Domingo, 1 de Junho de 2014

UMA ROSA PARA QUEM SABE BRINCAR ...

 

ONTEM PERCEBI, NOS OLHOS DE TRÊS CRIANÇAS, QUE É MUITO FÁCIL CRIAR O MUNDO DA FANTASIA...

percebi que distribuir bolachinhas com hora marcada pode ser didático e ao mesmo tempo divertido...

 

mas percebi nos olhos, na força, no sorriso, daquela mãe que toda a tarde trabalhou comigo como voluntária, que a dureza da vida, pode servir sorrisos à mistura, somente porque ela se preocupa com o amor...

tão jovem aquela mulher... asseada, sorridente e sempre pronta a colaborar...

 

e ontem mais uma vez essa mulher valente trabalhou no Coração da Cidade ...

já pela tardinha, o companheiro, com os três filhotinhos a vieram buscar...

 

estavamos ainda a separar alimentos , que colocavamos sobre a mesa de escolha alimentar...

as crianças chegaram e a mãe as mostrou com uma vontade e uma satisfação que nos enchia o peito de certezas de amor...

 

o mais novito dos três rapazes, pediu um pacote de bolachas e então, num jeito de brincadeira, fomos distribuindo por eles, as bolachinhas que estavam na mesa, mas com a indicação da que só podiam ser comidas a determinadas horas...

eles aceitaram o jogo mas pouco crentes, nas normas que lhes indicavamos ...

 

e com o maior dos sorrisos, o mais pequenino lá ia distribuindo as bolachas que os irmãos mais velhos guardavam com a mesma indicação...

e no seu jeitinho infantil, percebendo que tão cedo não podia comer as bolachinhas,poruqe o horário era para bem tarde, só depois do jantar,  ele pergunta: - e para esta hora não há nenhuma?...

todos ficamos a rir e então lá encontramos uns pacotinhos diferentes e eu disse:- bem, para o horário das 19,30h tenho estas...

 

ele rapidamente chama os irmãos e diz, vem aqui há bolachas para este hora...

 

e lá ficaram com as bolachinhas de chocolate...

 

agora quero ver quem vai jantar... mas pelo menos as bolachinhas já la cantavam...

 

 

o mundo sem as crianças, não tinha beleza nenhuma... louvado seja Deus ... é assim O Coração da Cidade tem destas coisas...

 

 

lasaletepiedade

 

 

 

 

 

neste momento eu estou ...: FELIZ
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:36

link do post | comentar | favorito

SE O MUNDO TIVESSE A COR DA ESPERANÇA...

 

eu sei que hoje deveria sorrir... cantar ...

mas a organização dos adultos, não me priva de chorar...eles matam a esperança...

 

eu até posso vir da escola a cantar, mas em casa já ninguém consegue cantar e já nem choram escondido da gente...

 

os adultos, olham para nós crianças, como o futuro, mas no entanto tudo fazem para o destruir, criando no presente, imagens que com muita dificuldade passarão da minha memória...

 

só gostava de saber ...: -quem fez tão mal aos adultos de hoje, para eles não saberem amar as crianças ?...

 

o amor não inclui brinquedos... nós só queremos carinho... queremos brincar e sorrir... queremos alimento, roupa quentinha, uma casa para morar e paz para podermos adormecer com conforto...

 

ninguém pode evitar de ser criança, mas muita gente podia evitar que muitos de nós fossemos tão tristes e tão mal tratados...

 

melhor que o dia mundial da criança, seria o dia mundial do adulto ...

 

as lágrimas dos mais pequenos, são os espelhos quebrados da esperança...

por isso hoje, eu faço um desejo ...QUE O MUNDO TENHA A COR DA ESPERANÇA...

 

 

lasaletepiedade( pela criança que há em mim)

 

 

 

 

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:21

link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Outubro de 2013

PROJECTO LEI ... LER ...EDUCAR...INSTRUIR ...

as escolas estão sem recursos ...

as crianças continuam com as mesmas necessidades...

O Coração da Cidade continua atento à sociedade que espera auxílio e necessita de proteger as suas crianças ...

assim criamos um novo projecto que a partir de amanhã vai estar em funcionamento ...

só para crianças carenciadas...

 

lasaletepiedade

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:29

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

TOME ... troca ordenada de manuais escolares...

TOME ...                 TROCA ORDENADA DE MANUAIS ESCOLARES...

 

 o TOME ... está em funcionamentro...

a troca social de livros escolares para que as famílias mais carenciadas...

 

O tome ... está aí para que possam adquirir os manuais escolares para os seus filhos...

 

O Coração da Cidade tem esse espaço a funcionar, na Avenida da República, 2357... Vila Nova de Gaia

 

pode ligar o nº 910695698 mas não se esqueça...

 

entregue os manuais que já não tem interesse para si , por que há muita gente a procurar os manuais que fazem falta...

 

 

um abraço

 

lasalete

neste momento eu estou ...: de boca aberta
publicado por lapieta@sapo.pt às 12:37

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Junho de 2010

UM DIA FOMOS ASSIM ...

 

um dia fomos assim...

ternos amorosos, sem medos que acrescentassem mais medos,

tão ternos e amorosos que era fácil acreditar que o mundo estava preparado para nos amar eternamente...

 

se nos dissessem que iríamos crescer, nós nem tão pouco compreendíamos o que nos estavam a fazer entender...

porque na nossa cabecinha, não cabia a ideia de um mundo cruel e infeliz, onde a maior parte dos seres humanos fazem de conta de que tudo está bem e onde de vez enquanto fazem de conta que amam e cantam canções que Parecem eternizar esse mesmo amor...

 

tão ternos e amorosos nós eramos,que mesmo a dormir apenas sonhavamos coisas de sonho, sem suspeitarmos que que os adultos sonhavam coisas de dor e de pranto e que por vezes tinham medo de adormecer, para não terem que sonhar os sonhos que ninguém quer...

 

mas o mundo não pediu licença, apenas cumpriu uma ordem universal de vida...

e nós crescemos, e fomos enfrentar o mundo dos homens que sonham sonhos que não querem sonhar...

o mundo dos homens que não sabem como dizer não, quando devem dizer sim...

o mundo dos homens que precisam de amar , mas que têm vergonha de o fazer...

o mundo dos homens que não se assumem, em qualquer aspecto da sua personalidade e que tentam disfarçar, teimosamente, permanecendo infelizes...

o mundo onde os homens dizem que têm pena dos mais pobres e onde inventam rácios para que a fome continue e eles assim possam enriquecer mais depressa...

o mundo dos homens que ensinam democracia, mas que governam calcando os mais desprotegidos, deixando apenas a imagem na memória de alguém que deixou de existir mas que não interessa...

o mundo dos homens que faz registos de morte, mais rápido do que os registos de vida...

o mundo dos homens que quer filhos, mas que se esquece deles quando eles crescem e se mutilam por dentro destruindo os sonhos que aprenderam a sonhar enquanto eram crianças...

o mundo dos homens que falam de inocência, em paralelo com a pedofilia, com a prostituição e o trabalho infantil...

o mundo que recorda as canções de embalar , mas que tece nuvens de ilusão onde ninguém quer permanecer, porque já não sabe cantar...

 

um dia todos os homens foram assim, onde ficou portanto a sua inocência e a sua ternura?

 

para onde caminham os pés que chutavam á bola?

para onde se estendem os braços que procuravam a mão dos amigos com verdade?

o que agarram as mãos que outrora colhiam flores?

onde pára o sorriso, que em tempos acompanham o canto dum passarinho?

onde estão os rostos que antigamente se lambuzavam de algodão doce?

 

quem se permitiu a apagar o perfume da alma com o cheiro fétido do oportunismo, do pessimismo e da escassez de carinho...

 

quem se atreveu a parar o canto da sua voz inocente e hoje diz impropérios que a vida registo chorando?...

 

onde pára a criança que havia dentro de nós?...

 

hoje não aguentamos o peso da vida, outrora o mundo cabia inteirinho na nossa mão...

 

descubram essa criança, brinquem e perfumem a alma, o mundo necessita de nós...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 16:44

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Maio de 2010

criança... versus AMOR

 

 

 

 

sou criança...

sobro na mão da humanidade atordoada,

contribuo em ternura, para  o mundo pobre e dissoluto…

mas vivo das sobras emocionais de quem, ainda em bruto,

tem por lapidar diamantina convivência,

se esquecendo que eu sou, em absoluto a esperança,

da certeza de Deus na humanidade, em sua essência…

 

sou criança,

desejada ou não, nasci, eu sou…

sei de crianças que não lhes foi permitido um só sorriso,

não conseguiram vingar a ideia de que viver, pode ser o paraíso,

que é possível viver acima dos medos, dos temores,

mas que, para além de todos os escrúpulos, existem os amores,

que se fazem fecundar, mas sem juízo…

 

sou criança,

como são as borboletas em toda a  natureza,

como são as flores florindo sem dono e sem espaço,

como são as aves que nidificam sem regaço,

como são o vento e o sol, a chuva e o trovão,

expressão máxima da ciência absoluta,

filhos do amor de Deus … Pai da criação…

 

sou criança,

sou  filha de Deus, expressão do seu amor,

dignificando ordens de absoluto e são desprendimento,

mas de regular e extremada resolução evolutiva,

de elevado poder conscencial em cada sentimento…

 

sou criança,

que vida controversa…

amada e ofendida…indefesa e defendida,

amorosa  e excluída …frágil e escravizada,

simplesmente amortalhada, na volúpia, no prazer

e nesse massacre constante em minha essência,

eu rogo a Deus que abane a consciência,

de quem tudo observa e finge nada ver…

 

sou criança,

vergada ao peso dum referendo para nascer,

abortada sem vontade e sem ordem pr’a viver,

tiritando de frio num amor irrealizável,

e isolada sem amor para crescer,

sou abandonada, sem razão justificável...

 

e tu ?... também já foste criança ?...

tens a certeza?... já foste pequenino ?

porque mutilas então meu corpo em formação,

porque maltratas meu pobre coração,

porque alteras as leis que te dão jeito,

porque escravizas, se tens sobra de pão,

eu só queria ficar junto ao teu peito,

não me abandones, não sei dormir no chão…

 

tu... tal como eu...

somos um teste fiel do amor da humanidade,

da imaturidade real em que se abriga loucamente,

do despótico prazer com sabor a realidade,

em sôfrego padecer, fingindo que vive feito gente,

do vomitar constante de ideias obscenas,

com que o mundo tenta alimentar a minha mente...

 

ninguém me sabe dizer apenas...

és linda... que sejas feliz como Deus quer,

venhas a ser como todos, homem ou mulher,

eu sou  " adulto", vou lutar contigo,

por ti e por todas as crianças,

que vivem sem abrigo... sem grandes esperanças…

vou lutar… pelos filhos de todos os pais,

ensinando aos pais de todos os filhos,

que todos temos o direito de nascer...

de ter pão, saúde e educação,

e sem soberba, avareza ou ironia,

temos que deixar como herança á humanidade

a certeza de cada lar em harmonia,

para que o amor por todas as crianças 

não passe de uma pura fantasia …

 

lasalete...17,00 h ..  29-05-2010

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 16:46

link do post | comentar | favorito (1)
Domingo, 21 de Março de 2010

poesia de primavera ... ( poema)

 

 

 

nascer de novo é ouvir

a natureza em flor

é brindar á Primavera

num só poema de amor...

nascer de novo é viver

as canções que Deus compõe,

na natureza em flor

quando o homem se dispõe,

a amar de alma lavada

a viver sonhos reais,

a chorar sem hora marcada

e a viver com os demais...

 

nascer de novo é sentir

que a vida em cada criança,

é uma rosa a florir

num jardim que é só esperança..

 

a Primavera em flor

divinal e assumida,

é um poema de amor

numa Terra mal nutrida...

é um desejo divino

que conforta a humanidade,

mostrando que há um destino

que arrasa com a vaidade...

hoje a Primavera abriu

com aromas renascidos,

dum ventre que explodiu

de erros nunca assumidos...

 

a Terra dorida e gasta

a cada ano que passa

oferece á humanidade

a vida cheia de graça...

 

mostrando a cada momento

que a vida pode ser bela

e que cada sentimento

é uma flor á janela...

cabe a cada um de nós

dar-lhe vida, dar-lhe cor,

olhar longe, erguendo a voz,

mas sempre em nome do amor...

deixar nascer as crianças,

amar os velhos cansados

e não matar as esperanças

nos jovens desalentados...

 

através da Primavera

a vida vem confirmar ...

mesmo que os homens não sonhem

Deus continua a sonhar...

 

 

 

lasalete... 11 h ... 21-3-2010

 

dedico este poema a Deus, á Sabedoria Divina e aos Espíritos Superiores que me possibilitam a  proximidade em minha vida de  amigos que junto de mim semeiam flores de esperança...

 

para todos os meus amigos um Domingo pleno de Paz...

 

 

neste momento eu estou ...: feliz
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:26

link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Novembro de 2009

recados ...

 

olá... pai do céu...

Deus dos passarinhos...

das ervinhas do chão...

dos miminhos da mãe e do pai...

da papa que eu tanto gosto...

 

olá Deus de tudo...

 

dá para olhar pelos meninos que estão com muita tristeza...

que não conseguem sorrir...

que passam a vida deles a chorar...

 

olá Deus das coisas grandes...

 

tu que és o Deus dos homens muito altos...

porque é que eles tratam tão mal as crianças...

porque é que eles roubam as crianças aos pais...

porque é que eles abandonam as crianças?...

 

se Tu és o Deus dos grandes e dos pequeninos...

não deixes que os grandes nos façam mal...

 

e quando eu crescer , não quero ser assim...

se é para ser assim, não quero ser grande...

 

também és o Deus das borboletas...

e dos mosquitos... das joaninhas...

das flores... e destas árvores tão altas ?????????!!!!!!!!!

 

tu és Deus de tanta coisa...

com um jeitinho podias obrigar os homens a serem bons...

 

também és o Deus das lágrimas ?...

se és não podes ser o Deus da alegria...

 

se tu és o Deus do sol, manda-o nascer de noite...

se tu és o Deus das estrelas e da lua... manda que apareçam de dia...

 

não sei se será boa ideia...

mas quem sabe os homens na Terra , mudavam também...

 

não leves a mal era só um conselho...

gosto de falar contigo...

 

também dormes ?...

 

então vem nanar comigo e vamos sonhar...

 

um beijinho...   ls..

neste momento eu estou ...: com sono
publicado por lapieta@sapo.pt às 01:38

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

UMA ROSA PARA QUEM SABE B...

SE O MUNDO TIVESSE A COR ...

PROJECTO LEI ... LER ...E...

TOME ... troca ordenada ...

UM DIA FOMOS ASSIM ...

criança... versus AMOR

poesia de primavera ... (...

recados ...

preciso de adormecer ... ...

voltar a ser criança... p...

a vida a preto e branco.....

passinhos de gente grande...

espelho meu ...poema ...

em nome do amor... em nom...

está na hora AMIGO...

Deus lá sabe o que faz .....

precisam-se... adultos...

preciso tanto de vocês...

infanticídio á Portuguesa...

recado de uma criança...

salvemos as crianças ...

uma lágrima em flor ...

e depois do referendo... ...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags