Domingo, 20 de Abril de 2008

os homens não são maus...

 

 

 

 

 várias vezes tenho dado comigo a pensar , porque vão os homens para a guerra?...

 

tenho trazido à memória, confidências de alguém, que quando o empurraram para a guerra de Angola, teve vontade de fugir, de se suicidar, mas diz que não o fez porque não teve coragem...

 

mas um dia, deu consigo a matar um homem...

assisti vezes sem conta ao seu choro de dor...  já tinham passado mais de 10 anos sobre o seu regresso da guerra... não teve coragem de fugir, de dizer não... mas, perante o perigo e a possibilidade de morrer, ao ser atacado defende-se e mata... ele dizia a chorar ... nesse momento eu morri também...

olhando a foto acima, podemos surpreender a ternura de um ser humano, que contrasta rápidamente, com as armas que segura... a mente segura o horror e o coração liberta o amor...

 

quando olho o rosto dos homens que governam este mundo e a rapidez com que mandam para o seio da guerra, milhares de homens e mulheres incutindo neles o ardor pátrio, fico sempre na esperança de os ver a eles também, na frante de batalha...

a grande maioria, não sabe pegar numa arma, é até capaz de ser cobarde, mas...

ilude os outros com a suposta coragem e os incentiva dizendo, que vão em missão de paz, para depois assistirmos às atrociadades que, em nome da suposta paz, se cometem contra civis indefesos, que sofrem, porque os homens que comandam a Terra, estão sedentos de guerra e na impossibilidade de governarem em paz, fazem aquilo que está mais ao seu alcance, como seres imperfeitos que ainda são...  A GUERRA...

 

quantos jovens mutilados e quantos finalizaram ali a sua felicidade...

quantas crianças orfãs, que nunca terão ao seu alcance o colo do pai, que a defesa da pátria roubou, pátria que nunca olhará por eles ...

governo algum, pode colmatar a falha de um pai  no seio de uma família...

 

tenho assistido a muitos actos de cobardia na pessoa dos governantes deste mundo, que apenas sabem  apertar as mãos entre si ... deixando a humanidade sofrer horrores ... tudo , porque a guerra presenteia a economia, a economia sustenta a ganância, que por sua vez embala a política, que vive de braços abertos à riqueza, de costas voltadas à liberdade, na esperança de que a palavra democracia se esgotes nas mentes cansadas de esperar...

 

para quando a vontade firme dos povos que se deixam seduzir pelo vil metal e que nada fazem, por si ?... pelos seus filhos e pelos filhos dos seus filhos?...

 

vaidades epidèmicas, fazem saltar de poleiro em poleiro político, quase sempre as mesmas figuras, as mesmas vontades desnutridas de senso e de aprimoramento interior...

 

indisciplinados princípios, vêm hoje em dia até à política para encontrarem patamares de favorecimento e degraus de fácil acesso à posição impossível de alcançar , a não ser pela escada de favores que só encontram eco nos bastridores da política , onde o povo não entra , porque aí, mora um secretismo assustadoramente inimaginável...

 

quando assisto a limpezas económicas, dando a  perceber que a caça às bruxas começa a acontecer, sei que está a ser enterrado outro qualquer assunto, que não agrada a ninguém e que não pode ser trazido à luz do dia...

 

o mundo em que vivemos è muito complexo, porque também da parte do sociedade civil, não existe vontade e firmeza, para lutar pelos seus direitos...

 

coloca-se no governo qualquer um, que diz meia dúzia de coisinhas, que promete mundos e fundos que nunca irá cumprir e que depois trata os que nele votaram e confiaram, tão mal que hoje em dia , já é possivel ver homens e mulheres que defendiam os direitros das classes trabalhadores, estarem de mãos dadas com o grande capital, decapitando os mais frágeis e descapitalizando a coragem das classes menos favorecidas...

 

ai... se o mundo despertasse e obrigasse toda a gente a cumprir em verdade os direitos que a Constituição confere à humanidade...

 

ai ... se todos investissemos todo o nosso potencial para ajustar os direitos humanos no seu mais directo e dilecto cumprimento, tornando o mundo mais justo, mais humano... mais feliz...

 

enfim... que bom seria que a paz estivesse na mão dos soldados que querem efectivamente a paz...

 

lasalete

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:28

link do post | comentar | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

os homens não são maus...

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags