Domingo, 22 de Março de 2015

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUICIDA

31007_487494714627893_1663693221_n.jpg

 

 

Todos falamos de solidão…

Mas com mais ou menos conhecimento, a grande maioria das pessoas não sabe identifica-la, nem se sabe achar dentro dum quadro de solidão…

Solidão não é estar só… é estar sozinho, dentro da sua própria alma…

A solidão é uma loucura momentânea, que não nos permite andar pelos meandros da paz e da felicidade, onde se passeiam os demais…

E de tal forma se desenha essa loucura, que funcionamos como se fossemos trôpegos, quase paralíticos às vezes, incapazes de andar pelos próprios pés…tão certo o que eu digo, que a solidão por vezes nos paralisa…

Ficamos, quedos, firmes e hirtos…

Parece que as palavras não chegam sequer, para articularmos pensamentos…

Damos connosco a ensurdecer…

E o pensamento, se cruza com muitos silêncios difíceis de entender…

E aparece o medo de ficar só, ou a solidão já dentro do medo nos assusta, o que vai empurrar muita gente, para fazer as suas escolhas erradas…

Escolhas erradas, que depois não se podem apagar, como quem passa uma borracha num texto que se quer simplesmente destruir para ninguém ler…

Mas a solidão que mais fere, é a solidão acompanhada, por silêncios ósseos, suspiros, lentos tremores, risos ou sorrisos, vozes sussurradas, que denunciam a presença humana, mas fora do nosso labirinto emocional onde está esculpida a nossa solidão…

Hoje em dia, são inúmeros os casos de solidão, que se manifestam em pedidos contínuos de auxílio…de tal forma, que as lágrimas brotam, na vez das palavras…

Considero a solidão uma brutalidade, quando podíamos estar mais juntos do que nunca para podermos ultrapassar todas as crises do mundo, que se veste de egoísmo e se passeia disfarçadamente de cristão bem-aventurado…

 

Resolver-se-iam muitos suicídios… porque o suicídio não passa duma crise violentíssima de solidão, que ninguém detectou a tempo…

 

Estejamos mais atentos a quem nos rodeiam para evitarmos a solidão suicida…

 

Lasalete piedade

publicado por lapieta@sapo.pt às 16:59

link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Junho de 2014

UMA ROSA PARA QUEM SABE BRINCAR ...

 

ONTEM PERCEBI, NOS OLHOS DE TRÊS CRIANÇAS, QUE É MUITO FÁCIL CRIAR O MUNDO DA FANTASIA...

percebi que distribuir bolachinhas com hora marcada pode ser didático e ao mesmo tempo divertido...

 

mas percebi nos olhos, na força, no sorriso, daquela mãe que toda a tarde trabalhou comigo como voluntária, que a dureza da vida, pode servir sorrisos à mistura, somente porque ela se preocupa com o amor...

tão jovem aquela mulher... asseada, sorridente e sempre pronta a colaborar...

 

e ontem mais uma vez essa mulher valente trabalhou no Coração da Cidade ...

já pela tardinha, o companheiro, com os três filhotinhos a vieram buscar...

 

estavamos ainda a separar alimentos , que colocavamos sobre a mesa de escolha alimentar...

as crianças chegaram e a mãe as mostrou com uma vontade e uma satisfação que nos enchia o peito de certezas de amor...

 

o mais novito dos três rapazes, pediu um pacote de bolachas e então, num jeito de brincadeira, fomos distribuindo por eles, as bolachinhas que estavam na mesa, mas com a indicação da que só podiam ser comidas a determinadas horas...

eles aceitaram o jogo mas pouco crentes, nas normas que lhes indicavamos ...

 

e com o maior dos sorrisos, o mais pequenino lá ia distribuindo as bolachas que os irmãos mais velhos guardavam com a mesma indicação...

e no seu jeitinho infantil, percebendo que tão cedo não podia comer as bolachinhas,poruqe o horário era para bem tarde, só depois do jantar,  ele pergunta: - e para esta hora não há nenhuma?...

todos ficamos a rir e então lá encontramos uns pacotinhos diferentes e eu disse:- bem, para o horário das 19,30h tenho estas...

 

ele rapidamente chama os irmãos e diz, vem aqui há bolachas para este hora...

 

e lá ficaram com as bolachinhas de chocolate...

 

agora quero ver quem vai jantar... mas pelo menos as bolachinhas já la cantavam...

 

 

o mundo sem as crianças, não tinha beleza nenhuma... louvado seja Deus ... é assim O Coração da Cidade tem destas coisas...

 

 

lasaletepiedade

 

 

 

 

 

neste momento eu estou ...: FELIZ
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:36

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

bela ... bela demais ...

 

 

tenho a certeza que Ele esteve presente...

 

eu já sabia que era linda, mas hoje constatei que a solidariedade é linda de mais, por isso mesmo... bela...

 

poi é ... a abertura da loja do coração foi um êxito ...

 

gente de todo o lado entrava para comprar, saber como estava a instituição e dar os parabéns pelas iniciativas que a todos surpreendem...

entravam para comprar e elogiavam o aspecto cuidado e amoroso com que nós colocávamos as peças usadas , que até pareciam novas...

 

a qualidade com que tudo estava preparado e o carinho com que tudo foi cuidadosamente acomodado, reverteu a favor deste êxito estrondoso...

 

eu já previa que assim fosse, mas excedeu de longe as expectativas...

 

só posso deixar aqui o meu obrigado a todos os voluntários que ainda não conseguiram desistir, para que tudo o que nos rodeia possa ser fantástico...

 

o facto de pensarmos que existe uma causa por detrás de tanto trabalho e que todo o nosso esforço se dirige a um público carenciado, ajuda-nos a sermos muito mais cuidadosos em tudo o que fazemos...

 

O Coração da Cidade sempre pode contar com voluntários de grande valor...

 

a onda solidária da cidade levantou-se e foram mais de  mil as pessoas que hoje passaram pela nossa loja...

 

que Jesus nos cubra sempre com a sua graça e nunca nos falte a saúde e a coragem para continuarmos nossa jornada...

 

a gratidão deste momento é ilimitada... como podemos agradecer a Deus tudo com que ele nos beneficia... apenas fazendo o melhor pela vida...

 

a todos obrigada pelo carinho demonstrado...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: amando
publicado por lapieta@sapo.pt às 01:32

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

é preciso dizer b a s t a ...

 

Parece que não queremos acertar

O passado ainda não nos serviu de emenda

Rimos dos outros e não deixamos de ser ridículos

Temos o hábito de imitar o que não presta...

Um país com capacidades de trabalho

Gritando desesperadamente para sair da crise,

Aprendendo através da dor, sem perceber que é...

Libertado mas  não liberto ...

Mediocre , lamentavelmente mediocre , que estejamos a raciocinar através de medidas disparadas por audiências,  com comunicadores que deveriam ter o bom senso de investir no país o melhor que têm de si mesmos... e não provocarem mais cenas lamentáveis como a cena que foi possível verificar num dos canais da televisão portuguesa, retirando do ar, um conhecido político, que falava de situações que interessam aos portugueses, para transmitir outra situação que de certeza não é de primordial importância para a vida dum país que está á beira dum estado de nervos... com a sua vida muito complicada a todos os níveis , muito embora o esforço de quem governa...

são demasiados os erros que cometemos e na maioria das vezes se revestem de uma falta de profissionalismo atroz,,,

quando penso o que a comunicação social podia fazer pelo país ...

mas não conseguimos sensibilizar os senhores comunicadores, que  o futebol não é o petróleo do mundo, depois claro, todos caem em cima dos apitos dourados do país ...

um dia, aplaudem-nos em praça público e no dia seguinte dão-lhes um lugar no cadafalso...

perdemos o sentido das prioridades e arrastamos o país, por esquema de raciocínio que não lembraria ao mais louco dos homens, mas lembra aos portugueses que não descortinam que ser medíocre ... b a s t a ...

é necessário colocar o país a funcionar...

chega de vender notícia pela notícia, mas é necessário investir em altos valores...

mostrar aos portugueses o que na realidade está mal em Portugal e o que é preciso fazer para que o nosso querido país saia da cepa torta...

somos um país sem água, a beber whisky de 20 anos...

um amigo meu, quando encontra alguém que quer ser e não sabe ser, diz... tão galego e tão labrego...

podíamos fazer tanto pelo nosso país ...

tanto português atado de pés e mãos alfabetizado até aos patamares da faculdade e tão pedinte que dá dó...

as notícias correm a rodos a explicar que não há emprego, mas não correm com a mesmo velocidade indicando que durante o dia muitos estão em alerta permanente para descomplicar a vida de muita gente que já não consegue descortinar uma maneira decente para existir...

sim, porque isso de existir de forma pouco decente, já não é novidade para niinguém...

Portugal precisa de gente honesta e capaz de fazer dele o milagre da boa esperança...

demos novos mundos ao mundo, seria bom que o voltasse-mos a fazer, com trabalho e abundância de altos e honestos valores...

crescer não acontece, se para isso não fizermos esforço e esse esforço não pode ser dirigido na sua responsabilidade a quem governa...não ...esse esforço é da responsabilidade de cada um de nós ...

crescer é muito urgente... por favor, não nos retirem do ar, porque temos que dar ao mundo o som da nossa voz, num recado firme e honesto...

lasalete  

neste momento eu estou ...: tonta
publicado por lapieta@sapo.pt às 23:47

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Julho de 2007

tudo está bem ... diz quem sabe ...

 

                         

 

O coração da Cidade recebeu, a presença dos senhores inspectores das actividades económicas, que sem se identificarem se introduziram nas instalações, verificando tudo quanto quiseram e do modo que quiseram...

 

sairam depois de descobertos entre o elevado número de pessoas sem recursos que estavam nos Espaços do Coração a fazer o seu abastecimento, como é habitual, porque estão inseridos no Programa VER - vidas em risco...

 

Depois de descobertos identificaram-se e pediram à responsável do lugar elementos sobre a instituição e sobre a forma como estávamos cedendo os bens alimentares aos utentes do programa...

 

saíram satisfeitos elogiando o processo, a limpeza e arrumação do local...

 

pediram apenas que não tivéssemos alimentos sem prezo de validade, o que na realidade não acontece, dado que a escassez de produtos alimentares, não permite o prolongamento do prazo...

 

o elevado número de famílias que estão no programa... trabalho voluntário - por alimentos , visa a inclusão na vida activa e rentabiliza os meios de protecção da mesma, obstaculizando a mendicidade e promovendo a prevenção da pobreza e dos danos colaterais que dela resultam...

 

neste programa os menores em riscos são fundamentalmente a nossa maior preocupação, porque, decorrente dos novos desempregados o poder económico de algumas famílias desceu dramaticamente, o que retirou a alguns pais a possibilidade de amparo a todos os níveis a crianças e jovens que estavam habituados e que de forma brutal tiveram de abdicar...

 

se os adultos com alguma dificuldade, vão enfrentando o problema o mesmo não aconteceu a muitos menores que responderam de forma implacavelmente condenatória ao " fracasso dos pais"...

 

o Programa VER - vidas em risco tem desenvolvido trabalho satisfatórios vai entrar na fase 2 ... a reapreciação do estado familiar, o progresso colectivo e individual dos membros agregados...

 

em breve daremos neste blog dados estatísticos ...

 

louvemos portanto a inspecção que nos visitou, muito embora estranhemos o facto de intrusão sem referência, já que é do domínio público que O Coração da Cidade, sempre solicita que as visitas ao nosso espaço se façam sem marcação prévia e de surpresa para que todos possam constatar da seriedade do nosso trabalho...

 

faz quem sabe, manda quem pode... mas só ama quem despertou...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: trabalhando
publicado por lapieta@sapo.pt às 09:22

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

bela ... bela demais ...

é preciso dizer b a s t a...

tudo está bem ... diz que...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags