Sábado, 15 de Setembro de 2007

quando Deus nos vem secar as lágrimas...

quando acavaba de escrever meu recado não percebi que Deus estava a ler o post que eu escrevi...
passados alguns minutos recebi este recado ...
creio ser esta a forma de Deus tem de nos secar as lágrimas...
venho trazer um recado
Fragmentos de mim...
 
Eram 18h50 do ano de 1977, e na Ordem da Trindade na cidade do Porto alguém me obrigava a sair daquela bolsinha tão aconchegada que durante 9 meses me suportou!
Mas o que é isto? Quem são estas pessoas que estão a olhar para mim?
Acho que a voz daquela senhora me é familiar! É bonita, e tem o olhar tão meigo... ah, já sei! Deve ser a minha mãe!!!
Vá lá, senhores de bata de branca acabem de me limpar porque quero ir para o colo, é que a bolsa era tão quentinha e agora estou aqui, sem roupa e com um monte de gente a olhar para mim.
E finalmente lá estava eu, ao colo da minha mãe! Gosto muito destas coisas que ela faz e que chama de mimos!
Os adultos são engraçados, são grandes mas ao mesmo tempo têm medo de pegar em mim! Sou pequenina, mas não sou de vidro! Portanto, podem lá pegar mais um pouco... isto de andar em colo em colo até que é engraçado!
 
E foram assim, os meus primeiros minutos de vida...
 
Agora sou adulta, bem maior do que era em 1977 e também tenho medo de pegar em bebés! :)
 
Obrigado mãe, por me teres ajudado a crescer!
 
Beijinho docinho,
Lena


neste momento eu estou ...: serena
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:50

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 18 de Agosto de 2007

o quarto escuro...

 

 

 

 

sempre que contactamos alguém que nos parece diferente temos tendência a catalogar as aparentes diferenças, ou as diferenças referenciadas por quem antecipadamente já nos contactou...

 

todo este palavreado, refere em duas linhas aquilo que pretendo dizer... as aparências iludem...

 

suspeita-se que grande parte da população não se entenda consigo próprio, mas de uma forma ou de outra se vai psico adaptando e com o decorrer da idade, vai deixando para traz seus ideais, suas ideias começam a amadurecer e deixa de lutar... instalou-se ...

 

as depressões cegarão mais tarde, porque podemos fingir durante algum tempo, mas não vamos poder fazê-lo durante todo o tempo...

 

na situação de auto pesquisa, encontramos alguns jovens, já que jovem o fomos todos, que se encontra nesta fase de procura, de vivência com espaços desconhecidos da sua mente e de encontros mais ou menos fugazes com figuras quase fantasmagóricas que se soltam na sua visão, consolando ou amedrontando, legendando o seu quotidiano e por vezes virando de pernas para o ar o seu dia a dia e o dos seus familiares...

 

para quem tem familiares jovens neste estado é angustiante, mas para quem está vivendo pessoalmente este drama é desesperador, muito embora pareça, que como estão no mundo deles , com medicação até vão passando menos mal...

 

é um grande erro deixar que tudo isto aconteça sem que as situações sejam esclarecidas...

 

na vida, nem sempre sabemos tudo ... há que procurar...

 

quem é menos avisado e está aflito tende a procurar as bruxinhas e os adivinhos, porque pensa que são coisas do mal e assim quem sabe, podem passar...

quem não acredita em nada disso, vai ao médico e espera que a situação acalme e tudo fique normal...

 

o problema é que não estamos a fazer nada normal, a vida não é normal, o dia a dia preenche-se de anormalidades e tudo parece fugir ao padrão de descanso mental... todos falam em cansaço... stresse...

 

nada pode ser pior para a mente de qualquer um de nós , do que a falta de tempo, de apoio , de palavras e de gente que nos permita falar de nós ...

 

quando reencarnamos trazemos ajustados cambiantes mentais que mais cedo ou mais tarde têm que ser divididos com alguém... o caso da afeição ou até da revolta...

 

temos também ideias que precisamos colocar em prática e daí a necessidade de os revelarmos a alguém ... a imaginação... as artes... os dons...

 

tudo se vai processando em aparente normalidade, mas quando reencarnamos com fantasmas dentro de nós... OS MEDOS ... as tais fobias que a psiquiatria estuda e que tenta ultrapassar , será bem pior...

 

fazem, os pseudo sábios, grandes excursões à memória para encontrar os culpados de semelhante anomalia, mas não pensam que a memória tem, também ,consigo, nos arquivos do nosso tempo, a capacidade de ocultar o que quer e o que lhe interessa deixar para depois...

 

diversos agentes, trabalham em nós manipulando energias de consequência para que o nosso karma se possa cumprir ...e assim , o que parecia fácil de apurar, até porque deu resultado no filho de uma amiga, no nosso caso não resulta...

 

é necessário aceitar as diferenças e saber que a nossa mente não obedece a moldes de sistematização , mas os encaixes próprios e propiciados de adaptação curricular, mediante a lei de Deus e a nossa necessidade evolutiva ,com características muito particulares ,que definem a nossa individualidade, mantendo-nos por isso mesmo, apenas iguais a nós próprios, actuam neste frenesim de consequências que visam apenas o crescimento do ser... ...

 

quando perguntei ao meu guia espiritual, depois de várias sugestões de amigos, que me diziam, faz assim, faz assado, isto ou aquilo... quando lhe perguntei.. ( mas afinal o que faço?) meu guia me respondeu ... SÊ IGUAL A TI PRÓPRIA ...

 

deu-me mais tarde a explicação de como efectuar as mudanças de sequência , conforme eu fosse necessitando de as fazer na vida ...e então explica ele... se tu quiseres imitar alguém porque parece melhor, iniciando essa mudanças que estás a alterar em ti?... nada ... trabalha em ti o que não te parecer  menos bem, risca de teu carácter e muda para melhor... mas para isso pensa em ti e sobre ti ...faz os ajuste em teu material afectivo e darás expressões cognitivas ao teu ser que se adaptará com o teu ADN espiritual e assim as emendas são feitas do teu e no teu material mental ... nunca imites ninguém, mas faz dentro de ti e contigo o melhor que souberes... porque na nossa vida todos dão leis sem nos conhecerem as particularidades ... são essas particularidades que nos torrna mais especiais...

 

por isso mesmo e para aqueles que se sentem diferentes...

aceitem-se como são... procurem saber afinal o que querem... não se assustem com visões que possam surgir... com vozes que falam na mente... eu também as tenho e não ando a fazer anomalias... sopram ao vosso ouvido coisas desagradáveis ... ouçam e nivelem o vosso parecer, porque já sabem o que é correcto e não é... procurem o apoio de um médico e contem o vosso problema, porque a medicina tem componentes químicos que ajudam a compensar o nosso cérebro,  que gasta nessas viagens sem tempo , mais do que é normal... visitem alguém que espiritualmente vos fale com racionalidade porque nada está oculto... não tenham medo nem se pensem diferentes...

 

se tiverem que procurar uma casa espírita que tem conhecimento para isso, não tenham vergonha, porque o conhecimento de muitas coisas está aí para ser utilizado e assimilado por todos... espiritismo nada tem a ver com bruxarias ou coisas esquisitas ... nada tem a ver com ocultismo...

 

saiam do quarto escuro ...não vão atravessar um túnel desconhecido ... é a vossa vida da qual têm profundo conhecimento...

 

procurem falar de dentro para fora ... sem medo e dentro de vocês vão encontrar o material de mudança de que precisam para serem felizes...

 

ai !... mas eu sou diferente ... que bom, por isso é tão especial...

 

não sei se falei para alguém... mas tenho a certeza, que está aqui material para pensar...

 

um bom fim de semana e um grande braço... estou sempre aqui ...

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: pensando
publicado por lapieta@sapo.pt às 10:15

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 18 de Março de 2007

a todos os pais do mundo...

PAI...

amanhã é o teu dia...

Hoje quis reter em mim a tua voz...

Estranho não consegui... o eco está cada vez mais longe ...

Lembro-me apenas que oculto não te transmitias com tanta facilidade como a mãe...

Como foi importante o teu papel para que eu nascesse.

Gostava de reter na minha memória o momento de amor que deu origem ao meu ser.

Nada sei a esse respeito, não tenho registos que me permitam recordar os momentos da minha concepção...

Sabes pai, dizem que todos os momentos são de amor, o meu de certeza que o foi também.

Há dias especiais para a mãe, mas o dia do pai é muito importante.

Pai, ainda tens o colo onde me sentavas quando eu era pequenina? ... a tua barba era tão dura e eu brincava e ria feliz enrolando as minhas mãozinhas no teu rosto.

A mãe gostava muito de ti... eu sei eu espreitava pelos olhinhos miúdos os beijos que tu lhe davas e a forma como ela te devolvia o carinho ... que bonito par tu fazias com a mãe.

 

Pai sinto saudades tuas ...

Porque me deixaste crescer ? porque não me avisaste que crescendo eu ia ficar longe de ti?

Porque não me disseste que se eu  não permanecesse amorosa um dia ia berrar contigo ?

Porque não me avisaste que os homens também se podem enervar e mesmo assim não deixam de gostar da gente.

Porque não avisaste que um dia eu ia precisar de ti e tu não ias estar perto de mim?

Pai ... não me ensinaste que as minhas mãos também iam ficar enrrugadinhas como as tuas ... que a vida me ia obrigar a resolver muitos problemas que antigamente eras tu que resolvias...

 

Pai ... estás tão ausente ... será que fui eu a culpada dessa distância?

 

Pai ... não envelheças, pai tu és o maior ... a mãe dizia sempre : - o teu pai tem mais força ... eras sempre tu que:

·          pegavas em tudo o que era mais pesado

·          trabalhavas mais fora de casa

·          comias na cabeceira da mesa

·          consertavas a minha bicicleta

·          martelavas os pregos com muita força

·          falavas mais alto do que a mãe

·          trazias o pinheiro de Natal para casa

·          limpavas a garagem com aquelas ferramentas todas

·          montavas a barraca na praia

·          conduzias com muita elegância

·          compravas as flores para mãe

·          deitavas ao vento o balão de S. João

·          passeavas o cão pela trela

·          lias o jornal e dobrava-lo muito bem para dar o exemplo

·          assobiavas quando tomavas banho

·          molhavas o chão todo, que eu limpava a seguir para a mãe não ralhar

·          compravas chocolates que eu devorava sem pestanejar

mas um dia eu cheguei a casa e tu estavas calado ... triste ... só ...

não perceberam que eras o melhor homem do mundo... o mais bonito, o mais amoroso, o mais correcto, o mais inteligente... que eras mais em tudo... que eras meu pai... e, despediram-te.

Tantos anos a trabalhar e nem te perguntaram se estavas preparado para ficar triste ... que maldade pai.

 

Pai eu estou aqui, eu amo-te muito, não fiques triste:

·          eu agora trabalho para ti, como outrora tu trabalhavas para mim.

·          Eu lei o jornal para ti e dobro-o direitinho como me ensinaste

·          Continuas na cabeceira da mesa, mas deixa ser eu a cozinhar

·          Eu pego nas coisas mais pesadas

·          Eu compro os teus doces preferidos

·          Eu dou-te o braço e vamos juntos comprar o pinheiro de Natal

·          Eu seguro o balão de S. João e tu acendes o fósforo

·          Eu conduzo muito bem, deixa-me levar-te a passear

·          Eu coloco uma música suave para quando tomares banho e se molhares o chão não tem importância pai, eu limpo, mas por favor não deixes de assobiar...

 

Pai ... pai ...  eu amo-te tanto

neste momento eu estou ...: tenho saudade do meu Pai...
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:24

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

quando Deus nos vem secar...

o quarto escuro...

a todos os pais do mundo....

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags