Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

A ALMA ÀS RISCAS ... OU AS RISCAS DA VIDA...

 

 

imagesBCZ0CJPV.jpg

 

creio, que nem todas as pessoas compreenderam o que aconteceu na alma de quem, de forma brutal, se viu de um momento para o outro proibida de viver...

e obrigada a vestir-se às riscas…

 

não sei se alguma vez, vamos conseguir classificar este acto hediondo...

porque, nem a raça, nem a religião, nem o DNA de alguém, justifica semelhante atrocidade...

resta-me apenas pensar que durante esse tempo, o mundo ficou nas mãos de seres perfeitamente anormais, espíritos perturbados e perturbadores, que tinham com as trevas um pacto infernal...

mesmo como reencarnacionista, me custa a aceitar que fossem exterminados milhões de pessoas e continuadamente, sem que para tanto existisse um grupo de seres sobre a Terra que parassem esse holocausto...

 

o mesmo pergunto hoje, como é possível, que estejamos a ver morrer milhões de pessoas à fome, num extermínio lento, dolorosíssimo e não façamos nada, camuflando esses horrores com cenas agradáveis, momentos aprazíveis e parangonas jornalísticas que parecem orquestradas exactamente para que não se pense a sério, nos horrores, que hoje em dia de forma mais elaborada, se cometem por aí...

 

se há 70 anos atrás as notícias custavam a chegar, hoje estamos assistindo à morte em directo e nada fazemos…

 

medimos o tempo da morte, o som da dor…

hoje traçamos as riscas da vida de forma mais programada, mas disfarçamos…

uns vão rezar, outros viram o rosto…

são muito poucos os que dão as mãos para libertar…

 

só quando do plano terreno, forem afastados, os ditadores, os bizarros governantes que existem por aí, os déspotas da história, que grava a ferro e fogo os sentimentos humanos, aí sim, talvez de verdade, mudemos a cor das riscas da vida…

 

a vida a preto e branco, dói muito…

 

se me perguntassem o que queria neste momento, eu respondo…

TER PERMANECI COM ELES ATÉ AO FIM…

 

Peço perdão, por não viver nesse tempo…cheguei já no fim da guerra…

 

La Salette

 

publicado por lapieta@sapo.pt às 16:09

link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Novembro de 2013

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HUMANIDADE...

o amor sublime ainda não é deste mundo...

ainda falta à natureza humana, o desejo inconfundível de alcançar esse amor...

 

mas também não podemos estancar as forças eternamente, não podemos fazer de conta todos os dias, não vamos, por muito mais tempo dizer não ao amor, não será possível viver fazendo de conta que está tudo bem...

 

esse amor sublime existe e ele é que nos está atraindo para o seu núcleo...

verifique como a cada dia que passa a sua sensibilidade está a incomodar-se com o mal que vai acontecendo...

é o sinal de que está a ser atraído a esse amor sublime...

por isso pense em si com mais carinho, ame-se e deixe fluir essa força que ainda de forma embrionária o requisita amorosamente para o seu centro...

 

olhe para todos em redor e experimente ser dócil, gentil, enobrecendo os seus actos com compreensão...

vai verificar que de cada vez é mais fácil...

 

e os outros, também não têm que mudar?... porque não mudam?...

é verdade vão mudar, mas cada um de nós tem a sua hora e o mais importante é não perder essa hora...

 

APANHE O TRANSPORTE E FAÇA PARTE DESSE AMOR ...

 

 

lasaaletepiedade 

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:02

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Agosto de 2011

guerra surda ... para quem não quer ouvir...

 

 

11 horas da manhã...

 

A maior parte dos meus amigos está de férias...

 

Alguns foram até Fátima, na esperança que a Virgem peregrina, operasse um milagre, outros foram agradecer…

 

As  noticiosices de todo o mundo sucedem-se, os apresentadores estão bem penteados, maquilhados e há que vender meias verdades... e contam quase todos eles as mesmas histórias, debulham as mesmas tragédias de sempre, assustam as mesmas mentes e sentem-se senhores do destino da mentalidade humana, formatando em seu redor os raciocínios mais lentos e mais vulneráveis...

 

O impacto económico em todo o mundo, é a nova guerra surda, fomentada quem sabe, em pleno oceano, por uma quantidade (pequena) de loucos, que não sabe nem sequer fazer um chã, mas que em frente a um computador, está a destruir muito mais que Bin Laden...

 

Apanharam desprevenidas a maior parte das bolsas mundiais, espalharam o caos, porque as economias estavam a ser engolidas, por famintos do poder, enquanto os políticos, lhes lambiam as botas besuntadas com a banha de muitos, para quem o sofrimento humano nada significa...

 

Avessos à humanização, pensando que vão viver eternamente neste planeta, nem sequer têm a capacidade de entender que estão neste momento a destruir o que deveriam construir com muito cuidado, pois que o mundo, que estamos a tentar emoldurar, é o mundo dos nossos filhos e dos nossos netos... que bela herança!!!!!!!...

que dirão os nosso netos um dia, quando olharem para trás e perceberem que somos um bando de idiotas, agarrados ás bolsas de valores, neste jogo de monopólio mundial, onde uns têm tudo e outros nada, nem sequer lhes restou a esperança...

 

Se o mundo que trabalha acordasse e se manifestasse, não através da violência, mas através do trabalho, se não quisesse apenas muitos dias de folga e de bailarico e entendesse de uma vez por todas que esta guerra surda e infecciosa é a pior guerra de todas, porque não conhecemos o rosto de quem está a vender e a comprar e que apenas conhecemos uns logaritmos dispersos, umas quantas equações sem quociente e uns quantos números que os noticiários financeiros despejam semeando o caos em todo o mundo...

 

Esta máquina foi bem montada e de certo que não estão tão certos assim de conseguirem os seus intentos…

No fundo, eles sabem que a força está em terra…

Aqui, onde o sol bate mais forte e se sentem todas as tempestades emocionais, onde morrem e nascem crianças todos os dias, onde se partem montras e se incendeiam cidades, onde se assalta e se mata, mas onde se estende a mão, aqui onde em terra firme estão os homens que choram, aqui também reside a esperança…

 

Aqui onde existe o câncer do egoísmo, também existe a cura ( a humanização)… o problema é que neste momento são muito poucos os que se dizem vacinados, são muito poucos os que lutam desesperadamente, para que os ( mortos vivos) se sintam vivos de vez e possam reagir…

 

Quem manipula as informações, é sem sombra de dúvida a sombra inclemente dos que não sentem temor, nem dor, apenas a mesquinha ambição dum poder paralelo que vai fazendo vítimas…

 

Os que fabricam esta guerra surda, são muitas vezes os que depois dos destroços aparecem como grandes e únicos benfeitores…os salvadores da humanidade… esperam as estátuas, os pódios e aí mostram o rosto… esquecem-se porém de que ( a sementeira é livre, mas a colheita é obrigatória )…

 

Ficaríamos abismados se um dia no fosse mostrado o número impressionante de mentes que saíram da universidade e se transformaram em soldados desta guerra económica, matando as perspectivas de futuro, lançando bombas de discórdia económica, violando leis de concertação, lançando roquetes de terror, mísseis dizimadores de vida, sem compaixão por quem trabalha dia a pós dia…

 

As religiões já nada podem e nada fazem… muitas delas também se deixaram corromper…

 

Parece um quadro negro?… é a realidade em que vivemos …

 

Mas ponderemos bem fundo, porque a força ainda está nas nossas mãos…

 

Viremos para a natureza o nosso interesse, estudemos outra vez as teorias do amor, e coloquemo-lo em prática, registemos todos os passos e todos os gestos que por esse mundo fora se traduzem em situações de paz e pacifiquemos o coração…

 

Ajustemos a nossa vontade a uma vontade única, a do progresso integrado ( moral, intelectual e material )… pois que a matéria está aí desde sempre e é necessária ao progresso em todas as situações…

 

O consumismo foi a forma mais elaborada de paralisação… agora que quase todos são devedores, temos que assumir que a escravatura se instalou, levantando fortes muralhas económicas, onde estão encarcerados e algemados às suas dívidas muitos seres humanos, que apenas queriam ser felizes…

 

Só Deus nos pode salvar… não o Deus que as religiões inventaram… não… o Deus verdadeiro, o Deus que está dentro de nós, que nos fala, que não atropela a nossa consciência, o Deus que se chama LIBERDADE, AMOR, HARMONIA e PAZ…

 

Essa ENERGIA DIVINA, tem um poder imenso, o poder de cada um, a força impressionante da mudança…

Essa ENERGIA CÓSMICA, é a Fé que tantos anseiam e que muito poucos sabem pôr em prática…

Essa ENERGI LIBERTADORA, tem o nosso ADN espiritual, diferente para cada um, consoante o percurso que no transcurso dos séculos fizemos e que pode mudar o mundo…

 

Essa energia, liberta-nos do medo…

 

O mundo neste momento está vestido do medo de perder… o quê? …

 

Que mais há que perder?...

 

Daqui para diante só há a ganhar…

Para isso, anule o medo… não se subestime e avance… em novos moldes, mas avance…

 

Faça a partir de hoje uma vida diferente e confie…

 

Um bom fim-de-semana para si … você, eu e quem quiser, temos a força na mão…

 

lasalete

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:03

link do post | comentar | favorito
Sábado, 14 de Novembro de 2009

ainda pelos caminhos da Fé...

 

 

não há prova maior de Fé, do que confiar no ser humano...

 

eu passo a explicar onde me tem levado o raciocínio...

quando, pelos meandros da religião, seja ela qual for, das doutrinas  sejam elas o que forem, e, das filosofias  mais variadas, que quer queiramos quer não, são casulos onde estão todos os pensamentos humanos de forma mais ou menos exposta ou explicita, eu descubro fantásticas situações, exemplos de humanidade, que me deslumbram...

 

mas, com a objectividade que me é peculiar, diariamente interrogo a espiritualidade sobre tudo o que me rodeia... com a certeza de que, todos os dias, os mais variados paineis humanos de comportamento, se abrem diante de mim, para me oferecer lições de reflexão inadiáveis... e, umas das explicações de Fé raciocinada e reflexionada, há dias, levou-me a entender, que a maior prova de Fé que podemos oferecer ao nosso humilde discernimento, é exactamente o aceitarmos o ser humano tal qual é...e , humildemente confiarmos que ele vai mudar...

 

porquê?... porque sendo o ser humano criação de Deus Omipotenete e Ominisciente , Ele nosso criador, nunca criaria algo tão rude e tão perverso sem possibilidade de reabilitação,condenado á estagnação...

 

então, eu habituei-me a olhar o ser humano que parece nada fazer certo, como uma planta que ao contrário das outras que se apresentam mais belas e nutridas, demora mais tempo a germinar... mas um dia, se apresentará bela e nutrida e a todos deslumbrará...

 

o egoismo e a vaidade, é que nos fazem olhar os que erram como incapazes...

isto é um erro muito grande... porque um dia, não muito distante, nós também já fomos assim...já fomos capazes dos mesmos erros... e sentimos na alma as dificuldades de remissão...

 

como nos diz Paulo de Tarso... tende entranhas de misericórdia... sede misericordiosos para com os vossos irmãos...

 

façamos como disse Jesus... AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI...

 

esta máxima, só cabe na nossa distrorcida filosofia, nos momentos em que aparentemente até estamos inspirados... mas quando as acções menos boas , daqueles que nos rodeiam, colam na nossa vida ... aí... ai... que chatisse ... comigo não...e aí eu pergunto... dois pesos e duas medidas?

 

a Fé é um espaço de intervenção espiritual muito susteptivel de auto perturbação...

daí, observarmos muitos crentes, dentro deste padrão de comportamento, falando o mais alto esta barbaridade : com este comportamente a gente até perde a Fé...

isto não é Fé... a Fé é uma conquista e jamais se perde, porque, quando a conquistamos , plasmamos em nós  elos de ligação a outras virtudes, que nos envolvem em comportamentos mais francos e sadios...

quando encontramos a ... a Esperança vem logo de premeio, e de forma deslumbrante a Caridade... e, então como diz Paulo de Tarso em Coríntios 1-13... a mais bela de todas as virtudes é a Caridade...

 

belíssima lição de Fé nos endereçou Jesus ao amar-nos tal qual eramos, mesmo com todos os nossos defeitos...

uma pergunta eu deixo... ( se Deus confia em nós e nos permite reencarnar, oferecendo inúmeras possibilidades de remissão, para que nos completemos no todo e nos deslumbremos com as belezas eternas, a que nos catapulta a perfeição, quem somos nós, portanto, para julgarmos de forma guilhotinadora os que erram ?)... ninguém...

 

o amor de Deus é imenso... infinito... e em todos produzirá CAMPOS DE FLORESCÊNCIA ESPIRITUAL...

 

bravos... aqueles que errando, ainda assim, perante a incrudelidade humana, se permitem a emendar...

 

o "céu" ... não é o limite...

 

eu tenho na minha vida um limite... a integração plena  no movimento universal, onde apenas uma linguagem superintente a tudo o que se deseja ... o AMOR...

 

adoro viver ... e quando faço algo que magoa alguém, a minha dor é imensa...

sofro muito com isso ... e mesmo que peça desculpa e o outro até perdoe com sinceridade, a dor que eu senti já ninguém ma pode tirar... e, é então que na recordação dessa dor, eu desperto para não voltar a errar...

quanto mais aprendo, mais me doi a dor que eu possa causar nos outros...

 

vou partir sem concretizar um sonho... " juntar todos os que eu magoei e dizer-lhes com sinceridade ... EU NÃO SABIA... PERDOAI-ME"..

 

estou ávida de aprender, sempre mais, para sempre mais e melhor poder praticar o bem...

 

as raízes que encontrei no Kardecismo, são fortes braços que me ajudem a entender a liberdade de ser e estar...

não são tentaculares directrizes, mas abraços de liberdade e elevação...com acção renovadora e constante ...

 

pena é que nem todos possam ser tão livres como eu e como aqueles que de forma concreta, dentro da filosofia espírita, encontraram um prado verdejante de expressão espiritual...

mas atenção, também existem os que chegam ao Karcecismo, instalam-se , dizem que são espiritas , mas teimam em manter as normas espirituais  que lhes permitam seguir por caminhos velhos e tortuosos... querem meter dentro do Espiritismo a religião que lhes interessa ou aquela que estavam habituados... sempre acontece... mas, ajustando os pontos da Fé raciocinada... também estes estão a prender...a seu tempo mudarão... quando vêm que o espiritismo não se molda á vontade deles... fogem e então partem dizendo mal de tudo o que encontraram...

 

a vida se encarregará de ofececer, sabiamente, as lições mais adequadas ao seu adiantamento...

 

não importa o caminho que tomámos... todos os caminhos conduzem a Deus...

 

quando a Associação Migalha de Amor ( grupo Espirita de Faraternidade Cristã) foi criada, isto em 1995, logo a seguir, em 1996,  foi criado um braço de amor, a que os espíritos chamaram CORAÇÃO DA CIDADE ...

muitos espíritas ficaram zangados, porque este braço de fraternal aproximação, era criado pelos Espíritos Superiores, como um movimento ecuménico...

 

hoje, dentro do CORAÇÃO DA CIDADE, podemos conviver com voluntários de todas as filosofias e religiões possíveis.. mesmo com quem diz não ter religião nenhuma...agósticos e ateus, mas, que não se privam de assistir ás palestras que ao Sábado eu vou proferir na AMA...

ouvem, respeitam e debatem comigo promenores que não entendem... e, para eles, mesmo não tendo religião alguma, sentem que há qualquer coisa de concreto na explicação que lhes oferecemos...

 

ninguém tem o direito de magoar ninguém...nem de violentar a sua crença...todos cabemos na mão de Deus...

 

não importa em que é que acredita... o importante é a maneira como vive...

o exemplo vale mais que mil palavras...

 

o evangelho não é facil de entender... assim como as mazelas da alma, não são fáceis de curar...

 

como dizem os Espiritos Superiores... QUEM NÃO VAI PELO AMOR, VAI PELA DOR...

 

o mais importante é que nenhum dos filhos de Deus se perderá...

 

 

desejo a todos um óptimo fim de semana...

 

um abraço do tamanho do mundo...

 

fiquemos na mão de Deus...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: na mão de Deus
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:33

link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Julho de 2007

carinho...

tem calma que os humanos estão a mudar...

 

carinho é o que todos desejam, mas que a maioria se recusa a dar...

 

é fácil senti-lo e demonstrá-lo com as  crianças...

 

não é raro oferecê-lo aos animais...

 

não é raro percebê-lo entre os animais, em relação aos humanos...

 

deveria ser menos raro entre os humanos...

 

carinho é dar sem receber... é afagar... é estar presente... é aconchegar... é olhar...

 

mas também é escrever...

 

é soltar a alma... assim desta forma, o meu carinho chega a muita gente ...

 

aos que estão mais perto eu abraço com as mãos... aos que estão mais longe só posso abraçar com a alma...

 

então, do fundo da minha alma eu desejo... que todo o carinho do mundo não passe em vão nas vossas vidas... façam dele registo... amem o quanto puderem a possibilidade de fazer carinho, porque chegará o dia em que não terão ninguém ao vosso alcance para fazer carinho, nem ninguém que faça carinho em vocês ...

 

e aí,  a dor passa a ser companheira de todos os dias...

 

acreditem ou não... quando fazemos carinho em alguém, mesmo que essa pessoa parta para o outro lado da vida, no momento em que ela nos perceba chorando ela vem fazer o carinho em nós ...

 

dar e receber está impresso na lei divina...

não dê na esperança de receber ... a lei actua sempre...

 

um bom domingo e muito carinho...

 

lasalete ... ( com todo o carinho) Kcarreg15.gif

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 06:53

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Julho de 2007

dentro de mim ... ( poema)

 

dentro de mim existes,

como um fogo que devora

e não se esconde,

como um eco que se demora

e vem ... não sei de onde...

 

dentro de mim existes ...

como luz que ilumina

e me encaminha,

como estrada indefinida

mas que é minha ...

 

dentro de mim existes ...

rompendo os sons da vida...

mas... se não existisses ?

baterias do mesmo modo a outras portas?...

gostaria de gritar... se tu me ouvisses....

 

quero-te muito...

porque quero...

porque no fundo teu apelo é sincero

... ou porque tenho medo

que partas e não voltes...

 

dentro de mim existes como fome,

dum sentimento

que dia a dia me consome

e que transpõe as dores

de quem me atrai...

dentro de mim ...

és como gente viva que amedronta...

és análise da alma sempre pronta

a confrontar-me... a exigir sem duvidar...

 

dentro de mim,

respiras e vives ... sem enfado...

és veloz... firme ... és vendaval

também és prisão ...

às vezes tribunal...

rasgas meu ventre consciência

e queres impor-te...

estás em mim... não tenho opção...

 

não te pareces com ninguém

és tu somente...

entraste em mim,

qual louco  feito gente

me obrigaste a aderir ao teu prazer..

as vezes quero expulsar-te ...

 

não tens rosto ... és ... emoção

dentro de mim és apenas coração...

 

obrigada ... Deus ...

por estares dentro de mim

 

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: vibrando
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:21

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Julho de 2007

mais importante que verbalizar doutrinas é humanizar atitudes:::

 será que estão a falar de mim ?

 

 

 não, aclaro que não...

 devem estar a falar deles...

 mas os humanos são tão complicados...

 nunca se sabe ...

 

 

não sei se na realidade , todos já se aperceberam que entre o macaquinho e o homem ,vai uma distância muito grande ... e a vida com autorização superior, foi introduzindo as suas modificações, para que, de uma forma ou de outra, o ser humano percebesse essa diferença...

 

mas criar um conceito de humanização, continua a ser complexo, já que na maioria dos casos parece que ninguém sabe de que se trata afinal...

 

 

se conseguirmos plantar flores em vez de construirmos grades ou barreiras...

 

se conseguirmos espiritualizar e discernir sem as correntes doutrinárias à mistura que tripudiam por vezes e de forma exagerada, sobre as preocupações dos homens, para vender um lugar no céu, que nem eles sabem onde fica...

 

se conseguirmos sublimar o pensamento, ensinando que humanização é um passo para a felicidade...

 

se formos capazes de humanizar , ensinando que os deuses são mais humanos do que possamos imaginar...

 

se humanizarmos, ajudando a caminhar, sem medo dos infernos, mas apontando alternativas siderais...

 

se podermos humanizar, contando as pequenas estrelas, sem apontar os sóis, que dificilmente se alcançam...

 

aí sim... estaremos a dar um passo muito grande ...

 

 quantos anos distam

destes pés acorrentados ?...

quantas correntes ainda se colocam,

apenas porque

não sabemos humanizar...

 

 

 

 

 ponderemos nas indumentárias mentais, de que muitos homens se vestem , para convencer os que estão mais fragilizados, de que eles é que são os salvadores da pátria... e só eles têm a chave do céu...

introduzir humanização nas religiões e nas bases doutrinárias, ainda não é um hábito, porque os homens não se sentem com coragem para mostrar aos outros homens, a forma extraordinária da nossa igualzinha condição...

 

o rei quer mostrar que é mais divino que os súbditos ...

 

o presidente e o ministro mais poderoso que o povo...

 

o sacerdote mais santo que os fieis...

 

assim, caminharemos com mais dificuldade que os animais, que em igualdade de circunstâncias, apenas recorrem às suas capacidades instintivas, porque sem consciência formada, só tem que contornar essa faculdade ...

 

mas o ser humano, dotado de consciência, tem que a validar a cada minuto, senão a cada segundo, para se poder distinguir dos animais seus companheiros de existência...

 

com relativa facilidade neste mundo se distinguem...

os humanóides ... aqueles que se movem apenas pelo instinto ...

os hominúsculos ... aqueles que só se manifestam através da opinião dos outros...

os hominuberos ... os que tentam a todo o custo desumanizar , não ajudando o ser humano , a progredir rentabilizando os seus próprios recursos, consultando os seus próprios registos emocionais... enfim, os que apoiam dentro do medo e não sabem ensinar através da doutrina mais correcta ( O AMOR)...

 

a paz, deve ser sempre o cenário que todos devem, pintar para a humanidade...

 

a guerra é um sintoma de involução , que os ditadores preferem, porque não sabem amar...

 

os medos dos ditadores, são fantasmas com corpo de matralhadora...

 

devemos aprofundar as regras insanas da luta armada ...

porque elas próprias ainda lidam com o instinto, que nos introduz rapidamente nos parâmetros do belicismo exagerado, para onde os políticos empurram os incautos , apenas porque não conseguem depreender , que estão tão somente, a retardar o processo humanizador do planeta, onde não poderão existir armas, guerras, ódios ou quezílias...

 

os dramas sociais são difíceis de ultrapassar, porque os prosélitos de quase todas as religiões aderem através do medo às doutrinas existentes...

 

na maioria dos casos, essa mesmas religiões, rentabilizam recursos financeiros ,que determinam e alimentam outras guerras ... porque o medo impera...

 

quando se sabe falar de DEUS , não se pode falar de lucro, mas de amor...

 

quando se sabe falar de DEUS, não se deve falar de precariedade , mas de abundância de dons...

 

quando a espiritualidade superior, pediu para que O Coração da Cidade, abrisse as portas aos mais carenciados, criando um restaurante próprio, onde diariamente houvesse um prato de sopa e um cobertor, para quem fosse necessitado, logo surgiram aqueles que pensando errado , estavam na esperança de que fossemos ensinar alguém, recorrendo à doutrina espírita...

mas, o meu amigo espiritual, veio em meu socorro e colocou tudo no seu devido lugar... e para que ninguém mais se esquecesse do seu papel, apontou o caminho de carisma ecuménico e introduziu a frase que conduz esta obra solidária e tem sido o meu caminho de vida...

 

MAIS IMPORTANTE QUE VERBALIZAR DOUTRINAS É HUMANIZAR ATITUDES ...

 

é necessário informar a humanidade, que todos, com religião ou sem ela, são ricos em recursos próprios, apenas os devem descobrir e aplicar ...

nasçam então os pescadores de almas... pois entendo que JESUS ... estava a falar de humanizadores, mas todos inverteram o facto, porque era  e ainda é, "politicamente correcto"...

 

o despautério com que muitas religiões funcionam, na mira do lucro fácil, criando patrimónios incalculavelmente poderosos, não é para mim preocupação pelo montante , mas o que me preocupa, é a forma como esse património foi conseguido...

 

as promessas pecuniárias com que se tenta negociar com DEUS... são um escândalo...

 

Deus existe... é um facto... é energia surpreendente e que surpreende pela grandeza que se desdobra a nossos olhos todos os dias...

o fenómeno a que chamamos natureza , diz da grandeza infinita desse DEUS...

 

o DEUS humanizante que falo, não está preso nas letras de um livro qualquer... está, no mar,no ar ,no sol, no vento,na chuva,na lua, nas estrelas, na noite e no dia,no luar, no olhar e no pensamento, na poesia, na música ,no silêncio... e agita a na sossa consciência...

 

só não existe, é o deus pequenino que as religiões inventam, como se a esse deus, não lhe fosse possível sair do antigo testamento , sem direito a êxodo ... recluso do sistema incolor de homens com pouca imaginação...

 

 

a grandeza divina é um facto inquestionável ... chama-se humanização...

 

dessa verdade ... todos somos arautos...

 

mas os predadores da mente humana, vinculam DEUS ao excursionismo exagerado do prémio e castigo, sem culpa formada , mas regrante das leis dos homens...

 

DEUS , expressa bondade em sublime atitude, só possível a um DEUS amoroso, quando nos  possibilita  nascer , viver , morrer e renascer segundo a lei...

 

a reencarnação, que muitos ainda não entendem muito bem o que é ... é a expressão máxima da humanização e do amor de DEUS...

 

DEUS, aposta fortemente nos homens ... poderia dizer até , que ...

 

O AMOR É UMA  APOSTA  ETERNA...

 

a energia máxima dos recursos humanizantes ...

 

 

lasalete ...

neste momento eu estou ...: aprendendo
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:03

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

A ALMA ÀS RISCAS ... OU A...

O AMOR ESTÁ CHAMANDO A HU...

guerra surda ... para que...

ainda pelos caminhos da F...

carinho...

dentro de mim ... ( poema...

mais importante que verba...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags