         sem álcool e sem situações permanentes que o denunciem como individuo alcoolizado
·         sem drogas e, ou em tratamento,
·         sem ligações a grupos rebeldes e violentos,
·         será admitido por um período nunca superior a seis meses, mas prolongado se o operador do programa o aconselhar,
·         será reintegrado em moldes de trabalho útil, nunca superior a 12 horas semanais,
·         será obrigado a comparecer a todas as acções de formação cívica a que for convocado,
·         obrigar-se-á na procura de um trabalho digno e honesto através do qual possa ditar a sua sobrevivência,
·         apresentar-se-á limpo e cuidado
·         demonstrando sinais de má-criação e violência, será imediatamente retirado do programa
·         beneficiará não só do almoço, mas também do jantar,
·         beneficiará de outros apoios que complementem a sua condição de cidadão responsável,
·         recusando o trabalho que O Coração da Cidade propuser, ou as medidas às quais estará obrigatoriamente sujeito, não mais beneficiará do
     Programa SE “socialmente educados”
 
Educar para a cidadania activa, é neste momento, a necessidade da população e a motivação para manter em maior e mais franca actividade O Coração da Cidade…
 
Em período experimental, O Coração da Cidade avançará com aqueles que se aproximarem, pois que entrará em obras de restauração e limpeza anuais e assim canalizará para esses serviços os que estão aptos a realizar e a ajudar nesses trabalhos…
 
A partir de Setembro, iniciar-se-ão os cursos de formação para voluntários do novo sistema social …
Novas fardas e equipamentos, serão colocados ao dispor dos inúmeros membros desta moldura humana, que sem sombra de dúvida tem sido o grande apoio da população mais carenciada…
 
Até lá, estarão em curso todos os documentos de identificação, filtragem e recandidatura dos futuros beneficiários e trabalhadores do Programa SE…
 
A denominação do Programa SE tem duplo significado, definindo estruturalmente duas fases que queremos distintas
  • SE : SEMPRE ESQUECIDOS
·         SE : SOCIALMENTE EDUCADOS
 
 
Aqui temos sem sombra de dúvida uma nova roupagem social e um novo e motivante desafio para a tão querida e útil instituição O Coração da Cidade…
 
 
 
esta é a nova fase dum grande coração...
 
lasalete

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



gifs

CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D