Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011

ajudar é como amar... é uma arte...

 

num momento em  que a comunicação é tão fácil, em que as novas tecnologias nunca deixam de nos surpreender  tal a rapidez com que se manifestam... mas ainda ficamos surpresos quando percebemos que existem seres humanos em perfeita solidão...

 

a visibilidade que a comunicação social empresta ao crime e nomeadamente ao crime organizado, deveria ser mais bem utilizada se apoiasse de forma intensa e informativa as ajudas que estão ao alcance de quem necessita de apoio...

 

muita gente não come, porque não tem capacidade de se informar das situações que nos planos da boa vontade vão acontecendo um pouco por toda a parte...

 

quando O Coração da Cidade em 2006, criou o Programa VER - vidas em risco,  foi a pensar nestas pessoas que não têm tido coragem para se orientarem no mundo das instituições...

 

é por elas que O Coração da Cidade alerta, para que não fiquem em casa, venham até nós e não tem que receber esmola... trabalham com os voluntários e têm acesso ao mercado social para que aí possam fazer as suas compras...

 

neste momento já estão a começar a aparecer casais com mais dificuldade, pois estão os dois sem emprego...

 

as medidas governamentais têm que ser céleres e devem ser aplicadas junto das instituições que estão no terreno das necessidades e já vão conhecendo as pessoas…

 

os meios que temos ao nosso alcance não nasceram ontem...

 

é necessário saber como privar com quem tem necessidade de ajuda...

 

é necessário fazer com estas pessoas continuem autónomas e não passem a receber os sacos de alimentação, mas continuem no seu habitual despertar para sair de casa, trabalhem ainda que sejam poucas horas, façam as suas compras e não de desabituem de o fazer, para que não esbarrem de vez com a depressão...

 

temos que ajudar o nosso país sem pão, para que não perca a auto-estima…

 

estamos a entender como se portam as pessoas quando são estranguladas durante muito tempo… um dia a tampo salta…

 

é necessário agir com prudência e travar a sofreguidão daqueles que deliram fazer caridadezinha...

 

ajudar é muito difícil... ajudar é como amar... é uma arte...

 

 

lasalete

 

publicado por lapieta@sapo.pt às 17:08

link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Março de 2010

ACORDAR PORTUGAL...

 

 

 

 

 

 

O QUE MAIS PREOCUPA NÃO É O GRITO DOS VIOLENTOS, NEM DOS CORRUPTOS, NEM DOS DESONESTOS, NEM DOS SEM CARACTER, NEM DOS SEM ÉTICA...

 O QUE MAIS PREOCUPA É O SILÊNCIO DOS BONS...

 

MARTIN LUTER KING

 

 

 

 

 

é exactamente isto que eu venho dizendo...

 

a grande preocupação está apontada para uns tantos, quase de propósito, para ocultar a inércia dos outros, a nossa inércia...

nós que nos dizemos melhores que os outros...

mais honestos que os administradores...

mais puros que os violadores...

menos corruptos que os políticos...

 

porém, com bem menos ética moral que os que não crêem em coisa nenhuma...

 

é exactamente o silêncio dos bons que destrói o planeta, que maltrata as crianças e que lhes mancha a memória, que corrompe a juventude e os violenta nos seus ideais, que afasta os velhos de junto de nós e os amortalha num manto de solidão, que impede o trabalho usando todos os meios para atingir qualquer fim ...

 

e agora ... lamentamos...

 

ainda não é o fim... tudo isto que está acontecendo na sociedade, é apenas o doloroso despertar dum tempo promissor...

mas, como sempre, o ser humano tem que bater bem fundo para perceber que acima de si ainda há estrelas no céu, e que ele isoladamente, não é senhor do universo...

todavia, bem longe podemos chegar... não necessitamos de colocar o pescoço no fio da navalha, nem de nos colocarmos na mira dum tiro certeiro... basta que nos levantemos da cadeira e façamos tudo com um único objectivo... COLABORAR COM A VIDA... COM TODOS EM NOSSO REDOR...

 

abraçar os mais fracos é a grande tarefa...

 

muita gente me pergunta, qual é a sua missão sobre a Terra, porque se sente infeliz e inútil... e eu pergunto… é cego ?... ou tapou os olhos de propósito... não vê tanto que fazer em seu redor?...

 

a nossa missão sobre a Terra é exactamente romper os silêncios, derrubar muros , mudar a inoperância de lugar, porque é dentro dela que nos posicionamos constantemente, inventando movimentos que nos entontecem, girândolas de prazer que nos confundem e nos tombam de tanto cansaço…

 

a nossa missão é como a daqueles que neste momento recordamos como grandes heróis... amar sem fronteiras…sem barreiras…sem religiões… amar por amar… 

a diferença entre eles e nó, é que eles acordaram e nós continuamos a dormir inventando que queremos acordar...vendendo sonhos á lua… e porque não lhe podemos chegar, então baixamos os braços…

 

este homem que hoje aqui trago como exemplo, e que faz parte dos meus heróis, também disse. no seu discurso da marcha pelo desemprego e pela liberdade:

 

 

EU TENHO UM SONHO

... Eu digo a você hoje, meus amigos, que embora nós enfrentemos

as dificuldades de hoje e amanhã. Eu ainda tenho um sonho.

 É um sonho profundamente enraizado no sonho americano.

Eu tenho um sonho,

 que um dia esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de sua crença - nós celebraremos estas verdades e elas serão claras para todos,

que os homens são criados iguais.

Eu tenho um sonho,

 que um dia nas colinas vermelhas da Geórgia os filhos dos descendentes de escravos e os filhos dos desdentes dos donos de escravos poderão se sentar junto à mesa da fraternidade.

Eu tenho um sonho,

 que um dia, até mesmo no estado de Mississippi, um estado que transpira com o calor da injustiça, que transpira com o calor de opressão,

 será transformado em um oásis de liberdade e justiça.

Eu tenho um sonho,

 que minhas quatro pequenas crianças vão um dia viver em uma nação

onde elas não serão julgadas pela cor da pele,

 mas pelo conteúdo de seu carácter.

 

 Eu tenho um sonho hoje!

Eu tenho um sonho

 que um dia, no Alabama, com seus racistas malignos,

com seu governador que tem os lábios gotejando palavras de intervenção e negação;

nesse justo dia no Alabama, meninos negros e meninas negras

poderão unir as mãos com meninos brancos e meninas brancas como irmãs e irmãos.

 

 Eu tenho um sonho hoje!

Trechos do Discurso de Martin Luther King (28/08/1963)

 

 

este homem, foi nobel da PAZ em 1964... no entanto partiu mais cedo… a sua vida terminou em 4 de Abril de 1968,  porque alguém silenciou a sua voz...

 

Hoje, em vez de levantarmos a voz com fundamentos capazes, estamos mais interessados nas escutas...nas faces ocultas...

 

fica aqui a minha pergunta... porque  não escutarmos a voz daqueles que á luz do dia gritam que precisam de ajuda...

os que  têm o rosto descoberto ?...

 

é mais fácil e dá notoriedade, falar dos grandes conflitos ou pseudo confusões...

 

no fundo, tudo isto é apenas um circo económico... pois que todos sabem de antemão, que saem uns e entram outros, e se a moda pega... quem é que os escuta ?...

 

acordem as consciências ...porque acordar as consciências é a nossa missão...

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: acordada
publicado por lapieta@sapo.pt às 04:49

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

quando o telefone toca...

 

 

 

já nada mais há que sugar...

parece que nada mais resta...

quem nos socorrerá...

temos fome de tudo, mas principalmente de justiça social...

........

 

 

ainda não está na hora do lanche...

ainda mal digerimos o nosso almoço e já chovem telefonemas a pedir auxílio alimentar ao domicílio ...

 

apelos comoventes, de carácter alimentar e reveladores de uma profunda solidão, espelhando a demora de recursos estatais e de frequente abandono...

 

os seres humanos que nos chamam, caracterizados quase todos por um acompanhamento deficiente ao nível da saúde, se apresentam agora, com reacções psicológicas e dores somatizantes , que não são senão as sequelas de um querer acreditar constante e de uma ausência permanente de recursos ...

 

quem são? , como se chamam?, onde nasceram?...

são apenas portugueses que acreditaram que um dia num Portugal seria diferente...

são portugueses a quem apelam ao voto, a quem tentam sensibilizar para qualquer referendo , a quem lhes é imposto a subida da luz, da água , do gás , mas que em vida nada recebem que os conforte...

 

são portugueses de segunda, que não nasceram para serem ministros, nem deputados, nem administradores...

parece não serem ninguém... recebem pouco mais que o necessário para pagar meio aluguer e nada mais que lhes garanta que não podem morrer de inanição ...

 

sempre os encontramos desnutridos e tristes ...

 

hoje, o casal que telefonou, vive em Campanhã, mas a única solução que alguém encontrou para lhes dar de comer foi enviá-los aos dois para o lado oposto da cidade, para a freguesia da Sé, para um espaço social, onde entregavam o pouco que tinham para conseguirem comer alguma coisita..

 

descobriram um dia o Coração da Cidade ...

a partir desse dia,sempre lhes enviamos a alimentação necessária que a senhora com algum cuidado e sacrífio  vai fazendo...

quando entramos nesta casa e abrimos o frigorífico apenas encontramos uma garrafa de água e dois pães em cima da mesa...

 

dois seres humanos, caminhando entre a multidão e sem abrigo humano... quem os ama, quem os socorre, quem deles sentirá saudade no dia em que Deus os chamar para perto de Si... talvez ninguém...

 

exatamente por isso, se pode dizer que a pobreza está a diminuir, porque todos os dias alguém morre de fome ou de dor...

mas, esquecemo-nos de dizer quantos chegam à pobreza diariamente ...

 

grande expectativa coloca quem é pobre, nas instituições que os servem...

mas as instituições também necessitam de se sentir apoiadas...

 

os voluntários AVE , vão realizar um trabalho extraordinário e muita gente vai beneficiar desta tarefa solidária sobre rodas...

 

ajudar, neste momento, é fundamental para a sobrevivência de muitos portugueses ...

 

é urgente criar uma política de intervenção perante a pobreza que está a alastrar de forma inesperada ...

 

chega ... basta...de não querer acreditar tapando o sol com a peneira...

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: trabalhando com amor
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:03

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

solidariedade em acção ...

Não sei se o resto do país está a funcionar assim, mas aqui, no Coração da Cidade, a azafama habitual, começou logo pela manhãzinha…

 
Mal a porta do Coração se abriu, mais de uma dezena do voluntários estavam a entrar para dar início a todo o processo solidário que nos espera e sempre de forma inusitada…
Quando abri a porta deparei de imediato com outros voluntários no jardim  da moradia, que já tinham programado olhar de mais perto e com mais cuidado para o nosso limoeiro e dele estavam a tratar com todo o carinho…
Logo atrás dos voluntários que entraram comigo,  mais de uma dezena de utentes veio sentar-se para pedir ajuda esperando que a secção do apoio social iniciasse o seu serviço…
Na casa mãe, onde se concentra o coração deste Coração da Cidade, as tarefas se distribuíam…
  • Na preparação alimentar começava a tarefa da preparação do almoço e do jantar… legumes, batatas, frango e chispe… estavam na mesa para serem arranjados…
  • Na cozinha ligaram-se os fogões para aquecer as panelas enormes onde cozinhamos
  • Outros voluntários foram de imediato distribuídos para a limpeza dos quartos de banho
  • Outros foram levar roupas para o armazém de recolha…
  • Neste local, as máquinas de lavar e os ferros de engomar preparavam-se para dar lugar à sua tarefa…
  • Outros voluntários, no mesmo local,  já procediam à separação das roupas que de véspera foram ofertadas pela cidade solidária
  • Outro voluntário, que tem a seu cargo a rouparia dos utentes da rua, preparava os pedidos de roupa e calçado, no sentido de atender a todas as solicitações em tamanho e utilidade, para que cada utente fique satisfeito com o pedido que faz
  • No mercadozinho do Coração a responsável e mais dois voluntários já estavam a abastecer de carne e legumes todos os espaços vazios para as primeiros clientes/utentes do programa VER - vidas em risco…
  • Na secretaria atendiam-se os primeiros contactos telefónicos, para que pudéssemos levantar bolachas que gentilmente nos ofereciam
  • Outra empresa ofertava iogurtes que fomos levantar de imediato
  • A porta abria-se de momento a momento para deixar entrar as ofertas em roupa ,calçado e alimentos da gente anónima do Porto que sempre aparece para apoiar…
  • Quando as tarefas pareciam estar muito bem distribuídas, sem problema, podíamos contar com 30 voluntários em azafama completa
 
10 horas da manhã e o apoio social inicia a sua ajuda 
 
  • Uma mãe que chora desesperada, porque não tem nada que dar a quatro filhos
  • Uma avó que não sabe como sustentar os três netos que tem, porque a filha abandonou os filhinhos…
  • Uma mulher formada em medicina dentária, com problemas económicos, porque foi abandonada pelo companheiro que a deixou com um filhinho de 10 anos numa situação muito difícil… ajudamo-la a encontrar emprego dentro da sua especialidade e asseguramos à senhora apoio alimentar, para sanar logo ali,  a sua angústia…
  • Mais de uma vintena de mulheres esperam ainda apoio social para resolver tantos problemas que custa a acreditar que existam…
  • Os telefones do apoio social não param de tocar… sempre as assistentes sociais a solicitar ajuda… é impossível dizer que já não temos vagas…
  • Já perto da hora de almoço, uma família de três pessoas, com mãe e dois filhos adolescentes, pede ajuda alimentar e a criança não pára de dizer à mãe que tem muita fome… sentamos a mãe connosco a almoçar e os filhinhos pareciam satisfeitos… comemos com eles, arroz de feijão com iscas e uma sopinha de nabos… pareciam muito felizes e pareciam estar no céu… comeram a sobremesa e preparam-se para ir para casa com o cumprimento completo do programa alimentar que lhes foi destinado…
 
Já todos comemos e estamos já preparados para iniciar a preparação das refeições para os nossos amigos sem abrigo…
O Coração da Cidade é todos os dias este movimento sincronizado sob as ordens divinas, onde a alegria está presente e onde todos respiram liberdade…
 A solidariedade em acção é todo o movimento que o coração de cada um de nós consente…
Este movimento é a cidade anónima que o possibilita elegendo o Coração da Cidade como ponte da sua generosa acção…
A tarde vai acontecer, com mais casos de dor e sofrimento e nós estaremos aqui para os resolver…
Peço a ajuda divina para que todo o dia a nossa acção seja generosa, humilde e reconfortante…
 
É tão bom ser voluntário…
Venha servir para junto de nós… 
 
lasalete
neste momento eu estou ...: trabalhando com amor
publicado por lapieta@sapo.pt às 13:58

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

surpresa ... surpresa ...

 

Adoro surpresas…
 
Sem formalidades, sem comunicação social para registar o facto, sem pompa ou circunstância, o Sr. Director da Segurança Social do Por to, Dr. Luís Cunha, na companhia do seu homónimo de Lisboa, visitou de surpresa o Coração da Cidade…
 
         Todos os voluntários estavam a trabalhar e nos seus respectivos lugares, O Coração das Cidade como sempre fervilhava de azáfama, como aliás é natural…
 
         Foi deveras gratificante que alguém de Lisboa viesse com os seus próprios olhos, perceber como funcionava o Programa – VER – vidas em risco…
 
         Afinal sempre somos do conhecimento público e o nosso trabalho começa a ser entendido a nível ministerial…
 
         A Segurança Social embora não tenha nenhum acordo com o Coração da Cidade, sempre envia para nós utentes em situações de penúria social, mas, disso fizemos queixa ao Sr. Director, nem todas as técnicas sociais, são capazes de entender o Coração da Cidade, como uma instituição de verdade E MISTURAM POLÍTICA, COM HUMANIZAÇÃO…
 
         É muito importante que estas visitas surpresas aconteçam para que algumas instituições que apenas se sustentam na fachada do faz de conta, sejam de uma vez por todas afastados do serviço social, porque com a vida do nosso semelhante não se brinca…
 
         É imperioso que todos nós avalizemos as instituições nas quais trabalhamos, com esmero e exemplo de rectidão para que a humanidade possa usufruir de todos os seus direitos e aprenda também com quem os socorre a amar os seus deveres…
 
         NÃO PODEMOS, MAIS, MANDAR O LIXINHO PARA DEBAIXO DO TAPETE…
        
A humanização não é um trabalho, que possamos remeter ao governo, mas deve ser distribuído parcelarmente por todos, dentro da categorização que exercem todos os cidadãos…
 
         O apoio social, deve entender de uma vez por todas, que todos os seus programas deverão ser preventivos , educando e direccionando todos os cidadãos para um estudo e esquema de apoio educativo do plano social, na família, na sociedade e porque não na política…
 
         É necessário crescer, para que connosco cresça o país a que pertencemos…
 
         Bem-haja ao Sr. Dr. Luís Cunha pelo seu exemplo e coragem…
 
 
lasalete
neste momento eu estou ...: trabalhando
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:19

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

uma cidade com coração ...

O coração da Cidade está neste momento a preparar uma loja de venda social, para que todo o produto da venda desses artigos possa consubstanciar o apoio às famílias carenciadas com as quais se comprometeu , oferecendo-lhes a possibilidade de reabilitarem a sua vida para que  não se instalem numa situação de pobreza maior...

 

Necessitamos portanto de ajuda de todos os nossos amigos para conseguirmos levar em frente a nossa proposta, por isso pedimos mais uma vez:

se nos está a ler, junte-se a nós e peça aos seus familiares , amigos e conhecidos e porque não, também aos inimigos, as roupas e bibelots que já não fazem falta, para que possamos realizar uma super venda e assim concretizemos o nosso objectivo...

 

estamos a  necessitar de cruzetas e cabides de rodar para colocar as peças de roupa para venda...

 

O Coração da Cidade já tem tantos espaços como os dedos de uma mão...

 

cinco espaços que ao serem visitados, podem dizer da veracidade da nossa instituição e são acima de tudo o reflexo solidário da sociedade civil, que apesar das suas complicações na vida privada, não se isola e sempre nos surpreende, ao doar bens, que muita falta fazem a quem tanto deles precisa...

 

Na rua de Santa Carina, 1498, no Porto, a nossa super loja, de produtos a preços muito baixos, vai inaugurar dia 15....

 

venha ajudar-nos... seja solidário...

 

O Porto é uma cidade com coração e nós representamos O Coração da Cidade...

 

um bom dia de trabalho .... lasalete

neste momento eu estou ...: trabalhando com amor
publicado por lapieta@sapo.pt às 20:05

link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Outubro de 2007

efemérides que envergonham ...

ao olhar a efeméride que hoje relembra de forma vergonhosa o suplício de milhões de seres humanos nos campos nazis da 2ª guerra mundial, é impossível ficar indiferente...

 

e por muito que queiramos dizer que tudo foi num tempo diferente, que agora, as coisas não são bem assim, estaremos mentindo constantemente, tapando os factos apenas  para consolarmos a consciência...

 

não adianta estarmo-nos a iludir...

 

o importante é que um dia, alguém vai lembrar que no nosso tempo uma data triste se assinala...

 

não será por certo muito bonito recordar que em pleno século XXI a fome ainda era possível no mundo...  

 

se durante a guerra  podemos perceber semelhantes atrocidades, como explicar que fora dos cenários de guerra envolventes, onde os ricos se pavoneiam mostrando milhões, possamos ver para vergonha de quem está neste século na Terra, a provocação nos jornais de quem tudo tem e de quem nada possui ... nem água para beber, nem pão para comer...

 

em pleno século XXI, num país como o nosso, onde o dinheiro corre a rodos, existem famílias, que estão privadas de água...

ficaríamos espantados, se eu afirmasse que muitas casas no distrito do Porto estão neste momento privados dos mais elementares apoios para poderem existir... porque não há dinheiro para pagar as facturas da água, luz e gas, as famílias não comem   uma refeição quente porque não têm como confeccioná-la, porque não têm meios ...

o endividamento que está a ser apoiado por um fechar de olhas aos créditos malparados, estar a rrastar Portugal, para uma catástofre social de resultados inimagináveis...

quem terá coragem de suspender este terramoto financeiro ? ...

não vejo ninguém... o importante é que os que mais possuem possam viver ... e bem ...

seria injusto de minha parte não referir, que ainda existem seres humanos que têm possibilidades financeiras e que querem colaborar, mas sozinhos não conseguem... a ausência de vontade política para parar as situações de pobreza está a minar todo o processo...

hà mais de oito anos que estou apontando erros, mas acima de tudo formas diferentes de parar com esta calamidade social...

ninguém quer escutar e por isso mesmo so programas de prevenção social vão acontecendo, no Coração da Cidade, mas apenas na dimensão de que vamos sendo capazes de executar...

no âmbito da pobreza o importante é a prevenção para que não possa converter-se em miséria permanente...

fazer história com amor é urgente, para que não tenhamos que nos lamentar, ao revermo-nos nas páginas de horror...

só o amor constrói, porque só o amor faz a diferença...

 lasalete

 

 

neste momento eu estou ...: trabalhando com amor
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:39

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

perfume da alma ( poema)

tu és o génio da lâmpada            

 

 

 

 

             

 

 

 

perfume

da

alma

( poema)

 

 

 

 

 

  

                          uma lágrima de mim, caiu no chão...

                          dividi pelo mundo o cheiro da minha alma...

                    e o chão tomou de mim a paz e a calma...

todos passavam ao lado,

famintos de aromas,

famintos de amor...

as gavinhas da alma me enredaram,

dividi pelo mundo meu cheiro ... com amor

e o chão tomou de mim a paz... ficou a dor...

a vida passou e perguntou:

- quem és, que fazes ?...

surpreendida confirmei:

-Faço as pazes...

dividi pelo mundo o cheiro da minha alma...

e o choro empapou o chão, levou de mim a calma...

os aromas voltaram,

como quem entrega ao mundo eterna Primavera,

brotaram flores desconhecidas,

a luz da madrugada apareceu despercebida

e na surpresa arrebatou as agonias...

os gemidos gentios,

os aromas de outros dias ...

os céus deixaram-se escrever,

os planos divinos dos deuses apareceram...

e as igrejas gemendo assim cresceram...

rezam os ateus, tocam os sinos,

os virginais planos dos humanos

encontraram ecos,  se elevam em torrente,

os deuses converteram então o mundo empapado

em perfume da alma eternamente ...

quando o mundo acordar...

sentindo aromas  que incrédulo ignora,

vai perceber sem medo que é chegada a hora

e perceberá a luz, que frente às sombras o oprime,

quando o homem se elevar

e a vida deixar de ser a dor ...

da lágrima que dói mas que redime,

quando o homem voltar a ser criança,

e de todos os aromas conservar uma lembrança,

quando os céus não forem mais mistério,

quando o homem quiser viver a sério,

sem perturbar a paz e a harmonia...

então sim...serenamente...

em paz, sem dor, em sintonia,

com brilho no olhar e com firmeza ...

deixar bater seu coração com muita calma...

aí sim... aí sim... tenho a certeza...

que o cheiro espalhado pelo chão

será o perfume de minh'alma ...

 

 

 

 

até lá... um abraço .... lasalete

neste momento eu estou ...: volitando
publicado por lapieta@sapo.pt às 09:24

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

ajudar é como amar... é u...

ACORDAR PORTUGAL...

quando o telefone toca...

solidariedade em acção .....

surpresa ... surpresa ...

uma cidade com coração .....

efemérides que envergonha...

perfume da alma ( poema)

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags