O Coração da Cidade precisa de amigos... seja amigo do coração...

o seu donativo é muito importante para nós...

MILLENIUM- BCP ... 0033 000000 239551298 05 

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

a massificação dos desejos...

 

 
E foi assim, que instruídas as sociedades, se instruíram as mentalidades, que dia após dia, com métodos supostamente organizados, converteram o mundo, em uniões desunidas e alteradas, sob o ponto de vista económico, financeiro, social e organizativo…

é tão simples...constituídas que são as cúpulas, que obliteram os raciocínios, o público consome o que vê, ou o que, supostamente vê… 
consome sobretudo o que as cúpulas pretendem que se veja…

assim , assistimos à anulação das vontades intrínsecas do ser, e percebem-se, as sub-vontades de conclusão periférica, que não subsistem, porque não resultam em profundidade, mas que se nutrem da superficialidade do objectivo ( construir, mentes mornas, sem capacidade resolutiva)…

até então foi assim...

e 2012 ?...
2012, necessita de concluir um processo de paz interior, onde todos em conjunto, acordem para um projecto renovador, que traga perfeito equilíbrio ao planeta, dos homens que se querem dizer gente…

A Terra, que alberga uma enorme fatia de seres reencarnados,já de há várias reencarnações, e que atravessa neste momento a crise da sobrevivência universal, saturando os princípios activos da revolução transcendental, está neste momento a modificar o seu sistema humanizante, vinculando as suas vontades à forma mais simpática de existir… o amoroso dever cumprido…

Assim, a massificação dos desejos, sairá derrocada, e cairá sem sustento…

Sem sombra de dúvida, os povos irão usufruir dum consumismo ainda mais exagerado, apenas pela sofreguidão de ( queimar os últimos cartuchos), porque lhes assiste a consciência de que, viver desta forma, já não lhes é mais possível…

Aqui , vemos então a vitória do espírito sobre a matéria, não a derrotando contudo, mas operando em conjunto com a mesma, a absoluta LEI UNIVERSAL…
Espírito e matéria, aguardando o porvir das novas e esperançosas gerações…

2012, ao contrário do que está exposto por aí, será um ano promissor, e aprenderão todos, que viver, é fundamental, quando na essência, se procura a profundidade do ser, onde ainda, em forma embrionária, resguardado está o AMOR, semente de colheita oportuna, neste início da exultação universal…

Unam-se os povos, e, unidas as vontades, a Terra sobreviverá a mais uma guerra , a guerra da MASSIDFICAÇÂO DOS DESEJOS…

Um bom ano…

lasalet... 21,30... 27.12.2011

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 22:58

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Maio de 2010

criança... versus AMOR

 

 

 

 

sou criança...

sobro na mão da humanidade atordoada,

contribuo em ternura, para  o mundo pobre e dissoluto…

mas vivo das sobras emocionais de quem, ainda em bruto,

tem por lapidar diamantina convivência,

se esquecendo que eu sou, em absoluto a esperança,

da certeza de Deus na humanidade, em sua essência…

 

sou criança,

desejada ou não, nasci, eu sou…

sei de crianças que não lhes foi permitido um só sorriso,

não conseguiram vingar a ideia de que viver, pode ser o paraíso,

que é possível viver acima dos medos, dos temores,

mas que, para além de todos os escrúpulos, existem os amores,

que se fazem fecundar, mas sem juízo…

 

sou criança,

como são as borboletas em toda a  natureza,

como são as flores florindo sem dono e sem espaço,

como são as aves que nidificam sem regaço,

como são o vento e o sol, a chuva e o trovão,

expressão máxima da ciência absoluta,

filhos do amor de Deus … Pai da criação…

 

sou criança,

sou  filha de Deus, expressão do seu amor,

dignificando ordens de absoluto e são desprendimento,

mas de regular e extremada resolução evolutiva,

de elevado poder conscencial em cada sentimento…

 

sou criança,

que vida controversa…

amada e ofendida…indefesa e defendida,

amorosa  e excluída …frágil e escravizada,

simplesmente amortalhada, na volúpia, no prazer

e nesse massacre constante em minha essência,

eu rogo a Deus que abane a consciência,

de quem tudo observa e finge nada ver…

 

sou criança,

vergada ao peso dum referendo para nascer,

abortada sem vontade e sem ordem pr’a viver,

tiritando de frio num amor irrealizável,

e isolada sem amor para crescer,

sou abandonada, sem razão justificável...

 

e tu ?... também já foste criança ?...

tens a certeza?... já foste pequenino ?

porque mutilas então meu corpo em formação,

porque maltratas meu pobre coração,

porque alteras as leis que te dão jeito,

porque escravizas, se tens sobra de pão,

eu só queria ficar junto ao teu peito,

não me abandones, não sei dormir no chão…

 

tu... tal como eu...

somos um teste fiel do amor da humanidade,

da imaturidade real em que se abriga loucamente,

do despótico prazer com sabor a realidade,

em sôfrego padecer, fingindo que vive feito gente,

do vomitar constante de ideias obscenas,

com que o mundo tenta alimentar a minha mente...

 

ninguém me sabe dizer apenas...

és linda... que sejas feliz como Deus quer,

venhas a ser como todos, homem ou mulher,

eu sou  " adulto", vou lutar contigo,

por ti e por todas as crianças,

que vivem sem abrigo... sem grandes esperanças…

vou lutar… pelos filhos de todos os pais,

ensinando aos pais de todos os filhos,

que todos temos o direito de nascer...

de ter pão, saúde e educação,

e sem soberba, avareza ou ironia,

temos que deixar como herança á humanidade

a certeza de cada lar em harmonia,

para que o amor por todas as crianças 

não passe de uma pura fantasia …

 

lasalete...17,00 h ..  29-05-2010

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 16:46

link do post | comentar | favorito (1)
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

economias emocionais...

 

vestirmo-nos de emoções...
 
despirmo-nos de emoções...
 
disfarçar-mos emoções...
 
camuflar emoções...
 
inventar emoções...
 
 
 
é tudo isto o mesmo que maquilhar sentimentos...
 
 
 
 
viver, pode ser tudo isto, mas então teremos que lhe chamar ... sobreviver...
 
 
 
aqui e ali, mais longe ou mais perto, somos chamados a vestir o nosso fato emocional, a desempenhar o nosso papel... e, não vale apenas fugirmos, porque sempre estará diante de nós a mesma proposta, requisitando a nossa emoção, que mal ou bem, de forma mais intensa ou dentro da quadratura da nossa debilidade, vai ter que aparecer...
 
 
 
substituirmos alguém não é possível, assim como ninguém pode substituir-nos dentro do nosso quadro emocional... ou seja, ninguém pode desempenhar o nosso papel emocional, porque estamos a falar de situações intransmissíveis...
 
 
 
porém, momentaneamente, podemos adiar a emoção de que fugimos, podemos até tentar convencer a nossa mente de que não estaremos lá, mas aí, também estamos a substituir a não desejada emoção por outra " o medo de agir"...
 
 
 
nada se pode substituir a nível emocional, porque não podemos ficar privados da emoção...
 
todavia, é possível a qualquer um de nós, sublimar as emoções, rentabilizar o nosso património emocional, restaurar a nossa emoção, com motivações positivas e uma auto disciplina objectiva e criadora...
 
 
 
fugir nunca, mas evitar conscientemente tudo o que nos pode ferir eu baralhar o nosso plano emocional...
 
encarar o dia a dia, como algo que necessariamente terá que existir, mas que nós vamos encarar de forma positiva e, conscientemente abraçarmos essa tarefa com conhecimento de que, as causas sempre estão despoletando um efeito, que mais dia menos dia vem ao nosso encontro...
 
 
 
aprender que a vida é apenas um movimento continuado, onde os propósitos alheios estão implicados, nos traz a certeza, de existe uma força maior e automaticamente mais estável que a nossa emoção...
 
 
 
o emocional colectivo, sujeito ás leis do infinito, não nos mergulhará na vulgaridade, a menos que nós nos deixemos envolver na vulgaridade e, assim, ela mesma nos atrairá sem solução diferente...
 
 
 
aderindo sem rodeios ás propostas do quotidiano, vamos encontrar humanamente expostos , os que não se acreditam envolvidos, os que se sentem envolvidos mas não acreditam e os que dizem que nada os afecta e que não estão envolvidos em coisa nenhuma , mas que ao movimento não se podem subtrair...
 
 
 
afastados os enigmas da humanidade, pelas teorias e pela prática que dentro dos parâmetros da psicologia, já vão deixando rastro do laboratório universal, a vida vai trazendo paulatinamente a verdade intrínseca da Lei Divina...
 
 
 
ninguém se furtará a ela... ninguém é esquecido... para que em qualquer situação possa ser atraído pela sua voracidade e pela sua velocidade constantes...
 
 
 
neste movimento cósmico a que todos então estamos sujeitos, é necessário, mais do que nunca, aprender a trabalhar as emoções, dentro duma quadratura de autenticidade...
 
rir quando é para rir... chorar quando é necessário chorar e sofrer quando é o caso, mas tudo isto desempenhado com consciência e na certeza absoluta, de que, em qualquer situação, as trevas não são eternas...
logo, logo, chegará o momento, em que a luz jorrará; e passaremos a ver a vida com outros olhos e de forma conhecedora, com maior positividade...
 
tudo será possível, se nos despirmos a pele do humanóide instintivo e nos vestirmos com a pele do humano intuitivo, amoroso, batalhador e colaborador...
  
os princípios da individualidade sempre se manterão, mesmo que nos dividamos por mil pedaços em direcção aos demais...
  
hoje em dia, é necessário que nos associemos aos movimentos de construção eco humanitários, porque o planeta está a ser envolvido nessa onda gigante de revolução e resolução planetária...
 
assumirmos o papel de príncipes e partícipes do universo é fundamental e urgente...
 
soltar portanto as emoções e deixar que a vida nos convide, vestirmos o vestido da verdade, mesmo que implique o assumir dos nossos erros, é essencial, para que possamos atrair para nós, o recto caminho de uma vida plena de paz...
 
 
 
lasalete

 

neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 11:39

link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Junho de 2009

a dor sem fronteiras ...

 

 

 

minguém foge à  LEI DE DEUS...

 

 
 
hoje a dor não tem fronteiras...
 
vivem-se momentos de autêntico desespero dentro e fora do nosso país, fora da nossa casa, fora da nossa cidade, mas não se percebe como toda a gente de repente, passou a fazer parte da mesma complicação...
·         por mais que tentemos avisar que a vida está em mudança plena e que já não podemos continuar fazendo de conta que nada acontece...
·         que Deus criador e vigilante atento e perfeito, criou leis que de forma incontornável nos colocam no sítio certo, à hora certa e com as pessoas certas, para que aprendamos duma vez por todas a evoluir, o ser humano , não se manifesta na maior parte das vezes, como aluno atento e disposto a aprender sem desvalorizar o imenso trabalho que a vida tem para o ensinar...
 
neste momento, já não é possível dizer ... eu não sei ...
neste momento, já não é possível ignorar saberes sobre Deus e saberes sobre a vida que nos rodeia, muito embora as ciências exactas nos preparassem os campos do exacto, do concreto e do objectivo, para que pudéssemos viver " com todas as certezas" o certo é que, diariamente, a vida nos vai surpreendendo, com situações que saem do raciocínio comum...
 
tenho observado, que a Fé se vai ajeitando na mente de muitos, que se diziam descrentes, ou que melhor ainda, eles os descrentes, se vão alojando dentro dos quadros da Fé, que a medo vão tacteando , porque a Fé parece ser, mesmo que ignorada a vida inteira, o espaço onde " quem sabe", ainda podem conseguir espaço para voltar a endireitar a sua " vidinha"...
 
não falo tudo isto em jeito de crítica... longe de mim... apenas me manifesto porque tenho presenciado, que embora os anos que compõem o nosso calendário e que nos torna mais velhos, mas nem por isso mais responsáveis, de repente nos obriga a observamo-nos, quais crianças, que descobrem Deus pela primeira vez...
 
em tempos fui apelidada de louquinha, quando sem problema algum, eu falava abertamente dos espíritos que me rodeavam e que rodeavam toda a gente que se cruzava comigo...
 
hoje em dia , os mesmos que veladamente teciam essa critica, se abeiram de mim para que com Fé possamos pedir aos bons espíritos, que observem a sua vida , porque está tudo muito mal...
 
ninguém colhe sem semear e, logicamente, que os bons espíritos, não ajudam apenas os que acreditam que eles existem...
 
somos nós, cada um em particular, que temos que estar atentos ao nosso caminho e temos que fazer o nosso percurso, com a constante preocupação de melhorarmos  o nosso interior , não magoando deliberadamente o nosso semelhante...
 
a Fé, é uma conquista individual, reforçada sempre pelos percalços da vida,  que , mesmo que não percebamos, nos vão dando corpo mental mais são e de exercício em exercício, a alma se vai fortalecendo e o contacto com as leis da vida se faz mais rápido e mais visível...
 
a protecção ao plano terreno, neste momento, é incrivelmente mais alargado ; porque na Terra estamos finalizando um período, cuja avaliação é compreensível, porque já não é possível sujeitar a humanidade terrena, a tanta insanidade mental , que se observa todos os dias; e os espíritos, que reencarnaram no planeta, já estão em posição, na sua maioria de passar a um estado de evolução diferente...
 
paulatinamente, a evolução a que estamos sujeitos, nos vai colocando nos planos mais propícios e o próprio planeta também vai usufruir de habitantes mais honestos, mais inteligentes e sobretudo moralmente mais elevados...
 
a expiação e prova a que todos estamos a responder, já atinge neste preciso momento os que se pensavam intocáveis, exactamente para provar a todos nós, que ninguém está fora do alcance das leis divinas e todos nós vamos  aprender que, a evolução não acontece sem que a verdade seja reposta...
 
abrir novos horizontes, é o mesmo que plasmar novas energias… e de concreto, avançar sem medo para novíssimas formas de raciocínio exacto e vertical, que sobretudo possam abranger os interesses colectivos...
 
individualizar já não é correcto, todos dentro da vida, temos que trabalhar para os demais, se não o fizermos voluntariamente, seremos obrigados a realizar as mesmas tarefas , mas obrigatoriamente e, aí, debaixo de algum desespero...
 
as macro economias, não se preocupam com as minorias e deixam à mingua muitos seres humanos que desesperadamente tentam sobreviver...
 
a vida vem em socorro dos que menos podem e coloca no sítio certo o lei da vida , mostrando que as mentalidades estão a mudar e que os " grandes senhores " TAMBÉM COMETEM ERROS E CRIMES FINANCEIROS...
 
os castelos de outrora são as ruínas do presente, ninguém escapa ao julgamento da vida...
 
é necessário repensar o futuro e não é  com a mentalidade da política actual, que está doente de orgulho e de exacerbado egoísmo, que vamos  reabilitar a vida...
 
lamentavelmente, a vida vai movimentando as peças neste xadrez mundial… e ninguém pode fugir do tabuleiro da vida sem que Deus determine...
 
definir regras, ainda parece que está na mão do homem... mas não ... o destino está efectivamente na nossa mão , mas há que observá-lo de forma menos displicente e menos egoísta , contribuindo para um mundo melhor... UM MUNDO NOVO...
 
acordar e verificar que o mundo não tem fronteiras e que a mesma lei rege todos nós, velhos e novos, negros e brandos, inteligentes e idiotas, bons e maus, crentes e não crentes , é o maior desafio da vida...
 
estará para nascer o homem que desafia DEUS...
 
tão pequeninos que somos ainda, e com capacidade de sermos tão grandes !!!!
 
Jesus tinha razão ( se tiverdes Fé do tamanho dum grão de mostarda.............)
 
 
bom Domigo... lasalete

 

neste momento eu estou ...: vivendo
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:47

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

em nome do amor... em nome da paz ...

 acende uma vela em nome do amor

 

 

 

esta vela é para ti...

em nome da paz...

em nome do amor...

acenderei uma vela por ti , para que quando leres está pagina, sejas tu quem fores saberes que alguém te deseja uma semana muito feliz...

que deseja, que tudo de bom te aconteça...

que sejas muito tolerante e nas situações mais difíceis , não percas o ânimo...

mantém o bom humor...

vê a vida de um ângulo diferente e pensa que tudo o que fizeres aos outros de menos bom, te atinge em primeiro lugar...

podes não acreditar, mas de certeza que vais sentir o efeito desse mau momento...

portanto cria momentos felizes...

permite que o teu dia se salde positivamente e sempre em nome da paz...

o amor precisa de gente de coragem...

o egoísmo já tem muitos adeptos... muda de clube e sê um fã do amor...

as questões mundiais se resolveriam muito melhor se todos experimentassem o amor...

portanto uma semana fantástica e resolve os teus problemas com alegria...

confia em ti próprio... eu acenderei uma vela pelo teu sucesso ...

lasalete ...

neste momento eu estou ...: trabalhando
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:19

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 14 de Julho de 2007

está na hora AMIGO...

CONFIA EM MIM

                

       AMIGO ... 

eu sei que velas  por mim...

mas pousa o cajado...

caminha comigo ao longo das ruas... penetra comigo nos bairros mais degradados...

vê Amigo... os homens , cegos de ideais, não parecem querer sair desse torpor em que se encontram !

 

as crianças continuam como pardais à solta, vivendo os sonhos dos pais ... nada vezes nada...

o dia a dia ainda se pauta pela imediato das necessidades... comer... comer... e nada mais...

entre os que ainda conseguem sonhar, percebem-se lágrimas de desilusão ...

mas o que mais me dói é que deixaram de acreditar, que o mundo pode ser diferente e que lutando essa diferença pode acontecer...

mas não... baixaram os braços e deixaram de lutar...

sabes porquê Amigo ?... porque os que sabem, que estudaram e que subiram os degraus no lombo destes que estão sem coragem, os enganaram e os aterrorizam...

as escolas não são os espaços de sonho que os filhos deveriam frequentar...

quando estão doentes, não conseguem apoio de ninguém, o trabalho é árduo e escasso , neste momento a maioria não trabalha...

os que ainda querem trabalhar fazem-no por um salário ridículo que depois de contado não dá para nada...

pousa o cajado Amigo... e vem comigo...

acorda os ministros e todos os senhores da política... que hoje em dia fazem o que ontem criticavam nos que mandavam e que a todo o custo retiraram do lugar...

governa-se a qualquer preço e mata-se os ideais de toda a gente ...

mas os mais pobres,. são os que mais fazem doer a minha alma... porque perderam a capacidade de sonhar...

pousa o cajado Amigo e vem... vem que já tarda uma intervenção divina apenas para colocar no seu devido lugar, quem desumanamente trata os seus subordinados como animais ...

que apenas têm direito a uma porção de ração diária enquanto eles estão num lauto banquete apenas para trocar ideias enquanto os outros nem direito têm a mostrar seus ideais...

vem Amigo ... está na hora de levantar a mesa e pôr um basta nos vendilhões do templo...

já não há homens que cantem com alma:

-"eles não sabem nem sonham que o sonho comanda a vida ",o poeta tinha razão...

o problema de quem manda é que não o faz por amor, mas por interesse... político e económico...

todos os dias Amigo, eu pergunto ... será que quem governa consegue dormir em paz, olhando o país  do jeito que está? ...

é impossível... a não ser que se seja muito desumano ... e aí o caso é mais grave, porque as grandes e dolorosas ditaduras começaram assim ...

pousa o cajado Amigo ...

lasalete  

neste momento eu estou ...: confiante
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:23

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

precisam-se... adultos...

 

VIDA  ( via incondicional de apoio), está a recrutar pessoas adultas, que reunam os seguintes requisitos:

 

Paciência nos momentos dificeis

Lucidez nos momentos complicados

Aceitação nos momentos inesperados

Natural sensibilidade

Espírito ecológico

Ternura com as crianças

Amor pelos animais

 

imprescindivel  ser:

 

Trabalhador

Empreendedor

Responsável

Respeitador

Amoroso

 

 

se você ama o planeta  e está nas condições exigidas, reunindo as requisitos acima indicados, pode candidatar-se ao desenvolvimento universal, com características vitais para o bom funcionamento do planeta azul...

 

 

as crianças querem nascer;

sem medo e com naturalidade,

sem grades e sem doenças,

com amor e responsabilidade

e querem aprender com os adultos, a não matar, a não roubar, a não ferir e a trabalhar e a respeitar os mais velhos...

 

se reune as condições exigidas, por favor inscreva-se e o seu lugar está garantido...

 

este planeta está em construção, tem muito trabablho pela frente e a turma das crianças está ansiosa para habitá-lo em condições normais...

 

por favor inscreva-se na estrela mais próxima...

não precisa gastar papel, não telefone e nem perca tempo com email...

faça um bom pensamento que nós recebemos...

assine com ternura que nós registamos...

envie com um sorriso de esperança que nós percebemos...

 

se responder nos próximos dias, terá uma oferta suplementar de um abraço por dia do nosso Sol e ainda um encontro com o  luar que a Lua disponibiliza nas próximas noites...

 

mas ainda e se responder nas próximas 24 horas, terá uma oferta adicional de um canto magistral de todos os passarinhos bem próximos de si e um abraço enorme de todas as crianças que estão para nascer nos próximos anos...

 

um xi -coração do tamanho do universso ...

 

pode contactar com a nossa delegação ...

 

O Coração da Cidade ... Lasalete

neste momento eu estou ...: super feliz
publicado por lapieta@sapo.pt às 17:49

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

a massificação dos desejo...

criança... versus AMOR

economias emocionais...

a dor sem fronteiras ...

em nome do amor... em nom...

está na hora AMIGO...

precisam-se... adultos...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags