Sábado, 5 de Janeiro de 2008

a primeira consoada do ano...

já lá vão vários anos...

 

tudo se desenrolava como se fosse Natal...

 

o presépio ainda se mantinha, as luzes ainda não estavam apagadas e o cheiro a canela e a bacalhau cozido, apareciam no ar a anunciar a primeira consoada do ano...

 

depois do dia de Reis ... o presépio voltava para o seu lugar de sempre... deitávamos o musgo fora e o menino ficava bonitinho até ao próximo ano... para nova quadra natalícia...

 

estamos muito distantes desse tempo... e, embora o referisse a uns amigos próximos, muitos ainda me perguntaram, mas o que é isso...

 

isto na realidade já não é o que era, está tudo muito diferente...

 

o dia de Reis... que para a maioria simbolizava a celebração da visita dos Reis Magos ao menino Jesus, como visita de cortesia ao Rei Salvador do Mundo, que acabava de nascer em Belém, já ninguém liga...

 

muito poucos ainda celebram a última consoada do ano que seria na véspera de Ano Novo e a primeira que seria hoje, dia 5 de Janeiro véspera de Reis...

 

o mundo efectivamente mudou e implicados nessas mudanças estão os hábitos de cortesia, de educação, de solicitude , de honra, de trabalho, de tudo o que representava atitudes cívicas e morais...

 

o respeito pelos direitos humanos, deixou de ser observado, embora se reivindique a necessidade, a educação deixou de existir, onde o respeito pelos mais velhos se esbateu como se fosse urgente fazê-lo desaparecer...

a autoridade de alguns órgãos de supremacia deixou de fazer sentido, como por exemplo, os pais e os professores, já para não falar na autoridade policial e governamental...

todos estes marcos deixaram de merecer o respeito...

servem de escàrno e maldizer e são trazidos à cena nacional como fantoches que cada um a seu jeito manipula para com elles se divertir...

os escândalos das suas vidas particulares e a ausência de senso moral no que reporta à distribuição de riqueza e de bens essenciais, coloca-os nas primeiras páginas de forma menos coerente e simpática...

 

a televisão prestou a esta desordem um papel fundamental e instrutivo...

a rebeldia passou a ser a farda adoptante de quem se diz jovem ou adolescente e quer equiparar-se aquilo que se convenciona moda...

 

os próprios pais aderiram a esta panóplia de desregramento educacional e como estão ausentes dos filhos na maior parte do tempo, nem se apercebem, que estão a criar, em alguns casos, uns monstrosinhos muito rebeldes...

 

as crianças e os adolescentes, passando depois pelos jovens adultos , deixaram de lado a cortesia, começam por gritar desalmadamente enquanto crianças, depois passam à agressão verbal e fulminam com o olhar, a seguir adoptam a fase de se excluírem da vida familiar e escolar por decisão própria e, ausentes da educação que lhes faz falta, descambam nos marginalzinhos que conhecemos, sejam oriundos de famílias pobres ou de famílias com algum estatuto social economicamente definido ...

 

a hegemonia de educações e remoques ao nível da educação não cria fissuras e os hábitos vestem-se com muita facilidade...

 

ontem, interroguei-me sobre um adolescente, rapazote de 12 anos, que sentidamente e com despropositada agressividade, dizia diante de mim, que ia desfazer o director de turma quando estivesse com ele , apenas porque ele, o professor em questão , chamou a mãe para lhe pedir explicações sobre a ausência do filho na escola...

 

ela encolheu os ombros e dizia ... - eu não sei o que dizer ele faz o que quer...

 

e a senhora não tem uma mãozinha para lhe dar duas surras...

- ele não liga nenhuma ... e hoje em dia vamos presos por bater nos filhos...

 

a minha intervenção não se faz ausente e olhei-o nos olhos, que ele enfrentou, mas cujo olhar desviou ao perceber a firmeza dos meus...

- se tu faltares à escola e não te portares em condições, não dou mais alimentação , nem a ti nem à tua mãe e passas a sentir a fome que sentias quando vieste para cá... entendeste?... se eu souber que és mal educado e que faltas à escola, quem ajusta as contas contigo sou eu...

 

parece que entendeu esta linguagem...

 

interroguei a mãe, sobre os piercings que ele usava e sobre os brincos que ele ostentava apenas com 12 anos...

- ele gosta e aparece com isto  lá em casa...

 

uma mãe ausente, distante dos interesses do filho , porque também não teve educação nem acompanhamento...

 

não foi capaz de dizer ao filho que o professor era uma autoridade e que é preciso ter respeito e acatar as suas ordens...

não sabe dizer-lhe como é necessário frequentar a escola e conseguir educação e formação...

 

ela não sabe ... está tudo por fazer... esta é uma imagem pálida da população mais fragilizada que habita os bairros e ilhas do Porto...

 

muito pobres de tudo, muito ausentes de quase tudo, ficam por decisão própria à margem de todas as oportunidades...

 

no Coração da Cidade a educação tem que começar com os pais para conseguirmos chegar aos filhos... e posso dizer que não é fácil educar os pais...

 

as tradições foram passando e a educação parece que também tende a acabar , a não ser que a escola realize o circuito inverso , educar os novos formandos, mostrando um mundo diferente, sem guerras , desde o berço até aos bancos da faculdade...e fiscalizando os órgãos de comunicação que investem na deseducação amestrando para a rebeldia e o conflito ...

 

os valores sociais não se respeitam, nem se investe neles, mas os subsídios se reclamam e se oferecem, mesmo percebendo que vão ser investidos na má formação da juventude, eles acontecem por aí...

 

se ao contrário de cobrarmos impostos, cobrássemos serviços, ganharíamos muito mais...

 

tal como diz o povo e voltando à tradição...

não gastamos na farinha e mais tarde gastamos no farelo...

 

deixem os Reis Magos este ano algumas prendas para o nosso país...

educação, saúde e justiça social...

 

estas são na realidade as necessidades reais de Portugal...

 

como dizia ontem um emigrante brasileiro...

HAJA QUEM SAIBA GOVERNAR... A COISA ESTÁ PRETA...

 

                                                                                               

 

 

 

talvez investir de verdade seguindo outros exemplos não fosse mau de todo...

 

 

 

 

 

 

 

 

               lasalete ...

neste momento eu estou ...: acordada...
publicado por lapieta@sapo.pt às 05:24

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

ano novo... vida nova...

 

 

 

voltamos todos ao trabalho...

 

guardamos os vidros das garrafas que estoiraram para brindar, lançamos as rolhas no lixo...

sobre as mesas ainda estão restos de doçarias tradicionais...

as roupas que brilharam pousam encostados para nova festa...

contamos as peripécias dessa noite de folia e bem estar...

ou simplesmente ouvimos as novidades de quem foi folião, porque nós resolvemos ficar sós e não quisemos passar a meia noite com ninguém...

 

tudo bem ... cada um escolhe a forma como pretende festejar a passagem de ano...

 

agora como vamos passar este ano novo... 2008 ...

 

até que é um número bonitinho, terminando num número que define o equilíbrio ...

 

ele aí está ... bebé ainda e disposta a ser manuseado pelos inúmeros cérebros que o adoptaram , porque ainda estão vivos no planeta Terra...

 

que iremos fazer deste ano? ...

como iremos alimentar este ano? ... de coisas boas como amor, carinho e solicitude...

 

este ano novo vai  exigir muito de nós e pensando bem a cada ano que passa sempre fomos aprendendo mais um pouco, logo será justo realizarmos as nossas tarefas com mais um pouco de aprumo...

 

neste novo ano seria bom que não fossemos tão radicais, mas mais amorosos e prudentes na nossa forma de ser e que a cada dia que fosse passando traçássemos metas simples e será muito mais fácil viver...

 

muitas novidades irão compor este ano e teremos que estar preparados par muitas situações de tumulto interno e externo...

 

iremos lidar com profundas mudanças a nível mundial e só conseguiremos suportar os vendavais se nos munirmos de paciência e alguma maturidade...

 

este ano vai exigir de nós mais capacidade de acção em situações inesperadas e mais coesão de princípios morais... as solicitações null serão muitas e nós teremos que reagir com muita perspicácia sem a preocupação de querermos enriquecer rapidamente , sem a fobia de querermos atingir parâmetros sociais para os quais muitas vezes não estamos preparados para suportar...

 

se optarmos por reger a a nossa vida por padrões de amor e compreensão , prudência, paciência e tolerância, cumprindo o que nos está destinada com exímio aprumo, de certeza absoluto que não seremos apanhados em falso e os percalços serão melhor...

 

para quase todos aceitar o que não podemos mudar, vai ser a ferramenta chave para conseguirmos viver em paz...

 

grandes mudanças irão acontecer  e nós vamos ter que as aceitar de mãos abertas e para isso teremos que pugnar por uma consciência limpa...

 

vamos ajudar a vida e despertar para solicitações morais mais aceitáveis ...

 

vamos confiar ... vamos desejar progredir e vamos viver de forma mais saudável ...

 

vamos amar... este ano promete...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: novinha...
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:12

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

a primeira consoada do an...

ano novo... vida nova...

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags