Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012

somos do mesmo barro...

 

 

um dia...
quem sabe um dia...
quando os laboratórios na Terra forem capazes de mostrar, que nitidamente, sem erro para suspeições, todos asilamos em nós a mesma matéria, já que esta não se perde , apenas se transforma, para dar forma a tudo que dela depende...

e, já que dependemos dessa matéria e não podemos existir sem ela, chegamos à conclusão que somos todos do mesmo e que por isso mesmo nos devemos respeitar, não inventando diferenças que não existem, e evitando acima de tudo fazer mal uns aos outros...

ao fazermos mal aos outros é a nós que fazemos... evitar fazer o bem, é acima de tudo atrasar o nosso crescimento como planeta...

ao longo do tempo, a grande maioria dos seres sobre a Terra, foi guiando o seu raciocínio, pela miserabilidade das religiões no que elas ofereciam de mais estranho ( as superstições, o medo do inferno, a inviabilidade do céu, a compra dum céu programado, o medo do pecado)... etc...

é exactamente sob este pálio de exclusiva salvação, para aqueles que confiavam às religiões a sua alma,e as suas riquezas, que o planeta se foi arrastando, deixando para segundo plano a imagem dum Deus verdadeiro, amoroso, justo e criador...

vestido de todas as deformidades que o cérebro humano pôde conceber, Deus aparece e desaparece, nos planos de fé dos homens sobre a Terra...
assim, vemos que a felicidade se escapa e assustando os homens que ainda não se conseguiram encontrar...

neste momento, creio iniciar-se a grande construção do ser sobre a Terra, e o ser, está a assumir a sua vida, como ser independente e que a cima de tudo deixou de sentir medo de Deus...

o castigo e o prémio que dependem da divindade, deixam de existir, e em seu lugar aparecem os grandes desafios, que mostram à humanidade a grande tarefa divina ( trazer todos os seres criados até ELE, sem excepção, mas completamente renovados por mérito exclusivo...

crescer, vai ser maravilhoso, quando nos entendermos, como sendo matéria única, sob várias formas, matéria que se renova, mostrando vários corpos com vários rostos, matéria que irradia beleza na forma de uma flor, matéria que desafia as alturas nas asas velozes duma ave que lidera os vôos mais altos e que desafia as leis que ainda não entendemos...

do óvulo minúsculo, até ao descobrimos o homem mais velho a tentar descobrir dentro de si o homem novo...

trabalhemos nossos sentimentos, investindo sempre, para que não acumulemos despesas que ditarão sem sombra de dúvida para os menos atentos um futuro menos promissor...

um dia... um dia... o laboratório terreno, mostrará que afinal, quer queiramos quer não todos somos irmãos... graças a Deus


lasalete

neste momento eu estou ...: na luz
publicado por lapieta@sapo.pt às 18:38

link do post | comentar | favorito
Domingo, 30 de Outubro de 2011

gestão emocional...

 

 

quase todos sem excepção, nascemos condicionados, às directrizes que trazemos dos anteriores convívios em vidas passadas...

apesar dos conhecimentos que vamos adquirindo e das manifestações de carinho que vamos somando, estampados no nosso comportamento, estão os desequilíbrios emocionais, que a nós mesmos impomos como meios de defesa, para supostamente nos defendermos do mundo que nos rodeia...

 

será que estamos neste momento perante o exacto parecer desse emocional descontrolado?... talvez... e como nos encontramos em crise, tendemos a guardar tudo o que vemos, ou de forma perfeitamente contrária a gastar tudo o que podemos...

como se quiséssemos dizer à nossa mente, ( ISTO É MEU)...

porque fomos espoliados, de qualquer tipo de aditivo emocional, que possa ter passado, pelos sentimentos ou pelas coisas mais vulgares da materialidade, ou porque nós próprios espoliamos outros e nos reservamos nesse sentimento de culpa...

 

o ego, determinante fonte do nosso comportamento, reservatório por excelência das leis que nos regem e definem, por opção própria, vem gesticulando ao longo da nossa vida, em gestos proclamadores de interferência irresponsável...

 

são por isso mesmo , grandes as dificuldades com que nos deparamos... e sem razoabilidade, vamos estar sujeitos muitas vezes a tipos de comportamento que não nos motivam a uma vida mais positiva e de forma mais capaz preenchida de atitudes saudáveis...

 

estamos a evoluir... um dia será irreversivelmente diferente...

 

a grande maioria dos seres humanos, está a conviver com os seus medos e a guardar-se para um momento de catarse, que no fundo desconhece quando vai chegar...

no entanto não adormece, não pode...

o seu pensamento aparentemente controlado, não o está...

catadupas de ideias , configuradas nos medos, chegam a provocar o pânico... esse companheiro oculto, que no fundo rege todos os órgãos do corpo, mas que se corporifica nos nossos   sentidos...

 

temos somente que educar a mente, ensiná-la a prescindir de coisas e a aperfeiçoar a capacidade de apanhar, como quem colhe flores, as novas oportunidades que a vida nos coloca pela frente...

 

porque não, apreciar os amigos que vêm até nós, porque não apreciar os sorrisos inesperados plantados diante do nosso olhar, caminhando sempre na nossa direcção, as palavras amigas, as conquistas do saber e o saborear tudo e todos, como prendas que a vida nos deixa no regaço emocional...

fazer do amor a catarse providencial, ao esgotar-mo-nos nos outros, como quem monta um arraial onde se diverte de forma simples e saudável...

 

os prazeres da vida vão necessariamente mudar de tom...

a forma como nos sistematizamos, vai mudar de esquema...

a materialidade vai desmoronar e o espírito vai encher-se... preencher-se... de novidades emocionais, e o homem sobre a Terra vai descobrir outros sentimentos, que não, e apenas, os que conhece na actualidade e reconhece em si próprio...

 

até à perfeição, muitos sentidos, outros sentimentos, vão eclodir dentro de cada um de nós...um dia experimentaremos o êxtase...

 

até lá estamos a ser convidados , não a sepultar, mas a exorcizar os medos e a crescer de forma mais saudável e um quanto acelerada...

 

PERDER PARA GANHAR...

 

este deve ser o nosso pensamento de reflexão...

nascemos indubitavelmente para sermos felizes...

por isso mesmo não aluguemos a mente e o coração ao desespero...

 

cultivemos a alegria, experimentemos coisas novas, mas que sejam menos dispendiosas para a nossa alma...

 

se pensamos que conhecemos o limite da dor...

aprendamos então a conhecer o limite do amor...

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:25

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

tudo isto para quê ? ...

 

 

acorrentados ao passado miraculoso das mil e uma formas de ganhar o céu , fomo-nos acostumando a sermos dirigidos na nossa escolha espiritual...

mas...

sempre que desacertávamos o passo, nos socorríamos da confissão ... e... tudo parecia ficar sanado...

 

hoje não é bem assim...

 

estamos a crescer de forma mais correcta e programada, com vontade própria, administrando conscientemente o nosso livre arbítrio e até parece que estamos gostando...

o ser humano na actualidade, procura caminhos firmes, onde possa transitar e adere com facilidade a novas descobertas, onde a espiritualidade deixe escapar ainda que de pequena monta , uma novidade que o possa ajudar nessa caminhada que iniciou , vai para algum tempo...

 

o mundo está em franca mudança... os domínios estão a fraquejar e os que estamos mais atentos,percebemos que a mudança é positiva...

 

quanto tempo vai demorar, até o homem acertar? ... esta ainda é a pergunta que encontramos com mais facilidade e com maior veemência...

 

quem tem consciência de que os movimentos acontecem ainda que estejamos distraídos também aprendeu a não perguntar ... quando, como e porquê ..

 

apenas adere ao movimento cósmico desta imensa família universal...

não nos encontramos todos na mesma esfera evolutiva, daí, que nem todos em nosso redor  façam tudo perfeito , muitos de nós apresentamos com alguma evidência muitos erros, mas quando temos consciência do caminho , tentamos emendar mais rápido, pois  sabemos que existem consequências inevitáveis e que cada acção tem uma reacção idêntica...

 

surgem os curiosos do espírito, que a principio preocupados com o conhecimento, também não demoram muito para questionar entre os da mesma esfera, se afinal alguém sabe algo sobre o futuro...

costumamos esclarecer que o futuro está nas nossas mãos e que mais cedo do que possamos esperar, já gravitaremos em outra dimensão ...

 

aproveitemos portanto, o que de bom e generoso nos apresenta este momento... amando e deixando que os outros amem em paz...

 

cultivemos os afectos com doçura e espalhemos a tolerância como caminho a adoptar...

 

sejamos generosos, compensando a dose de egoísmo que ainda existem em qualquer um de nós...

 

esteriorizemos boa vontade por onde passarmos e reunamos os amigos para falarmos de nós, cantando e ouvindo os sons da alma, daqueles que partilham connosco a mesma canção...

 

sigamos com confiança, porque a fé nos ensina, que nos devemos ajudar uns aos outros, mas se dentro de nós esse eco crístico não funcionar, não conseguiremos sobreviver...

 

dizem que é preciso ter religião para sermos melhores... eu discordo...

basta olharmos em redor e entendemos sem complicações que tudo o que nos rodeia, não é de certeza obra do homem...

até o amor para existir precisa de inteligência, sejamos portanto inteligentes amorosos e deixemo-nos guiar pela bússola que Deus colocou em nós a partir do momento que nos fez à sua imagem e semelhança ...

 

ajustemos o pensamento ao pensamento colectivo, para entender as estações dos pensamentos dos outros e aí , vamos perceber que as mudanças acontecem... bem ou mal ... mas porque são necessárias, acontecem ...

 

quem não crescer através do amor, vai obrigatoriamente crescer através da dor...

 

Deus, suprema energia, não violenta ninguém, obrigando qualquer pessoa a ser bom... não , isso não existe...

cada um de nós tem um percurso diferente e um momento único para em verdade iniciar a viagem  mais bela da sua existência...

quantos recuam, mas retomam... nem imaginamos quantos...

 

o mais importante da vida é não parar, porque tudo é movimento e mesmo que encontremos alguns orgulhosos, dizendo que não acreditam em Deus, não façamos a cara de crentes preocupados, porque isso rebela falta de conhecimento... o mais importante é ser... estar... porque o crescer acontece,. quer queiramos quer não...

 

a teimosia daqueles,que teimam em viver a sua vida interior, insistindo em fazer mal à humanidade, abraçando situações de violência , gerando desconforto colectivo, retirando a muitas vidas humanas a possibilidade de continuar a sua jornada, reflete o nanismo em que estão espiritualmente...

 

as condições em que conduzimos um povo, mergulhando-o em sofrimento constante, não lhe possibilitando por todos os meios, a vida sem fome e auxiliando-os com trabalho e condições de vida mais dignos, também é significativo de que, esses seres humanos eleitos por maioria, são deficientes espiritualmente, são seres humanos, que estão sendo instrumentos do karma colectivo e por serem responsaveis, não significa que sejam mais evoluídos ...

na generalidade, estudaram mais, mas espiritualmente, são mais atrasados, não se esforçam de forma mais evidente pelo conforto das massas e quase sempre estão ao serviço do poder económico...

estes seres humanos, que na Terra têm funções destacadas ao nível da  governação, se não cumpriram, terão momentos muito dificeis depois de desencarnar, pois que tiveram na sua mão vidas humans, que venderam pelo preço da matéria, tirando dividendos pessoais,, sonegando-lhes, educação, conforto e felicidade...

 

a história tem mostrado poucos seres humanos que governaram e foram marcos históricos para a humanidade , ficamdo na memória dos povos, como seres de eleição, que lutaram para fazer avançar um povo...

 

tudo o que vivenciamos, serve para acertar pedaços da vida que ainda estão por questionar...

se você é uma pessoa que duvida, não se deixe afectar... tudo está na sua mão e um dia vai querer mesmo acertar... aí... o Deus em que não acreditou durante tanto tempo e de quem recusou ajuda, vai provar-lhe que esteve sempre ao seu lado e que nesse momento tudo está pronto para você iniciar, à sua vontade, essa viagem maravilhosa que se chama evolução consciente...

 

que bom... donos e senhores da nossa vontade...

 

Deus é um espectáculo, mesmo não sendo gente, não pensando como gente, se ele existisse assim como nós e com um rosto semelhante a nós, eu dir-lhe-ia

-Senhor, está tudo perfeito, melhor não podia ser...

 

mas para aceitarmos assim a vida, é preciso muitas vezes fazer a pergunta que toda a gente faz:

- tudo isto para quê ?...

 

depois de crescermos a resposta será integral... até lá.........................

 

um resto de dia feliz... vamos crescer juntos...

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: crescendo
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:54

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

somos do mesmo barro...

gestão emocional...

tudo isto para quê ? ...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags