O Coração da Cidade precisa de amigos... seja amigo do coração...

o seu donativo é muito importante para nós...

MILLENIUM- BCP ... 0033 000000 239551298 05 

Quarta-feira, 24 de Agosto de 2016

receber ajuda, sem ter que esmolar ...

LOGO 3B ...MMM.jpg

 

longe vai o tempo em que para receber ajuda, os mais pobres tinham que ser muito pobres, muito sujos e muito esfarrapados...

é necessário mudar o paradigma e abençoar as boas práticas de voluntariado activo e plenamente solidário... 

hoje em dia, tudo muda ao momento e o rosto da pobreza também mudou...

" JÁ NÃO POBRES" como antigamente?... por certo que os há...

mas as famílias que abordam O Coração da Cidade solicitando ajuda, empobreceram pelos mais variados factores...e desses factores, nós temos descartar a pobreza governamental, a ruina das estruturas sociais que se sentem incapazes de oferecer planos de paz laboral a quem investiu, muitas vezes, tudo o que tinha para ser gente com LETRA GRANDE...

este novo programa social, funcionará no sentido da resiliência, e na reestruturação familiar , para que os cidadãos inseridos no programa possam abraçar uma vida mais saudável a todos os nivéis...

todo o cidadão que recebe auxílio, dá de si mesmo, contribuindo também com o seu tempo solidário...

a participação de todos nós no amparo a uma sociedade mais justa, é um dos pontos deste programa...

educar para a cidadania é urgentíssimo...

por tudo isso apelamos a todos os cidadãos de boa vontade que se juntem a nós, para ser sempre possivel ajudar sem que tenham que esmolar...

 

lasalete 

 

publicado por lapieta@sapo.pt às 16:48

link do post | comentar | favorito
Domingo, 22 de Março de 2015

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUICIDA

31007_487494714627893_1663693221_n.jpg

 

 

Todos falamos de solidão…

Mas com mais ou menos conhecimento, a grande maioria das pessoas não sabe identifica-la, nem se sabe achar dentro dum quadro de solidão…

Solidão não é estar só… é estar sozinho, dentro da sua própria alma…

A solidão é uma loucura momentânea, que não nos permite andar pelos meandros da paz e da felicidade, onde se passeiam os demais…

E de tal forma se desenha essa loucura, que funcionamos como se fossemos trôpegos, quase paralíticos às vezes, incapazes de andar pelos próprios pés…tão certo o que eu digo, que a solidão por vezes nos paralisa…

Ficamos, quedos, firmes e hirtos…

Parece que as palavras não chegam sequer, para articularmos pensamentos…

Damos connosco a ensurdecer…

E o pensamento, se cruza com muitos silêncios difíceis de entender…

E aparece o medo de ficar só, ou a solidão já dentro do medo nos assusta, o que vai empurrar muita gente, para fazer as suas escolhas erradas…

Escolhas erradas, que depois não se podem apagar, como quem passa uma borracha num texto que se quer simplesmente destruir para ninguém ler…

Mas a solidão que mais fere, é a solidão acompanhada, por silêncios ósseos, suspiros, lentos tremores, risos ou sorrisos, vozes sussurradas, que denunciam a presença humana, mas fora do nosso labirinto emocional onde está esculpida a nossa solidão…

Hoje em dia, são inúmeros os casos de solidão, que se manifestam em pedidos contínuos de auxílio…de tal forma, que as lágrimas brotam, na vez das palavras…

Considero a solidão uma brutalidade, quando podíamos estar mais juntos do que nunca para podermos ultrapassar todas as crises do mundo, que se veste de egoísmo e se passeia disfarçadamente de cristão bem-aventurado…

 

Resolver-se-iam muitos suicídios… porque o suicídio não passa duma crise violentíssima de solidão, que ninguém detectou a tempo…

 

Estejamos mais atentos a quem nos rodeiam para evitarmos a solidão suicida…

 

Lasalete piedade

publicado por lapieta@sapo.pt às 16:59

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Maio de 2010

criança... versus AMOR

 

 

 

 

sou criança...

sobro na mão da humanidade atordoada,

contribuo em ternura, para  o mundo pobre e dissoluto…

mas vivo das sobras emocionais de quem, ainda em bruto,

tem por lapidar diamantina convivência,

se esquecendo que eu sou, em absoluto a esperança,

da certeza de Deus na humanidade, em sua essência…

 

sou criança,

desejada ou não, nasci, eu sou…

sei de crianças que não lhes foi permitido um só sorriso,

não conseguiram vingar a ideia de que viver, pode ser o paraíso,

que é possível viver acima dos medos, dos temores,

mas que, para além de todos os escrúpulos, existem os amores,

que se fazem fecundar, mas sem juízo…

 

sou criança,

como são as borboletas em toda a  natureza,

como são as flores florindo sem dono e sem espaço,

como são as aves que nidificam sem regaço,

como são o vento e o sol, a chuva e o trovão,

expressão máxima da ciência absoluta,

filhos do amor de Deus … Pai da criação…

 

sou criança,

sou  filha de Deus, expressão do seu amor,

dignificando ordens de absoluto e são desprendimento,

mas de regular e extremada resolução evolutiva,

de elevado poder conscencial em cada sentimento…

 

sou criança,

que vida controversa…

amada e ofendida…indefesa e defendida,

amorosa  e excluída …frágil e escravizada,

simplesmente amortalhada, na volúpia, no prazer

e nesse massacre constante em minha essência,

eu rogo a Deus que abane a consciência,

de quem tudo observa e finge nada ver…

 

sou criança,

vergada ao peso dum referendo para nascer,

abortada sem vontade e sem ordem pr’a viver,

tiritando de frio num amor irrealizável,

e isolada sem amor para crescer,

sou abandonada, sem razão justificável...

 

e tu ?... também já foste criança ?...

tens a certeza?... já foste pequenino ?

porque mutilas então meu corpo em formação,

porque maltratas meu pobre coração,

porque alteras as leis que te dão jeito,

porque escravizas, se tens sobra de pão,

eu só queria ficar junto ao teu peito,

não me abandones, não sei dormir no chão…

 

tu... tal como eu...

somos um teste fiel do amor da humanidade,

da imaturidade real em que se abriga loucamente,

do despótico prazer com sabor a realidade,

em sôfrego padecer, fingindo que vive feito gente,

do vomitar constante de ideias obscenas,

com que o mundo tenta alimentar a minha mente...

 

ninguém me sabe dizer apenas...

és linda... que sejas feliz como Deus quer,

venhas a ser como todos, homem ou mulher,

eu sou  " adulto", vou lutar contigo,

por ti e por todas as crianças,

que vivem sem abrigo... sem grandes esperanças…

vou lutar… pelos filhos de todos os pais,

ensinando aos pais de todos os filhos,

que todos temos o direito de nascer...

de ter pão, saúde e educação,

e sem soberba, avareza ou ironia,

temos que deixar como herança á humanidade

a certeza de cada lar em harmonia,

para que o amor por todas as crianças 

não passe de uma pura fantasia …

 

lasalete...17,00 h ..  29-05-2010

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 16:46

link do post | comentar | favorito (1)
Domingo, 25 de Janeiro de 2009

consciência evolutiva...

 

de uma forma ou de outra...

quer queiramos quer não, todos estamos ligados por finíssimas espírulas que nos determinam para que lado nos havemos de conduzir e nos empurram de maneira quase imperceptível para os espaços que nos são mais convenientes para nossa evolução...

 

não adianta contrariarmos o processo...

a cada minuto, senão a cada segundo, a vida reajusta processos evolutivos, porque a cada instante a vulnerabilidade de cada ser, altera de forma substancial o seu processo, pela via determinante onde impresso está o egoísmo do qual ainda se sente suspenso...

 

necessário pois se torna, que cada um de nós seja qual for a direcção que tomarmos, seja qual for o modo de vida com que se confronta a cada instante, deixe que a vontade de Deus se manifeste, no verdadeiro sentido que lhe podemos dar...( que seja apenas por amor que possamos vivenciar ) dia após dia, cada momento de vida...

 

todos sem excepção, estamos condicionados às nossas fraquezas... mas não serão por acaso elas, que olhadas bem de perto, nos alçarão a voos mais altos de compostura espiritual?...

 

verifiquemos se não são os momentos mais difíceis da nossa vida, que nos ensinam, outras formas de viver e interagir, que não aquelas onde supostamente estávamos , muito bem instalados, boiando numa preguiça mental...

 

considerando que a vida é movimento, verificamos então que a rotina espiritual, faz adoecer qualquer ser humano e entorpece as energias espirituais....

daí o endurecimento emocional e a enfermidade espiritual que muitos referem e a falta de motivação para rejuvenescer emocionalmente...

 

o universo se completa de sobre maneira das experiências de cada um e se manifesta buscando em cada um de nós a carga positiva que lhe endereçamos e porque não a carga negativa que ainda e em alguns momentos, compõe a nossa posição mental...

 

tudo se aproveita no contexto universal como parte determinante de seu movimento, por isso mesmo, cada gesto contribui a nosso favor, favorecendo por si mesmo o todo do qual fazemos parte...

 

a única vantagem de compreender estes conceitos é o despertar incomparável para renovados sentimentos de contexto universal, é o sublimar de gestos mentais que congreguem mais seres em nosso redor, é o aparelhar de nossa génese de modo a compreendermo-nos cada vez mais e melhor... enfim, é o viver de forma constelar e não de maneira catatónica, como por vezes nos descobrirmos ( sem motivação para continuar)...doentes e quase paralizados em nosso proceder...

 

despertemos para a contabilização universal dos gestos de favorecimento e no meio de todos, olhemos os outros, com mais carinho e compreensão, sem estarmos a policiar de perto , por egoísmo e por orgulho, a vida de quem com muita dificuldade se desloca neste mundo de interesses vários, onde todos temos um enorme e importante papel a desempenhar...

 

vivemos a cada dia , com a consciência de que fazemos parte deste movimento e ainda não despertamos por completo, mas que a cada momento, despertaremos para partículas de entendimento diferentes, como se a cada segundo, nos fosse permitido ler uma nova página do livro maravilhoso da vida... que a lemos por certo, mas na qual somos chamados a imprimir gestos de amor...

 

muitos perguntam porque se acredita em Deus...

o importante é acreditar em si próprio, porque naturalmente surge a Fè que movimenta montanhas, a Esperança que consolida essa mesma Fé e a Caridade brindando em cada gesto a Fé e a Esperança, a que de forma sublimada chamamos Amor...

 

isto é realmente acreditar em Deus e de mãos estendidas...

acreditar em Deus é entregar e receber da Vida nova ordem para um franco e promissor progresso espiritual...

acreditar em Deus é não parar o nosso caminhar...

acreditar em Deus é estar envolvido na certeza dessa conscência cósmica da qual homem algum pode afastar-se...

 

quando nós deixarmos de reger apenas os insteresses do corpo e rumarmos em direcções diferentes com intereses mais justos, talvez entendamos os gestos alheios e os novos percursos que dizem de forma particular respeito aos que connosco fazem a sua jornada...

 

consciência cósmica, é acima de tudo o voltar a cada milésimo de segundo, ao útero infinito da vida e respirar , morrendo e renascendo a cada instante sempre melhor...

 

 

 

 

um maravilhoso Domingo e um radiante despertar...

 

lasalete

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 12:28

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

receber ajuda, sem ter q...

MOMENTOS DE SOLIDÃO/ SUIC...

criança... versus AMOR

consciência evolutiva...

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags