Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

cultivemos a Paz...

 

 
amigos...

por maior que seja o problema, optemos sempre pela Paz...

muito embora os embates, violentos e consecutivos, cultivemos a Paz...

olhemos em nosso redor e olhando ao conjunto de situações que se espalham pelo mundo, não entremos em desespero, pois que as soluções podem ser drásticas, mas não necessitam de ser violentas e sempre podem ser discutidas num ambiente de Paz...

amemos a Paz e cultivemos a harmonia, conduzindo sempre o nosso interesse por um interesse futuro de onde possamos retirar a Paz...

serenemos o espírito e unamos os nossos pensamentos a outros pensamentos transmitindo as nossas ideias de Paz...

se sabemos orar, invoquemos o Grande Pensamento Universal e unamos a nossa força às forças universais da Paz...

mesmo que aparentemente irresolutos, os sistemas pareçam atabalhoados, o caos aparente vem a surpreender-nos mais à frente, como a melhor opção, se investirmos na Paz...

em privado ou num conjunto humano, não perca o norte do seu pensamento onde você guarda os seus símbolos de Paz...

na grande evocação das energias fundamentais, só atingiremos o máximo se o nosso propósito na Terra for de Paz...

o Criador Universal, do qual somos imagem e semelhança, não depositou forças de ódio ou de violência, pois que o Seu objectivo, preparando o nosso progresso integral, passa sempre pela Paz...

pacificar, é o método mais perfeito das democracias, das humanidades, das estruturais odisseias onde o homem desde sempre tem lutado, para obter respostas, que no fundo, se fundem sempre num desejo de Paz...

e assim um dia, podemos dizer como Pedro, aos nossos filhos e aos nossos netos : - ( NÃO TENHO OURO NEM PRATA, MAS O QUE TENHO OU TE DOU ... DEIXO-TE A MINHA PAZ )...

lasalete
 
 
neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 23:44

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012

O AMOR NÃO PRECISA DE PALAVRAS...

 



não... o amor não precisa de palavras, de gestos, de sons, de aromas, ou sabores...
o amor não precisa de ensaios, de exotismos, de fantasias, de fetiches...
o amor é espontâneo... 

mas, na ânsia de nos sabermos amados, nós queremos os gestos, sejam de que forma forem, as palavras e tudo o que nos possa garantir que somos amorosamente lembrados e embebidos...

amor com todas as certezas... existe ?... não, sempre ficará a dúvida...

imponderável, o amor não se pode medir...
ele é absolutamente livre... e, quando amamos, também não conseguimos dizer como, quanto...
faltam palavras no dicionário para expressar, para definir, de que forma estamos a amar...

impotentes os sábios... líricos os amantes, que inventam mil formas para mostrar que amam... e, sem que propositem, terminam como quase todos, no lago das suspeições amorosas... 

o amor é um patamar de ideias, que nascem espontâneamente, mal a semente desabrocha...

o amor é um emaranhado de emoções, que nos desviam o são discernimento, para o palco, onde o passado, o presente e o futuro se misturam, actuando em simultâneo... e num vislumbre peregrino, se percebem, as sombras do passado, as luzes do presente e as estrelas do futuro, brindando à fantasia, com a qual os humanos vestem o amor...

por isso, amar, é surpreendentemente bom...

é sempre diferente de cada vez...
é sempre divino em cada palavra...

amar é fenomenal... 

parece que respondi... a quem me perguntou o que é o amor...

ele... o amor ... é ... simplesmente...

se dele duvidarmos , depende da nossa insegurança...
se não o adoptarmos, depende do nosso egoísmo...
se nos embebedarmos dele, depende da nossa imaturidade...
se nos revestirmos de cada vez que ele vem... estamos no caminho certo...

amar serena e tranquilamente, sem exigência, sem paixões desmedidas, com carinho, ternura, partilha e compreensão... uma receita ancestral, intemporal e ajustada...

louco, aquele que se furta ao amor... 
não importa se ou outros me amaram... importante é que eu amei e de cada vez que o fiz, fiquei mais perto de Deus...

amem, com capacidade de ver, de sentir, de existir, de prosseguir e de saber parar a tempo...

lasalete

 
 
neste momento eu estou ...: amando
publicado por lapieta@sapo.pt às 15:53

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 18 de Dezembro de 2011

PARTILHAR A PAZ ... a prioridade actual...

 

 

é neste conceito, não muito distante de todos nós, que a vida vai desenvolvendo os seus interesses essenciais...

 

todavia, verificamos que entre o desejo e a realidade existe efectivamente uma grande diferença...

 

acumular de emoções desregradas, o ser se desconcentra do que são na realidade os seus objectivos principais, e então, manifesta o que gradativamente se vai priorizando,” a sua maravilhosa existência" ... ou seja o superficialismo doméstico-social, que não passa do dar cumprimento às coisas básicas da vida...

para além do básico, poucos são os seres que param para pensar na sua essência...

 

como partilhar então a Paz?...

 

? ... o que é isso afinal, de que falam?...

 

mas nós estamos em paz... no nosso país a guerra não existe...

 

será que sabemos , o que é mesmo a paz?...

 

por mais absurdo que pareça, a Paz na globalidade, ainda é estendível como o parar das armas, o baixar os braços combatentes no campo da batalha... o ceder a negociações territoriais...

 

estamos a falar de paz interior, coisa que os governantes de quase todo o mundo desconhecem, por isso governam tão mal...

 

PAZ, não é concebível na mente daqueles presidentes que decretam invasões a outros países...

PAZ, não é situação comum dos ministros e pares de seus reinos, que matam as esperanças dos povos submetidos à sobrevivência, debaixo da bota da sua governabilidade absurda e ditatorial…

a PAZ, não cede a pressões, não se discute na assembleia, a Paz, não se deixa corromper…

o conceito de PAZ, deve ser ensinado, nos bancos da escola, deve ser estudado nas universidades e deve ser chave mestra de doutoramento mundial...

 

a Paz, deve liderar todos os conhecimentos e deve ser usada  paralelamente à HONESTIDADE...

 

PAZ ,VERDADE e HONESTIDADE, deviam ser categoricamente esculpidas na educação...

 

por isso meus amigos, também na base da educação familiar a PAZ, deveria ser oferecida aos filhos como prenda de vida e deveria ser a jóia de cada família, a herança transmissível de geração em geração…

por  incrível que pareça, é exactamente no seio familiar que se iniciam os conflitos, perigosamente gerados por falta de PAZ...

 

então construamos a PAZ INTERIOR, para poder assim partilhar a PAZ MUNDIAL, que seria neste final de ano e no início do ano que está para vir, a melhor prenda, a melhor partilha do planeta...

 

a Paz deveria ser no final e no principio, o método a seguir para finalmente podermos falar de um mundo melhor…habitados por SERES HUMANOS MAIORES…

 

então citaremos o apóstolo..

(NADA TENHO PARA TE DAR, MAS O QUE TENHO EU DOU … DOU-TE A MINHA PAZ )

 

um óptimo Domingo...

 

lasalete

publicado por lapieta@sapo.pt às 12:22

link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Abril de 2011

Páscoa... um encontro marcado há dois mil anos...

 

 

 

 

 

 

hoje furando tradicionalmente o horário, O Coração de Cidade vai abrir as portas ás 12 horas para realizar o almoço de Páscoa com as pessoas sem abrigo que todos os dias estão a receber auxílio em alimentação...

 

ultrapassando o imprevisto, esperamos mais de 500 pessoas neste almoço de Páscoa, dada a afluência de pessoas a solicitar ajuda para poderem sobreviver sem passar fome...

 

no entanto com esta notícia quero pessoalmente deixar a minha mensagem de Páscoa e acordar o mundo para a maior das religiões... HUMANIZAÇÃO...

 

 

Renascer!

 

Este é o verdadeiro significado da Páscoa.
Que neste dia teu coração se encha de esperança,
teus sonhos se vistam de festa,
teus olhos tenham um novo brilho
transformando este instante
no maior dos teus momentos!

Feliz Páscoa

 

 

É assim todos os anos…

Senão com esta, com outras mensagens, por qualquer um dos meios ao nosso alcance… Senão é assim é mais ou menos assim …

No visor dum telemóvel, num e-mail disperso, acontece uma mensagem de Páscoa… que se repete para quantos estão na nossa vontade …

 

Todos os anos se renovam os votos e todos os anos, compramos ovos de chocolate, que pelo menos para os mais novos representem a nossa amizade e o nosso interesse em manter viva a tradição…

 

E do resto do ano…

Que fazemos do Cristo que existe para manter viva a Páscoa dentro de nós…

Que se sacrificou para que pelo exemplo de vontade e bondade , nos os humanos nos apaixonássemos pelo Amor…

 

Que fazemos do Cristo, que apaixonadamente nos ensinou

a rezar o “ Pai Nosso” que tantas vezes citamos sem significado algum, apenas no intuito de expurgar culpas esculpidas na alma…

 

Que fazemos do Cristo que apesar de ser o alimento espiritual, d’Ele tão pouco nos alimentamos e crescemos como pedintes desnutridos de luz e sobrevivendo dos restos que as religiões espalham sem Fé, vinculada na humildade, mas apenas e só para cumprir calendário, ridicularizando na maior parte dos actos um “ Anjo de Amor “, que apenas pediu para permanecer em nós sem exigência nenhuma…

 

Tiremos o Cristo da cruz, dos ovos de chocolate, do pão de ló e saiamos com Ele, pelas ruas do coração, pelas vielas da alma, pelos recantos do espírito e voemos livres pelo universo, mostrando a todos que Ele é só Luz, Amor, Compaixão e que um dia se apaixonou por esta humanidade indolente, porque acreditou firmemente que ela se podia converter e renascer para esse encontro onde apenas o Amor tem lugar…

 

Páscoa é portanto um encontro marcado desde sempre com o Amor…

Para não faltarmos iluminemo-nos de luz e nessa intensidade caminhemos com Ele, firmemente … com Fé…

Ele nunca nos deixará sós…

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 07:59

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Abril de 2011

a maior mentira de todas ................???????????

 

 

o mundo está em paz... nem queria acreditar...

 

apesar de ser dia das mentiras... devia ser verdade...

 

não havia crianças a chorar...

os mais velhos estavam a rir e com o rosto tão feliz...

os adultos que saiam para o trabalho, saiam de suas casas e tão felizes estavam, que se cumprimentavam uns  aos outros sorrindo...

nas ruas jovens felizes cantavam e abraçavam-se sem desconfiança...

os polícias parados, olhavam o céu, como se já não fossem necessários como vigilantes na Terra...

os albergues estavam encerrados e as instituições de solidariedade, quase todas encerradas, por não haver necessidade de existirem...

as filas intermináveis para qualquer situação não existiam e tudo parecia na mais completa ordem...

nas cadeias de quase todo o mundo as celas vazias e os guardas afadigados limpavam o que já estava limpo e então fechavam os últimos trincos das portas enormes das prisões...

as casas de penhores fechadas mostravam já não haver necessidade económica...

 

as notícias em pleno ecrã motivavam quem via e ouvia o noticiário á calma e á solicitude...

 

havia armamento e material bélico estacionado,  que denunciava uma guerra qualquer, mas que cobertos de poeira  mostravam que essa mesma guerra já não fazia sentido e tinha acontecido havia muito tempo...

 

nos hospitais, os corredores sem macas e as enfermarias no mais absoluto silêncio, atendiam enfermos sem dores lancinantes, tratando apenas problemas de fácil solução...

 

ninguém berrava ou gesticulava...

 

as aves voavam quase conscientes de terem encontrado por fim o paraíso...

e no mais belo cenário de sempre a Primavera brotava em cor e aroma como nunca...

 

nas avenidas outrora nuas, o verde borbulhava ao sabor da aragem fresca motivada pela manhã ensolarada...

 

os golfinhos pareciam subir novamente o Douro e por toda a parte as feras selvagens convertidas pela paz reinante sonolentas se entregavam ás suas necessidades habituais, sem choque nem tortura...

 

nas janelas as flores davam elegância a asseio pela cor que exibiam orgulhosas...

 

parecia que a Terra se havia enfeitado para Deus passar...

 

 

nem queria acreditar... nada em meu redor revelava sofrimento ou dor..

 

feliz espreguicei os braços para me integrar neste abraço de beleza e esplendor...

 

verifiquei então que Deus participava do dia das mentiras e permitiu que o sonho brincasse comigo...

acordei e voltei ao dia das realidades mais tensas... no entanto com a esperança de que um dia acordarei e o mundo vai ser assim...

 

até lá ... vamos viver... do jeitinho que o mundo é , mas com a certeza de que se cada um de n+os fizer o seu melhor, tudo será mais perfeito, mais belo e mais são...

 

até lá... beijinhosssssssssssssssss...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 12:41

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Janeiro de 2011

todos os caminhos têm flores ...

 

 

 

o meu caminho...

o meu caminho, é um espaço de luz, o meu paraíso surpreendente, que a cada passo penso estar bem perto de Deus...

 

mesmo que ao longo do caminho me surpreendam as nuvens e eu descubra que nem sempre o sol brilha como eu queria, eu tento relembrar os momentos felizes em que o sol brilhava bem alto...

 

mas se me debruçar, fico triste ao perceber que existem outros caminhos  muito difíceis e de difícil acesso...

 

quase todos nós, demoramos tempo demais nas pequenas contrariedades do nosso dia a dia, sem pararmos para pensar em termos mundiais...

 

o mundo que nos rodeia é um espaço de dor e sofrimento e nós por vezes, só temos olhos e ouvidos para o nosso sofrimento e apenas consideramos a nossa dor..

 

quando parar para pensar, olhe em redor e perceba o número elevado de pessoas que nem sequer conseguem este tipo de pensamento, e que sofregamente, tentam por todos os meios, que Deus as beneficie com dias gloriosos e de preferência sem nenhum contratempo...

 

as lições são difíceis ?, tal como difíceis, foram as nossas escolhas no momento em que tínhamos direito de opção... mas nem sempre usamos o nosso livre arbítrio como deveria ser ,e a lei de acção e reacção não pára a nosso gosto, nem se acciona sem que nada tenha a ver connosco...

 

olhemos atentos, e verifiquemos com justiça, que os nossos passos se dirigiram de forma incorrecta...

 

ninguém colhe o que não semeou... mas mesmo assim, todos os caminhos têm flores…

 

resta-nos então, espalhar a paz, enviando para a nossa vida vibrações de harmonia e serenidade, agradecendo a Deus as pequeninas coisas que a vida nos dá, e que de tão distraídos que estamos, não sabemos agradecer...

 

tão simples é agradecer o pão que comemos, a água que bebemos e que nos possibilita a nossa higiene diária, a cama que nos acolhe depois de um dia de trabalho, e que tanto prazer nos dá, os amigos que nos sorriem e que convivem connosco, a saúde que nos possibilita trabalhar e o trabalho que nos ajuda a viver...

mas não esqueçamos a possibilidade de raciocinar e a Fé que nos invade a alma...

 

nos momentos mais dramáticos a Fé que nos envolve, é a esperança que nos anima e a coragem que nos fortalece...

 

no mar da nossa vida, as flores que nos cercam são a visão límpida e harmoniosa da ajuda divina...

 

hoje ofereço essas flores ao meu anjo, que me ajuda e me inclina a ser mais amorosa e cristãmente atenta ao mundo que me rodeia..

 

hoje antes de se deitar... fale com o seu anjo e ofereça-lhe uma flor...

 

um abraço   e muita paz...

 

 

lasalete

 

publicado por lapieta@sapo.pt às 18:20

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Junho de 2010

deixa p'ra lá ... é mais um dia...

 

não pense que na sua vida... um dia, é apenas mais um dia...

quantos pensaram assim e descobriram, que afinal, aquele dia acabou sendo um dia bem especial...

 

os dias na nossa vida são todos diferentes, até porque, todos os dias nós acordamos de forma diferente...

muito embora não pareça, a cada dia que passa o ser humano é diferente, está mais crescido interiormente, aprendeu, ainda que não o reconheça, nem desse saber dê visível testemunho...

 

a cada dia que passa a vida se apresentra com outros contornos...

 

um dia, é o amor que bate á porta...

outro dia, é a fortuna a esbarrar connosco...

outro dia, é o luto de um ente querido que nos entristece...

um novo amigo que entra na nossa vida...

um outro que sai de forma inglória...

uma dor, uma alegria, uma doença... enfim... um mundo de novidades que fazem por isso mesmo os dias todos diferentes...

 

se me está a ler e para si os dias parecem todos iguais, então é qorque nada faz para que possa encontrar a tal diferença a que me refiro...

 

esteja atento a si próprio...

verifique se por acaso está numa fase menos criativa e por isso mesmo de maior inércia, e que até parece que está de mal com a vida...

 

visite-se por dentro, e observe como e onde coloca a sua emoção...

 

há quanto tempo não dá uma boa gargalhada...

há quanto tempo não observa uma flor...

há quanto tempo não segue o voo de um pássaro...

há quanto tempo não se demora no silêncio abençoado da natureza...

há quanto tempo não fica em silêncio perfumado ( em paz) e ora a Deus...

 

não acredita em Deus? ... não tem importância... porque Ele continua acreditando em si e não adianta insistir, porque nada pode fazer para que Ele anule a importância que você tem no espaço universal...

 

a cada dia que passa, alguém, onde você menos imagina, está programando algo que vem ao seu encontro... mas... por vezes, essa programação se distancia, porque tudo faz para lhe fechar a porta...

 

sabe que, se se envolver em verdade com a vida, sem sofismas, sem falsas intenções, consegue ser mais feliz, e a vida lhe retribuirá com a mesma capacidade...

para colher é preciso semear...

 

venha viver com os outros a vida tal qual ela é...

 

erradamente, a maioria pensa que ser rico é o que de melhor a vida tem... mas, hoje em dia, já se começa a despertar para outros valores, e já se inicia o dia a valorizar, o sorriso, a voz, o olhar, e tudo parece diferente...

 

o bem o bom e o belo são espaços de sabedoria, como aromas de vida que já não podemos dispensar...

 

visite o seu interior e disponha-se a iniciar esta semana com outra disposição...

 

nem tudo é como nós queremos, mas chega até nós na medida em que precisamos...

 

administrar a nossa emoção é bastante complicado... confiemos na vida... e não desistamos...

 

o amor nos espera... ainda que seja apenas no refrão duma canção que já não cantamos há muito tempo...

 

aprendamos a sorrir para a vida ... valorizando cada dia que passa...

 

tornemo-nos em amor... irmãos agradecidos do Tempo...

 

uma  boa semana de trabalho...

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: vivendo
publicado por lapieta@sapo.pt às 09:25

link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Março de 2010

poesia de primavera ... ( poema)

 

 

 

nascer de novo é ouvir

a natureza em flor

é brindar á Primavera

num só poema de amor...

nascer de novo é viver

as canções que Deus compõe,

na natureza em flor

quando o homem se dispõe,

a amar de alma lavada

a viver sonhos reais,

a chorar sem hora marcada

e a viver com os demais...

 

nascer de novo é sentir

que a vida em cada criança,

é uma rosa a florir

num jardim que é só esperança..

 

a Primavera em flor

divinal e assumida,

é um poema de amor

numa Terra mal nutrida...

é um desejo divino

que conforta a humanidade,

mostrando que há um destino

que arrasa com a vaidade...

hoje a Primavera abriu

com aromas renascidos,

dum ventre que explodiu

de erros nunca assumidos...

 

a Terra dorida e gasta

a cada ano que passa

oferece á humanidade

a vida cheia de graça...

 

mostrando a cada momento

que a vida pode ser bela

e que cada sentimento

é uma flor á janela...

cabe a cada um de nós

dar-lhe vida, dar-lhe cor,

olhar longe, erguendo a voz,

mas sempre em nome do amor...

deixar nascer as crianças,

amar os velhos cansados

e não matar as esperanças

nos jovens desalentados...

 

através da Primavera

a vida vem confirmar ...

mesmo que os homens não sonhem

Deus continua a sonhar...

 

 

 

lasalete... 11 h ... 21-3-2010

 

dedico este poema a Deus, á Sabedoria Divina e aos Espíritos Superiores que me possibilitam a  proximidade em minha vida de  amigos que junto de mim semeiam flores de esperança...

 

para todos os meus amigos um Domingo pleno de Paz...

 

 

neste momento eu estou ...: feliz
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:26

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

cultivemos a Paz...

O AMOR NÃO PRECISA DE PAL...

PARTILHAR A PAZ ... a pri...

Páscoa... um encontro mar...

a maior mentira de todas ...

todos os caminhos têm flo...

deixa p'ra lá ... é mais ...

poesia de primavera ... (...

filhos da luz...

não me roubem o meu sonho...

os homens não são maus...

aniversário do AMA

o mundo precisa de abraço...

Grito de guerra ... ( poe...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags