Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

meu diário de dor e pranto...

 

ouço-lhe a voz...

 

uma voz cálida e dolorosamente envolvente...( povo que lavas no rio)...

 

cantava ... como ela cantava... chorava como ela chorava...

talvez como ela, ninguém consiga com tanta verdade na voz ,expressar a dor dum povo que diariamente se sente suspenso...

quer ditará a queda deste povo, magoado de tanto sofrer, calado a chorar constantemente, trémulo das indecisões que não lhe pertence...

 

assistindo a um cortejo vergonhoso onde os que mais possuem se passeiam pelas primeiras páginas dos jornais...

 

as empresas encerram todos os dias...

todos os dias centenas de lares sofrem pela inconstância da sua sobrevivência...

 

os portugueses queridos estão a partir um após outro e connosco fica o despotismo e a desfaçatez ...os poucos homens sérios que sobraram também irão... e nós ?... com quem ficaremos...

 

todos os dias somos assaltados por notícias de uma barbaridade execrável ...

 

para onde caminham os jovens...

que exemplos estamos a estender às crianças que já não passeiam indiferentes às notícias que se oferecem abertamente nas bancas de jornais...

 

se as manchetes oferecem nomes sonantes como espectáculos pouco saudáveis duma sociedade decadente... pertencentes ao JET7 do conflito e da promiscuidade... que país meu Deus que nada tem para oferecer a não ser drama e dor em tal proporção que chega a doer por dentro...

 

os centros de saúde estão replectos de almas em solidão ...

as urgências hospitalares não diminuem a sua afluência... pelo contrário têm mais gente aflita, somatizadas que foram as dores íntimas e as amarguras de toda a ordem ...

os tribunais afogam-se em processosl que perfeitamente se evitariam se a felicidade e a prosperidade estivessem ao alcance de todos e não só de um grupo ( impunemente falível ), mas que falha aos olhos de toda a gente...

 

as delegações de polícia estão pejadas de queixas que diariamente espelham a confusão e o desespero em que habita a população portuguesa...

 

quem escreve este diário de dor e pranto ...

 

quem mata a fome a esta gente que de todo o mundo veio procurar em terras lusas a prosperidade que está tão longe do alcance da maioria...

 

acudam a este povo que apenas lhe resta ... talhar com o seu machado as tábuas do seu caixão...

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: trabalhando com amor
publicado por lapieta@sapo.pt às 13:45

link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Novembro de 2007

onda solidária...

 

nós já cá estamos ... e vocês humanos?...

onde estão ?...

 

em resposta ao voluntariado na noite de Natal...

 

estamos a ser contactados, por inúmeros interessados, que descobriram esta forma simpática de estar com os mais carenciados...

 

fazer amor... a grande oportunidade deste século, para colocarmos em funcionamento o lado melhor de nossa personalidade...

 

fazer amor na Noite de Natal é entrar com a nossa vitalidade nessa onda solidária que por instantes ameniza um ano replecto de sofrimento e dor...

 

fazer Natal é ajudar a renascer a esperança...

 

meus amigos...

mais importante que verbalizar doutrinas é humanizar atitudes...

 

isto é fazer amor...

 

liguem para o número 22 502 5555

 

façam a vossa inscrição...

 

vai valer a pena...

 

 

 

um grande abraço.... lasalete

 

neste momento eu estou ...: trabalhando
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:49

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

é preciso dizer b a s t a ...

 

Parece que não queremos acertar

O passado ainda não nos serviu de emenda

Rimos dos outros e não deixamos de ser ridículos

Temos o hábito de imitar o que não presta...

Um país com capacidades de trabalho

Gritando desesperadamente para sair da crise,

Aprendendo através da dor, sem perceber que é...

Libertado mas  não liberto ...

Mediocre , lamentavelmente mediocre , que estejamos a raciocinar através de medidas disparadas por audiências,  com comunicadores que deveriam ter o bom senso de investir no país o melhor que têm de si mesmos... e não provocarem mais cenas lamentáveis como a cena que foi possível verificar num dos canais da televisão portuguesa, retirando do ar, um conhecido político, que falava de situações que interessam aos portugueses, para transmitir outra situação que de certeza não é de primordial importância para a vida dum país que está á beira dum estado de nervos... com a sua vida muito complicada a todos os níveis , muito embora o esforço de quem governa...

são demasiados os erros que cometemos e na maioria das vezes se revestem de uma falta de profissionalismo atroz,,,

quando penso o que a comunicação social podia fazer pelo país ...

mas não conseguimos sensibilizar os senhores comunicadores, que  o futebol não é o petróleo do mundo, depois claro, todos caem em cima dos apitos dourados do país ...

um dia, aplaudem-nos em praça público e no dia seguinte dão-lhes um lugar no cadafalso...

perdemos o sentido das prioridades e arrastamos o país, por esquema de raciocínio que não lembraria ao mais louco dos homens, mas lembra aos portugueses que não descortinam que ser medíocre ... b a s t a ...

é necessário colocar o país a funcionar...

chega de vender notícia pela notícia, mas é necessário investir em altos valores...

mostrar aos portugueses o que na realidade está mal em Portugal e o que é preciso fazer para que o nosso querido país saia da cepa torta...

somos um país sem água, a beber whisky de 20 anos...

um amigo meu, quando encontra alguém que quer ser e não sabe ser, diz... tão galego e tão labrego...

podíamos fazer tanto pelo nosso país ...

tanto português atado de pés e mãos alfabetizado até aos patamares da faculdade e tão pedinte que dá dó...

as notícias correm a rodos a explicar que não há emprego, mas não correm com a mesmo velocidade indicando que durante o dia muitos estão em alerta permanente para descomplicar a vida de muita gente que já não consegue descortinar uma maneira decente para existir...

sim, porque isso de existir de forma pouco decente, já não é novidade para niinguém...

Portugal precisa de gente honesta e capaz de fazer dele o milagre da boa esperança...

demos novos mundos ao mundo, seria bom que o voltasse-mos a fazer, com trabalho e abundância de altos e honestos valores...

crescer não acontece, se para isso não fizermos esforço e esse esforço não pode ser dirigido na sua responsabilidade a quem governa...não ...esse esforço é da responsabilidade de cada um de nós ...

crescer é muito urgente... por favor, não nos retirem do ar, porque temos que dar ao mundo o som da nossa voz, num recado firme e honesto...

lasalete  

neste momento eu estou ...: tonta
publicado por lapieta@sapo.pt às 23:47

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

meu diário de dor e prant...

onda solidária...

é preciso dizer b a s t a...

mais comentados

1 comentário

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags