O Coração da Cidade precisa de amigos... seja amigo do coração...

o seu donativo é muito importante para nós...

MILLENIUM- BCP ... 0033 000000 239551298 05 

Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

A ALMA ÀS RISCAS ... OU AS RISCAS DA VIDA...

 

 

imagesBCZ0CJPV.jpg

 

creio, que nem todas as pessoas compreenderam o que aconteceu na alma de quem, de forma brutal, se viu de um momento para o outro proibida de viver...

e obrigada a vestir-se às riscas…

 

não sei se alguma vez, vamos conseguir classificar este acto hediondo...

porque, nem a raça, nem a religião, nem o DNA de alguém, justifica semelhante atrocidade...

resta-me apenas pensar que durante esse tempo, o mundo ficou nas mãos de seres perfeitamente anormais, espíritos perturbados e perturbadores, que tinham com as trevas um pacto infernal...

mesmo como reencarnacionista, me custa a aceitar que fossem exterminados milhões de pessoas e continuadamente, sem que para tanto existisse um grupo de seres sobre a Terra que parassem esse holocausto...

 

o mesmo pergunto hoje, como é possível, que estejamos a ver morrer milhões de pessoas à fome, num extermínio lento, dolorosíssimo e não façamos nada, camuflando esses horrores com cenas agradáveis, momentos aprazíveis e parangonas jornalísticas que parecem orquestradas exactamente para que não se pense a sério, nos horrores, que hoje em dia de forma mais elaborada, se cometem por aí...

 

se há 70 anos atrás as notícias custavam a chegar, hoje estamos assistindo à morte em directo e nada fazemos…

 

medimos o tempo da morte, o som da dor…

hoje traçamos as riscas da vida de forma mais programada, mas disfarçamos…

uns vão rezar, outros viram o rosto…

são muito poucos os que dão as mãos para libertar…

 

só quando do plano terreno, forem afastados, os ditadores, os bizarros governantes que existem por aí, os déspotas da história, que grava a ferro e fogo os sentimentos humanos, aí sim, talvez de verdade, mudemos a cor das riscas da vida…

 

a vida a preto e branco, dói muito…

 

se me perguntassem o que queria neste momento, eu respondo…

TER PERMANECI COM ELES ATÉ AO FIM…

 

Peço perdão, por não viver nesse tempo…cheguei já no fim da guerra…

 

La Salette

 

publicado por lapieta@sapo.pt às 16:09

link do post | comentar | favorito
Domingo, 30 de Junho de 2013

despertar sorrindo...despertar em paz...

 

 

é natural dizer BOM DIA ...
é um hábito que mantenho logo que desperto para a luz que vem beijar mau rosto, deixando perceber um Sol bem disposto e apaziguador...

acabei com consciência de me integrar no movimento universal de forma desperta e atenta...

e assim, sem mais delongas, eu logo ao segundo, passo a dirigir a minha vida, de forma simples, sem complicar aquilo que até pode vir a ser complicado, mas como dizia de forma simples eu dou as primeiras pinceladas emocionais, nos variados projectos que
já delineados, me mostram que a vida está mas minhas mãos...

mas, o que acontece durante o dia, por vezes é bem diferente...por certo que sim... mas também depende da maneira como eu observo...as diferenças são circunstanciais... o importante é que a minha emoção não se altere de forma substancialmente negativa...

todos os outros seres estão em movimento, e nós como não nos podemos excluir desse mesmo movimento, não podemos ficar de parte sentados apenas como observadores...
logo que o movimento nos atrai, lá vamos nós...
e de forma diferente, poderemos reagir...bem ou mal...
depende da forma como estamos na vida...

pois é... com o tempo, e pela pouca experiência que a idade me confere, verifiquei, que a minha forma de despertar, mais alegre e simples, me dava a capacidade de enfrentar melhor e com mais tolerância os programas inusitados do meu dia...
percebi, que o despertar é fundamental...e que a minha intuição era mais clara e me favorecia, a mim e aos que convivem comigo...
percebi que o meu despertar é semelhante, ao arrumar de uma secretária, para iniciar a nossa administração de forma mais correcta...
tudo está no lugar, ao alcance da mão, para o que for necessário...

entendi também, que o que não deve permanecer na nossa vida, logo se afasta... apenas passou por ali...
e descobrir, até com um certo entusiasmo, que saber esperar é bem interessante...
é como desdobrar páginas de um dossier, que é de total responsabilidade, tendo como Deus o autor e nós como alunos, tomando apontamentos de um roteiro ao qual nos devemos manter fiéis...

concluí, sem dúvidas, que o destino está nas nossas mãos, mas que os outros podem a cada momento fazer a diferença... necessária... para nosso aprendizado, e que essa programação, que deve ser observada por nós, tem que ser cuidada sem prejuízo da nossa saúde emocional...

abençoado seja o despertar de todos nós...

que seja sempre com alegria que se inicia o dia...
não a alegria exuberante, não, não é a isso a que me refiro, mas com a alegria mesclada de fé humana, que nos permite sentir que o dia vai valer a pena e que a nossa legitima vontade pode fazer a diferença...

ninguém nasceu ao acaso...e Deus deu a todos nós as ferramentas necessárias, para cumprirmos de forma diferente as tarefas , com as quais nos comprometemos...

eu já despertei vai para várias horas e não fiquei alheia ao movimento, e sabendo que nem todos os despertares podem ser como o meu, eu iniciei o meu trabalho matinal, pedindo á vida que o meu despertar de agradecimento e louvor, fizesse a diferença em outros despertares, bem tumultuados e tristes, porque os há obviamente...

quero neste momento deixar aqui o meu agradecimento por estar a ler este momento da minha reflexão...

um BOM DOMINGO...
muita paz no seu coração...


lasalete piedade ( in momentos meditativos)

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 09:22

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Janeiro de 2011

todos os caminhos têm flores ...

 

 

 

o meu caminho...

o meu caminho, é um espaço de luz, o meu paraíso surpreendente, que a cada passo penso estar bem perto de Deus...

 

mesmo que ao longo do caminho me surpreendam as nuvens e eu descubra que nem sempre o sol brilha como eu queria, eu tento relembrar os momentos felizes em que o sol brilhava bem alto...

 

mas se me debruçar, fico triste ao perceber que existem outros caminhos  muito difíceis e de difícil acesso...

 

quase todos nós, demoramos tempo demais nas pequenas contrariedades do nosso dia a dia, sem pararmos para pensar em termos mundiais...

 

o mundo que nos rodeia é um espaço de dor e sofrimento e nós por vezes, só temos olhos e ouvidos para o nosso sofrimento e apenas consideramos a nossa dor..

 

quando parar para pensar, olhe em redor e perceba o número elevado de pessoas que nem sequer conseguem este tipo de pensamento, e que sofregamente, tentam por todos os meios, que Deus as beneficie com dias gloriosos e de preferência sem nenhum contratempo...

 

as lições são difíceis ?, tal como difíceis, foram as nossas escolhas no momento em que tínhamos direito de opção... mas nem sempre usamos o nosso livre arbítrio como deveria ser ,e a lei de acção e reacção não pára a nosso gosto, nem se acciona sem que nada tenha a ver connosco...

 

olhemos atentos, e verifiquemos com justiça, que os nossos passos se dirigiram de forma incorrecta...

 

ninguém colhe o que não semeou... mas mesmo assim, todos os caminhos têm flores…

 

resta-nos então, espalhar a paz, enviando para a nossa vida vibrações de harmonia e serenidade, agradecendo a Deus as pequeninas coisas que a vida nos dá, e que de tão distraídos que estamos, não sabemos agradecer...

 

tão simples é agradecer o pão que comemos, a água que bebemos e que nos possibilita a nossa higiene diária, a cama que nos acolhe depois de um dia de trabalho, e que tanto prazer nos dá, os amigos que nos sorriem e que convivem connosco, a saúde que nos possibilita trabalhar e o trabalho que nos ajuda a viver...

mas não esqueçamos a possibilidade de raciocinar e a Fé que nos invade a alma...

 

nos momentos mais dramáticos a Fé que nos envolve, é a esperança que nos anima e a coragem que nos fortalece...

 

no mar da nossa vida, as flores que nos cercam são a visão límpida e harmoniosa da ajuda divina...

 

hoje ofereço essas flores ao meu anjo, que me ajuda e me inclina a ser mais amorosa e cristãmente atenta ao mundo que me rodeia..

 

hoje antes de se deitar... fale com o seu anjo e ofereça-lhe uma flor...

 

um abraço   e muita paz...

 

 

lasalete

 

publicado por lapieta@sapo.pt às 18:20

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

uma carta para Deus...

  

 

Meu Deus…

Hoje resolvi escrever-te, vai para tanto tempo que não Te envio um recado…

 

Podes Senhor até pensar que a minha carta não tem propósito?... tem sim Senhor…

Com quem hei-de eu falar se não for contigo?... acaso não foste Tu que me criaste…

 

Sabes Senhor…hoje por momentos pensei, que se ao nascer eu soubesse que teria de andar de mão em mão, não queria ter nascido…

que se eu soubesse que um dia precisaria de um abraço e ao estender os meus não encontrasse outros braços preferia ter nascido sem eles…

se eu adivinhasse que um dia correria para fugir de um perigo ou ao encontro duma dor que me dilacerou, preferia não ter nascido com pernas…

se eu soubesse que um dia os meus olhos iriam ver e sofrer por ver o que veriam, não queria ter nascido com olhos …

não queria ter nascido com ouvidos se um dia eu soubesse que iria ouvir tantas palavras que me ataram o corpo numa dor imensa…

não queria ter nascido com coração se eu tivesse adivinhado que um dia ele iria amar e seria rejeitado…

para que queria eu as palavras, se elas um dia encontraram respostas tristemente dolorosas…

se elas pediram carinho e apenas receberam silêncio adensando a  solidão…

 é verdade Senhor… eu hoje pensei assim, por isso estou a escrever-te…

não é minha intenção cobrar-te nada, nem tão pouco duvidar do Teu amor… são desabafos da alma, quando a dor já não cabe mais dentro do peito…

sabes Senhor, ás vezes os outros pensam que há seres humanos a quem não é permitido chorar, duvidar, resmungar ou apenas gritar, para conseguir seguir em frente…

pensei que há seres humanos que não são humanos e que apenas devem sentir , ouvir e minorar as dores dos outros…

e as nossas Senhor…

há dores que são tão dolorosas que elas é que são quase humanas e nós é que somos a dor...são as dores do fundo da alma…

quem ouvir falar assim pensa que isto é pessimismo… não é não e Tu Senhor compreendes bem o sentido desta carta…

 

Grande parte dos homens não sabe falar contigo e pensam que contigo se deve apenas falar coisas bonitas… que ás vezes nem se sente…

Entretanto Senhor estou a escrever-te e percebi que outros esperam por mim… com dores que não entendem , que não aceitam e das quais muitas vezes se recusam a falar…

 

Foi então  que eu resolvi dirigir a eles a carta que Te escrevo…

percebi então que Tu meu Deus substituis as cores do sofrimento…

 

se eu não tivesse nascido não teria o prazer de ter segurado em meu ventre os filhos que me ofertaste…

que se nascesse sem braços nunca teria dado os abraços que tanto prazer me deram e que deram prazer a tanta gente… como teria ajudado Senhor os que nem têm abraços?…

 

como seriam insuportáveis as dores daqueles a quem socorri… se eu não tivesse pernas, como correria eu num campo verde se eu não tivesse pernas, como rodopiaria dentro da chuva que cai e como dançaria … como meu Deus? …

 

se eu não pudesse ver, como veriam meus olhos os olhos daqueles que olham os meus, o sorriso das crianças, o meigo olhar dos que sabem olhar, o verde dos campos, a luz do Sol, as borboletas passando…

 

se eu não nascesse a ouvir como escutaria as melodias mais belas que jamais pensei ouvir, as palavras mais sinceras que um dia os meus ouvidos escutaram com o coração…

 

se eu não tivesse coração… meu Deus como conseguiria amar deste jeito e a tanta gente ao mesmo tempo, como se moveria meu corpo se o meu coração não existisse… possivelmente não se moveria…

 

se eu não tivesse voz, palavras para dizer, como cantaria, como diria a Ti meu Deus tudo o que estou a dizer neste momento…

como abriria minha alma á poesia se eu não tivesse palavras…

como derrubaria através da voz as montanhas chamadas solidão, quando falam para mim, quando choram, quando duvidam de Ti…

como diria gritando…

MEU DEUS PRECISO TANTO DE TI…

 

O mundo está necessitando de auxílio…talvez mais do que eu…

Quando receberes esta carta, envia-me o teu abraço e que ele se estenda a todos os que estão a ler a carta que Te escrevi …

 

Do fundo da minha alma, com todo o meu amor…

 

lasalete

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 00:45

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 26 de Junho de 2010

até onde o olhar me levar...( poema)

 

 

 

 

 

até onde o olhar me levar ...

eu verei na multidão de gente ,

no oceano imenso ,

na chuva que cai ,

no Sol que brilha ,

na canto dos pássaros ,

na paleta verde qual lençol ondulando ,

a mão generosa de Deus ...

 

 

 

 

até onde o olhar me levar...

eu farei por ti uma oração,

tu que me maltratas-te,

me julgas-te,

me iludiste,

me deslumbras-te,

me trais-te,

e por fim pensas destruir-me...

eu, até onde o olhar me levar, orarei a Deus por ti...

 

pedirei a Deus que tenha piedade da tua alma,

que te torne um ser melhor e mais sincero,

uma alma mais saudável e mais crente,

um ser humano, mais humano e mais capaz de viver em paz...

 

até onde o olhar me levar

eu serei a oração do crente,

daquele que sabe crer em Deus...

a oração que reparte e embala,

a oração do gesto querido dum calvário que custa a subir...

 

até onde o olhar me levar ...

lembrarei que tudo o que Deus constrói

alma alguma poderá destruir...

e ainda que me destruam as calúnias,

ainda que as vicissitudes pensem vencer-me,

quem sou eu para ripostar ?

se afinal Ele, o Mestre, nunca ripostou...

 

até onde o olhar me levar...

eu lembrarei,

apesar da dor valeu a pena conhecer-te,

porque Deus tem mil formas de ensinar...

por isso, verei a mão de Deus mais uma vez

quando o meu olhar, um dia, já nada puder alcançar...

 

por tudo isto ... óh mundo, eu estou na mão de Deus

Ele é o meu eterno defensor...

 

 

lasalete... 18.20h ... 26-6-2010

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 18:10

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Março de 2010

semana após semana...

 

 

semana após semana , a vida nos pede que olhemos o mundo com outros olhos e que estejamos atentos a todo o movimento...

 

como diz o meu anjo... APRENDE A LER OS SINAIS ...

 

quer queiramos quer não, a vida não pede a ninguém para continuar e os dias sucedem-se uns após os outros e sesundo a segundo, vamos acumulando na memória, vários episódios, uns interessantes e gostosos de rever, outros não menos interessantes mais dolorosos de visitar...

 

e, assim, a vida lá se vai posicionando...

 

uns dizem que assim é que aprendemos e vamos crescendo interiormente, outros até apontam a Deus a falta de visão para o sofrimento que nos vai surpreendendo, mas outros existem que pensam que têm o controlo de todas as situações e que tudo o que passa em sua vida não tem nada a ver com qualquer ser superior ou coisa que o valha...

mas, lá virá o dia em que esse controle pessoal, sai das suas mãos e a vida continua a girar, não da forma que eles queriam e estavam habituados, mas obedecendo, como é normal ás leis naturais, cósmicamente libertas e deliberadas " por essa tal força superior", que loucamente eles rejeitavam...

 

ninguém deixa de viver, porque acredita ou porque deixa de acreditar...

mas, uma coisa é certa...

é que acreditar é um passo seguro para muitas certezas que hoje estão no lugar das dúvidas de antigamente...

 

acreditar, não é cegar sem opinião e rezar, e prometer, sem conta peso ou medida, aos deuses do além, mirabolices emocionais, que não sabemos controlar e que usamos, para ludibriar, como é apanágio do humanozinho que representamos, em alturas de maior confusão...

 

acreditar é ter a nossa vida na mão, sermos humildes o suficiente, para perceber que não controlamos tudo... mas que, existem forças superiores que imprimem movimento, a quem se quer movimentar e que de forma declarada e correcta, ao não inverter, sem subverter o movimento, põem a funcionar uma lei fantástica, sinónimo de justiça universal " a lei de causa e efeito"...

 

desse movimento a que ninguém se pode furtar, saímos efectivamente mais fortes, mais capazes de falar de coisas e coisinhas que desconhecíamos... e  com algum bom senso, ficamos com ánimo para enfrentar os problemas e a eles darmos resolução, porque o movimento nos deu experiência para tal...

 

semana após semana, a vida vai colhendo de todos nós, informações completas da nossa evolução, e não será de estranhar, que de cada vez, a cada dia que passa,  as provas surjam maiores e mais difíceis de ultrapassar...

tal qual como quando mudamos de classe, os exercícios vão sendo de resolução mais difícil, mas também vamos  sendo preparados para tal...

 

semana após semana, ainda existem seres humanos que não fazem esforço para saírem da " cepa torta" e de se endireitarem abraçando a vida e todas as dificuldades que nela encontram...

nesse impasse, arrastam outros seres á sua guarda, mais frágeis e menos capazes...

muitos seres humanos rejeitam a ajuda que chega, cegando perante as dificuldades económicas que estão a entrar em sua casa, ou que até já se instalaram de vez, recusando peremptoriamente um pedido de auxílio...

 

mas, existem os que não têm dificuldades e têm tempo... e aqui me preocupo, é ao deparar com a  dificuldade, que muitos seres humanos têm de se movimentarem e não se integrarem na vida, ajudando os outros na ultrapassagem desses mesmos problemas...

a palavra solidariedade, para os menos esclarecidos, ou seja, para os egoístas e pouco inteligentes, ainda é letra morta...

estes podem ter pão para comer, mas não são felizes... a não ser que estejam cegos interiormente... neste caso são pouco inteligentes, e apenas se movimentam pelo instinto... aqui se manifesta o primitivismo da acção do movimento...

 

estarmos envolvidos com todo o movimento  universal, é um sintomático de inteligência , e mostra que estamos conscientes de que fazemos parte integrante de todo o movimento cósmico, a que nenhum ser se pode furtar...

 

vida após vida na Terra, todos nos movimentamos empreendendo movimento á nossa evolução...constituintes que nos tornamos de acções regeneradoras...

e, quando do outro lado vida nos sujeitamos á inspecção pessoal " o tal juízo final", desses nossos movimentos, verificando as falhas sucessivas, então, nós pedimos para voltar e aprender e respeitar " o tal movimento" e assim conseguirmos em consciência, emendar com sabedoria a sabotagem ao movimento cósmico...

 

o igual atrai o seu igual... tal é a lei...

 

semeemos para colher, e semeemos bem e o bem...

então colheremos o bem,  e bem...

 

este ó o movimento a que não podemos fugir, porque ser algum está acima da Lei Divina...

 

ninguém se furta á emenda...

 

que acreditemos ou não... a LEI DIVINA a todos rege...

 

uma semana de próspero trabalho...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 09:59

link do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Novembro de 2009

filhos da luz...

 

todos somos filhos da luz...

desse poder imenso, que ninguém sabe definir, mas que em determinado momento procuramos sofregamente...

 

todos temos a nossa hora para nos apressarmos e para nos apresentarmos ao criador...

 

embora representemos de forma inglória, o religioso, o ateu, o agnóstico, o sabichão e o lúcido, o distraído e até o idiota, o certo é que quer queiramos quer não a nossa mente se direcciona para Deus...

 

a grande diferença é o nome que lhe damos...

 

a grande angústia é não querer acreditar no Deus de todos os outros, mas bem lá no fundo, o nosso Deus, esse permanece intacto á espera dum encontro imperdível e desejável...

 

na época que atravessamos, muitos são os que procuram desesperadamente a porta que nos mostre o espaço onde permanece o Pai...

 

Quem afinal o Pai da criação?... o mesmo de sempre, imutável, infinitamente perfeito, o princípio e o fim...

 

do nosso Eu Superior, mil partículas de luz se dispersam mostrando  um caminho diferente a cada nova etapa de vida...

 

de cada vez que suspiramos por Deus, mil dúvidas se colocam buscando resposta e miil palavras vêm para preencher o espaço da nossa consciência, bebendo no silêncio a s directivas divinas...

 

a expectativa que hoje em dia se coloca em todos os saberes é uma imagem nítida de que discretamente, a hora da partida é desejada por todos nós, não no sentido de querer ir embora, mas quem sabe se devido a essa viagem, o encontro com o Pai é mais rápido...

 

a serenidade que vem de Deus, é imprescindível, e Ele nos criou filhos capazes de voos mais altos e de pelas nossas acções espelharmos propósitos de liberdade, semeando a paz...

 

nós somos filhos da luz e devemos estar na vida como quem anda fazendo sol (  palavras de  André Luiz ) ...

 

não golpeemos a vida com melindres, indisciplinas mentais e não desprestigiemos a nossa origem...

 

deixemo-nos a penas embalar por uma melodia serena e poderosa, onde os acordes são divinos e nos dispõem  em harmoniosa etapa...

 

fala-se tanto no fim dos tempos...

 

sempre estão a finalizar os tempos...

o homem velho vai dando lugar ao homem novo e cada um por sua vez, despe a pele do malfeitor para se iluminar com propósitos mais altos e espalhar a luz com que foi concebido...

 

ajustemos o nosso próprio tempo ao tempo de Deus e façamos o bem que pudermos , não esquecendo os que têm mais dificuldade em viver de forma mais saudável...

 

sejamos verdadeiros filhos da luz, recusando a sombra que em nosso redor, tenta permanecer  ganhando adeptos...

 

aprendamos a iluminar o mundo, vivendo com serenidade  e ajudando a construir a paz...

 

um bom fim de semana para todos

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 13:56

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 21 de Novembro de 2009

recados ...

 

olá... pai do céu...

Deus dos passarinhos...

das ervinhas do chão...

dos miminhos da mãe e do pai...

da papa que eu tanto gosto...

 

olá Deus de tudo...

 

dá para olhar pelos meninos que estão com muita tristeza...

que não conseguem sorrir...

que passam a vida deles a chorar...

 

olá Deus das coisas grandes...

 

tu que és o Deus dos homens muito altos...

porque é que eles tratam tão mal as crianças...

porque é que eles roubam as crianças aos pais...

porque é que eles abandonam as crianças?...

 

se Tu és o Deus dos grandes e dos pequeninos...

não deixes que os grandes nos façam mal...

 

e quando eu crescer , não quero ser assim...

se é para ser assim, não quero ser grande...

 

também és o Deus das borboletas...

e dos mosquitos... das joaninhas...

das flores... e destas árvores tão altas ?????????!!!!!!!!!

 

tu és Deus de tanta coisa...

com um jeitinho podias obrigar os homens a serem bons...

 

também és o Deus das lágrimas ?...

se és não podes ser o Deus da alegria...

 

se tu és o Deus do sol, manda-o nascer de noite...

se tu és o Deus das estrelas e da lua... manda que apareçam de dia...

 

não sei se será boa ideia...

mas quem sabe os homens na Terra , mudavam também...

 

não leves a mal era só um conselho...

gosto de falar contigo...

 

também dormes ?...

 

então vem nanar comigo e vamos sonhar...

 

um beijinho...   ls..

neste momento eu estou ...: com sono
publicado por lapieta@sapo.pt às 01:38

link do post | comentar | favorito

CONHEÇA MELHOR



mais importante que verbalizar doutrinas é humanizar atitudes


 

e-mail gifs

coracaocidade@gmail.com


free html visitor counters
hit counter




<




body

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

despertar sorrindo...desp...

todos os caminhos têm flo...

uma carta para Deus...

até onde o olhar me levar...

semana após semana...

filhos da luz...

recados ...

Fé raciocinada...

não acabei de te amar... ...

preciso de adormecer ... ...

uma carta para DEUS ...

saramaguisses...

um dia atrás do outro...

para além de mim... ( poe...

dentro do silêncio... ( p...

o meu pedaço de céu... (p...

obras em casa...

nova oportunidade...

inquietas e sós... poema

máscaras...

para além de mim...

carinho...

dentro de mim ... ( poema...

mais importante que verba...

ao Pai do Céu...

lei divina ... ( poema)

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags